PAISAGENS EMOCIONAIS / Joseth Jardim Martins

Denso, honesto, vibrante. Assim é o livro de poesias Paisagens Emocionais, de Joseth Jardim Martins. Ondas de emoções afloram a cada página, testemunhando as muitas noites insones, os sentimentos evocados, lembranças, memórias de tempos significativos de sua história de vida. Em versos doídos, registros da saudade, da dor, mas também da esperança e, sobretudo, do amor.

A autora se desnuda, em versos reveladores, de seus estados de alma mutantes, ao longo das últimas décadas. Sensibilidade e introspecção são as marcas de sua escrita pungente. Tendo o silêncio e a solidão por companhia, a autora incursiona pelo seu interior, e se permite expressar, numa linguagem crua, encontros e desencontros que a vida lhe proporcionou. Sem se deixar aprisionar por enganos, sonhos e ilusões, sua poesia vai libertando sua alma, tecendo novas imagens, criando novas paisagens emocionais.

Com o ardor dos apaixonados, os versos de Joseth nos colocam frente a frente com nossas próprias emoções e sentimentos. Expressam sua coragem para exorcizar os medos e anseios próprios de uma vida pulsante, que busca incessantemente encontrar um norte, a paz e a felicidade nos relacionamentos significativos. Assim, “Identifico-me com a imperfeição” muito revela da lucidez e do espírito desta escritora apaixonada pela vida e pelo outro. O livro delineia uma trajetória dos estados de alma da escritora. Partindo da tristeza, desencanto e solidão, seus versos passam pelo desejo, amor e busca, para encontrar, na fruição da vida, da amizade e do cotidiano intensamente vivido, a restauração e redenção de uma alma conflitante.
Maria Aparecida Fleury Costa Spanger

Diante da mulher, a poetisa inaugura-se. As emoções e os pensamentos corporificam-se na materialidade das palavras escritas e revelam a complexidade de um ser humano em evolução. Joseth nos fala de aventurar-se no amor procurando alcançar a esperança que justifica a vida. O seu olhar para a luz e as sombras traduz a coragem de desnudar-se frente ao desconhecido. Morrendo e renascendo, fechando e abrindo portas de silêncio e solidão, esta poetisa vai construindo o seu jeito de ser no mundo e nos brinda com uma obra que fala dos sentimentos entorpecidos pelo tempo.

A vitalidade e o desejo manifestam-se nos poemas de Joseth trazendo suas dores, sua marca e a beleza de ser mulher. São depoimentos de uma sensibilidade e de uma insubordinável busca pelo encontro com o outro tão esperado. No ir e vir do rítmo das letras, a poetisa costura uma teia de sonhos e no encantamento do vazio canta sua alma com generosa engenhosidade. Encontramo-nos diante de uma poetisa que conduz as palavras com a intimidade daqueles que conheceram o amor e os seus desafetos e os desejos tão contidos. Mesmo assim, o movimento pela renovação e pelo sentimento de liberdade revela-se pela possibilidade infinita de florescer de novo.
Raquel Kämpf

Joseth Antonia Oliveira Jardim Martins é psicóloga, Doutora em Educação pela Universidade Federal do Paraná – UFPR. Faz da leitura, seu principal hobby e costuma levar ou adquirir novo título em cada uma das viagens que faz. Sua preferência pela poesia surgiu desde a adolescência, quando se deparou com obras de Drummond e Pessoa, com o tempo, encantou-se com a extraordinária sensibilidade de Rainer Maria Rilke, com a beleza dos textos de Jalal-ud-Din Rumi e com a perspicácia textual de Raduan Nassar. Em síntese, muitos são os poetas, escritores e autores que a inspiram a escrever e interpretar diferentes maneiras de comunicar-se por essa via.

Serviço:

Paisagens Emocionais
Joseth Jardim Martins

Editora Scortecci
Poesia
ISBN 978-85-366-2400-6
Formato 14 x 21 cm 
120 páginas
1ª edição - 2011

Mais informações:

Catálogo Virtual de Publicações

Para comprar este livro verifique na Livraria e Loja Virtual Asabeça se a obra está disponível para comercialização.

Voltar Topo Enviar a um amigo Imprimir Home