DE VOLTA PARA O MUNDO / Matheus Jacob Barreto

Em "De Volta Para o Mundo" Matheus Jacob Barreto atinge um novo momento em sua poesia, na qual ele foi capaz de capturar, com uma grande delicadeza, o lirismo essencial e primitivo do efêmero a partir de uma leitura elevada do ordinário. Embora jovem, Jacob Barreto mostra todo o seu amadurecimento poético, olhando dessa vez - de volta para o mundo, pedra fundamental de seu segundo livro - através do periscópio da poesia.

Para tanto, o Poeta uniu uma linguagem bem trabalhada a um enorme despojamento, dando à luz um conjunto de poemas que é ao mesmo tempo consciente e despretensioso, deixando assim de lado qualquer traço quixotesco que pudesse ser esperado de um jovem Poeta.

Matheus Jacob Barreto (1992) nasceu na cidade de Cuiabá. Venceu o “III Prêmio Literário Canon de Poesia 2010” e teve seu poema vencedor publicado na Antologia Poética da Scortecci Editora lançada em meados de 2011. Já em outubro do mesmo ano lançou seu primeiro livro de poemas, o Cancioneiro dos ventos, e em 2012 lançou este De volta para o Mundo. Estuda na Universidade de São Paulo e mora na cidade de São Paulo.

Aprendi que os poemas
têm seu tempo de “ser”.
Não escolhes as horas,
mas sim eles, por ter
(o seu tempo de ser)
um pulsar todo próprio
que nem sempre equivale
ao pulsar de aqui fora.
Eles vêm, vão embora,
e só resta que cales
o teu tempo de ser
em favor desse tempo

pra o verso amanhecer.

“A BORBOLETA DOURADA II”

Pra quê ela abriria as asas
se logo mais não as teria?
Seria como acostumar-se,
ver, depois esquecer o dia.

Mas será que entre a mala pronta
e a desfeita, nada se apronta

que valha o trabalho que dá?
Será que, desfazendo a mala
ou abrindo as asas pra voar,

não se ganha tudo que ao meio
borbulha pleno, como um veio?

Serviço:

De Volta Para o Mundo
Matheus Jacob Barreto
Scortecci Editora
Poesia
ISBN 978-85-366-2586-7
Formato 14 x 21 cm
104 páginas
2ª edição - 2013

Mais informações:

Catálogo Virtual de Publicações

Para comprar este livro verifique na Livraria e Loja Virtual Asabeça se a obra está disponível para comercialização.

Voltar Topo Enviar a um amigo Imprimir Home