A ALDEIA DO TEMPO / Gênesis Naum de Farias

“(...) As lendas hão de sempre viver, como raios de luz na treva amontoada do passado, mas a beleza delas não está em sua verdade, que é sempre pequena; está no esforço que a humanidade faz para assim reter alguns episódios de uma vida tão extensa que para abrangê-la não há memória possível...”
Joaquim Nabuco - Minha Formação, 2012. p. 202

Conversas com a Boemia: Uma Observação Participante. Um homem que foi, em sua própria descrição, um cidadão de outro tempo, disse-me outro dia que vinha de um século de ideias e vivia preso e desencontrado por uma natureza conservada nos rigores do pudor, porém me garantiu que precisava sair de certa boemia galante, onde tudo se desregrava numa fria busca por sentidos.

Por isto, assumia, nesta atmosfera dos tristes, uma dimensão simbólica pretensamente subjugada a um sentimento e uma necessidade de subjetividade que em suas paridades tornava-o refratário e intensamente deslocado. Seu relato agonizava como uma cidade morta tentando refletir suas próprias incertezas. Ao assumir o papel epifânico das contradições, adormeceu e se entregou a um reino pessoal de silêncios e comunhão. Queria me dizer mais coisas sobre a vida dourada que levava, mas me contive em perguntas e decidi também me recolher a uma insignificante ternura por acreditar que a todos é dado o sentido que se quer quando a maturidade cobra seu lugar nas existências...

Aquela imagem passava suas experiências a limpo tentando dizer que não dormia, mas vivo estava –; o problema se distinguia e ao longe, se revelava num crepúsculo de emoções suavizadas em contornos de uma realidade do-lorosa, refeita em sabedoria, dona de uma saudade redentora que me transportou às ruínas tristes dos infortúnios, onde morre-se devagar, dia a dia, hora a hora, silencioso e esquecido numa revoada de lampejos, refletindo que o fim retoma o princípio e nos faz renascer em outras épocas.

Graduado em Pedagogia pela Universidade do Estado da Bahia, tendo se Especializado em Gestão Escolar pela Faculdades Montenegro. Atualmente é Professor Associado Voluntário da Universidade Federal do Vale do São Francisco – UNIVASF e Professor Auxiliar na Universidade Estadual  do Piauí – UESPI, onde Coordena o Núcleo de Estudos Foucaultiano atuando principalmente nos seguintes temas: Educação e Sociedade, Memória, Cultura e Diversidade, Educação e Cidadania, Educação de Jovens e Adultos, Educação Contextualizada, Currículo Contextualizado, Gestão Educacional. Trabalha também na área cultural, com experiência na produção do conhecimento acadêmico, bem como na produção de saberes culturais, através do fazer poético e da contínua produção jornalística, tendo o trânsito em sala de aula como o meio principal de fomentação e consolidação da palavra escrita.

Serviço:

A Aldeia do Tempo
Gênesis Naum de Farias

Scortecci Editora
História
ISBN 978-85-366-3671-9
Formato 14 x 21 cm 
140 páginas
1ª edição - 2014

Mais informações:

Para comprar este livro verifique na Livraria e Loja Virtual Asabeça se a obra está disponível para comercialização.

Voltar Topo Enviar a um amigo Imprimir Home