O POETA JOVEM / Carlos Kessner

Livro escrito nos anos de adolescência do poeta, retrata seu encontro com a descoberta dos primeiros amores, as incertezas e perplexidades diante do mundo adulto que se decortinava a sua frente e a percepção das preocupações ecológicas que em breve tomariam de preocupação o mundo.

Carlos Kessner, Uma vez poeta, sempre poeta. Há 30 anos atuando como ortodontista clínico e professor de ortodontia da Universidade Paulista (UNIP), o jovem que foi artífice das palavras se tornou um artífice de sorrisos. Trocou o tempo de construir poemas com as palavras pela construção de sorrisos, substituindo o branco do papel a ser escrito pelo branco adamantino. Não sem reconhecer que há poesia num sorriso... Este, que por ter sido escrito na adolescência, traz as emoções de um olhar jovem sobre o mundo, por vezes perplexo, assustado, romântico, desiludido, esperançoso e curiosamente profético ao falar de temas ecológicos quando tal consciência mal havia sido despertada, como nas poesias “Sombras da Infância” e “Triste Manhã”. Profético com seu próprio destino de jovem ao ingressar no mundo adulto, como em “Mar da Dissolução”. O Poeta Jovem fala aos jovens por ter sido escrito na juventude e também àqueles que já viveram essa época da vida e gostariam de compartilhar esses sentimentos.

Laura Lydia, nasceu em Málaga, na Espanha, em 1979. Filha de mãe inglesa e pai suíço, veio ao Brasil quando ainda era muito pequena. Desde criança sempre desenhou muito e nunca parou. Estudou Artes Plásticas na Unicamp (2003), onde se aprofundou nas questões do desenho e em outras linguagens, como cenografia, figurino e outros... Desde então, atua como professora, ilustradora e artista plástica, desenvolvendo um trabalho focado principalmente na gravura em metal.

Crescemos e amadurecemos juntos, amiga
Frutificamos e o tempo nos trouxe um legado
De saber que não tenhamos medo de mudar
Já que o coração guarda consigo
A essência do que fomos e que a saudade
Pode no passado buscar o gosto doce desse fruto

Assim o poeta reencontrou-se com sua poesia, que havia sido esquecida num antigo caderno deixado com sua namorada, que viria a ser a mãe de seu filho. Este, também jovem e adolescente como o poeta àquela época, trouxe-as de volta agora como presente de aniversário dentro de um arquivo digital, embrulhadas em um “pen drive”. De alguma forma a trilogia – Plantar uma árvore (a jabuticabeira), ter um filho e escrever um livro – fez-se numa percepção de simultaneidade e completude. Poesia escrita na juventude, entre 1973 e 1975, algo profética ao anunciar o mundo e as vivências que o jovem encontraria e onde o homem maduro, mudado, reconhece o poeta jovem que foi um dia. Poesia que, como um fruto, tem seu doce sabor trazido de volta do passado. Com muita saudade...

Serviço:

O Poeta Jovem
Carlos Kessner
Scortecci Editora
Poesia
ISBN 978-85-366-2736-6
Formato 14 x 21 cm 
72 páginas
1ª edição - 2012

Mais informações:

Catálogo Virtual de Publicações

Para comprar este livro verifique na Livraria e Loja Virtual Asabeça se a obra está disponível para comercialização.

Voltar Topo Enviar a um amigo Imprimir Home