LEMBRANÇAS DO MENINO / Antonio Augusto Gomes

Certa vez correu a notícia: haveria peneira no clube. Toda a molecada do bairro compareceu. Estávamos todos ansiosos. De repente, chegaram dois carros e saltaram uns caras trazendo sacos com material esportivo. Mandaram fazer fila para pegar os dados de cada um e dar o material esportivo. Eu era um fiapo de gente, consequência: fui o último da fila. Quando chegou a minha vez, o técnico perguntou se realmente eu queria ser testado. Não tive dúvidas, fiz um sim firme com a cabeça. Eles riram e começaram a preencher uma ficha com meus dados. Perguntaram em que posição eu costumava jogar, estufei o peito e falei com orgulho: “sou ponta, igual ao Telê”. Eles caíram na gargalhada e me mandaram pegar o material. As chuteiras que sobraram eram quase o dobro do tamanho do meu pé, a camisa tinha as mangas que quase chegavam aos punhos e a barra, aos tornozelos. Não me importei com nada, queria mesmo era jogar.

Antonio Augusto Gomes é de Petrópolis, RJ. Reside em Belo Horizonte desde 1962. É engenheiro aposentado. Participou da coletânea de contos Histórias de Todos Nós, 2004; e da Antologia Noites de Terça, 2007. Lançou em 2009 o livro de contos e crônicas Clique Realidade.

Serviço:

Lembranças do Menino
Antonio Augusto Gomes
Scortecci Editora
Memórias
ISBN 978-85-366-2450-1
Formato 14 x 21 cm 
56 páginas
1ª edição - 2012

Mais informações:

Catálogo Virtual de Publicações

Para comprar este livro verifique na Livraria e Loja Virtual Asabeça se a obra está disponível para comercialização.

Voltar Topo Enviar a um amigo Imprimir Home