SOLIMULTIDÃO / Jô Drumond

Essa obra é composta de seis ensaios escritos durante o percurso acadêmico da autora, no Mestrado e no Doutorado.

No ensaio que dá título ao livro, “Solimultidão”, Jô Drumond, focaliza a presença de Paris na obra de Baudelaire, primeiro poeta que cantou em seus versos a solidão dentro da multidão.

No 2º ensaio, “A seta e o alvo”, ela aborda a sátira social na obra do expoente máximo da Comédia francesa, Molière, focalizando o público de sua época, ou seja, a corte do Rei Sol, Luís XIV, no século XVII.

O 3° ensaio, “O outro ... outra vez” é um estudo comparativo de uma peça de Sartre e de um conto de Guimarães Rosa, nos quais ela focaliza a torturante presença do olhar do “outro”, a escravidão desse olhar e a eterna busca pela própria identidade.

O 4° ensaio consiste na busca semiótica dos diversos códigos culturais ligados à persuasão religiosa na cultura barroca, a partir de um opúsculo de 150 páginas publicado em 1734. Trata-se da primeira crônica brasileira sobre um grande evento, o “Triunfo Eucarístico”, a mais rica e suntuosa festa de caráter religioso de que se tem notícia em nosso país.

No 5º ensaio, “A centopéia”, ela faz a análise da narrativa de Jayme Santos Neves, em crônicas e contos, nos quais, comicidade, seriedade e crítica social se intercalam e se imbricam.

O 6º e último texto, “O sequestro do Barroco”, aborda uma polêmica surgida no meio literário brasileiro, em 1989. Trata-se de um livro publicado por Haroldo de Campos, no qual ele questiona, critica e se opõe a um outro grande intelectual brasileiro, Antônio Cândido, autor da obra Formação da Literatura Brasileira.

Josina Nunes Drumond (Jô Drumond) é Doutora em Semiótica: Intersemiose na Literatura e nas Artes, pela Puc-SP, Mestre em Estudos Literários, pela Ufes, pós-graduada em Literatura de língua portuguesa, pela Ufes e em Arte e Cultura Barroca, pela Ufop. É graduada em Letras pela UFMG, em Artes plásticas, pela Ufes, e em Língua, Literatura e Civilização francesas, pela Université de Nancy II (França). Ganhou quatro bolsas de estudos na França. É membro da Academia ES de Letras, Vice-presidente da Academia Feminina ES de Letras (Afesl), membro correspondente da Academia Feminina Mineira de Letras, membro do Conselho Estadual  de Cultura do ES. É tradutora Juramentada do ES e Diretora Cultural da Aliança Francesa de Vitória. Foi premiada em três concursos literários, no ES, PA e RS. É professora aposentada. Atualmente dedica-se a pesquisas literárias e a traduções.

PUBLICAÇÕES DA AUTORA

Livros:


Filigranas poéticas
(bilíngue-poemas) 2009

As dobras do sertão
(tese de doutorado) 2008

Memória peregrina
(contos e crônicas) 2007

Charneca (poemas) 2005

Textos e tramas (Antologia) 2003 Org.

Ecos da terra Capixaba (Antologia) 2004 Org. (et all)

Clepsydra (Antologia) 2007 Org. (et.all)

Publicações de traduções:

Do português para o francês:

Livro de poemas: Le vent de l’autre nuit, de Marien Calixte, 1986

Livro de poemas: Le vivier du silence, de Graça Neves, 2001

Do francês para o português:

Capítulo de Arlette Gauthier Mulheres escravas , 1988

Publicações diversas:

Ensaios, contos, crônicas, poemas, resenhas e artigos publicados em anais de congressos nacionais e internacionais, em diversas coletâneas literárias, em revistas de pós-graduação, em revistas literárias, em jornais e na Internet.

Serviço:

Solimultidão
Jô Drumond
Scortecci Editora
Ensaios Literários
ISBN 978-85-366-1648-3
Formato 14 X 21 cm 
128 páginas
1ª edição - 2010

Mais informações:

Catálogo Virtual de Publicações


Para comprar este livro verifique na Livraria e Loja Virtual Asabeça se a obra está disponível para comercialização.

Voltar Topo Enviar a um amigo Imprimir Home