FAÇA AS MALAS, ESQUEÇA OS PROBLEMAS / José Raimundo S. de Oliveira

Este é o espírito de José Raimundo S. de Oliveira e do livro Faça as malas, esqueça os problemas – Viagens de um aventureiro sonhador. Aproveitando suas “andanças” pelo mundo, o autor compartilha conosco sua sabedoria, sempre bem-humorada, levando-nos como companhia em diversas viagens pelo Brasil e pelo mundo.

Para se viver bem se tenta ter:
sabedoria dos 60,
perfil dos 50,
maturidade dos 40,
alegria dos 30,
juventude dos 20,
esperança dos 15
e muita alegria de criança!

Como tudo começou... Minha vida tem história e, anglicanizando o termo, estórias. Não acredito que desperte o interesse em um leitor desconhecido, mas aos amigos tenho certeza que sim, pois amigos não têm defeitos e podem até ser considerados escritores autobiográficos. Meu maior sonho sempre foi viajar. Dizem que a vida do homem se resume a três desejos: bebida, comida e sexo. Eu acrescento: viagens. Minha vida começou em uma viagem de meu pai a serviço para cumprir uma missão da Polícia Militar em Inhambupe (BA), cidade pequena que só fui conhecer quando tinha 18 anos, levado por meu padrinho Nequinho e sua mulher Senhora. Minha mãe acompanhou meu pai, levando-me no ventre, e quando a família chegou foi oferecido um almoço, onde estavam presentes as autoridades locais. Nele destacava-se um certo senhor; minha avó, ao vê-lo, disse à minha mãe: “Aquele é meu parente, olhe a orelha dele”, ao que foi repreendida por minha mãe. Minha avó foi até ele e perguntou sua origem. Respondeu que era da família Pinheiro Sales de Esplanada. Deixara a família jovem e nunca mais voltara. Ele era irmão do meu avô. As distâncias naquela época eram medidas por léguas. Esplanada era muito longe, sem estradas. Hoje são apenas alguns quilômetros de asfalto. Já a Europa era distante de um a quatro meses de navegação na época do Descobrimento. Hoje são apenas algumas horas de voo, apenas cinco horas voando no Concorde, único avião comercial supersônico que existiu e que infelizmente foi desativado pelo custo operacional e após um grave acidente. O tempo e o mundo mudam, ainda bem! Meus pais voltaram de Inhambupe para Salvador e aqui estou, feliz, curtindo esta bela cidade e viajando pelo mundo. Meu desejo de viajar, conhecer outros povos e culturas, teve inspiração no Seminário São José, onde estudei por seis anos. Meu professor de Geografia Geral, Monsenhor Trabuco, nos fez ler as obras de Júlio Verne. Começamos pelo livro A Volta ao Mundo em 80 dias, maneira maravilhosa de motivar os alunos. No início estudamos a Inglaterra, de onde saíam as personagens principais para a França, e depois outros, país a país, conforme a história do livro avançava, até chegar de volta à Inglaterra, junto com o personagem, desorientado e pensando que perdera a aposta. A diferença de fuso horário, porém, favoreceu-o com vinte e quatro horas de vantagem – e nessa parte estudamos os horários no mundo, inclusive atravessamos a linha internacional da data, tanto indo do Brasil para o Oriente como voltando de lá. E, assim, sofrendo o efeito da diferença de fusos horários, ficamos confusos, sem trocadilhos!
José Raimundo S. de Oliveira

Serviço:

Faça as Malas, Esqueça os Problemas
Viagens de um Aventureiro Sonhador
José Raimundo S. de Oliveira

Scortecci Editora
Viagens
ISBN 978-85-366-3096-0
Formato 14 x 21 cm
320 páginas
1ª edição - 2013

Mais informações:

Catálogo Virtual de Publicações

Para comprar este livro verifique na Livraria e Loja Virtual Asabeça se a obra está disponível para comercialização.

Voltar Topo Enviar a um amigo Imprimir Home