SEM PONTO / Manoel Ianzer

Gramaticamente falando, um ponto é algo que determina o que devemos sentir: entusiasmo, espanto, dúvida, questionamento, certeza, fim.

Metaforizando, na vida nos deparamos com vários pontos.

Exclamamos como reação ao encontrar um velho amigo, ao realizar algum sonho material, com a vitória do nosso time de futebol ou ao ver o rosto de nosso filho pela primeira vez.

Interrogamos muitas vezes quando nos percebemos com problemas de saúde em familiares ou amigos; na incerteza diante de uma importante decisão que nos espera; ou ainda, diante da eterna dúvida existencial humana.

Mas um dos que exigem mais cuidados é o Ponto Final. O próprio fim, em si, é relativo. Como determinar, com propriedade, o fim de alguma coisa? Que entendimento possuímos para dizermos que um sentimento chegou ao seu fim? A vida... tem fim?

Manoel Ianzer, pessoa ímpar, portadora de espírito puro, capaz de identificar o belo das coisas simples do cotidiano, propõe, com o livro Sem Ponto, a reflexão sobre o fato de pontuarmos nossas vidas. Sem ter “Medo dos seus medos”, fazendo “Tudo por amor”, sugere que não nos assustemos com os problemas apresentados pelas “Curvas da vida”. A cada página, o livro transborda amor às pessoas, à família, a Deus!

Tenham todos, a graça e o deleite de absorver as boas vibrações que o autor transmite através das letras! Afinal, como ele próprio diz: “A vida é sem ponto para o prazer de ser feliz. Um ponto é o fim de alguma coisa, e a vida não tem ponto nem fim.”

Alessandro Vaz de Mattos
Professor, músico e compositor do “Sonido del Alma Gaucha” – Bagé
http://www.sonidodelalmagaucha.com.br

Manoel Francisco Madeira Ianzer nasceu em Bagé (RS), em 1948. Estudou na Escola Silveira Martins e no Colégio Estadual de Bagé Carlos Kluwe. Prestou o serviço militar em 1967, em Bagé. Terminou o ginásio em Porto Alegre, o Colegial e a Faculdade, em São Paulo, onde se formou em Administração de Empresas. Dono de uma microempresa em São Paulo. É casado com uma pernambucana e tem um casal de filhos.

Livros publicados:

Galhos Secos ou Floridos, 1980.
Amor ao Amor, 1982.
Olimpíada da Vida, 1985.
Portal da Alma, 2007.
Mirem-se na Alma, 2008.
No Silêncio de Nossas Iras, 2009.
Sem Ponto, 2010. 

Serviço:

Sem Ponto
Manoel Ianzer

Scortecci Editora
Poesia
ISBN 978-85-366-1722-0
Formato 14 X 21 cm 
96 páginas
1ª edição - 2010

Mais informações:

Catálogo Virtual de Publicações

Para comprar este livro verifique na Livraria e Loja Virtual Asabeça se a obra está disponível para comercialização.

Voltar Topo Enviar a um amigo Imprimir Home