SISTEMA FINANCEIRO DE HABITAÇÃO / Sebastião Moraes da Cunha

Este livro está sendo escrito com o propósito de ajudar as pessoas que são mutuárias do sistema financeiro da habitação a se libertarem da opressão que estão enfrentando, em razão do aumento abusivo no valor das prestações, como também, em razão do aumento abusivo no valor do saldo devedor dos seus financiamentos.

O sistema financeiro da habitação foi criado para ser uma grande bênção, no entanto, tem se transformado em uma grande maldição do ponto de vista do seu destinatário final, ou seja, o mutuário que tem passado por um grande pesadelo quando não consegue pagar suas prestações em dia, e/ou quando não consegue quitar o saldo devedor no prazo previsto.

O sonho da casa própria é sagrado, e faz parte dos direitos básicos do cidadão previsto na Constituição Federal de 1988, e como tal deveria ser tratado com toda atenção pela área competente do Governo Federal, no entanto, a cada dia que passa os mutuários tem vivido grande pesadelo.

Hoje em dia, a classe baixa tem conseguido ter acesso à compra do automóvel, pois as montadoras facilitaram a venda de carros sem aquela entrada que até então era exigida. Por que então as mesmas facilidades não são estendidas às pessoas que tanto necessitam de uma casa própria?

O autor deste livro, durante o tempo em que atendia as pessoas que procuravam a CEF, com o intuito de conseguir financiamento para a casa própria, constatou que as pessoas que mais precisavam de um financiamento, não conseguiam tal financiamento, por falta de garantia para pagarem as prestações, pois não tinham endereço, nem carteira assinada (comprovação de renda), como também, não tinham referências bancárias nem pessoais. Sendo que para as pessoas que não precisavam de financiamento para compra da casa própria, a essas lhes eram oferecidas todas as facilidades.

O autor começou a trabalhar na área de habitação da CEF em 1977, e por quase 25 (vinte e cinco) anos sempre trabalhou em tal área, onde vivenciou todo o drama do sistema financeiro da habitação.
FUNÇÕES OCUPADAS NA CAIXA ECONÔMICA FEDERAL:
O autor foi admitido na CEF em 15/12/75, ficou até 31/10/2000, quando se aposentou por tempo de serviço, na função de Analista Operacional. Durante os quase 25 anos na CEF, sempre trabalhou nas áreas de habitação/Hipoteca, FGTS e Seguro-Desemprego, chegando a exercer a função de Gerente de Habitação por um período de 08 anos, sendo que durante o tempo em que foi funcionário da CEF, sempre exerceu função de confiança, tais como: Supervisor, Sub-gerente e Gerente Adjunto em agências no Estado de Goiás. No período de agosto/95 a dezembro/96, ficou na  função de Analista Operacional junto à Diretoria de Fundos e Programas na Matriz da CEF em Brasília/DF, através de concurso interno. No período de 01/08/97 a 02/10/2000, exerceu a função de Advogado Requisitado junto à Procuradoria Geral da União – AGU, atuando em todas as instâncias das Justiças Federal, Estadual e Trabalhista, sendo que durante 01 ano, atuou somente do Tribunal Superior do Trabalho – TST, para o Supremo Tribunal Federal – STF.

Serviço:

Sistema Financeiro de Habitação
Uma Benção ou Maldição?
Sebastião Moraes da Cunha

Scortecci Editora
Política Habitacional
ISBN 978-85-7372-687-9
Formato 14 x 21 cm 
60 páginas
13ª edição - 2010

Mais informações:

Catálogo Virtual de Publicações

Para comprar este livro verifique na Livraria e Loja Virtual Asabeça se a obra está disponível para comercialização.

Voltar Topo Enviar a um amigo Imprimir Home