QUEDA ASCENSÃO DE AMYRES / Maryse Carneiro

Em Queda Ascensão de Amyres, a autora mostra que é possível renascer aos 50 e ser feliz. Mesmo “carregando pedras”, como Sísifo, ou tropeçando nelas...








O CASTIGO DE SÍSIFO

Eu passo a vida carregando pedra
Nunca pensei em delatar alguém.
Sísifo, sim, denunciou seu deus,
Cumpriu a pena em triste vai e vem.

Cruel castigo o mito recebeu:
Levar a pedra até o alto monte.
No meio do caminho tinha pedra,
Foi o que disse o “meu”
Carlos Drummond.

Do meio do caminho veio a pedra
Eu vi que o meu esforço foi em vão.
E não sobrou pedra sobre pedra,
Depois que implodiu meu coração!

Maryse Carneiro é natural de Minas Gerais, portanto, de natureza inconfidente... Libriana (indecisa) foi trocando os nomes do livro à medida que escrevia. Pensou até em chamá-lo “libertas quae sera temen” – lema com o qual se identificou. Criada sob a égide da Igreja Católica - pecado / castigo - decidiu ser "a certinha". Já vovó foi estudar  Psicologia e viu que errara em tudo. Então resolveu fazer coisas erradas( não convencionais). E não é que deu certo!

Serviço:

Queda Ascensão de Amyres
Maryse Carneiro
Scortecci Editora
Autobiografia
ISBN 978-85-366-1537-0
Formato 14 X 21 cm 
132 páginas
1ª edição - 2010

Mais informações:

Catálogo Virtual de Publicações


Para comprar este livro verifique na Livraria e Loja Virtual Asabeça se a obra está disponível para comercialização.

Voltar Topo Enviar a um amigo Imprimir Home