TANTO LÁ QUANTO CÁ - INCONGRUÊNCIAS / Davambe

Uma pessoa realizada profissionalmente vive angustiada por se deparar com o parâmetro imposto nas sociedades moçambicana e brasileira, em que o indivíduo deve estar inserido na condição homem-mulher, como se isso fosse um pressuposto para viabilização do amor.

Essa individualidade, que nasceu em Moçambique, tem a oportunidade de comparar as duas sociedades, quando é convidado a trabalhar no Brasil. Manuel, um rapaz imaculado, sofre estranhamento e distanciamento quando, num belo dia, decide trocar de nome e mudar de comportamento, assumindo a figura feminina de Emanuelle.

A rejeição é geral tanto dos homens quanto das mulheres, ele sofre absurdamente. Seu carro tem os quatro pneus furados; uma colega se apaixona pensando que é o que parece, mas quando descobre sua condição renuncia à paixão.

Emanuelle não se abala, continua firme a buscar seu espaço, até que é despertada por uma ideia de desenvolver um projeto de criar uma cidade experimental, onde para se viver não são declaradas a condição social, sexo, cor, religião, condição física. Junta-se a uma amiga para implantar a dita cidade para di guima abaixo, próxima a cidade de Inhaca. 

“Eis que aparece na empresa divinamente vestido de menina, com voz refinada, batom e esmalte feito para senhora nenhuma botar crítica nem troça. Todos acharam esquisito tudo aquilo, de um dia para outro ele transformara-se em Emanuelle.
Os colegas ficaram paralisados por alguns minutos ao ver aquela individualidade transformada. Havia sussurros e murmúrios por todos os lados. Alguns comentavam “só pode ser brincadeira”, e quando ele passava, todos ficavam emudecidos.
– O quê? Que deu nesse... Ah, pode parar! – Disse Alcides.
– Não posso acreditar, ele nos enganou todo esse tempo! Não, isso não vai ficar assim, concluiu Alcides.
– Isso é normal pessoal, e posso até entender. Arregalou os olhos o velho Antônio, desconfiado.
– Está a ver, não disse eu? Bem que avisei que algo estava esquisito nesse gajo, ops, agora é gaja, não é?  Perguntou Flávio, com aquela risada irônica.

Davambe é moçambicano, nasceu em 1959, em Maputo, capital de Moçambique. Mora em São Paulo, Brasil desde 1982, é autor dos romances O Segredo da Felismina e A Sereia de Tupa.

Serviço:

Tanto Lá Quanto Cá
Incongruências
Davambe

Scortecci Editora
Ficção
ISBN 978-85-366-2092-3
Formato 14 x 21 cm 
92 páginas
1ª edição - 2011

Mais informações:

Catálogo Virtual de Publicações

Para comprar este livro verifique na Livraria e Loja Virtual Asabeça se a obra está disponível para comercialização.

Voltar Topo Enviar a um amigo Imprimir Home