Receba nossa Newsletter: Nome Email

ANTIGAS E NOVAS REMINISCÊNCIAS / Wilson de Oliveira

Em instantes, sem conta, nesse banco, / O menino, nas tardes estivais, / Se aninhava tranqüilo e romanesco / A imaginar histórias colossais. / Na adolescência esse menino tanto / Sonhou sonhos tão lindos e bisonhos, / Que hoje, mesmo sendo já um adulto, / Ainda sonha alguns daqueles sonhos! / Não pode haver maior ventura e / mais elevada honra para um filho de / Itapetinga, do que haver nascido / neste primitivo rincão de selva / selvagem e de beleza incomparável, / aqui haver crescido, amadurecido, / frutificado e desenvolvido  /intelectualmente, e culminar por / receber, como ápice da glória, o / honroso título de Membro Efetivo / Fundador da Academia / Itapetinguense de Letras.

O uso da Toga para sustentáculo do Direito e manutenção da Justiça — fazendo prevalecer sempre a Justiça mesmo em face do Direito — e a sublimidade da Ciência Juridica aliada à glória alcançada em razão do sucesso do jovem causídico, não me fizeram apavonar ante a rudeza e o obscurantismo cultural do Vaqueiro e do Pecuarista, que nunca deixei de ser.

Serviço:

Antigas e Novas Reminiscências
Wilson de Oliveira

Scortecci Editora
Poesia brasileira
ISBN 978-85-366-1137-2
Formato 14 x 21 cm - 196 páginas
1ª edição - 2008

Mais informações:

Catálogo Virtual de Publicações

Para comprar este livro verifique na Livraria e Loja Virtual Asabeça se a obra está disponível para comercialização.

Voltar Topo Enviar a um amigo Imprimir Home