O BONECO ERÓTICO / Bill George

 O Boneco Erótico é uma coletânea de contos de humor sobre o comportamento humano diante da sensualidade, do tesão, dessa força estranha e poderosa que nos conduz a tão bizarras decisões. A bem da verdade, as narrativas basearam-se em fatos reais.

Na maioria das situações, além do sensual fato gerador da estranha conduta, notei que existia um outro elemento comum – a percepção algo tardia de que estavam enfiando os pés na jaca. Parece que só depois de saciado o desejo notamos que, desde o início da empreitada, havia um mico portando uma previsível bomba-relógio.

Em algumas passagens, decidi assumir a visão do protagonista, para valorizar a forma como me foram narrados os fatos. Em todas, descaracterizei  nomes, locais, instituições, datas, relações de parentesco, mesclando características que poderiam ser por demais óbvias, evidentemente, para resguardar a identidade das fontes e dos atores.

Procurei compor os tipos humanos, colocando no papel traços peculiares a diversas personalidades que julgo pitorescas dentre as que conheci em minhas andanças pela Terra dos Homens. Por isso, este trabalho evidencia-se como obra de ficção mesmo. Toda e qualquer semelhança com a integralidade de pessoas reais não é apenas mera coincidência, mas um vexame felomenal, no dizer do personagem do José Wilker numa novela da Globo.

O contador de histórias de humor Bill George nasceu meio carioca, meio britânico, neto por parte de mãe de um súdito da Coroa da Inglaterra. Mais tarde viria a descobrir-se cidadão norte-americano, misturando orgulho e uma dose de decepção porque, embora também brasileiro, sempre encontrou uma enorme dificuldade para ensaiar mesmos os mais rudimentares passos de samba.

Publicou mais de três centenas de artigos, ensaios e reportagens sob diversos pseudônimos e sobre assuntos que vão de culinária a medicina, passando por crítica literária, esportes, aviação e astronomia, tudo com um personalíssimo toque de irreverência e humor. Segundo Olie Johnson, um amigo e professor da Universidade de Maryland, Bill George é o último dos Renascentistas.

Segundo Bill, o homem de sete instrumentos sempre corre o risco de desafinar em oito, assim como o pato, o polivalente atleta do reino animal, que nada de maneira sofrível, voa mal e anda desajeitado.

Serviço:

O Boneco Erótico
Bill George

Scortecci Editora
Crônicas Brasileiras
ISBN 978-85-366-0359-3
Formato 14 x 21 - 212 páginas
1ª edição - 2005

Mais informações:

Catálogo Virtual de Publicações

Para comprar este livro verifique na Livraria e Loja Virtual Asabeça se a obra está disponível para comercialização.

Voltar Topo Enviar a um amigo Imprimir Home