AO ALCANCE DA MÃO / Maria Lília Astori Zanuncio

O livro Ao alcance da mão é uma obra literária feita com muito carinho, indicado para todas as idades; literalmente ‘ao alcance da mão’ de quem gosta de poesias. Ele traz em suas páginas poesias de conscienti-zação, didáticas, religiosas, reflexivas, nostálgicas, entre outras, dando ênfase a Deus, ao amor, à natureza, à família, ao ser humano e aos seus valores éticos, morais e sociais. Contrapondo com a seriedade dos temas, há um pouco de humor e uma boa pitada de crítica construtiva, equilibrando a relevância de cada assunto com uma leitura leve e agradável.

Maria Lília Astori Zanuncio, nasceu em 24 de setembro de 1951, na Vila de Todos os Santos, município de Guarapari-ES. Filha de Olímpio Astori e Maria José da Silva Astori, pais de 11 filhos. Aos 5 anos, foi viver com os pais no interior do município de Linhares. Seu pai era lavrador e sua mãe, professora, com quem estudou até a quarta série primária. Lá viveu até os 29 anos, quando se casou com José Salazar Zanuncio e onde nasceram seus dois filhos: Juninho e Liliana. Em 1980, mudou-se para Castelo-ES e foi morar em um sítio próximo da cidade, na localidade de Pouso Alto, onde reside até hoje. Concluiu o primeiro grau no curso supletivo à noite na Escola Nestor Gomes, em meados da década de 1990. Sempre a serviço da Igreja Católica, fez curso de Teologia Pastoral e, atualmente, exerce o Ministério da Palavra em sua comunidade. Trabalhou na terra, até se aposentar, como lavradora, no ano de 2006. Apaixonada por leituras, sempre teve o sonho de escrever um livro, pois se preocupava com a falta de interesse pela leitura que observava ao seu redor e com os analfabetos funcionais. Por esta razão, escreveu o livro de poesias, pois acreditava que versos e rimas incentivam os jovens e crianças a ler, por se tratar de leitura rápida.

Remexendo no meu passado...
Trazendo para o presente...
Com o olhar lá longe...
No horizonte do meu futuro...
Lá vou eu, com a avidez de uma adolescente...
A bagagem do idoso...
Sem a inteligência dos nerds...
Tampouco a tolice dos burros.

Por que poesias? Como disse Cora Coralina na mensagem do poema “o poeta e a poesia”: “Poeta não é só quem procura rimas, para fazer seus versos, mas aquele que escreve o que sente e se extasia, tentando passar para quem lê.”

Uma mensagem de otimismo, de amor, de esperança e alegria.

Serviço:

Ao Alcance da Mão
Poesias e Reflexões Sobre a Vida
Maria Lília Astori Zanuncio

Scortecci Editora
Poesia
ISBN 978-85-366-3458-6
Formato 14 x 21 cm
124 páginas
1ª edição - 2013

Mais informações:

Catálogo Virtual de Publicações

Para comprar este livro verifique na Livraria e Loja Virtual Asabeça se a obra está disponível para comercialização.

Voltar Topo Enviar a um amigo Imprimir Home