DE QUISSAMÃ A HOLLYWOOD / Phydias Barbosa

A fazenda de Quissamã, hoje museu, era o local que eu, minhas irmãs e primos íamos sempre visitar nos anos 50 e 60. Quando cheguei a Hollywood, deparei-me com palmeiras idênticas às da nossa infância, quando brincávamos pelos rincões quissamaenses. O portão da Paramount, na Melrose Street, me impressionou bastante: o mais antigo estúdio do mundo, bem ali, na minha frente. A Melrose era uma rua muito frequentada pelos produtores do baixo Hollywood, com inúmeros restaurantes, escritórios de produção e outras facilidades operacionais para a produção de filmes.

Chinatown, Rosemary’s Baby, The Man Who Knew Too Much, Vertigo e tantos outros da minha iniciação ao cinema foram rodados ali. Decidi que também teria que compor essa imagem para vocês. O céu claro de Los Angeles é muito parecido com o de Quissamã, que finalmente homenageou meus pais e outros pioneiros por terem sido responsáveis pela época de ouro da projeção cinematográfica hollywoodiana no antigo distrito. Hoje, com este livro, devolvo a homenagem à cidade, que me viu nascer e ampliou minhas ideias para correr o mundo desde cedo, a partir dos cinemas de nossa antiga Freguesia de Quissamã e do inesquecível Cine Glória da Companhia Engenho Central de Quissamã (CECQ).

Phydias Barbosa é gerente de negócios, jornalista, produtor executivo, diretor de cinema e TV, professor de teatro e cinema e diretor teatral. Trabalha em teatro e cinema desde 1965 e em televisão desde 1972. Foi assistente de produção, ator e diretor nas novelas Selva de Pedra, Fogo Sobre Terra e Saramandaia, e dos programas Caso Especial, Fantástico e Teletema. Na mesma TV Globo, destaca-se seu trabalho como produtor executivo da minissérie Anos Dourados, em 1986. Escreveu, produziu e/ou dirigiu mais de vinte documentários para cinema e TV, destacando-se os curtas Ciro Monteiro e Ziembinski. Como produtor executivo e diretor de produção, trabalhou em mais de 500 comerciais de TV no Brasil e no exterior e em 21 longas-metragens brasileiros e estrangeiros. É membro-fundador da Associação Brasileira de Imprensa Internacional. Atuou no Sindicato dos Técnicos da Indústria Cinematográfica (STIC), no Sindicato de Artistas e Técnicos em Espetáculos de Diversões (SATED-RJ) e no American Film Institute (AFI). Como jornalista, trabalhou em diversos jornais e mídia digital, no Brasil e nos Estados Unidos, onde viveu por 28 anos. De Quissamã a Hollywood é seu primeiro livro.

Serviço:

De Quissamã a Hollywood
Phydias Barbosa
Scortecci Editora
Memórias
ISBN 978-85-366-3166-0
Formato 14 x 21 cm 
216 páginas
2ª edição - 2014

Mais informações:

Para comprar este livro verifique na Livraria e Loja Virtual Asabeça se a obra está disponível para comercialização.

Voltar Topo Enviar a um amigo Imprimir Home