Receba nossa Newsletter: Nome Email

88 ANOS DE VIDA / Abelardo Gomes de Abreu

Este livro é um relatório de minha vida associada, sucintamente, aos eventos principais que a envolveram: regionais, nacionais, internacionais e, naturalmente, os profissionais. Concluo, como todos, que a vida NÃO tem definição, podendo ser somente narrada pelos seus efeitos. A vida é indefinida e sem propósito profundo, mas... Tem que ser levada a sério mesmo nos episódios efêmeros. A existência viva ou ativa é simples. – É a evolução atípica da mente humana que pode, eventualmente, transformá-la num “beco sem saída”.

A ALIANÇA / ALINE CARVALHO

Quando a realidade e o fantástico caminham lado a lado e o amor sublime transcende a razão concreta, não somos capazes de distinguir de que lado do astral estamos vivendo. Um coração receptivo e uma mente aberta nos ajudam perceber o quanto o amor pode tornar as pessoas melhores e maiores diante de ações cotidianas. A Aliança é uma trama que mistura os sonhos e devaneios da mente inquieta e sagaz de Alice em uma envolvente história que narra uma grande aventura em busca de autoconhecimento, resgate familiar, espiritualidade e um amor que supera tempo e espaço.

A DANÇA DAS FRALDAS / MARIANE BELLOCCHIO

Fraldas são apenas um tecido qualquer, uma certa textura ou uma tela, enfim... Mas para as mães que convivem com este mundo amplo, no cuidado com as tais fraldas de pano elas se transformam em um ser vivo! Elas dançam ao vento, após o cuidado minucioso, com os mínimos pormenores que damos a cada uma delas no zelo diário. E se tornam assuntos relevantes nas cartas, cheias de saudade, a mãe tão distante.

A ENERGIA PRÓSPERA / Ricardo Yabushita

Quantas vezes lemos um livro capaz de mudar nossa vida? A Energia Próspera é um desses livros e traz de fato ferramentas para que você consiga realizar essa mudança. Com linguagem acessível e descontraída, Ricardo Yabushita discute os conceitos de energia e prosperidade que englobam os diferentes campos da vida: do físico ao espiritual, do mental ao profissional, do social ao familiar. 

ABRINDO O JOGO - AMIZADE ALÉM DA VIDA / Irene Neta de Oliveira Pianissola

Irene Neta de Oliveira Pianissola nasceu em Nova Venécia (ES) em 12 de julho de 1976, filha de Waldir de Oliveira e Ileny da Silva Oliveira. É casada com Luiz Carlos Pianissola, com quem tem dois filhos: Leonardo e Lucas. Em 2019 tornou-se também avó de Pedro Otávio, filho de Leonardo. Formou-se Auxiliar de Enfermagem (Profae, 2004), fez Técnico em Enfermagem (Univem, 2010) e tem licenciatura plena em Matemática (Universidade de Uberaba, 2013). 

AMIGOS COLEGAS E COMPANHEIROS / Carlos Abib Cury

Há momentos em sua vida que você para: para meditar, refletir e se organizar emocionalmente. Nesses poucos momentos, para quem tem muita atividade, esse balanço de vida dá oportunidade de voltar no tempo e fazer um apanhado dos fatos mais importantes. Então, inevitavelmente passam pela cabeça as relações familiares, as cidades por onde passou, os bancos escolares etc., em todos os níveis, da infância à vida adulta. É a sua história, que você construiu.

APRESENTAÇÕES - A NOSSA ÉPOCA E A CIVILIZAÇÃO / Martim Ferrer

Apresentações empreende uma exploração da realidade em que nos encontramos. Parte-se de eventos mundiais recentes e de experiências existenciais para determinar a sua significação para nós. Descobrem-se aspectos políticos relacionados com a história e com a civilização para discutir a direção que a humanidade toma hoje. Um livro sobre o homem no presente e a sua história.

ARMADILHA FATAL / J. C. Maranhão

Tudo começa com uma reunião de negócios entre Ciro Baresi e seus executivos, de um lado, e Ferdinando “Comendador” Farias e seus executivos, de outro. De uma simples reunião de negócios, ninguém espera que possam surgir muitos problemas, mas o imponderável está sempre presente quando se trata de dinheiro e de poder. Dez anos depois daquela reunião de negócios, a lei da ação e reação mostra seus tentáculos implacáveis.

ARTAUD E A ORDEM / Martim Ferrer

Artaud e a Ordem empreende uma discussão do mundo moderno e do que o caracteriza. Discutem-se em curtos capítulos as ideologias da nossa época, a política que se pratica, as direções de desenvolvimento que constituem a nossa civilização e o nosso tempo. Um livro sobre o que vivemos, o que pensamos e o que nos move.

CADERNOS DE CIÊNCIA DA CONSERVAÇÃO / Marcelo Redígolo / Isolda Costa / Oscar Vega

A ciência da conservação é responsável pelo estudo de aspectos materiais (físicos e químicos) de obras de arte, suas interações com o ambiente, mecanismos de degradação e tratamentos, de curto e longo prazo, para sua restauração e conservação. Esta obra apresenta um estudo de caracterização química de tintas artísticas fabricadas no Brasil a fim de prover informações a restauradores, museólogos, historiadores e peritos em obras de arte.

CALOR HUMANO / Audry Elizabeth dos Santos / Maria Cristina Sanna

“A autora desta obra, profissional competente da direção do Hospital Sírio-Libanês, e que acompanha cotidianamente todo o desenrolar da assistência prestada, empreendeu uma pesquisa com grande rigor técnico e científico; e destacou três palavras-chave que identificariam a instituição nessas cinco décadas, desde a fundação: pioneirismo, com a incorporação de novas e contínuas tecnologias; excelência, devido ao padrão e qualificação de profissionais, diagnósticos e tratamentos, e, por último, humanismo, condição indispensável para o atendimento de qualidade. [...]

CONCEITO X CONCEITOS & A REALIDADE / Cícero Tenório Cavalcante

Cícero Tenório Cavalcante, brasileiro, é bacharel em Direito pela Universidade Católica de Pernambuco, advogado, pós-graduado em Ciências Políticas, Defesa e Estratégia Brasileira pela Escola Superior de Guerra (ESG) e pela Universidade Federal do Tocantins (UFT). Nasceu no dia 20 de agosto de 1964, no município de Águas Belas, no estado de Pernambuco, filho de Manoel Tenório Cavalcanti (Nô Tenório) e de Maria Anunciada de Albuquerque Tenório. 

CRÔNICAS SUPRIMIDAS: A MUCURA ESCATOLÓGICA & OUTRAS SANDICES / Ramiro Esdras Carneiro Batista

“A crônica é um gênero literário popular entre os brasileiros – tão popular no país que João Ubaldo Ribeiro nos conta que sentia dificuldade de explicar para os alemães que tipo de narrativa era aquela que ele estava tão acostumado a escrever. [...] Da fronteira norte brasileira temos Ramiro Esdras [...] para apresentar trois diferentes cenários em palavras e na escrita que nos remete à forma como Mia Couto também escreve.”

DÊ UM TUDO PARA UM TODO / Marcelo Ferreira

Marcelo Ferreira, é palestrante, professor e consultor de Produtividade e Qualidade para a Indústria Gráfica. Efetua Treinamentos, Consultorias e Diagnósticos Técnicos em todo o Brasil e América Latina, bem como para associações e entidades ligadas aos diversos segmentos gráficos.

DESVENDANDO A LINGUAGEM DOS ASTROS / Durval Augusto Jr.

Desvendando a Linguagem dos Astros coloca à disposição do estudante de Astrologia, em linguagem simples e objetiva, uma sequência que se inicia com os tópicos mais elementares desse estudo e prossegue até que o leitor possa se deparar com o horizonte mais aberto e luminoso da interpretação de um mapa astral. Inicia-se o estudo com a classificação dos signos astrológicos quanto às polaridades, modalidades e os quatro elementos. Na sequência, estudam-se os planetas para, em seguida, focar na descrição (e não apenas classificação) dos signos.

DIAS ASSOMBRADOS EM ROMA / Carlos Méro

Associei de imediato seu texto ao De profundis, valsa lenta, do português José Cardoso Pires, que viveu também uma experiência trágica de perda total de memória e de identidade. Preciso destacar o seu estilo – elegante e erudito – decorrente de seu convívio longo e constante com o suprassumo da literatura universal, exigindo, por isso, um leitor igualmente capaz. Ligo a essas características a sua capacidade de prender o leitor, que não consegue parar e, paradoxalmente, não quer que chegue o ponto final.

ENTREGANDO FLORES DESCALÇO / Claudio Martins Burro

Ao ouvir os Beatles em “My Sweet Lord”, composição do magnífico George Harrison, me vem à alma a vontade de produzir algo parecido, não tão grandioso. E dedicar essa inspiração, que lembre tal melodia ao Amor Infinito, pois, segundo creio, os anjos que ouvem tal harmonia perguntam entre si, por que não fui eu quem compôs tal oração?

ESTRESSE, O DESTRUIDOR DE VIDAS / Milton César Rodrigues Medeiros

O livro "Estresse, o destruidor de vidas" tem por objetivo detalhar o assunto estresse. Mostra a importância do estresse para a evolução da espécie humana e esclarece em que ponto esta resposta orgânica passa a ser maléfica ao organismo. Explica em termos simplificados como o estresse correlaciona-se com o aparecimento de diversas doenças que vão desde um resfriado comum até uma patologia tão grave como o câncer, passando pelas doenças autoimunes, inflamatórias, cardiocirculatórias, etc..

EU E MINHAS HISTÓRIAS / Maria Aparecida Almeida Dias de Souza

Santa ingenuidade... Devia ter uns 10 anos, nada mais que isso, brincava no portão de nossa casa com uma bolinha de borracha quando vi um galo desesperado correndo atrás de uma galinha, que cacarejava como que pedindo socorro. Morava em rua sem saída, onde à quadra em frente a nossa era sem construções, e os animais da vizinhança, cabras, ovelhas e aves eram criados soltos. Fiquei observando aquele galo quando vieram parar bem em frente ao portão, e ele, num pulo, montou sobre a galinha.

EU SOU O TALVEZ / Thayna Francisco

Thayna Francisco, escritora, ilustradora, programadora e estudante de Direito. Nascida no dia 9 de fevereiro de 1998 (aquariana com ascendente em Aquário), natural de Mogi das Cruzes (SP), Thayna sempre demonstrou amor imensurável pela arte. “Desde que aprendeu a segurar um lápis, nunca mais o soltou e a bagunça veio junto, era papel e canetinhas pelo quarto inteiro”, relata Miriam Belgo, mãe da autora.

HI-MERIMÃ - A FLORESTA SOMBRIA / Marcelo Pereira

Nowa é um menino indígena que nasceu no coração de Hi-Merimã. Ele não conheceu seus pais, foi encontrado dentro de uma vitória-régia e criado por uma temida onça-pintada, conhecida pelo nome de Rajara, pois, ainda criança, foi rejeitado pela própria tribo: os Aruak, que o culparam de uma terrível desgraça – a morte do rio Yanomami, cujas águas aos poucos começaram a escurecer como a tinta de jenipapo.

HI-MERIMÃ - A FLORESTA SOMBRIA / Marcelo Pereira

Nowa é um menino indígena que nasceu no coração de Hi-Merimã. Ele não conheceu seus pais, foi encontrado dentro de uma vitória-régia e criado por uma temida onça-pintada, conhecida pelo nome de Rajara, pois, ainda criança, foi rejeitado pela própria tribo: os Aruak, que o culparam de uma terrível desgraça – a morte do rio Yanomami, cujas águas aos poucos começaram a escurecer como a tinta de jenipapo.

HOW TO BE AN INCLUSIVE LEADER / Liliane Rocha

"The world is becoming more dynamic and interconnected, so this book is for people who at some point face the challenge of leadership, whether in a family, company, social organizations or government, and who was to do it the only effective way possible - that is, by being inclusive.How to be an inclusive leader is, above all, a synthesis of the practical experience Liliane Rocha has earned over 13 years working with sustainability and diversity in large companies in Brazil and Latin America, learning enough to contribute to the debate on a global level.

IDAS E VINDAS PELO MUNDO / Nelson de Castro Senra

Viajar pelo mundo, sempre gostei de fazê-lo. Mas isso é para mim, ao mesmo tempo, um prazer e um temor. Prazer e temor que crescem com o passar do tempo, por razões diversas. Maior prazer, por saber melhor apreciar, admirar, associar as realidades. Maior temor pelo avançar da idade, que torna o corpo mais fraco, mais sujeito aos acasos, e pela maior intolerância aos estrangeiros, que nos põe em meio aos ódios que crescem, tornando os homens irracionais. Não obstante, busco fechar os olhos e seguir viajando.

INSTANTES EXPOSTOS / André Luiz

“... e assim, eu tive a amabilidade de permitir que os instantes, a seus desejos, manifestassem as próprias prosas através da manifestação da natureza. Eu vi que as intempéries naturais, em realidade, lançavam-se sobre o contexto do universo familiar. Completavam-me e integravam-se cada vez mais no seio familiar. Agora, depois de viver e reviver todos esses instantes, os leio com os olhos do coração. 

INVERSOS / Arjé Sousa

A leitura de INVERSOS – Quando é inevitável comparar tende a levar você, leitor ou leitora, a encontrar-se consigo mesmo(a) e/ou com o seu oposto movendo-se intensamente entre gêneros, aparências, preferências, direções, opiniões e pensamentos opostos... e também gostos opostos. Estarão os desiguais em disputa velada, como num cabo de guerra?

JACOB(Y), “ENTRE OS SEXOS” E CARDIOPATIAS, O QUE O FEZ ANJO? / Thais Emilia de Campos dos Santos

Este livro fala de enfrentamento à violência contra mulheres, de luta pela vida, de gravidez de alto risco e pós-parto, de casamento, de cuidados paliativos, de bebês Intersexos, da dor da morte de um filho e da luta no luto: cuidar da dor do outro para aliviar a própria dor. Jacob(y), “entre os sexos” e cardiopatias, o que o fez Anjo? é um relato autobiográfico de como foi ser mãe de Jacob, bebê Intersexo (genitália ambígua, DSD – diversidade do desenvolvimento do sexo, sexo diverso, pseudo-hermafrodita)...

JOICE / Nei George Prado

Ela, após a aula, chegou até a sala dos professores, com o propósito de tirar alguma dúvida. Mas não havia dúvida; havia certeza, desde quando fizera chamada nominal, quando a tinha visto num entrecruzar de olhos. Que olhos os dela! Era só confirmação. Tanto que a questão exposta ambos sabiam mero pretexto. Energia. Pura química. A jovialidade latente e a busca da experiência de quem fala fácil e de coisas por descobrir. Apenas uma garota. E era a vida em raios de ouro.

LAÇOS DO DESTINO / Conrado Colli Sampaio

Silveira, rico industrial, e sua esposa Lucy, com a morte de seu único filho José e a descoberta de que ele estava envolvido com tráfico de drogas, têm sua tranquila vida completamente tumultuada. Passam a ser chantageados e ameaçados de morte pelo perigoso traficante conhecido como “O Cara”. Com a ajuda de amigos, Silveira e Lucy trocam de identidade e iniciam uma viagem sem destino. Estabelecem-se em uma pequena cidade interiorana e iniciam uma nova vida.

LUZES DA RIBALTA / Leda Maria Antunes

Luzes da ribalta é a biografia de Lindomar Teixeira Lima, nascido no estado do Ceará, cidade de Icó, em 1969, no dia 7 de abril, às 17h45.Proprietário da escola de dança Oficina da Arte, é formado em Artes com pós-graduação em Psicoterapia Holística.

MAGNAM EM BUSCA DO EQUILÍBRIO / Matheus Antonio Siqueira

A jornada continua... Após conseguir escapar dos caçadores, o grupo de Jonaddah se vê perdido nas terras de Farly e com uma única missão: espalhar a notícia de que haverá um ataque no continente. No entanto, os caçadores estão decididos a eliminar todos os que interferirem em sua caçada.

MAQUIAGEM COMO PROFISSÃO - 4ª Edição / Alexandre Krizek

MAQUIAGEM COMO PROFISSÃO trata de assuntos que nunca foram mostrados: como é a profissão, o mercado de trabalho e suas diversas áreas de atuação. Neste livro, você encontrará orientações claras e objetivas de como iniciar suas atividades, captar trabalhos e se destacar na área da beleza. Afinal, quem não quer ter uma carreira de sucesso? O maquiador deve estar preparado para desempenhar as atividades de um consultor de beleza e de imagem. 

MEDITAÇÃO E O CÉREBRO / Milton César Rodrigues Medeiros

O livro tem como objetivo mostrar os benefícios psíquicos e orgânicos da meditação, sem conotações de práticas religiosas, sendo que ao mesmo tempo aponta como a meditação é fator fundamental nos pilares das principais religiões. Como neurocientista, o Dr. Milton C. R. Medeiros busca o entendimento dos benefícios comprovados cientificamente nos aspectos físico e mental produzidos pelo ato de meditar.

MEMÓRIAS DE ARMÁRIO / Danielle Aragão

Memórias de armário é o primeiro livro de contos LGBTQ de Danielle Aragão. Cinco contos não relacionados apresentam histórias de cinco mulheres que de formas muito distintas saíram de seus “armários”. Cada conto é baseado em uma de muitas histórias que a autora ouviu de mulheres aleatórias, concedendo a elas força, obstinação e, acima de tudo, finais felizes. 

MENINO SEM BRIO / José Alves de Urany

Menino sem brio é a emocionante história de superação de um garoto que bem cedo teve que enfrentar o preconceito de uma sociedade que considerava uma pessoa com uma diferença física alguém sem nenhum valor. Enfrentou os desafios que a pobreza lhe impôs, além da hostilidade e aspereza de pessoas que supostamente deveriam cuidar dele e amá-lo. Passou por vários traumas físicos e psicológicos que poderiam ter transformado sua vida em uma grande tragédia. 

MODO DE PREPARAR / Marcia Aparecida Picolli

Livro sobre nutrição voltado para crianças, em que as rimas fazem uma brincadeira pitoresca com os alimentos. Modo de Preparar é uma maneira inteligente, simples e alegre de levar às crianças o mundo do aprendizado culinário e científico com diversão e bons princípios para uma boa alimentação e ótima saúde.

MOVIDOS PELA FÉ / Francis L. G. Prado

Meu pai foi homem que marcou a vida de muitos como instrumento de Deus. Constituiu família, deu bons exemplos, pregou a Palavra de Deus, ensinou o Caminho e contemplou grandes obras e milagres decorrentes de sua fé real, quase palpável, de que há um governante no universo, atento às orações: Deus. Encerrou sua carreira deixando como herança o exemplo de fé e ousadia em vida cristã.

NA TRILHA DA UTOPIA / Geraldo Malta

“... Na escalada os degraus vão ficando mais íngremes e escorregadios, mas Apolo insistia porque percebia que o ponto de luz aumentava de diâmetro a cada passo. Não desistiu. Sabe-se lá quanto tempo durou a escalada, o fato é que, a partir de certo momento, Apolo conseguia enxergar as paredes e animais que estavam nela. 

NEM SÓ DE LITERATURA VIVE O HOMEM / Alexandre Meyr

Em ambicionada exaltação aos livros, muitas das vidas aqui personificadas experimentam dramas e compartilham emoções. O palco no qual sucedem essas cenas – o município de São Miguel do Oeste, no extremo oeste catarinense – tem como pano de fundo um Brasil diferenciado, um país no qual “as coisas funcionam”, onde as instituições (e seus administradores) têm sua real razão de ser e cumprem verdadeiramente seus papéis, em que a maioria das pessoas são proativas, generosas, solidárias, e onde impera, com raríssimas exceções, o respeito mútuo entre os seres humanos e destes para com a Natureza. 

NEUROCIÊNCIA E MÚSICA / Cristina Garcia

O presente trabalho tem como objetivo analisar os benefícios de tocar violão para o desenvolvimento cognitivo e afetivo de adolescentes. Nos últimos cinco anos, pesquisas sobre as vantagens de tocar um instrumento musical têm crescido muito e vêm apresentando resultados significativos para várias áreas do conhecimento.

NOSSAS CIDADES, CORPO E ALMA / Juízes Poet@s

O sentir o mundo em volta e o pulsar no compasso da vida que nasce, que morre, que trabalha, que sofre é exercício diário dos humanos e os juízes não fogem à regra. Aliás, os juízes sentem o pulsar do processo, da vida que dali emerge. É no ofício de escrever que manifestam esse sentir. Escrevem no processo, sobre o processo e, de tanto fazê-lo, o convívio com os dramas humanos levou-os a escrever mais. Escrever sobre momentos tristes, alegres, vividos ou não, em poemas, contos, crônicas.

ÓPERA SELVAGEM / Marizia Cezar

Dedicatória: A todas as mães e cuidadores de seus entes queridos. Foi um tempo produtivo de muita inspiração e variedade de composições musicais desde 1982 durante o tratamento CA na infância por cinco anos corridos (com recaída), como num curso prático de resiliência de contato com os casos no hospital, e formação em Arteterapia, mas, embora tudo preservado Reg.

OS 300 CLÁSSICOS DA MATEMÁTICA / Cirilo Ramos

Os 300 Clássicos da Matemática, do professor Cirilo Ramos, nasceu com o objetivo de apoiar o aluno em seu caminho no estudo da Matemática, adquirindo habilidade para desenvolver um dado exercício. É com dificuldade que o estudante encara um exercício matemático ou lógico e essa situação se agrava diante das provas dos grandes vestibulares. De fato há dúvidas frente a um exercício matemático: o que ele oferece de dados? O que se pede exatamente para calcular? Qual o método para se atingir o resultado?

OS QUATRO HÁBITOS DO ORADOR EFICAZ / Pedro Barroso

Ministro cursos de oratória pelo Brasil há mais de 40 anos e já perdi as contas de quantas turmas já passaram por mim, compostas por profissionais diversos, como vendedores, jornalistas, professores, palestrantes, médicos, políticos, bancários, gerentes, diretores, líderes, dentre outros... A grande maioria, porém, é de advogados, políticos e estudantes de Direito. Em todos os cursos, cada aluno e profissional tem as suas particularidades. Gesticulações desequilibradas, voz muito aguda ou muito grave, falta de domínio do conteúdo, excesso de nervosismo, medo, porém um desejo: ponderar os exageros, falar corretamente e sem inibições e dominar a arte de falar em público.

PERSONALIDADE AUTORITÁRIA / Flavio Farah

Quando se fala em autoritarismo, é comum defini-lo de um ponto de vista político, ou seja, como um regime político no qual o poder é concentrado nas mãos de um só indivíduo, grupo ou órgão, que não tem que prestar contas de suas ações a ninguém. Em um regime político autoritário, o poder é exercido de forma arbitrária, ou seja, sem critérios ou limites impostos pela lei. 

POEMAS DE BORDO / Enivaldo Ramos

Desde o homem primitivo temos a necessidade de registrar acontecimentos, histórias, o cotidiano. As inscrições em cavernas são prova dessa necessidade de comunicação de homens e mulheres, que com seus pictogramas ou ideogramas deixaram suas marcas na História. O diário de bordo, igualmente partindo dessa necessidade de registrar os fatos, tinha originalmente o objetivo de relatar os fatos mais importantes do trajeto de uma determinada navegação.

RARIDADE - ENTRE A FÉ E A RAZÃO / Gil

PARA QUE SE TENHA UMA IDEIA DESSA HISTÓRIA, digamos que é uma mistura de tempos e religiões, um segredo que a Bíblia não contou, e que está prestes a ser desvendado. Com base no que Jesus Cristo ensinou aos seus discípulos (conforme a Bíblia), uma versão dos ensinamentos tenta se repetir nos dias de hoje. Porém, há um detalhe nesta história, que é o de que o homem que Deus escolheu só queria saber de levar uma vida normal.

RUMO DA TERRA SEM MALES / Jaime Collier Coeli

Chama-se palimpsesto ao papiro ou pergaminho cujo texto foi raspado para dar lugar a outro. Diz-se também de textos sobrepostos a anteriores. No presente caso, o texto em itálico pertence ao Canto IV,90-104, de Os Lusíadas, comumente conhecido como Episódio do Velho do Restelo, que tem, em seu significado original, a característica de ser contraponto ao poema épico, justamente porque não é épico. 

SE PRECISAREM DE MIM, ME CHAMEM / Osmar Baptista Silva

Muitas pessoas passam por situações desagradáveis na infância e durante a vida adulta. São mágoas, frustrações, ressentimentos, medos que podem causar traumas e interferir em seu comportamento pelo resto da vida causando desconforto e problemas de relacionamento no lar, no trabalho e na sociedade. Essas emoções negativas dificultam o seu desenvolvimento e afastam as oportunidades de serem mais saudáveis e felizes. .

SOB A LUZ DO SANTO AMOR / Basilídio Macário Mena

Apresentação: Hodiernamente, vemos a relevância espiritual da Mulher, sendo vilipendiada de maneira ignóbil, sacrílega. Talvez, poucos se consagrem a causa feminina, aquela causa santa, elevada, exercitada de maneira perfeita, pelos nobres trovadores e cavaleiros castos, típicos paradigmas da adoração feminina do Medievo. 

SONHAR E REALIZAR / Elizabeth G. Hiar

Completando minha maior idade até hoje,  eu que gosto muito de ler, com muito carinho e cuidado fiz e escolhi os textos que mais me inspiraram ao longo dos anos e me fizeram olhar para dentro, refletir e reconhecer o que me faz feliz, dando-me impulso para ser a cada dia a minha melhor versão e assim trazendo o melhor para minha vida. Resolvi compartilhar esses textos com as pessoas mais importantes para mim, e você é uma delas. 

SONHO DE DEUS / Hilka Alexa

O livro Sonho de Deus faz menção a Jesus, o maior sonho de Deus para a humanidade. Junto com as obras Perfume de Deus (2017) e Ouro de Deus (2018), encerra uma trilogia que forma uma metáfora com os três presentes recebidos por Cristo quando criança, e agora depois de adulto.

SUBJETIVIDADE: POEMAS E INSPIRAÇÕES / Francineti Carvalho

No livro Subjetividade: poemas e inspirações, a autora descreve seu ofício de psicóloga, através da magia dos contos e da poesia. Ela narra seu dia a dia escutando pessoas, as experiências no atendimento psicológico de adultos e de crianças hospitalizadas e o olhar poético sobre fenômenos como acidentes ambientais, adoecimento, violência e dor.

TRABALHO E TRABALHADORES: CONTEXTUALIZAÇÕES NECESSÁRIAS / Elina Pietrani (org.) / Ana Cecília Álvares Salis (org.)

Ana Cecília Alvares Salis - Psicóloga clínica; pós-graduada em Teoria Psicanalítica; coordenadora e supervisora de grupos de Acompanhamento Terapêutico (AT); supervisora clínica no Setor de Psicoterapia do Serviço de Psiquiatria da Santa Casa da Misericórdia, RJ (Bolsista CNPq, 1989/1992); pesquisadora da Academia Brasileira de Ciências – Programa Integrando (bolsista da FAPERJ, 2004/2006).

UNIVERSO EM VERSO / Patrícia Köbe

Patrícia Köbe é gaúcha, natural de Porto Alegre, advogada, mãe da Valentina e estudante de Ciências Contábeis. Foi concebida com muito amor no festival Vindima da Canção, em Flores da Cunha, no interior do Rio Grande do Sul. Sempre gostou de estudar e escreve poesias desde os 10 anos de idade, época em que iniciou sua vida artística como prenda de CTG e declamadora. O apoio e incentivo fazem parte da nossa família. 

VENDER É PARA OS FORTES / Eduardo Cruz de Almeida

Por que a função de vender é ao mesmo tempo tão atrativa e a que apresenta a mais alta rotatividade? A resposta fundamental está relacionada diretamente com o despreparo para a função. Vender é algo que todos fazem em algum momento da vida, portanto uma experiência bastante comum, entretanto suscita engano. Vender um carro, um imóvel, um objeto que já não serve mais, ou até mesmo acompanhar um familiar ou amigo num negócio, induz a um pensamento simplista em relação a vender.

VENDER É PARA OS FORTES / Eduardo Cruz de Almeida

Por que a função de vender é ao mesmo tempo tão atrativa e a que apresenta a mais alta rotatividade? A resposta fundamental está relacionada diretamente com o despreparo para a função. Vender é algo que todos fazem em algum momento da vida, portanto uma experiência bastante comum, entretanto suscita engano. Vender um carro, um imóvel, um objeto que já não serve mais, ou até mesmo acompanhar um familiar ou amigo num negócio, induz a um pensamento simplista em relação a vender.

VIVENDO BEM COM O QUE VOCÊ TEM / Adriana Aguiar Ribeiro

Vivendo bem com o que você tem não vai torná-lo um indivíduo rico, mas vai  ajudá-lo a administrar suas finanças no dia a dia, controlando suas despesas nos momentos de bonança ou escassez. Normalmente se vive bem quando se vive pelos próprios recursos. Isto gera sensação de independência e liberdade total. Convenhamos que um adulto que consegue arcar com suas próprias despesas não deve obediência a ninguém. Então, se conseguirmos manter o controle de nossas finanças, vivendo com o que temos, provavelmente seremos mais confiantes e tranquilos.

Voltar Topo Enviar a um amigo Imprimir Home