PSICANÁLISE DO VIDRO / Elske

Todos nós, durante nossa vida, quer seja particular e pessoal, ou profissional, nos deparamos com situações intrigantes que arquivamos conosco, às vezes durante muitos anos, até que apareça uma explicação ou razão de ser daquilo; de repente nos aparece uma resposta para o enigma guardado durante tanto tempo.

Foi assim que veio a idéia de escrever este livro, pois sempre me intrigou muito o fato de algumas pessoas em qualquer lugar do mundo, num acesso de fúria, darem um soco, pontapé ou o que seja, num vidro plano, janela, espelho, arremessarem uma TV, copos e outros objetos de vidro. Através deste livro tento alcançar as razões e os porquês de tais comportamentos emocionalmente tão violentos e catárticos. Passeio um pouco pela beleza dos vidros em si e costuro um esquema teórico que procuro justificar, do ponto de vista onírico e inconsciente.

Mais ao final, discorro sobre exemplos que aconteceram em minha presença, alguns que me foram diretamente relatados e outros, de que tive notícia.

“Sempre me intrigou muito o fato de algumas pessoas em qualquer lugar do mundo, num acesso de fúria, darem um soco, pontapé ou o que seja, num vidro plano, janela, espelho, arremessarem uma TV, copos e outros objetos de vidro. Através deste livro tento alcançar as razões e os porquês de tais comportamentos emocionalmente tão violentos e catárticos. Passeio um pouco pela beleza dos vidros em si e costuro um esquema teórico que procuro justificar, do ponto de vista onírico e inconsciente. Mais ao final, exemplos que realmente aconteceram, alguns que me foram relatados diretamente e outros, de que tive notícia.”
[Elske]

Quando abri o envelopão Sedex e vi o livro, minha reação foi a mesma que a dos leitores, suponho: Que título esquisito! Psicanálise do Vidro!!! Mas, em seguida associei com a Autora. E logo ficou claro que, em se tratando de Elske, uma produção não é esquisita, é original. Por que? Porque assim é a Elske. Desde que a conheço. Quando jovem recém formada, a Dra. Elisabeth (Elske para os íntimos) freqüentou meu Grupo de Estudo. E sempre nos lembraremos de sua marca registrada: originalidade. Discutíamos casos clínicos de crianças e, em seguida, procurávamos retirar algum conhecimento geral, que transcendesse ao próprio caso, ou seja, teorizávamos a prática. Em qualquer das tarefas, Elske via o que ninguém via. Sacava o que não havia sido sacado. Assim é o seu livro. Quem gosta de pensamento original, vai gostar dele.
di, 17/03/2007
[Oswaldo Dante Milton di Loreto, médico e psiquiatra, autor dos livros “Origem e Modo de Construção das Moléstias da Mente (Psicopatogênese)” e “Posições Tardias”. Especialista em crianças e famílias, por mais de 30 anos trabalhou com um grupo de estudos denominado GEPPPI (Grupo de Estudos de Psiquiatria, Psicologia e Psicoterapia da Infância). Falecido recentemente, aos exatos 80 anos.]

“O livro é tudo que promete ser: interessante, intrigante, elucidativo.”
[rotara, poeta, escritor, fotógrafo]

"Li com muito prazer o primeiro livro de Elske. Sempre através dos vidros dos meus óculos. Como num desvendamento, mais uma parte deste mundo tomou sentido. Fiquei simplesmente vidrado!"
[Alberto da Rocha Barros Neto, Chefe da Seção de Reabilitação do Instituto de Infectologia Emílio Ribas]

"Sua tese é instigante, profundamente significativa, genial."
[Lô Galasso, escritora]

Elske, Elisabeth Klasina Hajenius Aché de Freitas, formou-se na primeira turma da Faculdade de Medicina do ABC, em 1974; seguiu pelo caminho da Psiquiatria da Infância e Adolescência com a orientação do grupo da Enfance e também do Sedes (PUC-SP). Clinica em consultório desde que se formou; criou o Serviço de Psiquiatria e Psicologia da Infância do Hospital Cruz Azul de São Paulo, e trabalhou muitos anos na APAE de São Paulo e de Santo André-SP.

Serviço:

Psicanálise do Vidro
Elske

Scortecci Editora
Psicanálise
ISBN 978-85-366-1882-1
Formato 14 X 21 cm 
112 páginas
1ª edição - 2010

Mais informações:

Catálogo Virtual de Publicações

Para comprar este livro verifique na Livraria e Loja Virtual Asabeça se a obra está disponível para comercialização.

Voltar Topo Enviar a um amigo Imprimir Home