Receba nossa Newsletter: Nome Email
                   
Tel.:(11)3032-1179     WhatsApp:(11)97548-1515

VOCÊ SABIA? - CURIOSIDADES DO GRUPO EDITORIAL SCORTECCI

A Scortecci, que em 2022 completa 40 anos, está criando em sua LISTA DE TRANSMISSÃO, via WhatsApp, a série "VOCÊ SABIA?".
 Duas vezes por semana publicaremos um novo CARD, com “curiosidades e causos” sobre a empresa, livros, autores, feiras, bienais, concursos, antologias e eventos. Para receber os CARDS do “VOCÊ SABIA?” você precisa preencher no site da editora o formulário de inclusão, em atenção às novas regras da LGPD.


1 - O número 13 é o número da sorte da Scortecci? 
A Scortecci nasceu em agosto de 1982, uma sexta-feira 13, na Galeria Pinheiros, em São Paulo, na loja 13. 



2 - "Chaguinha do Biá", pseudônimo de Francisco das Chagas Teixeira Souza, de Manaus, no Amazonas, é o escritor com mais títulos publicados pela editora: são 72 títulos! 



3 - O livro com mais edições publicadas na Scortecci é PAISAGEM DA VIDA, do poeta Jair Hessel, que chegou a 23 edições.



4 - O livro CANTEIRO DE OBRAS, da escritora Ilka Brunhilde Laurito, foi vencedor do Prêmio Jabuti, categoria Poesias, de 1987. A Scortecci, ao longo de seus 40 anos, foi ainda finalista do prêmio, organizado pela Câmara Brasileira do Livro, mais sete vezes. 


   
5 - O primeiro livro publicado pela editora foi CAMINHOS, da poeta Adriana Neme, pseudônimo de Adriana Pedrozo Neme, em 1982.



6 - A primeira Antologia publicada pela Editora foi CANTO PLENO - POETAS DE PIRACICABA, organizada pela jornalista e escritora Maria Cecilia Bonachella, em 1982.



7 - O primeiro livro impresso pela editora com capa colorida foi CORAÇÃO GUERRILHEIRO, do escritor niterolense, Marcello Rollemberg. 



8 - A primeira edição do prêmio Scortecci de poesia foi em 1982. Ao longo de seus 40 anos, ele teve outros nomes: Prêmio Literário Livraria Asabeça e Prêmio Literário Amigos do Livro.



9 - "PEDAÇOS DE MIM" é o título de livro - de autores diferentes - que mais aparece no catálogo da editora: dez vezes.



10 - O Professor Carlos Morais, de Ribeirão Preto (SP), é o autor mais idoso em plena atividade na editora. Tem 100 anos e já publicou 39 títulos em primeira edição. 



11 - O jornalista tatuiano Mauricio Loureiro Gama, falecido em 2004, aos 91 anos, foi o primeiro apresentador de telejornal do Brasil, na TV Tupi em 1950. Foi também apresentador do célebre programa "Pinga Fogo", ao lado de José Carlos de Morais, o Tico-Tico. Em 1995 publicou pela Scortecci Editora o livro Risonha & Franca em homenagem à sua mãe, Anésia Loureiro Gama, professora e membro da Academia Paulista de Educação.



12 - A campositora e desenhista Zica Bergami, pseudônimo de Elisa Campiotti Bergami, autora de uma das mais belas canções brasileiras, a nostálgica "Lampião de Gás", célebre na voz de Inezita Barroso, publicou com a Scortecci duas edições do livro Onde Estão os Pirilampos? em 1986. Zica Bergami faleceu em 2011, aos 97 anos. 



13 - O autor, músico e escritor Ícaro Silva, hoje com 34 anos, fez sua estreia literária na Scortecci Editora em 1995, aos 8 anos, publicando 3 edições do livro Três Historinhas de Ícaro Silva. A Obra foi patrocinada pela Papaiz - Cadeados e Fechaduras, fundada em 1952, pelo imigrante italiano, Luigi Papaiz.



14 - O Pingo de Letra, selo infantil da Scortecci, completa 11 anos no dia 24 de janeiro de 2022. É o selo que mais cresce na Editora, com mais de 11 mil títulos publicados em primeira edição, e que ganhará uma loja exclusiva para comercialização de seu catálogo. 



15 - A poeta, atriz, cantora, tradutora, pianista e professora de dicção Mariajosé de Carvalho (1919-1995) foi figura marcante na cultura paulistana entre os anos 1940 e 1970. Estudou canto, piano e violino no Conservátório Dramático e Musical de São Paulo. Foi casada com o maestro Diogo Pacheco. Em 1986, traduziu e publicou com a Scortecci Editora Poema do Cante Jodo, de Federico García Lorca. No casarão onde morou até sua morte, na rua Silva Bueno, no Ipiranga, funcionou durante anos o concorrido Cabaré do Gato. Hoje o endereço abriga a Casa Mariajosé de Cravalho. 



16 - O radialista e escritor mineiro Cícero Acaiaba (Cícero Braz Acaiaba Vieira, 1925 - 2009), cidadão honorário varginhense  e membro fundador da Academia Varginhense de Letras, Artes e Ciências, escreveu 34 livros e publicou 14, cinco deles com a Scortecci Editora. É considerado um dos mestres do soneto em língua portuguesa. Escreveu também 139 radionovelas e como radioator participou de uma das novelas mais ouvidas da história do rádio: "O Direito de Nascer".



17- A escritora Jurema Lemes Rodrigues, autora do livro Caixa de Surpresas, publicado pela Scortecci Editora em 1986, foi modelo da estampa do famoso Creme Antisardina em 1952, "o preferido das paulistanas". Na época Jurema era presidente da sociedade artística de São Paulo.


18 - O escritor J. Godoy, pseudônimo de Jahir Ribeiro de Godoy, autor do livro Inferno Verde – Expedição Eldorado, visitou a Scortecci em 7 de novembro de 1994 para orçar a edição da obra. Retornou quase vinte anos depois, em 5 de setembro de 2014, quando finalmente publicou o livro. A cópia do orçamento de 1994 faz parte do memorial de 40 anos da editora.


19 - O poeta, compositor e pintor Antonio Maurício de Sousa, pai do cartunista e criador da Turma da Mônica, Maurício de Sousa, publicou pela Scortecci o livro de poesias Scenarios da vida – O cégo e o ateu. A obra, uma reedição de 1938, foi lançada na inauguração da Praça Antonio Maurício de Sousa, com o busto de bronze do autor, na cidade de Santa Isabel (SP).


20 - O escritor cearense Caio Porfírio de Castro Carneiro (1928-2017), vencedor do Prêmio Jabuti, categoria contos, com o livro O Casarão, de 1975, e do Prêmio Afonso Arinos, da Academia Brasileira de Letras, com Os Meninos e o Agreste, também de contos, publicou cinco livros com a Scortecci: Gramíneas, Rastro Impreciso, Primeira Peregrinação, O Copo Azul e Veredas Percorridas, sua última obra. De 1963 até 2017 foi secretário administrativo da União Brasileira de Escritores (UBE), de São Paulo.


21 - Conrado Colli Sampaio, 81 anos, avô, e Carolina Sampaio Maldonado, 16 anos, neta, são escritores da Scortecci com publicação de livros e participação em várias antologias da casa. Carolina fez sua estreia literária com apenas 12 anos e, de lá para cá, forma com o avô uma dupla literária invejável, com presença em lançamentos, feiras e bienais. Próxima estação: Antologia de 40 Anos da Scortecci, com lançamento em julho de 2022, durante a 26ª Bienal Internacional do Livro de São Paulo.


22 - A Scortecci marca presença na Bienal Internacional do Livro de São Paulo, com estande próprio e programação intensa, desde 1994, quando o evento ainda acontecia no Pavilhão da Bienal, no Parque Ibirapuera. Foram catorze participações, de 1994 a 2020, e uma participação no Salão do Livro de São Paulo, em 1999. Para a Bienal 2022, de 2 a 10 de julho, no Expo Center Norte, a editora já reservou espaço e promete realizar um grande evento para comemorar seu aniversário de 40 anos


23 - O site da Scortecci é ágil, moderno e responsivo. Tudo nele é fácil de encontrar. Na barra de tarefas você encontra links para as lojas de comercialização, serviços, redes sociais, recitais, concursos literários, TV Livro, portais Amigos do Livro e do Escritor, WhatsApp e tudo de interessante que está rolando no mundo do livro. É no site da Scortecci que postamos, em primeira mão, as novidades da editora. Temos também a nossa lista diária de transmissão via WhatsApp. Tudo muito simples e prático, direto no seu smartphone. Editamos, imprimimos e comercializamos livros desde 1982. Visite-nos!
Voltar Topo Enviar a um amigo Imprimir Home