ARTIMANHAS DO DESTINO / Iria Fabers

“Quando eles achavam que tudo estava perdido, o destino resolveu lhes dar uma chance de serem felizes”. Dois adolescentes, Kristel e Kelly, estudavam no mesmo colégio, onde se conheceram e se apaixonaram. O namoro foi ficando mais sério e na noite de formatura quando eles iam ter sua primeira noite de amor, ele descobriu que eram filhos do mesmo pai. Kristel foi para bem longe continuar seus estudos e tentar esquecê-la. Kelly não ficou sabendo o motivo que Kristel não apareceu na festa de formatura e nunca mais deu notícias.

Os anos se passaram e Kelly nunca conseguiu deixar de amá-lo, e ainda esperava por uma explicação. Ela concluiu a universidade de medicina e começou a trabalhar em um hospital em Nova York. Ele foi morar e trabalhar na cidade de Vancouver, no Canadá. O destino os trará de volta num reencontro emocionante e eles terão que conviver como irmãos e transformar aquele amor de adolescentes, agora adultos, em outra forma de amor. Um livro romântico e apaixonante, onde a autora descreve a beleza exuberante de dois jovens adolescentes que foram privados de viverem sua história de amor. O desejo e a paixão tão reprimidos, mas não esquecidos, explodem quando se reencontram, já adultos. O amor fala mais alto e depois de descobrirem a verdade, se entregam de corpo e alma como se tivessem voltado no tempo. Um romance apimentado e envolvente que vai prender você do começo ao fim.

“– Kelly, preciso te dar uma notícia triste. O Jhonny não resistiu e faleceu hoje pela manhã, estou arrasado, ao longo da minha carreira eu já perdi alguns pacientes, mas o Jhonny era muito especial para mim... Se tivéssemos encontrado um doador antes da doença se agravar tanto, talvez ele poderia ter sido salvo. Como é difícil conscientizar as pessoas de que elas podem fazer o cadastramento para doação de medula óssea, que podem salvar vidas. Que o nosso maior tesouro é nosso sangue, nossos órgãos e que podemos compartilhar isso e salvar outras pessoas, parentes ou não. Conhecidos ou do outro lado do mundo, seres humanos que querem continuar a viver. Comunicar a família que mesmo em uma fatalidade que nos leve a morte, podemos fazer com que outras pessoas continuem a viver. Doando nossos órgãos. Isso não é só humano, é algo divino, poder ajudar, se doar. Mas infelizmente, muitas pessoas se fecham em seus “mundinhos” e não conhecem essa grandeza de poder salvar outras pessoas. Que um dia também podem estar na mesma situação. Desculpe-me estar te falando isso, mas não consigo entender. Ainda mais quando perco um paciente, tão jovem assim como o Jhonny.”

Iria Fabers é pseudônimo dessa escritora Paranaense, que desde menina sempre gostou de ler e escrever. Aos nove anos ganhou um concurso de redação do colégio onde estudava e aos quinze anos já escrevia seu primeiro conto. Encontrava na leitura e na escrita uma forma de driblar a solidão. Muitos de seus escritos se perderam com o tempo. Casada e mãe de dois filhos pequenos, tinha em mente conciliar sua vida profissional, ser uma boa mãe e uma boa esposa, deixando seus escritos para quando seus filhos estivessem crescidos. Em 2013 resolveu voltar a escrever e seu primeiro trabalho literário ganhou vida nesse belo romance de ficção que tem tudo para você se apaixonar. Seu segundo livro está quase pronto e ela já fala em um terceiro romance. Quem sabe o que vem por aí?

Serviço:

Artimanhas do Destino
Iria Fabers

Scortecci Editora
Ficção
ISBN 978-85-366-3869-0
Formato 14 x 21 cm 
200 páginas
1ª edição - 2014

Mais informações:

Para comprar este livro verifique na Livraria e Loja Virtual Asabeça se a obra está disponível para comercialização.

Voltar Topo Enviar a um amigo Imprimir Home