LABIRINTO / OMAR ELLAKKIS

Nesta obra que traz poemas antigos e novos, tenta mudar paradigmas, ora quebrando regras de pontuação, rima e cadência, ora mesclando rimas ricas e pobres. Alguns poemas mergulham fundo no sentimento mais nobre do ser humano que é o amor.

Outros abordam questões sócio-políticas com nuances teatrais, dualismos de sentimento e ações, o exercício do livre arbítrio, o respeito à diversidade de raças, pensamentos e atitudes. Em determinadas ocasiões cria poemas sem orações definidas, fazendo versos de uma só palavra, o que denota liberdade de estilo e abandono de regras e convenções.

Entende que a poesia não só é a expressão mais bonita do sentimento, como também a percepção subjetiva do cotidiano, expressa da forma que convém ao poeta e compreendida das mais variadas maneiras por quem as interpreta. Livro de estréia de Omar Ellakkis, Labirinto toca o coração de quem lê, à medida que restabelece o elo entre o sentimento e a livre forma de vivenciá-lo.

Êxtase da Alma

Meu amor não depende,
não ascende de repente,
meu amor não nasce,
transcende.

Meu amor não dói nem corrói,
não hesita, não foge,
meu amor é hoje,
ontem e sempre.

Meu amor não rasga por dentro
não causa lamento,
meu amor é um grande enigma
de sofrer sorrindo
e de chorar no tempo.

Meu amor é súplica eterna,
é luz que mostra o caminho,
e o dilema de segui-lo ou não.
Meu amor é êxtase da alma,
dilacerada de saudade
e acariciada pela emoção.

Omar Ellakkis, 44 anos, é médico nascido em Londrina. Casado e pai de Tárik, que significa estrela brilhante, e de Sumaya, que significa altiva. É amante da poesia desde a adolescência. Exerce a medicina há 19 anos em Foz do Iguaçu.

Serviço:

Labirinto
Omar Ellakkis
Scortecci Editora
Poesia
ISBN 978-85-366-1988-0
Formato 14 x 21 cm 
96 páginas
1ª edição - 2010

Mais informações:

Catálogo Virtual de Publicações

Para comprar este livro verifique na Livraria e Loja Virtual Asabeça se a obra está disponível para comercialização

Voltar Topo Enviar a um amigo Imprimir Home