SEM RASTROS, SEM VESTÍGIOS / Alberto de Castro

Primeiro desenhou-se o caminho da poesia, ou seriam Caminhos? Nós, que pouco sabemos do que nos foi reservado quando aqui chegamos, não imaginamos que curvas nos aguardam lá adiante. Alberto de Castro não teve medo. Colocou, por assim dizer, o pé na estrada, munido de GPS, muda de roupa e kit de sobrevivência. Inspiração e transpiração, na medida certa. Longe está do final de suas aventuras – há muito chão a percorrer ainda.

E ele pensa que sua caminhada, tanto pela vida como pela literatura, se faz sem rastros, sem vestígios... Sigo seus passos, atenta, agradavelmente surpresa com a velocidade que imprime à jornada e como ainda encontra meios de enxergar e colher para nós as flores que brotam nas margens. E digo: o único que não encontramos aqui são rastros ou vestígios de alguém derrotado pela dor. Há, sim, momentos de desânimo ou cansaço, que o poeta não é super-herói, não! No instante imediatamente seguinte, porém, Alberto transforma a dor em matéria-prima para seus contos, poemas e pensamentos, mostrando-nos que o processo de aprendizado e aperfeiçoamento, seja do homem, seja do escritor, é contínuo, nunca se esgota.
Paola Mariz

Passou pela vida, rastros não deixou, apenas mais um náufrago na ilha dos esquecidos.
Rubens Muniz Junior

Com Deus estou seguro. Não adianta me dizerem:
“Fuja como um pássaro para as montanhas”.
Sl 11.1

Neste meu segundo livro, gostaria de conduzir você, caro leitor, a uma viagem leve, solta, e tentar levá-lo a descobrir um mundo novo. Quero estimular a sua curiosidade e mostrar que podemos ter um olhar diferente para algo que já foi visto e uma nova opinião sobre algo que já foi pensado. Sem deixar de lado a temática filosófica, sempre presente em minha vida, espero poder compartilhar um pouco do encanto e da beleza dos contos, poemas e pensamentos que escrevi. Espero que as palavras desta obra possam trazer um pouco de encanto e alegria à sua vida. Muito obrigado e boa leitura.
Alberto de Castro - “Poeta ex umbra natus est.”

Carlos Alberto Teixeira de Castro tem 52 anos e é analista de sistemas. Paulistano de nascimento, atualmente vive em Caraguatatuba (SP). É apaixonado por literatura do gênero poético com temática filosófica. Também gosta muito de esportes, principalmente de basquete. Em 2012 publicou seu primeiro livro, Caminhos.

Serviço:

Sem Rastros, Sem Vestígios
Alberto de Castro

Scortecci Editora
Poesia
ISBN 978-85-366-3339-8
Formato 14 x 21 cm
96 páginas
1ª edição - 2013

Mais informações:

Catálogo Virtual de Publicações

Para comprar este livro verifique na Livraria e Loja Virtual Asabeça se a obra está disponível para comercialização.

Voltar Topo Enviar a um amigo Imprimir Home