CARINA, A PRINCESA QUE NÃO PODIA ANDAR / Sandra Hasmann

...Nesse momento, entraram no aposento, aos atropelos, o rei e a rainha, aproximando-se da menina que, só agora o forasteiro percebera, estava sentada numa cadeira de rodas toda estofada e parecida com um pequeno trono. – “Quem é o senhor, e o que pretendia invadindo desse modo os aposentos reais”?! – perguntou o rei. E o forasteiro, já refeito do susto, foi tratando de se apresentar sem demora, antes de tentar dar alguma explicação; afinal, nem ele sabia como fora parar ali!

Eu estava vivendo dias de angústia por conta de um evento que me aborreceu muito – coisas da vida... – quando numa manhã acordei com um título de história em minha cabeça. E esse título insistiu dois dias seguidos, martelando-me o cérebro, sem que eu conseguisse desviar minha atenção dele. Carina, a princesa que não podia andar... foi tão insistente que quase pirei! E quando contei a respeito ao meu marido e às minhas filhas, o conselho foi unânime:
– “Senta e escreve”!
– “Mas como?! Não tenho nada em mente para escrever!” – Era tudo o que eu tinha a dizer...
Mas a insistência, agora a família me pedindo para sentar e escrever, foi tão grande que, vencida, resolvi atender. Foi aí que me lembrei de algo, e esse algo deu ênfase à “magia”... Lembrei-me que, em julho de 2013, visitando o castelo de Cheverny, no Vale do Loire, na França, decidi entrar na lojinha do castelo logo na saída, para comprar lembrancinhas para a família e amigos. Coisas lindas estavam ali, diante desses meus olhos desde sempre fascinados pelos castelos, pelas histórias dos reis, príncipes e princesas do passado, seus costumes, seus encantos, seus mistérios... E foi aí que tive minha atenção voltada a algo que parecia envolto numa aura etérea do passado remoto, porém resplandecente e... Real! Tratava-se de uma caneta de pena cor de vinho, longa, delgada... Imediatamente eu a quis, e o primeiro pensamento que surgiu em minha mente, quando a peguei em minhas mãos, foi: “com ela escreverei minhas histórias mágicas”... É uma história deliciosa de se ler, adorável de se ouvir contar, e feita para crianças de todas as idades – dos mais pequeninos até os que já passaram dos oitenta anos! Sei que a fonte é inesgotável, muitas outras histórias igualmente belas virão, e todas elas serão escritas dentro dessa mesma aura de magia e encantamento... Agora, de posse da magia da “pena encantada”, envolvam-se na linda história de Carina, a princesa que não podia andar...
Sandra Hasmann - Jacareí, 16/04/2014

Terapeuta Naturóloga e Life/Executive Coach, criou o programa “GIRE” – Gestão Interativa Razão e Emoção – cujo objetivo é “humanizar” as relações empresariais, e desenvolver o potencial máximo do indivíduo através da sensibilização e autogestão dirigidas. Especializada em Prevenção ao uso indevido de drogas, habilitada no curso de Capacitação Para Conselheiros e Lideranças Comunitárias pelo PRONASCI – Programa Nacional de Segurança Pública com Cidadania, em parceria com a UFSC – Universidade Federal de Santa Catarina, Ministério da Justiça, Secretaria Nacional de Políticas Sobre Drogas e Gabinete de Segurança Institucional do Governo Federal. Escritora, membro da Academia Jacarehyense de Letras, na qual ocupa a cadeira 19. Artista Plástica, com ênfase à pintura de retratos. Trabalhos publicados:
Zeykran, meu irmão das estrelas – livro de ficção/autoajuda;
Através do arco-íris – livro de ficção/ autoajuda;
A guardiã – livro de ficção (em fase de conclusão);
Participação na Coletânea de Natal do projeto “Livro na mesa”, com o conto Um presente para o Papai Noel, da Editora Crearte, em parceria com empresas de Sorocaba e região;
Participação nas Coletâneas 2012 e 2013, da Academia Jacarehyense de Letras;
Participação na Coletânea Poesia todo dia, da Editora Alphagraphics, em 2013;
Participação em 2012 da coletânea Elas pintam, elas pensam, da Editora Literarte, ao lado de mulheres de grande expressão na literatura e artes plásticas brasileira e internacional, lançada na Bienal de São Paulo;
Participação da Coletânea Contos do Vale, da AJL – 2013;
Participação na Coletânea A cidade além do Arco-íris, da AJL - 2014;
Redatora de textos sobre comportamento, e entre os mais recentes trabalhos em periódicos, assinou as colunas de testes nas revistas Possível, e Prêt-à-Porter Brasil, ambas da Editora Leitura e Arte;
É colunista do Jornal Sem Fronteiras (RJ), mais importante periódico cultural do Brasil, distribuído em todo território nacional e mais de vinte países, em especial Europa;
Jurada por dois anos consecutivos – 2013/2014 – da categoria Contos, no Prêmio SFX, da JAC Editora, no Festival Literário da Mantiqueira.
Prêmios recebidos
Condecorada em 2012 com a Medalha do Cinquentenário da Associação Brasileira das Forças Internacionais de Paz da ONU (ABFIP ONU), destinada a premiar e reverenciar o culto aos nobres atributos daqueles que tenham praticado ações meritórias, enaltecedoras do nome da Pátria Brasileira;
Agraciada em janeiro de 2013, em solenidade no Rio de Janeiro, com o título de Membro Honorário da Divine Académie Française des Arts, Lettres et Culture de Paris;
Agraciada em 2013 com o certificado “Poeta do Bem”, concedido pela Editora Alphagraphics, tendo cedido os direitos autorais de sua participação na coletânea do mesmo nome à APAE;
Agraciada com o “Prêmio Luso-Brasileiro Melhores Contistas 2013”, em cuja coletânea também participou, da Editora Mágico de OZ;
Agraciada em 2014 com uma Moção da Câmara Municipal do Rio de Janeiro, pela estimada contribuição para a produção cultural fluminense, entregando a todos informação isenta e de qualidade;
Agraciada em 2014 com o “Prêmio Excelência Cultural”, em comemoração aos setenta anos da ABD – Associação Brasileira de Desenhos e Artes Visuais;
Agraciada em 2014 com o Troféu “Colunista sem Fronteiras”, da Rede Mídia Comunicações, por seu desempenho e competência.

Serviço:

Carina, a Princesa que não Podia Andar
Sandra Hasmann

Scortecci Editora
Ficção
ISBN 978-85-366-3795-2
Formato 14 x 21 cm 
48 páginas
1ª edição - 2014

Mais informações:

Para comprar este livro verifique na Livraria e Loja Virtual Asabeça se a obra está disponível para comercialização.

Voltar Topo Enviar a um amigo Imprimir Home