Receba nossa Newsletter: Nome Email

VIAJANTES DO VOO 147 / Joana Chicre

Quando o papai se foi, comecei com uma mania antiga, a de escrever. Não sou escritora, nem domino bem a gramática, mas tem coisas que fazemos como forma de tirar de dentro e colocar à vista. Esta foi a única forma de poder lidar com a dor, com o medo e com a saudade. Foi um processo de auto convencimento, todos os dias foi preciso me convencer a acreditar que seria assim. Demorei para me acostumar, porém acabei me acostumando.

Tornou-se uma questão de vida ou morte, tive que escolher a vida e esquecer  a morte. Então, ouvindo mamãe dizer “Deus sabe o que faz”, pude concordar com ela e parar de questionar. Hoje tenho meu pai onde imagino que todos devem colocar os seus entes queridos quando precisam se separar. Perto bem perto e sempre ao meu alcance. Por isso, resolvi colocar neste livro o que escrevi há oito anos quando ele se foi, com a intenção de deixar que seus netos conheçam um pouco esse avô charmoso, inteligente, corajoso, generoso e não vou parar, se eu continuar...
Joana Chicre

Serviço:

Viajantes do Voo 147
Joana Chicre
Scortecci Editora
Memórias
ISBN 978-85-366-2819-6
Formato 14 x 21 cm
88 páginas
1ª edição - 2012

Mais informações:

Catálogo Virtual de Publicações

Para comprar este livro verifique na Livraria e Loja Virtual Asabeça se a obra está disponível para comercialização.

Voltar Topo Enviar a um amigo Imprimir Home