MEUS MAIS DE MIL CORAÇÕES / Gabriela Plaza


Escrever esse livro foi exercício de rotina [...] e nessa rotina senti tudo (ou quase) que há para sentir: ódio, carinho, tristeza, alegria, nada. Devo minha escrita a tudo que me apareceu. Amores, lutas, feridas, tudo de mais ínfimo e gigante. A vida me foi matéria bruta essencial para qualquer tentativa literária que eu tenha ambicionado, pois em tudo houve poesia.

“(...) Pois só sendo
tudo isso
(me sendo infinito)
que meus mais de cem
corações
são poesia.”

Escrever esse livro foi exercício de rotina. A escrita, exercício de vida. Durante cerca de dois anos, escrevi poesia sobre tudo que me tocou no dia a dia. A divisão do livro em cinco temáticas é meu modo de lhes mostrar como não houve proposta prévia para meu presente livro. Ou a proposta foi a própria abertura ao que me viesse. Repito: foi exercício de rotina, e nessa rotina senti tudo (ou quase) que há para sentir: ódio, carinho, tristeza, alegria, nada. Devo minha escrita a tudo que me apareceu. Amores, lutas, feridas, tudo de mais ínfimo e gigante. A vida me foi matéria bruta essencial para qualquer tentativa literária que eu tenha ambicionado, pois em tudo houve poesia. Se quem agora me lê perguntar-me sobre o que é esse livro, diria que é um retrato de mim e do mundo que, cruel e generosamente, se abriu a mim. E considerando que minha maior (e, por isso, mais arriscada) certeza é de que somos todos gente em demasia, você (que me lê) há de entender o que tento contar em meus poemas, já que acredito que qualquer experiência humana, em alguma medida, se repete e se compartilha. Saiba que me sinto próxima a você (quem quer que seja), pois sei que compartilhamos pelo menos algumas centenas destes meus mais de mil corações. Assim, apresento-me em minha poética da iniciação sobre meus mais de mil corações, estes contidos (e um pouco espremidos) nas cinco temáticas que trago: dor e beleza, o mundano, morte  e  vida,  desamor,  e  amor. Sei que soa piegas, mas lembro quando, aos mais ou menos oito anos, um poema meu foi publicado num jornalzinho da escola. Mais de uma década depois, a sensação de estranhamento e maravilha é ainda a mesma. Enche-me de prazer saber que o que é meu, agora, será de mais gente — dá alegria sentir-me acompanhada nesta vida de poesia. O prazer é todo (todíssimo) meu.

Gabriela Garcia Plaza Teixeira estreia no cenário literário com “Meus mais de mil corações”. A autora nasceu em São Paulo (SP) em 1996. É poeta e estudante de Psicologia na Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.

Barbarah Canali, a ilustradora do livro, nasceu no litoral de São Paulo em 1998. Atua profissionalmente tanto na área da ilustração quanto da tatuagem. Desenvolveu-se em desenho e ilustração de forma autodidata.

Serviço:

Meus Mais de Mil Corações
Uma Poética da Iniciação
Gabriela Plaza
Scortecci Editora 
Poesia
ISBN 978-85-366-5808-7
Formato 14 x 21 cm
160 páginas
1ª edição - 2019

Mais informações:

Para comprar este livro verifique na Livraria e Loja Virtual Asabeça se a obra está disponível para comercialização.
Voltar Topo Enviar a um amigo Imprimir Home