RELICÁRIO DA ESPERANÇA / Esperança Arruez Negrão

Esperança Arruez Negrão, nasceu na cidade de Ponta Grossa, Estado do Paraná em 1928. De origem humilde, iniciou a sua vida trabalhando com a alfabetização de adultos e como atendente na área da Saúde Pública. Havia nela, porém, um desejo de ir à frente e em razão de seu gosto pelas letras, aos 26 anos, formou-se bacharel em Letras pela Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ponta Grossa, e aos 41 anos, já casada e mãe de cinco filhos, licenciou-se em Línguas Neolatinas pela PUC do Paraná, atuando como educadora e professora de Português, Latim e Francês por 42 anos ao longo dos quais colecionou uma série de textos que ora aqui são apresentados. Mensagens de amor, fé, esperança, consolo, amizade, trabalho e alegria são algumas das ofertas dessa obra.

TRECHOS DA OBRA

“... O que nos acontece é fruto das nossas ações que se bem encaminhadas somente produzirão atos saudáveis.

A consciência é a capacidade de estabelecer parâmetros para entender o bem e o mal, mas optando pela diretriz do equilíbrio, das possibilidades latentes, desenvolvendo os recursos atuais em favor do seu vir-a-ser.

Essas possibilidades são a presença divina em nós, aguardan-do o momento de desabrochar e crescer...”

“... Restitui alegrias a quem menosprezava a si mesmo por ninharias.

Combati a febre e o delírio, arranquei a erva daninha, a moléstia que molesta os corações amantes, sequiosos de saber, de lutar, de amar, de vencer, de progredir.

Homem hoje eu sou, rico de lembranças fagueiras, das noites inteiras em que fiquei a pensar na melhor maneira de eu poder curar...”

“... Nesse bosque encantado havia flores perfumosas em que insetos também faziam juras de amor. Nos caramanchões floridos e verdejantes, casais de lindíssimas borboletas voavam descuidosas. Nas noites quentes, um belo luar escoava-se pelas ramagens e casais enamorados buscavam o sossego das árvores frondosas. Os mais idosos rememoravam as suas lutas e os sucessos obtidos...”

“Assim como esta esfera que é giratória, giratórias são as idéias e preconceitos dos homens. Há uma interligação entre um pensamento de hoje e uma idéia concebida no dia de ontem. Em decorrência deste encadeamento, uma nova solução será experimentada amanhã. De tudo isso sentimos que, o ponto inicial das coisas aguarda a chegada do ponto final, para fechar o círculo...”

Serviço:

Relicário da Esperança
Esperança Arruez Negrão

Scortecci Editora
Literatura
ISBN 978-85-366-3058-8
Formato 14 x 21 cm
96 páginas
1ª edição - 2013

Mais informações:

Catálogo Virtual de Publicações

Para comprar este livro verifique na Livraria e Loja Virtual Asabeça se a obra está disponível para comercialização.

Voltar Topo Enviar a um amigo Imprimir Home