HISTÓRIA DOS APIACÁS / Maria da Graça Menenzes Mourão

Este livro é resultado da parceria do emporiodahistória.com.br e o Instituto Cultural Maria de Castro Nogueira comemorando o 33º. ano do título Itaúna Cidade Educativa do Mundo, outorgado à cidade mineira pela ONU através da UNESCO e os 200 anos da Família Real no Brasil.
História dos Apiacás (1819) no manuscrito Curiosidades em Cuiabá-1823 foi escrito pelo presidente da Província do Mato Grosso (1822-1823) e Ministro do Supremo Tribunal de Justiça.
 Evidencia a importância que D. João VI deu à formação de aliança com índios de fronteira, explícito na política de relacionamento para garantir os lindes do território brasileiro (1808-1822), mencionando uma das ações régias no interior da Colônia, dentre muitas que marcaram definitivamente um novo tempo para o Brasil. A Carta Régia de 14.09.1815, franqueava o comércio de importação entre Mato Grosso e Pará, isentando de todos os Direitos por tempo de dez anos, os gêneros e mercadorias que entrassem no mesmo Comércio pela navegação do Rio Arinos...

This book results of the partnership of emporiodahistória.com.br and the Cultural Institute Maria of Castro Nogueira for the ticket of 33º. year of the Itaúna heading Educative City of the World, granted to the mining city for the ONU through UNESCO and commemorating the 200 years of the Real Family in Brazil. History of the Apiacás in the Curiosidades manuscript in Cuiabá-1823 was written by president of the Province of the Mato Grosso (1822-1823) and Ministro of the Supreme Court of Justice, in the Empire.

"Escolhe um trabalho de que gostes e não terás que trabalhar nem um dia na tua vida". Esta frase de Confúcio, que viveu no séc.V a.C. parece que foi pensada justamente para uma mulher que nasceria mais de 2.000 anos depois. Maria da Graça Menezes Mourão tem um método de vida que se encaixa perfeitamente dentro do contexto da frase do sábio chinês. Para comprovar, basta estar ao lado dela por apenas um dia ou mesmo alguns instantes. A História emerge a todo momento de dentro dela, seja através da fala entusiasmada do projeto que realiza ou de algum outro em que pensa or-ganizar no futuro, aflorada através dos olhos que brilham como se antevissem o trabalho já pronto; seja pelos gestos das mãos que se agitam ao mostrar os percalços, as pesquisas, as descobertas, as viagens imaginárias que ainda fará. Tudo isso transforma o seu dia num emaranhar de agitos. Hoje está em casa, envolta em mil papéis e pergaminhos, muitos amarelados pelo tempo, amanhã percorre trilhas selvagens garimpando dados sobre a história dos índios Apiacás, ou ainda nas salas empoeiradas dos museus em busca de uma informação que ninguém ainda descobriu mas que sua astúcia a intui que encontrará. Assim é ela. Para quem vive intensa e alegremente, a juventude se manifesta por todos os poros, e o tempo cro-nológico de vida fica estagnado diante de tantos livros e trabalhos já publicados e outros no prelo. E depois de tudo, na hora de descansar, poetiza. Sim, a mente brilhante nunca repousa e é hora de falar de amores, sen-timentos, intimidade, a família, os sonhos... (Talento Brasileiro, em prosa e verso, uma coletânea de poemas de conhecidas mulheres brasileiras, de lançamento recente, é sua última incursão no gênero, ela que tem outra publicação poética).
Em sintonia com a frase inicial, Maria da Graça não trabalha um dia na sua vida porque ela sim-plesmente vive o que gosta. E por isso, a História e a Poesia se engrandecem com ela. Airton Guimarães -jornalista

Serviço:

História dos Apiacás
Maria da Graça Menenzes Mourão

Scortecci Editora
Índios
ISBN 978-85-366-1166-2
formato 14 x 21 - 64 páginas
1ª edição - 2008

Mais informações:

Catálogo Virtual de Publicações

Para comprar este livro verifique na Livraria e Loja Virtual Asabeça se a obra está disponível para comercialização.

Voltar Topo Enviar a um amigo Imprimir Home