CONTOS QUE MACHADO DE ASSIS E JORGE LUIS BORGES ELOGIARAM / Rafhael de Oliveira Reis

Senhores e Senhoras, investindo-me na função de prefaciador, quis o autor Raphael Reis me dar a oportunidade de escrever depois de tantos anos. Agradeço o convite. Digo que buscarei, na medida do possível, corresponder à vossa confiança e ser sucinto. Esta é a primeira obra do nosso mais novo prosador e, como me confidenciou, quer ser o primeiro brasileiro a ganhar o prêmio Nobel, apesar de eu não acreditar nisso.

Foram escritos 15 contos: uns péssimos, outros bons, como naturalmente acontece. Não posso comentá-los, pois assim perderia qualquer graça que por ventura eles possam ter. Ou seja, caro leitor, leia você mesmo e teça suas próprias conclusões. Está prefaciado o prefácio. Que comece a leitura!
Machado de Assis - Verão de 2009

Raphael de Oliveira Reis nasceu em Juiz de Fora, Zona da Mata de Minas Gerais, no dia 23 de junho de 1985. É participante do Grupo Prazer da Leitura (www.grupoprazerdaleitura. blogspot.com) e editor da Revista Encontro Literário, esta última inscrita no endereço eletrônico spot.comwww.revistaencontroliterario.blog
É graduado em História e especialista em Políticas Públicas e Gestão Social, ambas as formações pela Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF). Na área de História, concentra suas leituras e pesquisas em temáticas relacionadas à religiosidade medieval. Na de Políticas Públicas, concentra suas leituras e pesquisas em temáticas relacionadas às políticas públicas em educação e leitura. Atualmente, trabalha no Centro de Políticas Públicas e Avaliação da Educação (Caed-UFJF) como Professor de Suporte Acadêmico e ministra cursos de formação do leitor.
Contato: raphaeloliveirareis@yahoo.com.br 

Conto
"Costumam nascer através de uma espécie de revelação, sendo gradual essa revelação. É evidente que quando se escreve um conto e isto é imprescindível deve-se saber de antemão o princípio e o fim. Não posso conceber que se comece a escrever um conto sem se saber como se vai concluí-lo. O que sucede entre o início e o fim tem-se que imaginar. É uma espécie de sonho voluntário." (1978)
Jorge Luis Borges

Serviço:

Contos que Machado de Assis e Jorge Luis Borges Elogiaram
Raphael de Oliveira Reis
Scortecci Editora
Contos
ISBN 978-85-366-2232-3
Formato 14 x 21 cm 
64 páginas
1ª edição - 2011

Mais informações:

Catálogo Virtual de Publicações

Para comprar este livro verifique na Livraria e Loja Virtual Asabeça se a obra está disponível para comercialização

Voltar Topo Enviar a um amigo Imprimir Home