NO ÍNTIMO DO SILÊNCIO / Eritânia Brunoro

O poeta habita a clausura de si mesmo, onde alimenta-se das mais intensas palavras, dos mais requintados versos. Suas emoções e sentimentos transcendem a barreira do simples existir e materializam-se em poemas extraídos de sua enfraquecida alma.

Vive o poeta do inquietar de sua própria dor ou da dor de outrem, das sombras que perseguem seu sono à noite, das linhas que seguem o seu destino acompanhando o lamentar das angústias. No Íntimo do Silêncio, afloram todas as percepções humanas.

Todos os disfarces se deixam quedar e em frente ao espelho resta apenas a imagem refletida e nua, sem máscaras que possam transmutar as lágrimas, que se mostram expostas. Este livro nos leva a uma viagem pelos versos mais íntimos, por um voo sorrateiro em meio aos delírios da noite, e nos revela os momentos de introspecção em que se deixa abandonar o poeta.

Em seus momentos de solidão, resgata o passado e reescreve o presente nos desejos descritos de forma intensa e perene. Buscando nas palavras o incentivo para a realização dessa odisseia literária, o poeta compara-se às folhas que viajam junto ao vento, onde define-se como sendo aquela que foi “lançada sem rumo, de um galho para o mundo”.

Eritânia Brunoro é Bacharel em Sistemas de Informação formada pela Universidade Federal do Acre (UFAC), com pós-graduação em  Educação Ambiental e Banco de Dados pela IESACRE/UNINORTE. Trabalha como fiscal de cadastro rural no Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária – INCRA  desde 2004. Há dois anos publica poemas e contos nas antologias editadas pela Câmara Brasileira de Jovens Escritores – CBJE  Em 2009, participou do projeto literário Delicatta IV — Poesias, Contos e Crônicas, realizada pela Associação Cultural Cecina Moreira e publicada pela Editora Scortecci. Sua relação com a Literatura vem desde a infância quando, incentivada pelos pais, iniciou a leitura dos primeiros romances. Durante a adolescência surgiu a paixão pelas palavras e, inspirada nos trabalhos de Mário Quintana, inseriu-se na arte da escrita. Após a longa pausa longe da Literatura, voltou a dedicar-se à poesia em 2008. Hoje, admiradora dos poetas portugueses Fernando Pessoa e Florbela Espanca, expressa com avidez, nos poemas que escreve, todas as sensações e sentimentos que nos envolvem. Em seu primeiro livro No Íntimo do Silêncio, 115 poemas retratam emoções e impressões esculpidas em versos, que traduzem os mais sensíveis desejos humanos e enaltecem a solidão vivida pelo poeta.

Serviço:

No Íntimo do Silêncio
Eritânia Brunoro

Scortecci Editora
Poesia
ISBN 978-85-366-1879-1
Formato 14 X 21 cm 
128 páginas
1ª edição - 2010

Mais informações:

Catálogo Virtual de Publicações

Para comprar este livro verifique na Livraria e Loja Virtual Asabeça se a obra está disponível para comercialização.

Voltar Topo Enviar a um amigo Imprimir Home