O ANEL DE JALILE / Ricardo de Amorim

O romance de ficção O Anel de Jalile, de Ricardo R. B. de Amorim conta a saga de um emigrante ilegal, dos seus pais libaneses, da sua família brasileira, dos seus amigos e da fortuna que amealha.

Expõe o sonho de um homem idealista e mostra as dificuldades extraordinárias surgidas durante o passar dos anos. Insinua que a concretização de um ideal depende da existência de amor, competência profissional, lealdade, honra e determinação não só de quem se propôs à empreitada, como também – pelo menos – de alguns familiares e amigos.

Reúne, sobretudo, um conjunto de estórias humanas vividas pelos núcleos familiares dos principais personagens e desenvolve-se ao longo de quatro gerações. Dúvidas sobre paternidade, disputa pelo poder, crimes praticados, o enigma envolvendo o anel e um seguro de elevado valor, além da incerteza sobre cumprimento de promessa fundamental são aspectos que instigam a leitura da obra.
 

Ricardo Ramos Barbosa de Amorim nasceu em Itajubá – MG (1931). Cursou o secundário no internato Colégio Militar do Rio de Janeiro. Nesse período, foi assíduo freqüentador da Biblioteca, tomou gosto pelos clássicos e escreveu seus primeiros versos. Da Sociedade Literária daquele educandário foi orador habitual.

Em 1951 ingressou na Marinha do Brasil, onde serviu por trinta e nove anos. Durante suas viagens escreveu diversos sonetos, alguns dos quais tendo como tema o mar e a saudade. Passou para a reserva no posto de Capitão de Mar e Guerra, foi trabalhar como civil na Superintendência Nacional de Marinha Mercante e depois na Diretoria de portos e Costas da Marinha. Há cerca de dez anos, já reformado, dedica-se a ler e escrever.

Publicações:

Em 1984, publicou o livreto “Momentos...”, coletânea de seus versos. Um deles, inspirado por sua esposa, “Teu olhar” foi recitado na Missa de suas Bodas de Prata.

Em 2000, publicou “O Antídoto” (ficção-230 páginas) pela Biblioteca do Clube Naval, tornando realidade a concepção de seu primogênito; que, falecido de câncer em 1996, quando no posto de Capitão de Corveta Engenheiro Naval, careceu de tempo para consumar a obra iniciada nos seus últimos meses de vida terrena. Nele debate-se o “Não matarás”.
 
SERVIÇO:

O anel de Jalile
Ricardo R. B. de Amorim
Scortecci Editora
ISBN 85-366-0536-7
Ficção brasileira - JS 3927/1
Formato 14 x 21 cm - 252 páginas
1° Edição - 2006

Mais informações:

Catálogo Virtual de Publicações

Para comprar este livro verifique na Livraria e Loja Virtual Asabeça se a obra está disponível para comercialização.

Voltar Topo Enviar a um amigo Imprimir Home