AS PERIPÉCIAS LABREENSES / Chaguinha do Biá

Esta pequena e nova obra intitulada As peripécias labreenses, conta diversas histórias do nosso imenso e arrojado território amazônico, que hoje coloca a região norte do nosso queridíssimo Brasil, no patamar de destaque em todo o cenário mundial, do grupo de animais que fizeram e fazem parte integrante do nosso maior e vulnerável pulmão verde da face do planeta Terra, do patriotismo, é em defesa desses pequenos ani-mais que este livro vem ao encontro do leitor amazonense, pe-dindo uma reflexão quanto ao nosso meio ambiente.

Chaguinha do Biá, nome literário de Francisco das Chagas Teixeira Souza, professor, poeta, ornitófilo, ilustrador e fotógrafo, nascido no Igarapé Vitória, rio Mamoriazinho, afluente do rio Purus, município de Lábrea (AM), no dia quinze de julho de 1957. Filho de Franklin Teixeira de Souza (Biá) – funcionário público, natural do Ceará, veio para o Amazonas como soldado da borracha em l945 – e de Maria Bezerra de Souza (Polônia) – amazonense, agricultora, seringueira e filha de cearense. Desde muito cedo o poeta já ajudava seus pais no sustento da família, trabalhando na lavoura do roçado e da várzea, sempre nos horários de folga dos estudos, também para a compra do seu material didático escolar.

Serviço:

As Peripécias Labreenses
Chaguinha do Biá

Scortecci Editora
Poesia
ISBN 978-85-366-3310-7
Formato 14 x 21 cm
64 páginas
1ª edição - 2013

Mais informações:

Catálogo Virtual de Publicações

Para comprar este livro verifique na Livraria e Loja Virtual Asabeça se a obra está disponível para comercialização.

Voltar Topo Enviar a um amigo Imprimir Home