NADA MAIS QUE ISTO / Mirian de Carvalho

Em Nada mais que isto, Mirian de Carvalho, tal como o fez em livros anteriores, define uma poética de cunho lírico, ao elaborar imagens do mundo captado através do intimismo. Da leitura de seus intérpretes, aqui destacamos trechos registrados nos prefácios deste livro.
NADA MAIS QUE ISTO / Mirian de Carvalho

“Nada mais que isto, de Mirian de Carvalho, é um livro poderoso e estranho. Estranhíssimo e devorador. Põe dúvidas que “solucionam” com outras questões, substitutivas daquelas. (...). São muitas as indagações que faz a poeta. Feita oráculo, sai a lançar adivinhas devoradoras, ainda que, para disfarçar até possa desdizê-las. Não ouso resumir o livro, já que isso está além de minhas possibilidades.”
Valdir Rocha

“Impossível não citar Bachelard – “A poesia é o nosso modo de habitar o mundo através da celebração e da felicidade” – quando se tem à frente este livro de Mirian de Carvalho, publicado ainda sob os ecos do premiado Violinos de barro, de 2009. (...) Uma sedutora ars amandi se abriga nos 10 poemas de Linguagem das águas e Exalando perfumes, e em outros espalhados por outros cadernos, que contêm a delicada mas explícita celebração das relações sexuais, poetizadas a partir da experiência feminina, sem qualquer traço de submissão ao parceiro, valorizado como fonte de prazer (...).”
Francisco Marcelo Cabral

(...)
Em meus lençóis os bordados esperam
o visitante, enquanto nas samambaias
o sol perfura rendas verdes
que me adornam a sala.

À mesa, disponho cadeiras
para o afeto. O que sei deste dia
resume-se no gosto do licor.

(...)
Foram-se os anéis.
Agoniza o tempo.
O instante resfolega.

Nada mais que isto.

Mirian de Carvalho nasceu no Rio de Janeiro. Defendeu Tese de Doutorado em Filosofia. Nos dias atuais, Mirian dedica-se à poesia, à crônica, à crítica de arte e desenvolve estudos sobre cultura brasileira. Em 1999, publicou seu primeiro livro de poesias: Cantos do visitante (Ed. Autora). Em 2004, lançou Teia dos labirintos (Ed. Escrituras); em 2005, O camaleão no jardim (Ed. Quaisquer); e em 2006 trouxe a público o livro Travessias (Letras Contemporâneas). Em 2009 publicou Violinos de barro (Ed. Escrituras), que foi classificado em 1º lugar / Prêmio Adalgisa Nery, no Concurso Literário Nacional e Internacional da UBE-RJ, em 2010. Encontra-se no prelo o título 50 poemas escolhidos pelo autor (Ed. Galo Branco). Como ensaísta, Mirian é autora de inúmeros trabalhos. Em 2004, veio a público A Escultura de Valdir Rocha (Ed. Escrituras) e, em 2006, Metamorfoses na poesia de Péricles Prade (Ed. Quaisquer). É membro das Associações Brasileira e Internacional de Críticos de Arte, da UBE / RJ e SP, da Sociedade Eça de Queirós e do PEN Club. Dentre os prêmios literários, na área do ensaio, incluem-se o Vianna Moog e o Geraldo de Menezes, conferidos à autora pela UBE / RJ em 2007.

Serviço:

Nada Mais Que Isto
Mirian de Carvalho
Scortecci Editora
Poesia
ISBN 978-85-366-2371-9
Formato 14 x 21 cm 
116 páginas
1ª edição - 2011

Mais informações:

Catálogo Virtual de Publicações

Para comprar este livro verifique na Livraria e Loja Virtual Asabeça se a obra está disponível para comercialização.

Voltar Topo Enviar a um amigo Imprimir Home