Receba nossa Newsletter: Nome Email

O LIMITE É SÓ O COMEÇO / Douglas Aparecido Antônio


Como é que pode
Alguém imaginar que um adolescente de apenas 15 anos seria capaz dar uma virada de 180 graus em sua vida e seguir rumo a uma caminhada que é para poucos? Pois é... Isso aconteceu com Douglas Robinho, que nessa idade teve o joelho prensado em uma partida de futebol. Em O limite é só o começo, aprendemos que o que passamos na vida, para certas pessoas, só se explica por uma enorme vontade de viver. Nossas dificuldades nos estudos, trabalho, convivência familiar e socialização são simplesmente a ponta do iceberg. O protagonista dessa história, em sua narrativa, vai além de sentimentos de derrota, dissabores e fatos banais – coisas tão corriqueiras que causam inimizades, muitas delas construídas e baseadas em motivos fúteis ou meros devaneios de nossas almas inconstantes, mergulhadas em um narcisismo mesquinho e egoísta, infelizmente natural em nós, seres humanos. Mas, graças a uma experiência ímpar, Douglas Robinho, com determinação, fé e perseverança, nos faz refletir sobre a vida que estamos levando e quais os valores que norteiam nosso dia a dia, como: família, amigos e convivência na sociedade. Detalhes simples, como um aperto de mão, um abraço e um sorriso e (quem sabe?) um “com licença” e um “muito obrigado” podem fazer toda a diferença. Como pode, diante de um problema de saúde tão grave, um jovem que passou grande parte de sua vida nos corredores de hospitais, com diagnósticos desanimadores, infinitas cirurgias e momentos de solidão e incertezas, ter enfrentado a tudo com resiliência e presença de espírito incomparável? 

Qual é o segredo?
Por que, muitas vezes, ficamos descontentes com o que comemos ou vestimos? E mais: por que, nas dificuldades de locomoção ou, ainda, se temos parte de nosso corpo que não gostamos e, não podendo alterá-la, passamos por enfado, angústia e até desespero por não conseguirmos algo material ou que satisfaça nosso ego? Quando um país passa por um longo período de guerra, logo em seguida existe um período de reconstrução, em que perdas e traumas devem ser administrados e, com o passar do tempo, vencidos. Em O limite é apenas o começo, uma guerra foi travada durante muito tempo. Traumas e perdas foram superados e nessa história da vida real, a cada subtítulo e a cada linha, vamos superando com o autor nossos medos, indecisões, inseguranças e superficialidades, tornando-nos pessoas melhores, mais sensíveis e humanizadas. E chegamos à conclusão de que olharmos à frente e não só para o nosso próprio umbigo é uma questão de sobrevivência. Li, gostei e recomendo! Boa leitura.
Dimas Raul Rodrigues
Publicitário e assessor parlamentar

Serviço:

O Limite é Só o Começo
Douglas Aparecido Antônio
Scortecci Editora 
Biografia
ISBN 978-85-366-5893-3
Formato 14 x 21 cm
80 páginas
1ª edição - 2019

Mais informações:

Para comprar este livro verifique na Livraria e Loja Virtual Asabeça se a obra está disponível para comercialização.
Voltar Topo Enviar a um amigo Imprimir Home