URA / Sergio Loss

URA? Por que URA? URA por quê? Ora: era uma vez a história de Joana que, antes da morte, promoveu e sofrei a tortURA; de Jasmine: quanto loucURA! - sexo, drogas e velocidade; de um anjo assassino de noites de procURA - Monali; de Mané Muamba: sofredor das consequências da usURA. URA? Unidade Referencial da Amor? de onde vem?

As poesias foram encontradas na prata maciça e pURA entre as pedras dURAS, incorporadas na madeira, que dURA, na ponta (do metal, espinho) que fURA, na consciência que cURA, no carinho, ternURA, no corpo, na sua formosURA.


Foi em 1995 que Sergio Loss lançou-se um poeta preocupado com os sentimentos e atitudes dos personagens do mundo. Primeiro, ele constriui a Escada Para a Consciência; depois semeou em terras férteis e colheu os Frutos da Reflexão; Agora vem, orgulhosamente, apresentar a mistURA de URA.

Serviço:

Ura
Sergio Loss

Poesia
Scortecci Editora
ISBN 85-000-000-0
Formato 14x 21 – 116 páginas
1 ª edição - 1996

Mais informações:

Catálogo Virtual de Publicações

Para comprar este livro verifique na Livraria e Loja Virtual Asabeça se a obra está disponível para comercialização.

Voltar Topo Enviar a um amigo Imprimir Home