BOCA DA NOITE / Robson Miguez

Acabo de ler Boca da noite, mais um livro de memórias, muito interessante, do meu amigo artista plástico, compositor e também escritor nascido em São Luís, capital do Maranhão, e radicado na cidade de São Paulo, Robson Miguez. Por intermédio de um voo literário livre, algumas vezes lançando mão do recurso e da força poética da trova, o autor consegue costurar uma colcha de retalhos para compor uma verdadeira obra popular. Com o objetivo de retratar os hábitos, costumes e comportamentos do cotidiano social da sua geração, assim como resgatar informações de outros tempos, o autor realiza a tarefa com maestria. Parabéns, Robson, mais um livro seu que li e gostei.
Alberico Rodrigues - Professor e escritor

O leitor vai encontrar, neste livro do artista e escritor Robson Miguez, um turbilhão de acontecimentos que refletem, de forma poética, o cotidiano da sociedade maranhense. Dessa forma, a obra é um espelho da vida política e cultural desse poeta sensível a efemeridades e a acontecimentos político-sociais. Assim, a influência do coronelismo na política, a denúncia do fiscal-candidato bêbado e corrupto, a conversa do Saci com a Mula-sem-Cabeça, o Boi de Zabumba, o forró e o merengue, todos são assuntos da poesia e da trova de Miguez. No universo maranhense, quintal do poeta, misturam-se tanto personagens familiares (como a bisavó Onorata e a avó Lilica, a mãe Maria da Graça e a irmã Linete) como amigos e conhecidos da vizinhança (como a motorista Rosinha e o jogador de futebol Kleber do Anil), bem como músicos, cantores e escritores (Nascimento Moraes Filho, Jorge Muce, Rita Ribeiro, Antonio Vieira, entre outros).

Em seus versos, Robson revela uma vida artística criativa e produtiva, permeada de laços de amizade e espírito colaborativo entre os artistas. Se é verdade que o autor é um artista popular, o que também se confirma em sua pintura – cujos traços, cores e referências nos remetem a esse universo –, é também possível perceber neste livro a gama de influências que marcam a formação estética na arte e na literatura. Assim, em Boca da noite, o leitor irá se deparar com Van Gogh, Picasso e até Samuel Beckett (um pezinho no teatro do absurdo) de um lado; Tom Jobim, João Gilberto, Tim Maia, Jorge Ben Jor, Caetano, Gil e tantos outros poetas, compositores e cantores da MPB de outro lado. Aqueles, grandes influências de movimentos artísticos da vanguarda europeia do início do século passado; já os últimos, representantes da cultura brasileira em cuja fonte Robson Miguez bebe, como todo bom artista que dialoga com o seu tempo e espaço. O que o leitor vai encontrar aqui é, portanto, um poeta compartilhando seu baú de experiências pessoais, propondo uma poética do depoimento pessoal sobre o mundo que o cerca.
Jorge Wilson - Doutor em Letras pela Universidade Mackenzie - Professor de Literatura da Faculdade Sumaré

Serviço:

Boca da Noite
Robson Miguez
Scortecci Editora
Poesia
ISBN 978-85-366-5171-2
Formato 14 x 21 cm 
44 páginas
1ª edição - 2017

Mais informações:

Catálogo Virtual de Publicações

Para comprar este livro verifique na Livraria e Loja Virtual Asabeça se a obra está disponível para comercialização.

Voltar Topo Enviar a um amigo Imprimir Home