BEATRIZ BRANDÃO MULHER E ESCRITORA NO BRASIL DO SÉCULO XIX / Cláudia Gomes Pereira

Beatriz Brandão (1779-1868), poeta de Vila Rica, prima de Marília de Dirceu, professora pioneira e mestra dos direitos da mulher, revela-se, de corpo inteiro, na obra com que Cláudia Gomes Dias Costa Pereira veio retira-la do longo ostracismo.

Na longeva poetisa, a pesquisadora encontrou elo singular entre o século XVIII e o Oitocentos, a Colônia e o Império, o arcadismo e o romantismo, a Inconfidência de 1789 e a cidadania brasileira. Musa e mulher emergem do combate entre mito e realidade, permitindo o esclarecimento de pontos cruciais sobre mentalidade e comportamento no Brasil Antigo.

Por meio do legado de Beatriz Brandão e do trabalho notável de Cláudia Costa Pereira, o leitor pode aproximar-se de trechos fundamentais da formação da formação cultural do Brasil, a fim de conhecer aspectos que não mais se poderiam ocultar nas entrelinhas de nossas letras e nos porões da história.

Uma das mais das mais fascinantes e menos conhecidas personalidades femininas da história e da literatura do Brasil merece, finalmente, o devido estudo.

Preconceitos, arcaísmos, esperanças e sonhos entrecruzam-se nas linhas traçadas por Beatriz Brandão por sobre as tramas históricas de seu tempo, e é fascinante como a autora do ensaio conseguiu clarear tanto os meandros pelos quais fluíram os fatos como o labirinto em que lendas se enredaram. Nascida um decênio antes da conjuração de Minas, Beatriz Brandão tinha 13 anos quando Tiradentes foi enforcado, e testemunhou o desconsolo da prima, Maria Dorotéia Joaquina de Seixas, ante a prisão do poeta Tomás Antônio Gonzaga e seu degredo para Moçambique, onde se casaria pouco após o desembarque.

Serviço:

Beatriz Brandão mulher e Escritora no Brasil do Século XIX
Cláudia Gomes Pereira

Scortecci Editora
Biografia
ISBN 85-366-0382-8
Formato 14 x 21 cm - 180 páginas
1ª Edição - Ano 2005

Mais informações:

Catálogo Virtual de Publicações

Para comprar este livro verifique na Livraria e Loja Virtual Asabeça se a obra está disponível para comercialização.

Voltar Topo Enviar a um amigo Imprimir Home