ENTRE O ITINERÁRIO E O DESEJO / Cecília Prada

Essas crônicas estão eivadas de graça e humor. Cecília Prada é engraçada, sempre o afirmei, mas o humor é de extração mais complexa porque remete aos mecanismos da condensação e do deslocamento, sobre os quais Freud debruçou-se. Efeitos de linguagem. A autora é engraçada e a matriz dessas crônicas está na verve de contista dela, – uma velocista. Se nos lembrarmos da Lição sobre a Rapidez do Ítalo Calvino, no entanto, não são os objetos que migram de personagem a outro, de situação a outra, mas sim o nervo ótico da autora que se move, confortavelmente instalada numa fluência segura e esperta, de quem já sabe onde quer chegar.

Extraí “memória sem resolução” de um dos mais impactantes contos seus, “A Casa – uma travessia” (do livro O Caos na Sala de Jantar) – serve-me para testar uma hipótese, que batizei ‘Nostalgia do Presente’, sobre a prosa da autora-contista, aqui, cronista ágil. Até porque os textos dela são gestaltes que perseveram para um além de resoluções possíveis, desejáveis.
Marco Antônio Araújo Bueno

Cecília Prada nascida em Bragança Paulista, é jornalista profissional e escritora desde a década de 1950, tendo iniciado sua carreira no jornal A Gazeta, de São Paulo. Recebeu o Prêmio ESSO de Reportagem/1980 pela Folha de São Paulo por uma série de matérias sobre menores em instituições psiquiátricas e tem quatro prêmios literários, entre os quais o Prêmio Revelação de Autor APCA/1978, pelo livro O Caos na Sala de Jantar. Foi também diplomata de carreira. Formada pela turma de 1957 do Instituto Rio-Branco. No Ministério das Relações Exteriores, trabalhou até 1958, quando, em virtude do casamento com um colega de carreira, foi obrigada pelo Itamaraty a demitir-se. Retomou em 1973 sua carreira de jornalista (jornais: O Globo (RJ); O Estado de São Paulo; Folha de São Paulo; revistas Visão e Istoé (SP). Desde 1995 trabalha como autônoma, principalmente para a revista Problemas Brasileiros (SESC- SP). LIVROS PUBLICADOS: De ficção: Ponto Morto (1955 - Edigraf - SP), O Caos na Sala de Jantar (1978 - Moderna - SP), Estudos de Interiores para uma Arquitetura da Solidão (2004 - DBA -SP), O País dos Homens de Gelo (2007 - Atalanta - SP), Faróis estrábicos na noite (2009, Bertrand Brasil - RJ). De jor-nalismo: Menores no Brasil: a loucura nua (1981 e 1998); A pena e o espartilho (2007 e 2010), Atrás da porta da História (2007). Como dramaturga, pertenceu ao Open Theater de Joe Chaikin, em Nova York. Estreou no Judson Poet’s Theater (NY) em 1964, com a peça “Central Park Bench Number 33, Flight 207”. Tem sete peças escritas, em inglês e em português.

Serviço:

Entre o Itinerário e o Desejo
Cecília Prada
Scortecci Editora
Crônicas
ISBN 978-85-366-2583-6
Formato 14 x 21 cm
184 páginas
1ª edição - 2012
Esgotado

Mais informações:

Para comprar este livro verifique na Livraria e Loja Virtual Asabeça se a obra está disponível para comercialização.

Voltar Topo Enviar a um amigo Imprimir Home