A SENZALA E O CLAUSTRO / Flavius Lucilius Buratto Nunes

O mundo da pesquisa é fascinante e infindável. Como seu objeto são as interrogações e dúvidas, muito mais do que as certezas, pesquisar é um ofício exigente, e ainda sim apaixonante. Quando Flavius se debruça sobre a realidade dos religiosos que possuem escravos, o faz com a perplexidade de quem, no século XXI, estranha que os homens de Deus possam escravizar.

Mas o pesquisador que emerge a partir da interrogação inicial leva-nos a compreender a realidade de uma época distante em que possuir escravos e escravas e submetê-los a sua autoridade de propietário era tão normal quanto hoje ir ao shopping e trocar dinheiro por mercadoria. Percorrendo as fazendas e senzalas carmelitanas de São Paulo, o autor revela uma situação bem mais complexa do que a simples contraposição de senhores déspotas e escravos submissos e passivos.

Sem negar a tragédia da escravidão, é possível desvendar um cotidiano de relações em que se mesclam afeto e mesmo respeito, expressos nos compadrios e amancebamentos, com assassinatos e castigos, próprios das concepções racistas de então. Ler Flavius, produto de cuidadoso trabalho de pesquisa, é adentrar um universo ainda pouco explorado, que entrelaça a história da Ordem Carmelita em São Paulo com a história da cidade: cultos e ritos religiosos populares imponentes como festas nacionais, guardando as marcas invisíveis de homens e mulheres negros e negras que ajudaram a sustentar e manter a Ordem no Brasil.
Maria José Rosado - PUC - São Paulo - SP - Junho - 2011

A Senzala e o Claustro é um livro para ser lido sem pressa. Muitos especialistas têm reiterado a importância de um maior entendimento no Brasil Império para ampliar o conhecimento do nosso passado. Nunes oferece aos seus leitores 'subsídios importantes para que deixemos de, implicitamente, considerar que ser escravo era uma espécie de destino manifesto dos africanos'. (Manolo Florentino). Resta parabenizar a Scortecci Editora pela escolhida deste livro, que cobre uma lacuna nos estudos historiográficos...
Ênio José da Costa Brito - Professor Titular - PUC - São Paulo

Serviço:

A Senzala e o Claustro
A Escravidão e a Ordem Carmelitana na Cidade de São Paulo, no Século XIX (1840 a 1888)
Flavius Lucilius Buratto Nunes

Scortecci Editora
História
ISBN 978-85-366-1790-9
Formato 14 x 21 cm
248 páginas
1ª edição - 2011

Mais informações

Catálogo Virtual de Publicações

Para comprar este livro verifique na Livraria e Loja Virtual Asabeça se a obra está disponível para comercialização.

Voltar Topo Enviar a um amigo Imprimir Home