CANTAR PARA NÃO DESENCANTAR / Espedito Cardoso de Araújo

Trata de uma experiência pedagógica premiada pelo MEC com o Prêmio Incentivo à Educação Fundamental, aplicada em duas turmas de 4o. ano do Ensino Fundamental. Através da musicalização dos conteúdos (produção de paródias), conseguiu-se eliminar a evasão e a repetência.

Esta segunda edição do meu livro Cantar para não desencantar traz agora, além da experiência relatada, a certeza de que a musicalização dos conteúdos é um dos mais eficazes instrumentos de motivação para o processo de ensino-aprendizagem. Desde que deixei o ensino fundamental, em 1997, passei a me dedicar ao ensino superior e levei essa experiência para esse novo mundo, nunca antes imaginado. Cantei e desencantei em salas de aula dos mais diferentes cursos, nas universidades onde lecionei, e notei que a música trouxe o mesmo encanto para os universitários como o trouxera para as crianças. A musicalização dos conteúdos trouxe o mesmo efeito motivador para os programas de formação de professores, nas oficinas pedagógicas, nos cursos de Redação, de Atualização Gramatical, de Leitura, Interpretação e de Produção de Textos, que ministrei. Facilitou o estudo, a dinamização da prática pedagógica e promoveu a superação das dificuldades impressas pelo tempo, inclusive fora da escola. Hoje, tenho levado a musicalização dos conteúdos para outros lugares, como escolas do campo, escolas técnicas e outros espaços de promoção do conhecimento. Espero que este livro contribua, mais ainda, para esse processo e constitua um eficaz instrumento nas práticas docentes, em diversos níveis de ensino. Acalentemos, pois, o sonho de um novo Brasil, onde homens e mulheres, do campo e da cidade, sejam realmente os verdadeiros atores sociais e agentes de transformação.

Espedito Cardoso de Araújo nascido no Boqueirão, Parelhas-RN, de família nômade e numerosa (11 filhos), cujo trabalho árduo dos pais, como meeiros, tirava da terra o alimento para a sobrevivência dos filhos. Indignado, desde cedo, com aquele tipo de vida dos pais, foi o único, dentre os irmãos, a se rebelar e quebrar a tradição – “escola para pobre é só para aprender a contar, a ler e escrever um bilhete”. Estudou em diversas “escolas isoladas”, zona rural. Fez exame de admissão e ingressou no então G. E. de Parelhas, vindo no “pau-de-arara da Cobra”, depois do trabalho na roça. Ensinou no MOBRAL, alfabetizando os irmãos e amigos, onde ganhava o dinheiro do transporte escolar. Lecionou o Supletivo Dinâmico, através das aulas radiofônicas do MEB, e se tornou supervisor e coordenador do Departamento de Caicó, de 1979 a 1987. Concluiu o Magistério, 1980, em Caicó, e logo foi aprovado para o curso de Letras, da UFRN, Campus de Caicó, concluindo em 1986, já tendo sido aprovado em concurso público para a Rede Estadual de Ensino. Em 1990, já em Natal, assumiu a cadeira de Língua Portuguesa na UNIPEC, hoje Universidade Potiguar, onde também assumiu coordenações de programas federais, como Alfabetização e Universidade Solidária. Em 1996, por criar uma das dez melhores experiências pedagógicas do Brasil, ganhou o Prêmio Incentivo à Educação Fundamental, do MEC, cuja experiência se encontra relatada neste livro. Assegurador do Programa Nacional de Educação na Reforma Agrária – PRONERA – no Incra do RN (2004 a 2009), criou e coordenou o Colegiado Estadual do Pronera e foi membro do Comitê Gestor Estadual da Educação do Campo. Em 2010, tornou-se consultor do MEC, em seleção nacional, e atuou em 36 municípios do RN, no Programa Brasil Alfabetizado. Hoje, leciona Língua Portuguesa e Literatura Brasileira na Escola Agrícola de Jundiaí/UFRN, onde também faz parte da equipe do PRONATEC. Como poeta e escritor, tem quatro livros publicados: Vida (poemas/1990), Cantar para não desencantar (1998 - 1ª edição, agora a 2ª edição) e Corpo-Alma-Coração (poemas/1999). Tem artigos publicados em coletâneas, jornais e revistas, assim como em periódicos diversos, em blog próprio e em redes sociais.

Serviço:

Cantar Para Não Desencantar
Uma Postura Didático-Pedagógica que Desafia a Crise da Evasão e da Repetência na Realidade Educacional
Espedito Cardoso de Araújo

Scortecci Editora
Educação
ISBN 978-85-366-3275-9
Formato 14 x 21 cm
140 páginas
2ª edição - 2013

Mais informações:

Catálogo Virtual de Publicações

Para comprar este livro verifique na Livraria e Loja Virtual Asabeça se a obra está disponível para comercialização.

Voltar Topo Enviar a um amigo Imprimir Home