RUMO A NOROESTE / Francisco de Souza


Os mais poderosos subjugavam os mais fracos e apoderavam-se das melhores terras e dos melhores rebanhos, tornando-se senhores de grandes áreas. A vinculação à terra e aos rebanhos fez nascer o poder político, que mais tarde será reconhecido por diversos nomes: imperador, rei, monarca e, mais modernamente, presidente... Em torno dessa autoridade está o povo cultuando suas crenças, desenvolvendo a economia, recolhendo contribuições para a manutenção da autoridade, pagando um preço pela proteção contra o inimigo, buscando a socialização das necessidades e a distribuição dos bens comuns. Assim, organiza-se o Estado, cuja função primordial é recolher dos que mais podem para distribuir aos que menos têm. Como um verdadeiro paradoxo, a rotulação dos povos na constante preocupação de uniformizá-los fez surgir várias áreas culturais que se desenvolveram marcadamente distintas e, assim, o mundo territorialmente conhecido se fragmentou.

Francisco de Souza é natural de Missão Velha, Ceará, onde nasceu a 23 de janeiro de 1944, filho de Manoel José de Souza e Julia Maria de Souza. Ainda no quarto ano do curso ginasial tornou-se orientador de alfabetização de adultos na Escola Radiofônica do Cariri (Rádio Educadora do Cariri em Crato, Ceará). Envolvido pela fé religiosa, mudou-se para São Paulo, onde estudou no Seminário Jordanianum dos Padres Salvatorianos, em Jundiaí. Iniciou seus trabalhos eclesiásticos na Paróquia de São Francisco de Paula e depois na Paróquia de Nossa Senhora Aparecida, ambas no Parque Peruche, e posteriormente na Vila Carrão, sendo a primeira da denominação Igreja Católica Apostólica Romana e as duas últimas da Igreja Católica Apostólica Brasileira. Formou-se em Direito pela Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo (Largo de São Francisco), onde também fez pós-graduação latu senso em Direito Internacional e doutorado em Direito Civil. Especializou-se em Didática do Ensino Superior pela Universidade Santana e Sociologia e Política pela Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo. Integrou o Plano de Aperfeiçoamento do Ensino (PAE) da Faculdade de Direito da USP. Fundou o Instituto de Ensino Superior de Garça com os cursos de Engenharia Florestal e Agronomia. Criou e presidiu a Missão Ecumênica do Brasil, a Pia Sociedade Filhos de São Carlos, a Semana Anual de Filosofia Religiosa e o Instituto de Estudos Jurídicos de Guarulhos. Foi voluntário na Associação Paulista de Combate ao Câncer, hoje Fundação Professor Antonio Prudente. É voluntário dos Amigos do Bem. É portador da medalha e diploma Grã-Cruz do Centro de Estudos de Ciências Jurídicas e Sociais do Brasil. É Mestre Instalado pela Sereníssima Grande Loja do Estado de São Paulo. Com sua esposa, Dra. Aparecida da Silva Lima, fundou a Associação Brasileira de Busca e Defesa a Crianças Desaparecidas (ABCD) – “Mães da Sé”, a Associação Brasileira de Defesa da Mulher, da Infância e da Juventude (ASBRAD), para combate à violência doméstica, e a Associação para o Estudo da Artrite. É professor universitário e advogado.

Serviço:

Rumo A Noroeste
Francisco de Souza
Scortecci Editora 
História
ISBN 978-85-366-5817-9
Formato 14 x 21 cm
308 páginas
1ª edição - 2019

Mais informações:

Para comprar este livro verifique na Livraria e Loja Virtual Asabeça se a obra está disponível para comercialização.
Voltar Topo Enviar a um amigo Imprimir Home