Receba nossa Newsletter: Nome Email

UM REEXAME CRÍTICO DAS CONCEPÇÕES JURÍDICOFILOSÓFICAS E DAS AÇÕES SOCIAIS EM BENTHAM / Gastão Rúbio de Sá Weyne

Jeremy Bentham é considerado pelos seus biógrafos como um filósofo esquecido, desprezado e injustiçado, tratado com ferrenhas críticas por seus opositores, quase sempre desconhecedores do conjunto de sua obra. Bentham é admitido como um inspirador de reformas da legislação, implantando efetivamente mais de trinta alterações nas leis inglesas, além de ter sido um defensor dos direitos das minorias discriminadas. Foi um filósofo social polêmico, confessadamente ateu, excêntrico e diferenciado. Bentham foi um pensador utilitarista, pragmático, materialista, positivista, realista, radical e empirista, um contestador das estruturas sociais de seu tempo, com alto grau de comprometimento com as mudanças sociais.
O significativo elenco de ações sociais de Bentham engloba singulares posicionamentos visando, entre outros objetivos, a abolição da escravatura, a defesa dos direitos das mulheres, dos homossexuais, dos judeus e dos pobres, a proteção aos animais, a concretização de procedimentos igualitários, a luta contra a pena de morte, o combate ao colonialismo. Bentham seguiu uma linha de pensamento em que a sua filosofia utilitarista não foi considerada uma teoria abstrata a ser estudada por homens alheios às vicissitudes da vida social, mas, sim, como uma grande realidade em torno da qual gravita a vida humana e a almejada “maior felicidade para o maior número”, permitindo a construção de novos caminhos alternativos ao status quo, com vistas à transformação sociocultural da sociedade inglesa. 
O presente trabalho foi alicerçado em amplo reexame do opus benthamiano contido, principalmente, em três fontes primárias: The Works of Jeremy Bentham  (11 volumes), The Colleted Works of Jeremy Bentham (16 volumes) e Oeuvres de Jérémie Bentham (3 volumes), além dos Bentham Papers (manuscritos não publicados de Bentham). Merece especial menção a obra Bentham Critical Assessment (4 volumes) que trata de estudos revisionistas sobre o opus benthamiano e a revista Utilitas, do Bentham Project.

- Bacharel e Doutor em Direito pela Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo - USP.
- Professor e Livre-Docente da Escola Politécnica da USP, com mais de trinta anos de serviço, aposentado como Professor Associado.
- Pós-Doutorado pela University College London.
- Membro da International Society for Utilitarian Studies – ISUS, da University College London.
- Fundador e ex-Coordenador do Curso de Direito da Faculdade Zumbi dos Palmares, preferencialmente para negros, além de ex-Professor Titular de Métodos e Técnicas de Pesquisa desta instituição.
- Professor Titular e Orientador de Pesquisa da Faculdade de Medicina do ABC.
- Advogado e Perito da Justiça Federal de Campinas-SP (há mais de 15 anos).
- Ex-Professor Titular (13 anos) da Universidade Mackenzie e Ex-Diretor da Escola de Engenharia da mesma instituição (4 anos).
- Ex-Professor Titular da PUC-SP
(27 anos), Ex-Professor Titular Pleno da FAAP (8 anos) e Ex-Professor Titular das Faculdades Oswaldo Cruz
(29 anos).
- Engenheiro Químico pelo Instituto Militar de Engenharia-IME (Rio-RJ).
- Bacharel e Licenciado em Matemática pela Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras da USP.
- Curso da Academia Militar das Agulhas Negras (Tenente-Coronel Reformado).
- Publicou mais de 130 trabalhos em revistas do país e do Exterior, lançando mais de 10 livros.
- Na USP, formou 10 Mestres e 1 Doutor.
- Participou de mais de 40 congressos, todos com apresentação de trabalhos.

Serviço:

Um Reexame Crítico das Concepções Jurídicofilosóficas e das Ações Sociais em Bentham
Gastão Rúbio de Sá Weyne

Scortecci Editora
Filosofia
ISBN 978-85-366-1388-8
Formato 17,8 x 25 cm - 352 páginas
1ª edição - 2009

Mais informações:

Catálogo Virtual de Publicações

Para comprar este livro verifique na Livraria e Loja Virtual Asabeça se a obra está disponível para comercialização.

Voltar Topo Enviar a um amigo Imprimir Home