PEDÓFILO / Antônio Aruanda

O Pedófilo – O limite entre o algoz e a vítima está longe de definir qualquer coisa acerca do distúrbio sexual e suas consequências. Trata-se, entretanto, de mais uma porta aberta para a discussão de algo tão controverso e presente na vida de todos nós, que deve ser diagnosticado, examinado e curado no sentido de garantir uma vida mais feliz para o ser humano.

A sexualidade humana é amplíssima e, infelizmente, teve muito de sua beleza ceifada e transformada em algo nefasto pelos abusos religiosos que a carregaram de culpa e sujeira. É tempo de limparmos o sexo e aí sim, curarmos seus aspectos sombrios para que possamos vivê-lo em plenitude e alegria – pois esta é a real função para a qual ele foi destinado.

“Meu nome é Pedro Gonçalves, tenho 50 anos, sou um pedófilo. Há seis anos, três meses e cinco dias não fantasio com criança alguma. Não abuso sexualmente de criança alguma. Considero-me um doente como um alcoólatra que frequenta os Alcoólicos Anonimos. Para mim, chegar ao final de cada dia sem ter cedido à força da tara é sempre minha maior vitória – como o é para aquele que conseguiu resistir a um copo de cachaça. Muitos me consideram um algoz. Alguns me veem como uma vítima. Penso que tenho um pouco dos dois...”

Antônio Aruanda nasceu em 19 de setembro de 1972, na cidade de Nazaré (BA). É professor, formado em Letras Vernáculas pela Universidade Católica do Salvador. É Terapeuta Holístico, tendo feito formação sistemática em Programação Neurolinguística, Terapia Regressiva e Bioenergética. É escritor, formado pela vida. Publicou com a Editora Scortecci, em 2009, o livro PELA JANELA – A História de uma Sacerdotisa. Atualmente mora em Barra do Pojuca (Camaçari – BA), numa reserva da Mata Atlântica, na Instituição Khalil Gibran, onde celebra com amor e trabalho a beleza de cada aurora e crepúsculo da existência.

Na minha vida de terapeuta, pude ter a dádiva de ajudar alguns pedófilos e pessoas que foram abusadas sexualmente quando crianças a se curarem dos traumas, transtornos, psicoses e neuroses advindas dessas experiências. Também pude refazer conceitos meus, despir-me de preconceitos, mitos, crenças e paradigmas quando me permiti ampliar minha consciência e encarar o tema como um aspecto doentio a ser tratado, e não apenas um crime hediondo a ser punido.

Serviço:

Pedófilo
O Limite Entre o Algoz e a Vítima
Antônio Aruanda

Scortecci Editora
Pedofilia
ISBN 978-85-366-2260-7
Formato 14 x 21 cm 
368 páginas
1ª edição - 2011

Mais informações:

Catálogo Virtual de Publicações

Para comprar este livro verifique na Livraria e Loja Virtual Asabeça se a obra está disponível para comercialização.

Voltar Topo Enviar a um amigo Imprimir Home