30 MINUTOS COM UM ESTRANHO / Merari Tavares

Como tomar uma decisão sem ao menos saber ao certo a real identidade de uma pessoa que entrou em sua vida por mero acaso? Karry é uma jovem com tudo de bom na vida: família, namorado, amigos... Mas, de repente, na emoção do momento, envolve-se com um desconhecido e acaba cometendo um grande erro, colocando em risco todos os seus sonhos. Uma jovem com um futuro brilhante pela frente, em fração de segundos, pode colocar tudo a perder. E agora? Como ficará a sua relação com Peter, seu namorado?

A BRINCADEIRA ESPORTIVA DA CRIANÇA E A VISÃO DOS PAIS / Sergio Luiz Herkert

Parabenizo o autor que dentro desse viés imensurável do meio esportivo, em tempos tão difíceis para se propagar a educação, teve a coragem de apresentar uma obra que ilustra bem as diferenças entre ser atleta e ser criança. Acredito, através desta obra, ser possível abrirmos um bom debate sobre o tema. Garanto a todos que vale uma leitura e recomendo.
Alcindo Sartori - Ex-jogador de futebol profissional

A CIDADE DE BELTERRA / Chaguinha do Biá

O sexagésimo nono livro intitulado A Cidade de Belterra, aqui apresentado aos amigos leitores, é uma obra que faz parte do poeta amazônida Chaguinha do Biá, que está engajado na preservação do nosso meio ambiente amazônico. Os textos apresentados nesta obra pretendem estimular os leitores a descobrirem na leitura as belezas da nossa Floresta Amazônica.

A COMUNIDADE DOS PRETOS / Gustavo Felipe Monteiro de Castro

A obra explicita o amor de um dono de fazenda por uma moça negra que vive em uma comunidade de ex-escravos que com ele conviveu desde sua infância. Para conseguir conquistar seu desejo, o protagonista planeja várias artimanhas - algumas cômicas, outras engenhosas e outras completamente desvinculadas da moralidade da época. O Fundamento do livro é mostrar que o amor não tem preconceito racial, e que, acima de tudo, pode começar com uma simples insinuação.

A INDÚSTRIA DA MÚSICA GOSPEL / Adailton Moura

A MÚSICA CRISTÃ ultrapassou as paredes do templo. Elevou-se o nível. Um MERCADO foi criado. A economia teve benefícios. BILHÕES de reais começaram a ser arrecadados. SUCESSO. Porém, o foco principal foi suprimido. O louvor de adoração a Deus virou ENTRETENIMENTO. Questionamentos não faltaram.

A ÚLTIMA ESQUINA DO TEMPO / Silvia Simone Anspach

Os contos são um passeio numa montanha-russa sinestésica. Tive que parar para recuperar o fôlego. Esperava tudo, menos essa explosão sinestésica que embriaga... Silvia Simone Anspach, você é a Dama da Prosa Poética. Ainda não conheci ninguém que tivesse conseguido os efeitos que você conseguiu. O que é a minha ambição! Você quebrou de vez a barreira entre prosa e poesia e fundiu as duas. E eu vivi para ler! Para testemunhar. Dama da Prosa Poética, meus respeitos. Bravo! Bravíssimo!

A VERDADEIRA HISTÓRIA DA INDÚSTRIA SALADEIRIL NA TRÍPLICE FRONTEIRA ARGENTINA - BRASIL - URUGUAI / Maximiliano G. R. Meirelles

Assim como o Polo Charqueador de Pelotas trouxe para a região riqueza material (sua maior expressão: arquitetura da cidade) e cultural (a literatura de Simões Lopes Neto), o Polo Saladeiril da Fronteira também trouxe para a tríplice fronteira riqueza material (os casarões de Uruguaiana, Quaraí e Sant’Ana do Livramento, e as pontes inglesas de ferro sobre os rios Quaraí e Itaqui) e riqueza cultural (a literatura de Ophelia Calo Berro) e base material para a obra de Cyro Martins, Dyonélio Machado, Alceu Wamosy. Atraiu para a fronteira a obra do português Ribeiro de Magalhães, o francês Emile Soulez, o uruguaio de origem francesa Pedro Clouzet, o brasileiro de origem francesa Carlos Francisco Reverbel, o francês Aimé Goujaud, os ingleses George Charles Dickinson e Ernest Dickinson, o uruguaio de origem galega Emilio Calo, D. Aurora Berro Chopitea e Ophelia Calo Berro.

ABERTA PARA BALANÇO / Zodja Pereira

Aberta para Balanço é uma coletânea de poemas escritos em diversos momentos tendo como inspiração o AMOR!

Zodja, minha querida amiga e irmã de alma, foi com imenso orgulho e prazer que aceitei a oportunidade de juntar suas “folhas soltas”, preenchidas com poemas belíssimos expressando sentimentos vividos, às vezes “golpes duros da vida”, e torná-las em livro, eternizando seus sentimentos! Tantos adjetivos podem defini-la: atriz, poeta, amiga, solidária, amante, companheira, amorosa, lutadora, sofredora, mãe ou, simplesmente, mulher!

ALGUÉM ABRE A PORTA? / Tania Scuro Mendes

Diferentes realidades, espreitadas por olhares sensíveis, são pretextos para crônicas que se libertam do cotidiano para transitarem por novas perspectivas de “admiração” e de crítica. As crônicas deste livro expõem o que está ali e aqui, entre todos nós, mas que muitos nem percebem, tão familiarizados e distraídos que geralmente estamos nessas realidades. Alçado por interrogações reflexivas, o leitor é transportado ao lugar de coautor que compartilha do fascinante contexto da escrita-leitura que vive no mundo das possibilidades.

ALMA / Dorival Vieira

Alma..., :..., a mais bela jornada ainda se faz dentro de Si mesmo. A Resposta da procura existe no silêncio. Esse é o mais sagrado Momento..., há um mestre em sua jornada. Ouça!

ALMA DE SONHOS / Amauri Martins

Amauri Martins - Após o lançamento da sua biografia A vida anda pra frente! e a enorme repercussão que teve junto aos leitores, especialmente os comentários feitos pelos seus alunos dos anos 70 e 80, empolgado, Amauri Martins deu vida a sua criatividade e inspiração no romance Alma de sonhos. Neste livro, relata o drama vivido pelo pai que separou os cinco filhos, propiciando que se tornassem adultos e responsáveis.

ALMA QUE TRANSBORDA / Jorge Roberto

Alma que transborda, novo livro de Jorge Roberto, trata da emoção que encanta e se encanta com cada sol... cada respirar... cada cor... cada pedaço de vida... cada amigo... Enfim, deixa aos poros e ao sentimento a função de degustar qualquer segundo existido... O poeta e músico Jorge Roberto é mais um daqueles loucos sonhadores cuja compulsão em compor versos e músicas faz com que a poesia seja uma espécie de “oxigênio da alma”. Seus versos são simples e não têm compromisso com estilo ou grandeza intelectual.

AMASTOR / Marcos Quinan

Reunidos por enfermidades e circunstâncias, um grupo heterogêneo percebendo o descaso e a desorganização com que a Tríplice Aliança comandava as operações na Guerra do Paraguai, transforma-se em um dos hospitais de sangue da campanha para, além de exercer a cura através dos preparados da sabedoria popular de dois nortistas alistados nos Voluntários da Pátria com a ajuda de uma enfermeira do corpo médico gaúcho, tirar proveito saqueado os mortos nos campos de batalha e os animais desgarrados para comercializar.

ANAMÃ / Chaguinha do Biá

O setuagésimo livro intitulado Anamã – A Veneza do Amazonas, aqui apresentado aos amigos leitores, é uma obra que faz parte do poeta amazônida Chaguinha do Biá, que está engajado na preservação do nosso meio ambiente amazônico. Os textos apresentados nesta obra pretendem estimular os leitores a descobrirem na leitura as belezas da nossa Floresta Amazônica.

ANTA, UMA VILA TODA POESIA / Alfredo Assumpção

Quer sentir-se na roça em meio à poesia e serestas, com pleno sentimento de liberdade e felicidade, abraçando o amor em todas as suas vertentes? Leia o livro. Você vai viajar pela natureza, comungando de um ambiente feito de pureza. Seja pelo ar que respira, a água que bebe ou a comida que come, ou ainda pelo convívio com os guardiões desse ambiente, as pessoas simples, vivendo em perfeita harmonia. Este livro de Alfredo Assumpção é um perfeito Éden, vivo e ensinando a viver em pleno século XXI.

ANTOLOGIA DE POESIAS, CONTOS E CRÔNICAS DA CASA DA POESIA VOL. 7 / Vários Autores

A Casa da Poesia é uma rede social de literatura que une poetas do Brasil todo e de outros países de língua portuguesa. Ela conta, também, com o apoio do Facebook, onde tem seu “Grupo Casa da Poesia”, que é bastante movimentado no seu dia a dia. A Casa da Poesia tem como escopo a união dos escritores virtuais que tenham por objetivo, através da arte do escrever, beneficiar e trazer cultura para o maior número de pessoas possível no mundo. Isso fará com que tenhamos uma sociedade melhor e, por consequência, um mundo melhor.

ANTROPOLOGIA JURÍDICA / Pietro Nardella-Dellova (org.)

Esta Antropologia jurídica: uma contribuição sob múltiplos olhares é um convite ao estudante de Direito a fim de que o mesmo saia de um ângulo (quase canto) dogmático, arrebente as algemas das instituições jurídicas e, gradualmente, passe a compreender o desenvolvimento das mesmas, seus objetivos e suas características. Mas, principalmente, serve para ajudar o estudante a compreender a pluralidade do mundo que o cerca, as variáveis dos relacionamentos humanos e permitir que chegue a outras chaves de leitura hermenêutica.

AOS PEDAÇOS / Neucivaldo Moreira

Aos pedaços é a nova criação literária do poeta paraense Neucivaldo Moreira, e vem para investigar o amor na sua mais profunda essência... a eterna procura dos poetas. Temos, assim, um livro imperdível, porque foi escrito com o coração para corações. Fala de nós para nós mesmos, porque aborda os sentimentos que todos exteriorizamos de forma absoluta, mesmo que subjetivamente. Aqui os poemas são sintéticos e cheios de emoção, porque, através do “minimalismo”, reúnem os sentimentos e se entrelaçam num continuísmo ímpar de forma cadenciada. Desfrute...

APRENDA COM AS CRISES / José Dantas

Se você deseja sucesso, defina um propósito, enfrente e supere as dificuldades (crises), esteja disposto a realizar mudanças, tenha uma atitude positiva e valorize suas conquistas. Crises pessoais no casamento, no trabalho, nos negócios, nos relacionamentos e nas finanças pessoais. Todas as pessoas já passaram ou ainda poderão passar por momentos ruins ao longo da vida. Embora sejam inexoráveis, esses reveses trazem consigo ensinamentos que facilitam o enfrentamento de futuras crises ou adversidades.

APROXIMAÇÕES ENTRE CIÊNCIA E ESPIRITUALIDADE / Ana Maria Salomão Prizendt

O propósito do livro, que você tem em mãos, leitor, é apresentar uma síntese dos principais conceitos do Novo Paradigma da Ciência; o qual apresenta-se ao século XXI como urgência prática quanto ao salto de qualidade dos seres humanos em seu processo de transformação individual e social. Os temas abordados pertencem a várias ciências: Física Quântica, Biologia, Neurofisiologia, Psicologia, Educação em Valores Humanos, até o ponto em que a Espiritualidade se manifesta.

AROMA DE FELICIDADE / Vera Meneghello

Ao voltarem para a casa da família, tia Zuleika fritava bolinhos de chuva e os servia com limonada. Os bolinhos eram fritos simplesmente, a limonada era como qualquer outra, mas quando na cidade Marcela pedia a Dona Teresa que lhe fizesse os bolinhos com limonada, nunca eram como os da fazenda. Então concluiu que o aroma, o sabor, o som, a visão, o toque de tudo tem a ver com o lugar, as pessoas, os sentimentos, a vida e o tempo. A vida de Marcela é contada em várias fases em que o medo a domina. Na maturidade encontra o caminho da luz e da felicidade.

AS AREIAS NUAS DO MAR / Valdinar Monteiro de Souza

"Amei conhecer, embora muito rapidamente, a cidade de Fortaleza. Quem me dera o tivesse feito houvesse bem mais tempo! Não faz mal, contudo, tê-lo feito somente agora. ‘Tudo tem o seu tempo determinado, e há tempo para todo propósito debaixo do céu’, diz Salomão, no Eclesiastes. Consolo-me. ‘Tudo passa sobre a terra’, diz Alencar, no último parágrafo de Iracema.

AS ÚLTIMAS LÁGRIMAS DE UM SANTO PECADO / Mario Vinícius D'Nava

Esta é uma história que inspira os mortais a conquistar os seus objetivos. Não importa a fase que está vivendo, mas a estratégia que será utilizada contra as adversidades da vida. O desafio faz parte da evolução. O personagem principal supera seus limites atingindo os resultados em que acredita, independente da opinião dos outros. Desejo uma ótima leitura e prosperidade a todos os leitores.

AUDITORIA DE SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE, AMBIENTAL, SAUDE E SEGURANÇA OCUPACIONAL INTEGRADOS / Helder Antônio da Silva

Atualmente as organizações, principalmente as indústrias, buscam, cada vez mais, alternativas para se manter no mercado ou até para obter novos mercados. A busca incessante pela melhoria contínua além da evolução do mercado tem exigido maior equilíbrio entre o comportamento humano e os sistemas produtivos. Várias organizações optaram pela integração dos Sistemas de Gestão como uma das formas ou modelos estratégicos de gestão visando à sobrevivência frente ao mercado globalizado com reconhecida eficiência.

AZUL / Regina Maria

O Azul é uma voz que perdura em experiências só possíveis pelo sentir aguçado, pelo abraço demorado nas sutilezas da vida. Histórias-poemas que nos trazem reflexões e deleite, seja pelos seus ares de brevidade, seja pelas suas narrativas inacabadas, esperando pelo desfecho do leitor. A palavra liberta encontra a sua morada. A nós é oferecida a possibilidade de entrar nestas tantas casas, em tantos tetos só nossos, como nos propõe Virginia Woolf. Entre mãos e loucuras nos perdemos de nós mesmos.

BANDEIRA SERTANEJA / Geraldo Meirelles

Esta obra trata da evolução da música sertaneja do Brasil e da vida de Geraldo Meirelles, pioneiro dos programas sertanejos na TV. Relata fatos que ocorreram desde os idos de 1930 até a modernidade, descrevendo também os principais artistas e programas de rádio e TV. Em seu programa Canta Viola abriu espaço para iniciantes, como Chitãozinho e Xororó, João Paulo e Daniel, Leandro e Leonardo, Zezé di Camargo e Luciano e muitos outros, além de receber também os já consagrados, como Tonico e Tinoco, Milionário e Zé Rico, Liu e Léo, Cascatinha e Inhana e os demais conhecidos.

BIFROST E A CONFRARIA DO TÚNEL / Regina Maria

Depois de uma noite de tempestade, indo para um quarto dos fundos da casa de Tia Carlota e Tia Malvina, Clara encostou-se num objeto estranho. Ou seria uma serpente? O coração disparou. Curvo, sinuoso, áspero. Puxou. O medo a lhe afligir. A alavanca se mexeu e a fez cair num túnel, onde foi tragada para dentro de um buraco negro, um túnel psicodélico que se movia em espirais coloridas ao infinito.

BIFROST E O PORTAL DO ESPELHO / Regina Maria

Bifrost e o Portal do Espelho é o segundo volume da série Bifrost. As crianças, agora adolescentes, terão que decifrar enigmas referentes aos seus posicionamentos no mundo, às suas identidades ainda por se fazer, à volta ao Reino de Bifrost para salvar o povo da Terra dos Sonhos. Para desvendar os enigmas do espelho, são obrigados a dar seus passos de fé e coragem a cada aventura vivida, que irá novamente culminar numa batalha contra novos inimigos: o rei Féllius, Don e o juiz Malferes.

BOM DESPACHO - 300 ANOS - TOMO II / Fernando Humberto de Resende

Tomo II – 1912 a 1940. Resgatar, Reconstituir e imortalizar a construção da Estrada de Ferro Paracatu que tantos benefícios nos trouxeram. A chegada dos alemães com uma formação técnica e lhe fora oferecido uma agricultura rudimentar. O alemão Willian Fischer e Carlos Cardoso de Carvalho inventaram o macaco hidráulico “Fischer” e foi fundamental na instalação da Mercedes Bens em São Paulo.

BOM DESPACHO 300 ANOS - TOMO I / Fernando Humberto de Resende

O livro narra o período (1715 a 1880) que arraial de Bom Despacho pertencia Pitangui. Era o ano de 1709. A notícia de ouro correu célere e assim, nasceu: “A Vila Nova do Infante das Minas de Pitangui”. Que foi município-mãe de mais de quarentas cidades do Centro-Oeste Mineiro e tinha uma extensão territorial de 24.000 Km 2. A desconhecida Revolta da Cachaça e muitas outras contra a excessiva carga tributária.

BOM DESPACHO 300 ANOS - TOMO III / Fernando Humberto de Resende

TOMO III - 1940 A 1969 - A Segunda Guerra Mundial, os “pracinhas”. A Força Expedicionária Brasileira - FEB. A doce Irmã que revolucionou, registrou as crianças sem registro, alfabetizou e transformou o Campo da Aviação, no atual e desenvolvido Bairro São Vicente. O Aeroclube de Bom Despacho e o incêndio do Clube Social. As “Pharmacias” de outrora.

BOM DESPACHO 300 ANOS - TOMO IV / Fernando Humberto de Resende

Tomo IV – 1970 a 2012. O Movimento de Jovens Roda Viva, formação de valores em toda uma sociedade. A chegada da Companhia Agrícola Florestal Santa Bárbara revolucionando o cerrado bom-despachense. A fundação da Cooperativa de Eletrificação Rural iluminando todas as fazendas do município de Bom Despacho. A Aliança Bondespachense de Assistência à Criança e ao Adolescente – ABAP, um trabelho de vulto que ampara as crianças e os adolescente de Bom Despacho Rotary Club e seus relevantes serviços prestados a comunidade.

BORBOLETAS DE PAPEL / Cris Cervo

Quando Eben Alexander III se encontrava em estado de quase morte (EQM), numa UTI, ele passou por experiências que mudaram o curso da sua história. Em seu livro Uma Prova do Céu, descreve essas criaturinhas mágicas que chamamos de Borboletas. Quando subia para um lugar desconhecido, encontrou milhares que o conduziram ao suposto Portal do Trono de Deus. Mas como a poeta foi buscar toda essa beleza sem entrar num estado de quase morte? Ou entrou ela tantas e tantas vezes no portal sagrado para trazer de lá esses seres? Depois, transformá-los em papel que, ao serem tocados, retornam para os céus?

BR - 319 - A ESTRADA DA AMAZÔNIA / Chaguinha do Biá

O sexagésimo oitavo livro intitulado BR-319 – A ESTRADA DA AMAZÔNIA, aqui apresentado aos amigos leitores, é uma obra que faz parte do poeta amazônida Chaguinha do Biá, que está engajado na preservação do nosso meio ambiente amazônico. Os textos apresentados nesta obra pretendem estimular os leitores a descobrirem na leitura as belezas da nossa Floresta Amazônica. Espera-se que este livro, elaborado com muito amor, venha de forma muitíssimo agradável contribuir com os leitores de todas as classes da sociedade, procurando na leitura os desvendamentos dos segredos da imensa e cobiçada região amazônica por meio do fantástico mundo da leitura. A Todos Uma boa leitura!

BRASIL: COM LICENÇA, EU RESOLVO / Antonio Carlos Dela Coleta

Antonio Carlos Dela Coleta lançou em outubro de 2017, nos Estados Unidos, o seu quarto livro, The inevitable reelection in 2020 of Donald Trump, tanto para despertar o interesse no Brasil deste seu quinto livro, Brasil: com licença, eu resolvo, que na sua segunda parte contém aquele em português, mas também e principalmente para ser sentida nos dois países a necessidade de inteirar e mesclar as próprias essencialidades existenciais de suave idealismo e solidarismo dos brasileiros com o forte racionalismo e individualismo dos estadunidenses, a fim de produzir um extraordinário empuxo para superar este frágil e inseguro período de transição de paradigma de pensamento da Humanidade, para livrá-la de sofrimentos horríveis, especialmente de uma terrível guerra nuclear de trágicas proporções com várias dezenas de milhões de pessoas mortas, dentre as quais uma boa parte de crianças inocentes e indefesas.

CAMINHOS DO CORAÇÃO / Claudia David

Caminhos do coração, de Claudia David, mas não só dela. Os textos que você encontrará neste livro certamente mostram jornadas que seu coração trilhou também em algum momento. Escrevendo sobre sentimentos e impressões do mundo e da vida, a autora mostra que muitas vezes passamos por situações e questionamentos bastante semelhantes e que, ao compartilhá-los, encontramos novas formas de lidar com fatos e emoções que transformam continuamente nossa existência.

CANÇÕES SOBRE O ABISMO / Beatriz Girão

Queria eu poder demonstrar verdadeiramente o que é ter as pontas da mente soltas, frouxas, trêmulas, ansiando por sentido e conexão. O que há nesse livro são tentativas ensanguentadas de palavra. Algumas consertam, outras incendeiam e dançam sobre as cinzas. Solidão, remorso, alegria, começos, términos, o olhar do abismo de volta quando o encaramos, imprecisão e ansiedade são alguns dos temas desse livro; mesclam-se uns nos outros, perdem-se, acham-se aos poucos.

CANTO DE SABEDORIA / Maria Marina D. S. V.

As altas horas da madrugada embaladas em um desejo de escrever poesia e poemas. Um mundo rico de expressões e palavras se junta à memória do escritor, do poeta que faz um mundo de sonhos tornar-se realidade conforme seus mais profundos desejos e satisfação de giro à definição das palavras. O poeta e escritor faz poesias e versos de amor na trama de tristeza, harmonizando a alegria e dando vida e cor aos personagens da memória, e faz da poesia seu mundo, e da madrugada saem as palavras e versos em forma de canção.

CHARLES E JOÃO / Rosário de Fátima Alvarez Meleiro

Querida amiga escritora: As pessoas às vezes falam: “Minha vida daria um livro”!; o que se fundamenta no seu caso. Quanta história, quantos momentos intensos vividos! Lendo sua história, vivi junto com você seu acúmulo de trabalho, de preocupações, de alegrias, de dedicação ao seu pai e aos cachorros. Ri e chorei em cada uma das traquinagens e vivências com a chegada da doença. Você manteve o humor enquanto dividia com o leitor acontecimentos trágicos; como o acidente com seu pé, que ficou como o do curupira.

CIDADE DE PÉ JUNTO / Carlos de Faria

CARLOS DE FARIA nasceu em 18 de fevereiro de 1941, em Marechal Floriano, que na época era distrito de Domingos Martins, Espírito Santo. Fez seus primeiros estudos em Lagoa, Baixo Guandu, Aimorés e Colatina. Cursou Medicina na Faculdade Nacional de Medicina da Universidade do Brasil, na Praia Vermelha, Rio de Janeiro. Diplomou-se em Direito pela Faculdade de Direito de Colatina.

CONCORRÊNCIA E INOVAÇÃO / Vicente Bagnoli (org.)

O fenômeno da economia digital, notadamente com o uso do Big Data, cuja realidade rompe padrões anteriores, impõe aos agentes econômicos novas formas de pensar, atuar, agir, criar e se posicionar no mercado. A atualidade do tema exige séria e profunda reflexão para compreender a competição em mercados de tecnologias disruptivas, multiplataformas – onde muitas vezes só há espaço para o vencedor atuar.

CONEXÃO OURO BRANCO / Along Fong

A agente Rebeca Rossi, da Agência de Segurança Nacional (AGSN), sediada nos Estados Unidos da América, afasta-se das suas funções e vai a Rondônia investigar a morte de sua irmã, Andréia Rossi, uma jovem advogada que se envolve com um senador da República assassinado ao disputar o governo do estado de Rondônia.

CONSPIRAÇÃO! / Rodrigo Amaral

Imagine que tudo deu errado. Imaginou? Conspiração! é passado no Rio de Janeiro, num presente distópico. O candidato Antero Pereira, que se apresentava como progressista, uma vez no poder, foi aprovando leis que o deixaram cada dia mais poderoso sem que ninguém se desse conta dos seus verdadeiros objetivos. Seus aliados compraram uma das maiores emissoras de TV do país, passaram a controlar os principais jornais e revistas e, agora, escolhem o que deve e o que não deve ser mostrado. .

CONTOS MUSICAIS / Mauro Guilherme

Neste nosso novo livro de contos misturamos literatura e música, coisas que fazem parte da nossa vida desde a adolescência. A literatura veio primeiro que o violão, mas ambos acabaram se misturando nos últimos tempos. Quem leu o nosso livro Histórias de Desamor, publicado no ano de 2011, viu que misturamos música e literatura em cinco contos. Mas aqui o fazemos no livro todo.

CORAÇÃO / Sebastião Teodoro Salomão

O autor de Coração reúne neste volume belas poesias, falando com simplicidade e determinação que todos os leitores sensíveis conseguem entender. Sebastião Teodoro Salomão procura traduzir nos seus versos e poesias coisas simples, cotidianas e intensas que permanecem dentro de nós.
Ingeborg Irmgard Godoy

CORRE COMO UM RIO / Marilina Baccarat de Almeida Leão

Não existe obstáculo, nesta vida, que o ser humano não seja capaz de superar. Muitas vezes, as pessoas costumam se esconder atrás de suas limitações e sentimentos, impedindo que os outros possam, realmente, entender o que se passa com elas... A vida é como a água do rio, que deságua no oceano, bela, imensa e profunda... A água é humilde, flui sem temer as quedas, ninguém a consegue controlar...

CRISTÃO RICO / Lucas Ramando

O livro Cristão Rico trás um ensino direto em relação a opinião de Jesus e de seus apóstolos em relação ao dinheiro e a fé. Como conciliar a vida financeira com a espiritual, de modo que comungando as duas, cheguemos ao Céu um dia. O leitor entenderá por meio de simples palavras qual o melhor tesouro a ser alcançado e quais táticas usar para adquiri-lo de modo que jamais venha perde-lo, e o melhor de tudo: sendo um filho de Deus.

CRÔNICAS PARA AQUECER O SEU CORAÇÃO / Renan Silva de Oliveira / Winicius Gomes Mendonça

Crônicas para aquecer o seu coração é um livro em conjunto de Renan Silva de Oliveira e Winicius Gomes Mendonça que tem como único objetivo transmitir reflexões inerentes a esta grande jornada chamada vida. A obra deixa claro que o interessante na literatura, na poesia e na arte em geral é que tudo que é sentido permanece. Por décadas, milênios. Somente a arte pode eternizar um sentimento. Somente a arte pode eternizar o tempo.

DE SARNEY A TEMER / Rafael Moia Filho

As estórias elencadas neste livro reproduzem momentos vividos pelo autor e a ajuda de pesquisa sobre um período que compreende o final da Ditadura Militar (1984) e a redemocratização do país, com a volta da liberdade de expressão e o direito sagrado ao voto para eleger um Presidente da República depois de 20 anos. É uma trajetória de mais percalços e problemas do que de alegrias e gestões eficazes em prol da sociedade brasileira.

DESASSOSSEGO DAS PALAVRAS / Hilda Mendonça

"Os poemas que compõem esta nova obra de Hilda Mendonça soam como o passar a limpo uma vida inteira. A temática de Hilda Mendonça é ampla. Se navegar pelo mundo das palavras não conhece fronteiras nem limites. É uma visão depuradade quem conhece os meandros deste labirinto que a vida moderna ardilosamente preparou para à atual geração de homens e mulheres, abnegados e sonhadores"

DESENHOS A LÁPIS / Oleg Almeida

"Desenhos a lápis" de Oleg Almeida é uma espécie de diário lírico em que o autor relata, de forma simples e convincente, as impressões reais e, ao mesmo tempo, oníricas que lhe suscita a cidade de São Paulo, sua vida cotidiana, sua beleza e seus contrastes: uma estranha declaração de amor a Pauliceia que o "marcou, para todo o sempre, com sua aparente frieza e seu calor subjacente"...

DEUS COM A GENTE / Manoel da Silva

Você é muito para mim. Você corre, almoça, trabalha, canta, chora, ama. Você sorri, mas nunca me chama. Você se entristece, mas depois se acalma e nunca me agradece. Você caminha, sobe e desce escadas, e nunca se preocupa comigo. Você tem tudo e não me dá nada. Você sente amor, ódio, sente tudo, menos a minha presença. Você tem os sentidos perfeitos, mas nunca os usa para mim. Você estuda e não me entende, ganha e não me ajuda, canta e não me alegra.

DEUTERONÔMIO 18:15 - TRANSCENDÊNCIA ADRIANISTA: CRÔNICAS, MÚSICAS E POÉTICAS / Abadi

Este livro aborda a volta de Jesus Cristo ressuscitado na pessoa de Adrian Lorenzo Dornelles Abadi, que já existia desde o Big Bang como menino protótipo daquele, nascido junto à tal explosão, e o foi através de uma aliança teológica chamada hesmirraísmo adrianista, ligando todas as etnias da terra ao céu pela perene liturgia da fé, amor, razão e perdão, instrumentos únicos para transcender à luz do céu, ao paraíso eterno. Assim, passados mais de dois milênios, ficou sepultado o velho cristianismo cuja liturgia era a liturgia da dor e da morte do Senhor, não a da ressurreição.

DO GRITO DE SOBREVIVÊNCIA AO ÚLTIMO SILÊNCIO / Maygon André Molinari

Assim nos fizemos [fazemos]: na forja do ter e da posse e, tornados protéticos, percursamos uma rota contraditória – o que nos deu o ser, um mundo interior, uma alma, e mais que tudo, a sobrevivência, pode também nos dar o fim, um anoitecer precoce antes mesmo do poente. No entanto, os pensamentos deste livro não pretendem carregar qualquer ameaça ou previsão mais acurada: eles pretendem apenas, com pinceladas toscas e amadoras, apresentar uma tela do nosso percurso – ou daquilo que nos tornamos.

DO SUBÚRBIO ÀS ESTRELAS / B. G. Lunar

B. G. Lunar é o pseudônimo de Jorge de Jesus Pereira como artista plástico. Ilustrou os livros Matizes em 2002, A sábia avó e a netinha tola em 2014 e fez o projeto gráfico, em parceria com o designer gráfico Ivan Leandro, do livro Poemas para Dri, de autoria de Rosilene Valerio. Estreou como escritor na coletânea Prática de escrita – A crônica, um estímulo à percepção e à criatividade, pela Andross Editora em 2005. As telas de B. G. Lunar nos levam a um mundo paralelo, expande-se o Universo, e ao mesmo tempo nos mostram o imo do ser.

ENTREVISTA COM DEUS / John Chelh

Samuel White, um experiente jornalista, tem a tarefa de realizar, para o jornal de sua família, uma grande e última matéria, cuja manchete seja inesquecível, e para isso pretende fazer algo capaz de mudar a opinião de milhares de pessoas no mundo inteiro. Boa leitura!

ERA UMA VEZ, CONTO OUTRA VEZ / Sueli Gutierrez

Os contos fantásticos mundialmente conhecidos sempre tiveram como protagonistas príncipes, reis, caçadores e heróis. Eles me inspiraram a dar nova roupagem com protagonismo feminino, sem perder a importante relevância do gênero masculino, que se mostra mais afável. São três histórias recontadas à moda brasileira. Na primeira, Joana é filha de mãe negra e pai branco. Um detalhe genético herdado do pai ajuda-a a encontrar seus laços familiares. Na segunda, Anita, neta de índio, aprende os segredos da floresta com o avô. Graças a isso, ela o salva de um animal feroz. No último conto, Amanda sofre uma maldição que a torna muito feia, por isso refugia-se numa tribo.

ESTRANHAMENTOS / Lucimar Justino

Estranhamentos reúne poemas escritos entre 2004 e início de 2018. Ao longo dessa uma década e meia de investigação e exercício poético, Lucimar Justino, um “lavrador de versos”, se dedica a apre(e)nder e compreender o mundo e a vida. Não é um processo fácil e talvez resulte sempre incompleto, ou melhor, eternamente em andamento.

ESTUDOS SOBRE DIREITO DO TRABALHO E DIREITO PROCESSUAL DO TRABALHO / Robinson Lopes da Costa

Estudos sobre Direito do Trabalho e Direito Processual do Trabalho, de Robinson Lopes da Costa, reúne textos produzidos durante o estudo preparatório do autor para a Magistratura Trabalhista. Nesse sentido, esta obra é fruto de uma pesquisa cuidadosa e apurada acerca de variados temas que podem ser cobrados nas provas discursivas. O livro, portanto, oferece uma ajuda aos que almejam conhecimento aprofundado na área do Direito do Trabalho e do Direito Processual do Trabalho, por meio de textos objetivos e escritos em linguagem acessível.

EU FALEI DE CRISE / Paraymun Radoesde Motrick

Em um editorial do Estadão, fiquei sabendo de uma entrevista de Dilma Rousseff na qual ela alegava que ninguém falava em crise em 2014. Em dezembro de 2013, em meu blog Outros Papos, eu já alertava para dificuldades econômicas pelas quais o Brasil iria passar. Não somente isso, pois, nos textos seguintes, além de abordar a crise, eu dava dicas para tentar driblá-la e vencer, mesmo com os obstáculos que estavam por vir. Reuni os principais assuntos relacionados e, quando notei, já tinha mais de 50 laudas, ou seja, possuía muito material sobre o assunto.

EXTRANHAS / Antonio Romane

Um livro inquietante. São ditados, provérbios, anexins, máximas, proposições, apotegmas. E também sentenças, aforismos, rifões, ditos, adágios, remoques, larachas, apodos, prolóquios. E ainda brocardos, axiomas, dicas, chufas, dichotes, parêmias, exemplos, pitacos, gracejos. Além de poesia, claro.

FATOS REAIS NA ADVOCACIA LIBERAL / Ivan Endo

O livro revela alguns dos muitos fatos vividos pelo autor, porém, muito marcantes em sua vida e que, agora, trazem profundos ensinamentos aos leitores. Agora, às vésperas de completar 80 anos, lança esta obra de inegável valor humano e de ensinamento de vida e ética. Certamente, trará ao leitor bons momentos de reflexão e reconsideração de pensamentos e atitude de vida.

FILOSOFIA DO COTIDIANO / Evely de Almeida Poli Rapuano

Das palavras - Pôr palavras umas atrás das outras, dar sentido às mesmas e clarear ideias, concatenar pensamentos e abrilhantar sentimentos, fazer aparecer um momento de magia após outro, trazer uma sensação de alegria em seguida a um instante de amargor, fazer da euforia a razão do evento, banir a angústia, espantar a tristeza; chegar, descansar. Escrever, para quê? Por que engrenar símbolos, letras, sons, tentar transmitir mensagens, fazer aparecerem avisos, enviar informações, deixar transparecerem emoções, compartilhar sensações? Parar, repousar.

GIU E DIDA / Conrado Colli Sampaio

Narra a história de dois jovens, André e Aninha, que se conheciam desde criança e que com o tempo se apaixonam, mas são separados pelo orgulho, preconceito e intolerância. Apesar de todas as dificuldades, André e Aninha nunca perderam a esperança de se reencontrarem. Qual a importância de Giu e Dida nas vidas de André e Aninha? Leia esta linda história de amor e descubra qual é a grande surpresa que o destino reserva para André.

HISTÓRIA DA FLEXOGRAFIA NO BRASIL / ABFLEXO / FTA - BRASIL

O leitor verá neste livro um Brasil que deu certo, na flexografia. E sem dúvida alguma o setor mostra que, com muito TRABALHO, criatividade, perseverança, força de vontade e HONESTIDADE, deu a sua contribuição ao nosso País. Sua proposta se apresenta a contar a história do surgimento, desenvolvimento e evolução da flexografia no Brasil, que teve a sua grande guinada nos anos 1970. Ali era parar ou continuar, mas os pioneiros em cada canto do País decidiram lutar.

HISTÓRIAS DO POVO DE DEUS / Mauro Mendes

Histórias do povo de Deus é constituído de seis partes e dois apêndices e interessa tanto a principiantes quanto a estudiosos da Bíblia. Os principiantes terão oportunidade de fazer um primeiro contato com episódios bíblicos especialmente escolhidos, entre os quais a história dos principais patriarcas, a origem dos filhos de Israel e sua saída do Egito, a conquista da terra prometida, as primitivas formas de governo do povo hebreu, profecias e prodígios operados pelos profetas e as mais importantes passagens da vida de Jesus.

HISTÓRIAS VIVIDAS / Carlos de Morais

O autor do livro, Carlos de Morais, um inveterado escritor e poeta, nasceu numa pequena cidade chamada Pereiras. Desta feita, em vez de poesia e prosa, editou um livro de memórias, no qual mistura seriedade como drama e alegria como comédia, onde se esconde uma ideologia que perpassa, trazendo polêmicas e desconforto, mas com o objetivo específico de fazer sonhar, em um cenário onde há sussurro de vento nos salgueiros ou um temporal que não perturbará os espíritos dos mortos, querendo escrever o destino, porque as chaminés e as locomotivas estão insensíveis como a pilotar um avião sem destino, sem vontade de esconder os cabelos grisalhos.

INCOMPATÍVEL / Maurício R. B. Campos

Uma jovem maga do Caos, desiludida com o mundo, decide mergulhar em uma jornada de autoconhecimento chamada 'Quebra do Ego’, que prevê uma troca de crenças, “seguir e acreditar no contrário de suas convicções”. Porém, nesse processo, ela não esperava encontrar a paixão nos braços de um jovem da elite de sua cidade natal. Agora ela conseguirá se manter fiel à prática mágica avançada que decidiu iniciar apesar dos apelos de seu coração?

JESUS, PERSONAGENS E LUGARES DO SEU TEMPO / Henrique Pompílio de Araújo

Há 10 anos venho pesquisando a Roma antiga do tempo de Jesus. Há muito venho acompanhando todas as pesquisas e descobertas para narrar nesta obra. Aqui eu falo um pouco sobre Jesus, sua família, seus apóstolos, seus algozes e também sobre os lugares por onde Jesus andou. Não foi nada fácil a vida de Jesus naquele tempo para levar adiante o seu missionato.

JOELHOS DE VIDRO, MANGUAÇA E OUTRAS CRÔNICAS / Francisco Dandão

Os 80 textos deste livro, Joelhos de vidro, manguaça e outras crônicas, mostram bem a genialidade e a perspicácia do escritor Francisco Pinheiro, para muitos Francisco Dandão. São múltiplas as sacadas e metáforas que se desenrolam por entre as letras reunidas por Francisco Dandão, fazendo milhares de assuntos se misturarem entre si: política, história, geografia, filosofia, economia e, claro, o futebol, além de outros do viver cotidiano do brasileiro que marcam presença nesta obra. Os assuntos se misturam e fazem eclodir histórias fantásticas, mergulhando o leitor nas maravilhas das narrativas, por onde perpassam lembranças e sonhos a cada olhar e o brotar de sorrisos de um tempo passado e presente.

JORNADA TERRA / Marizia Cezar

O tridimensional visita a Linguagem na Literatura em companhia da Pintura com ideias criativas da Mente Matemática numa trilha musical atração sedutora de partículas: PAZ!  Demonstrar o espaço dentre entre além descobrir TRANS SINTESE em Pintura: conhecimento Revelação Inteligência Cognitiva - capacidades e imaginação, totalidade em extensão da geometria analítico-abstrata; som-imagem nas ideias e símbolos, escritos abençoados de comuns objetivos em sintonia de busca, quais se concretizem sucessiva recriação/múltipla operação Arte e Matemática de ver viver conviver, e convida-se à vida com ARTETERAPIA para sermos enfim harmonia e Infinito...

JUSTIÇA SEM LEI / José Pereira

Provavelmente um dos grandes dramas de um juiz, antes, durante e depois de dar uma sentença, é não ter absoluta certeza de que é justo e por isso faz justiça em seus julgamentos. Alguém já disse que amar é fácil, difícil é ser justo. Se as leis precisam ser interpretadas, inclusive de acordo com cada situação, porque nem tudo está previsto nelas, não deve ser tarefa fácil condenar ou inocentar quem quer que seja.

LASTRO / Saulo Soares

O título Lastro, que também dá nome a um poema, vem da definição de “peso que se coloca no fundo de um navio para que ele tenha equilíbrio”. É isto que desejo: dar peso às palavras para que o poema se sustente. Pois, “... leve o vento leva”. Lastro reúne poemas da adolescência e da fase adulta. Pouco ou quase nada produzi na juventude. Não saberia responder o porquê. Enfim, sou muito grato por tudo. Especialmente por sua leitura. Obrigado e grande abraço!

LIONARDO / Cecil C R

Romance epistolar da vida de Leonardo da Vinci. O autor mescla dados históricos e situações do mestre florentino na tentativa de elucidar a conturbada personalidade do artista. O resultado é uma obra que instiga o leitor a descobrir onde termina o Leonardo histórico e começa o Leonardo ficcional.

LIRA BRASILIANA / Jorge Caleiro

No panorama atual da poesia brasileira, a obra de Jorge Caleiro, Lira Brasiliana, se destaca sobremaneira pela força expressional, a lucidez analítica dos fatos e eventos, e a audácia contestatória densa e profética, libelo profundo, abissal, ofertando ao final a luz da esperança. [...] é luminosa, esplendente, fruto da humana sensibilidade do poeta ante o mundo e seus eventos. Sua obra nos remete a Pablo Neruda e seus poemas líricos.

LUGARES / Antonio Bosco de Lima (org.)

Lugares é um livro de questionamentos e de lembranças. Em variados registros temos a problematização do porquê de estarmos neste mundo. Viver por qual causa, existirmos com qual finalidade. Estas são questões profundamente existenciais e filosóficas que fazemos geralmente (quase exclusivamente) na escola, pois em outros locais (lugares) não temos o tempo, o discernimento, a vocação para promover tais provocações – o direito da dúvida, da incerteza e da busca.

MARAYAL / Elisete Alves

ELISETE ALVES DOS SANTOS COSTA, Cidadã Formosense, filha de José Elísio dos Santos e Irene Alves dos Santos, nasceu em Paraguaçu (SP). Viveu a infância e parte da sua juventude em Maraial (PE), onde compôs os primeiros versos. Atualmente, reside em Formosa (GO). Advogada, contabilista e especialista em educação, recebeu vários títulos e homenagens de mérito e honra pela sua atuação literária.

MATEMÁTICA DE "FATO" / Neuza Maria Cechetti

Este livro contém sugestões de atividades criativas para o ensino de fatos fundamentais. A metodologia utilizada torna a aprendizagem da tabuada mais compreensível, prazerosa e menos temida. Objetiva a construção do conhecimento dos fatos fundamentais, permitindo que o aluno faça descobertas e as compartilhe com seu grupo através de atividades lúdicas.

MEDIUNIDADE! CULTO AOS ANTEPASSADOS! COMO CONCILIAR? / Sonia Maria Hatsue Canegusuco Oshiro

Ter mediunidade... e ter também raízes em Okinawa, onde se cultuam os antepassados... É, sem dúvida alguma, um relato comovente, envolvente e emocionante sobre a trajetória de uma moça de vida comum, como tantas outras moças, que em determinado momento vê sua vida transformada por fatos misteriosos tão intensos e complexos que desafiam a ciência, a religião e tudo que até então era conhecido por ela e sua família.

MEIO AMBIENTE / Flavio Prada

A nova obra de Flavio Prada reúne o texto de pesquisa “Atividades agropecuárias e aquecimento global: mitos e verdades sobre o CH4 e CO2”, que escreveu a quatro mãos com Laura de Santis Prada, e algumas crônicas e artigos de opinião que, embora enviados para jornais, permaneciam até então não publicados.

MELOCROMÁTICA / Silvia Simone Anspach

O título deste livro de Silvia Simone Anspach aponta para a natureza de sua criação poética, feita de música e cor. Seus poemas, tecidos de tinta, sons, sangue e pó, condensam sua formação em (e paixão por) música, artes, literatura. E se embebem de logos (pensamento, razão, ideias), apreendendo sua formação como Doutora em Semiótica. Tudo para apreender o sentido (ou falta de sentido) da vida – sangue que poderia não significar nada além do pó de que viemos e para onde voltaremos, não fosse pela fé e pela ação daqueles que trabalham para um mundo melhor e mais belo...

MEMÓRIAS DE MINHAS MEMÓRIAS / Nicomedis Vieira

Quem tem o privilégio de conhecer e conviver com nosso escritor Nicomedis Vieira, o seu Nico, certamente concordará com o dito de Euclides da Cunha no seu antológico Os Sertões. Sim, essa lapidar sentença que inicia a obra euclidiana é absolutamente verídica quando a empregamos para retratar a personalidade e o caráter desse nosso tão querido memorialista, que hoje nos brinda com um pouco de sua singular história. Nicomedis Vieira tem a força daqueles que, como ele, receberam de sua genitora (em seu caso, a Sra. Maria Rita de Jesus) a lição moral e vivificante de que há sempre um amanhã!

MINHA VIDA, MINHAS NOTAS / Peter Hermann Otto Baron von Büldring genannt von Bilterling

“O impossível eu faço já. Milagres é que demoram um pouco mais.” O cartão com os dizeres em alemão foi entregue a Peter Hermann Otto Baron von Büldring pelo Sr. Mahle, um dos proprietários da fábrica de pistões automotivos Mahle. Era o ano de 1953 e Peter estava no início da sua trajetória profissional. Essas palavras nortearam não só sua carreira, mas também sua vida, cujas principais passagens e lembranças estão neste livro.

MINHAS BREVES HISTÓRIAS COM OS GATOS E OUTROS BICHOS / Jacyra Carneiro Montanari

É interessante escrever a nossa história de vida, porque ela nos mostra como lidamos com o passado. Segundo Boaventura de Sousa Santos, no artigo “La caída del Angelus Novus: más allá de la ecuación moderna entre raíces y opciones”, de 1999, a mudança acontece quando usamos o passado como recurso e não como relato. Ao pensar na minha história de vida, pude chegar à conclusão de que usei e uso o meu passado como recurso, porque procuro mudar as coisas que não foram boas para mim.

MINHAS MEMÓRIAS / Manoel Lisboa

O livro “Minhas Memórias – Apesar das Intempéries”, retrata o meu tempo de criança vivendo em Tratada, Barreirinhas, Maranhão. As dificuldades enfrentadas para estudar, desde o aprendizado das primeiras letras,  quando estudava na casa da professora Sebastiana, nos Tucuns, cujo percurso de ida e volta, em torno de 12 km era feito a pé, e no retorno para casa não tinha como me livrar do sol escaldante do meio dia. Meu pai Nicolau, sempre trabalhou em companhia de seus filhos lavrando a terra, cuja colheita somente supria as necessidades de sua família.

MISCELÂNEA / Leão Moysés Zagury

Conversando fiado - Não sei como iniciar esta crônica. O tema recusa-se a aparecer. Tem sido assim durante um tempo. Então vou conversando fiado com o leitor até aparecer alguma coisa interessante. Recentemente Macapá comemorou o Dia Nacional da Cultura. A data, muito significativa, alerta para não esquecermos que a cultura nunca precisa de um dia, mas de todos os dias. Cultura é o fazer diário de um povo. Todas as manifestações devem ser preservadas. É verdade que o brasileiro adota alguns costumes vindos de outras terras.

MOMENTOS POÉTICOS / Claudia Valeria S. G. Rojas

Em Momentos Poéticos, a autora Claudia Valeria S. G. Rojas retrata amor, fantasias, emoções. Sempre com alto-astral, ela brinca com as palavras, passeia pelo cotidiano e valoriza a vida acreditando na superação por meio do amor e da fé em Deus. Embarque nesta viagem e sinta o vento da liberdade ao alcance dos sonhos.

MUITO ALÉM DA ATAXIA / Irene Neta de Oliveira Pianissola

Melhor se arrepender de ter feito algo que deu errado do que se arrepender de não ter feito o que poderia dar certo. A vida é um jogo e meu lema é arriscar. Ao receber o diagnóstico de ataxia espinocerebelar SCA3, a professora de matemática Irene Neta de Oliveira Pianissola vê à sua frente a necessidade de escolher um caminho a trilhar. Baixar a cabeça e ser dominada por uma síndrome que vem afetando vários membros de sua família há três gerações ou levantar a cabeça e enfrentá-la.

NA CAMA COM A SEXÓLOGA / Eliany Mariussi

Neste livro relato casos de pacientes com disfunções sexuais que foram atendidos por mim nestes 26 anos de profissão. Os casos são abordados sem, porém, identificar os pacientes por seus nomes verdadeiros. A partir de agora, compartilho com você, sentimentos, pensamentos obscuros, sofrimentos, dramas vividos, e considerações registradas até aqui acerca desses temas tão delicados e importantes na vida sexual de um adulto e no relacionamento a dois.

NA VIRAÇÃO DO DIA / Adelgício Ribeiro de Paula

A obra "Na viração do dia" trata-se de uma série de poesias de teor devocional, no formato de oração, como os Salmos bíblicos. É fruto da inspiração viva do autor na busca do Deus soberano, criador de todas as coisas, pela motivação de chegar mais perto deste Deus com humildade e gratidão.

O DESPERTAR PARA A ESPIRITUALIDADE / Carlos Passos

A razão do maior infortúnio pelo qual passamos é não termos sabedoria para lidar com ele. As adversidades sem dúvida fazem parte do cotidiano de cada um, mas compreender suas causas e tornar o efeito mais ameno é a grande questão. Tomando-se como exemplo um rompimento no campo afetivo, sofremos por achar que nunca mais voltaremos a ter paz ou conquistar um novo amor. Dona Esmeralda, personagem central deste livro, mãe de Juliana, por ser uma pessoa espiritualizada, soube muito bem administrar e conduzir o desenlace amoroso de sua filha.

O GIGANTE DOS ANDES / Frans Magellano

O xamã Kuntury, um iniciado descendente da antiga Civilização do Sol que existiu há muitas eras, a que pertenceram quíchuas, incas e aimarás dos Andes, conduz índios nheengaíbas através da floresta amazônica em direção a Marinatambal, atual ilha de Marajó, onde, afirma, encontrarão a cidade perdida de Aztlán’itá (Atlântida), cidade de granito dourado criada pelo Gigante dos Andes de onde hierofantes orientam a Humanidade e na qual poderão ascender a Ivi Marae, o Paraíso dos tupis-guaranis.

O MAR E O CÓRREGO DA FOICE / Alberto de Godoy Azeredo

“Jamais desejei ser poeta, acordado e sonhando. Nunca fui leitor de poesia, continuo não sendo. Não é preciso ler poesia para ser poeta, o contrário é patacoada. Poesia é para poucos, quatro ou cinco, não mais que isso. Pessoas que desejaram ou que desejam ser artistas, ah, elas são engraçadas, né?” Com esses dizeres autênticos e cortantes, Alberto de Godoy Azeredo, nascido em São Bento do Sapucaí (SP), faz uma espécie de síntese da poesia que escreve desde 2011.

O MELHOR PRESENTE / Ezequiel de Morais

Esta obra foi inspirada no "sim" de Maria, ao aceitar o anúncio, através do mensageiro Gabriel, de que fora a escolhida para ser a mãe de Deus. Com sua resposta, admitindo ser a "escrava do Senhor", ofereceu ao mundo: o melhor presente: Jesus, salvador dos homens.

O MENINO QUE NÃO TINHA UMBIGO / Ivan Carlos Regina

Durante muitos anos sonhei em escrever um livro técnico que não fosse aborrecido. Descobri algum tempo atrás que outros o haviam conseguido e que eu também poderia tentar. Este projeto você hoje o tem em mãos. Procurei condensar quarenta anos de aprendizado sobre planejamento de transportes neste livro. Espero que sua leitura seja agradável.

O PALACETE / Regina Maria

Uma mulher atravessa o século. Áfria nasce no Império, passa pela República, sente os reflexos da Primeira Guerra Mundial, é escolhida para casar com um coronel, enquanto ainda é apaixonada por um poeta do Rio de Janeiro. É obrigada a sair da corte e se mudar para o interior de Minas, num tempo em que a poeira avermelha seu piano e seus sentimentos mais puros.

O PARQUE / Walton Saraiva

A vida é feita de escolhas. Partindo dessa premissa, necessário se faz que respondamos a uma única pergunta: qual mundo queremos para nós? Não é tão difícil responder, mesmo sabendo da existência de quase uma infinidade de mundos. Para Quirim, o filho caçula de seu Diego Hísta e de Dona Socorro Hísta, e protagonista desta obra, a viagem entre mundos pode ser feita através de sonhos e, por meio deles, podemos transformar esses mundos.

O PODER DAS PEDRAS E DOS CRISTAIS / Eliene F. Castro

Tudo aquilo que nos traz benefícios devemos utilizar. Por isso... De forma clara e prática, Eliene F. Castro nos leva a entender o mundo dos cristais. A união de seus conhecimentos e os relatos de pessoas esclarecidas no assunto nos faz compreender melhor o lado enérgico que os cristais nos oferecem. Deixar-se levar é o segredo. Inspire-se na beleza e luz dessa criação de Deus. Viaje no mundo dos cristais!

O ÚTIL, O INÚTIL E A LITERATURA / Gastão Rúbio de Sá Weyne

Vale lembrar que Mario Vargas Llosa, ao receber o prêmio Nobel em 2010, afirmou que um mundo sem literatura se transformaria num mundo sem desejos, sem ideais, sem desobediência, um mundo de autômatos privados daquilo que torna humano um ser humano: a capacidade de sair de si mesmo e de se transformar em outro, em outros, modelados pela argila dos nossos sonhos. Essa afirmação lapidar de Mario Vargas Llosa traduz a ideia que norteia os objetivos deste trabalho de pesquisa, mostrados no seguinte roteiro que visa satisfazer os objetivos deste livro.

O VELHO DATILÓGRAFO / Chaguinha do Biá

O setuagésimo primeiro livro intitulado O velho datilógrafo, aqui apresentado aos amigos leitores, é uma obra que faz parte do poeta amazônida Chaguinha do Biá, que está engajado na preservação do nosso meio ambiente amazônico. Os textos apresentados nesta obra pretendem estimular os leitores a descobrirem na leitura as belezas da nossa Floresta Amazônica.

O VELHO E O RIO / Salvador Cabrera Santiago (Vadô Cabrera)

Em O Velho e o Rio, Vadô Cabrera abre seu baú de tesouros desvendando seus mistérios, narrando de forma poética momentos que marcaram sua vida, esquadrinhando a cidade onde mora com suas personagens: ilustres cidadãos jacareienses que dividiram com ele sua história; figuras pitorescas do cotidiano; amigos nunca esquecidos, compondo crônicas, artigos, prosas poéticas, trovas, pensamentos e as surpreendentes cartas especiais a uma de suas amadas filhas. No contexto de seus dias nada passa cego aos olhos do poeta, que tudo vê e em tudo dá graças ao divino Criador, autor do poema maior, o poema “VIDA”, em que cada ser contribui com um verso.

O VOO DA BORBOLETA AMARELA / Mario Escobar Marmo

Mario Escobar Marmo nasceu em 15 de setembro de 1943, em São Carlos (SP). Em sua trajetória de vida realizou incontáveis trabalhos. Foi professor de História e Ciências nos colégios CENI e Henrique Botelho, em São Sebastião (SP); armador de pesca industrial no litoral paulista e madeireiro no Paraná, onde desenvolveu a agropecuária, a industrialização, o reflorestamento e a exportação de derivados de madeira no município de Foz do Iguaçu.

OS SAMURAIS ALAGOANOS E A BAMBINA PAULISTA / Maria Gravina Ogata

Os Samurais Alagoanos e a Bambina Paulista: Migrar é Preciso... apresenta um relato em que a família da autora protagoniza inúmeras aventuras migratórias, que tiveram o Brasil como destino. O livro narra a saga dos imigrantes italianos e japoneses que se encontraram na cidade de São Paulo e vêm seguindo seus caminhos juntos, desdobrando-se em várias gerações até a chegada de seus três netos, fruto do melting pot que se tornou o Brasil, decorrente da formação de várias diásporas migratórias em diversos momentos históricos, relacionados com o final do século XIX, todo o século XX e o início do século XXI.

PARA QUE SEU SONHO NOS GUIE / Carlos Humberto Pena

Em seu novo livro, PARA QUE SEU SONHO NOS GUIE, o autor traz uma poesia mais madura e reflexiva, mas não menos ardente e pujante. Com uma escrita peculiar e um estilo próprio, Carlos Humberto Pena não acompanha tendências e transita entre diversos estilos literários, seus textos saem da alma e são concebidos em verso e prosa, com rimas ou sem, com sofisticação ou simplicidade, mas sobretudo com extrema profundidade.

PARAÍSO AZUL / Matheus L. Carvalho

Após lançar seu livro, a jovem bióloga Pamela Harris decide se aventurar novamente pelos mares. Apesar das opiniões contrárias de sua família e amigos, Pamela está determinada a levar a ideia adiante. Quando seu relacionamento termina, ela embarca em um avião rumo ao Caribe. Uma vez hospedada em um hotel na ilha de Barbados, a jovem conhece Emily Barnes, de quem se torna amiga.

PAREI DE FUMAR / Ana Vitória Vieira Monteiro

Ana Vitória Vieira Monteiro é uma escritora única, autêntica, e sua obra é seu testemunho de vida. Escreve em primeira pessoa, oferecendo sua própria experiência; seja nos livros em que fala de transe e de suas vivências com planta de poder, ou na ficção, peças de teatro, poesias, ela sempre se coloca integralmente, sem pudor, estabelecendo uma relação de intimidade imediata com os leitores.

PARTES DO MEU TODO / Zezinha Lins

Partes do meu todo, de Zezinha Lins, é um livro diferente, pois desconstrói os padrões comuns da escrita. A autora, de forma criativa, costura prosa e versos como partes de um todo enquanto narra diferentes enredos por meio de diálogos entre o narrador, o escritor e o poeta. O leitor escolhe por onde quer começar a leitura, pois a ordem não altera a compreensão dos fatos narrados.

PÁSSAROS PRETOS / Ítalo Anderson

Pássaros Pretos é o terceiro livro de Ítalo Anderson. Reúne trinta poemas curtos, resultados da intenção do poeta em explorar uma criação mais concisa. Em palavras dotadas de simplicidade e talento, moram uma forte essência e diversos significados. São como o voo de uma passarinhada: rápidos, cheios de vida, cheios de ritmo e em perfeita sintonia.

PAULO MEDO DE NADA / Zaqueu Machado

Num bairro paulistano da zona sul, Paulo, um garoto muito sensível e inteligente, empreende uma busca alucinante para reaver sua caixa do segredo roubada. Ellen, Nando e Bruno, amigos de Paulo, ajudam-no nesta perigosa aventura, que esbarra no sobrenatural e lida com a trágica condição humana. Além de sua verdadeira história, o protagonista de quatorze anos também descobre o amor... Visões premonitórias ou confusões mentais? Destino ou meras coincidências?

PÉROLAS RARAS / Nalda Bastos D'Eça

Ler os poemas é se aventurar pelo místico intrínseco em nós. Não ousar compreender e deixar-se levar pelos versos é transparecer aquilo que parece isento de coerência, passando a coexistir. Tudo são fragmentos de vida. Mistério entre os versos, extensões de vivências que se propagam pelas linhas. Aventuras desmedidas sem grande êxito é o motivo literário, que é simplesmente o cotidiano. Assim, percorrer as entrelinhas do “texto” é como começar pelo avesso a leitura, uma vez que tudo parece esquivar-se ao racionalismo nos primeiros versos.

POESIA PARA A GAROTADA / João Gomes da Silveira

Estes poeminhas – que o pedagogo aquiesça e perdoe, se algum texto não estiver de acordo – terão basicamente um público receptor: a infância. Tal expressa o título, Poesia para a garotada, a obra se destina aos infantes, garotos e meninas que aí estão pela faixa da pré-adolescência. E é obra exclusiva às crianças? De modo algum! O livrinho é uma coletânea amena, leve, de temática variada, em versos curtos, cuja maioria vem em redondilhas maiores e menores, assim compostos para facultar ao leitor de qualquer faixa etária a lúdica e agradável prática musical na leitura.

POESIAS PARA LER / Jadeilson Cruz

Este singelo livro contém 62 poesias, todas de minha autoria. Tinha por volta dos 17 anos quando escrevi os primeiros versos e de lá para cá nunca mais parei de compor poesias. Em certo momento da minha trajetória como poeta, repensei tudo que tinha produzido e comecei a remodelar as antigas poesias e produzir as novas em outros moldes. Todas as poesias que estão neste livro têm um pouco de mim. Amor, aflição, saudade, solidão, carinho, afeto, desilusão, dentre tantos outros sentimentos, são facilmente percebidos nas minhas poesias. Cada uma tem a própria história e sentimentos peculiares.

PULSARES / J. Cordeirovich

Pulsares - Cênicos e Poéticos, reúne em sua primeira parte, quatro textos para teatro de comédia, resultantes das montagens feitas pelo autor ao longo de sua caminhada profissional como educador junto a grupos amadores em diferentes momentos de seu trabalho social destinado a pessoas de classes menos favorecida. São comédias leves e acessíveis a qualquer faixa etária após a infância, pois não tanto por sua trama, a ênfase é dada as personagens e suas "loucuras" que vão sendo reveladas durante a encenação.

RAZÃO PARA SER LOUCA / Ana Costa

Razão para ser louca é o novo livro da escritora Ana Costa, após o sucesso de Volta – se houver motivo para voltar. Em Razão para ser louca, 41 contos e crônicas se alternam entre vivências pessoais e anedotas kafkianas, situações cotidianas e extraordinárias, viagens e permanências, encontros e desencontros, impressões e expressões, medos e coragens, encantamentos e desilusões.

RECANTO DAS MARIAS / Ricardo Carneiro Leão (Dr. Poeta)

É aqui neste recanto, caminhando pelas suas páginas, que você, caro(a) amigo(a) leitor(a), vai encontrar uma história de amor e respeito pelo ser humano. Vai fazer muitas interrogações sobre o encontro do real com o imaginário que você vai encontrar e que com certeza te fará refletir sobre os seus atos que te levam às vitórias e às derrotas. Fará você pensar como nunca é tarde para começar ou recomeçar. Verá que é a vontade o primeiro passo para suas conquistas pequenas ou grandes.

REFLEXÕES DO VIVER / Norma Panicacci Balau

Em Reflexões do viver, a escritora Norma Panicacci Balau mostra uma nova faceta de sua produção literária, que ela chama de relatos. São pequenas narrativas de fatos que vivenciou, na própria pele ou na pele de pessoas próximas, a que confere roupagem ficcional. Tais histórias, a partir do momento que exigem organizar lembranças e sentimentos há muito vividos, naturalmente levam a momentos de reflexão, proposta da autora desde seu primeiro livro publicado.

RESISTÊNCIA À OPRESSÃO / Silmara Cosme Cravo

São direitos do Homem o direito à segurança e a resistência à opressão. Este livro trata da resistência à opressão. Entre diversos exemplos de resistência à opressão e desobediência havidos na História, escolheu-se o caso dinamarquês. Ele ocorreu durante a Segunda Guerra Mundial. O Rei Christian X desobedeceu à ordem de Hitler de enviar ao extermínio 8 mil judeus dinamarqueses. .

RESPEITE A SOLIDÃO ALHEIA / Kaio Bruno Dias

Respeite a solidão alheia, e todo o silêncio, da mesma forma respeite; o excesso, o motivo, o momento, o outro. Respeite os calafrios, a sua ansiedade, respeite as partidas, as tensões, distrações, a vida acumulada. Respeite a distância, os afagos, a brisa, o final não esperado.

RETALHOS DE LIZ / Anna Liz

Grande parte das composições de Anna Elizandra está relacionada à mulher no contexto atual. Um importante número de poemas publicados por esta autora refere-se à problemática do amor erótico idealizado pela figura feminina. Desta forma, sua poesia rompe com as barreiras da tradicionalidade, revelando uma mulher que não precisa esconder seu aspecto mais natural para ser aceita.

SAL A GOSTO / Diego Araújo da Rosa

Os textos são de leitura rápida. A escrita, clara e objetiva. Nas entrelinhas, há a intenção de escapar da ideia do livre-arbítrio como principal determinante da ação humana, elegendo, como protagonista, o meio, as instituições em volta. A temática é variada: morte, amor, teoria econômica, sociologia, existencialismo, redes sociais... As tramas se desenrolam em ambientes diversos: na internet, num pub, nas ruas, no trabalho, dentro de casa, num campinho de futebol... O palco é a época atual, a hipermodernidade. O personagem, o homem comum.

SANTA MARIA D'OESTE / João Rosa de Castro

Mesmo não tendo um “defunto autor”, como em Memórias Póstumas de Brás Cubas, Santa Maria d'Oeste trabalha com muito talento os elementos do grande romance de Machado de Assis, situando-os em uma vivência contemporânea que convida o leitor a acompanhar as reflexões de um narrador-personagem que transita entre vários temas, referências e situações vividas por ele.

SEGREDOS DE ESRUM KLOSTER / Patricky Field

Ano de 1100. Nas terras frias da Dinamarca, uma jovem chega aos portões de uma abadia. Seu vestido está coberto de lama branca; sua alma, de medo e angústia. Dentro de Esrum, ao invés de ajuda, Ariel encontra outra luta. Encontra ainda mais medo e angústia. Encontra certeza. Encontra segredos. Encontra o amor. Na música que Holdan toca, no sentimento que ele leva até Esrum, que ninguém mais ousa sentir, que ninguém mais ousa demonstrar naquelas frias terras da Dinamarca.

SENHOR DE VALENÇA / Marlene A. Torrigo

Malba Tahan era um homem bom. Condoía-se dos desafortunados, amava com amor verdadeiro, e passou todas as suas estações tentando interagir, coexistir no mundo dos primatas considerados lúcidos, questionando Deus, brigando com seus monstros acardíacos, entregue ao desespero de elucidar os desvarios de sua alma tormentória. Era um enfermeiro dedicado, tratava os pacientes sob sua tutela com fraternidade, era educado e complacente com seus subalternos, solícito com seus alternos.

SINTONIA DE ALMAS / Anna Osta / Lázaro Piunti / Maria Christina Noronha Liberalesso / Maria Damien Ignácio Pacheco

Na celebração do 10º aniversário de fundação da Academia Saltense de Letras, quatro dos seus integrantes brindam o público leitor com uma obra repleta de ingredientes ao gosto dos mais distintos paladares. O cardápio literário reúne contos, crônicas, pequenas histórias e poemas concebidos no âmago da sensibilidade dos seus autores. Assim nasceu Sintonia de Almas! O nome do livro não poderia ser outro. O seu conteúdo revela a sintonia de sentimentos que une os seus autores.

SOBRE MARES E FLORES / Bosco de Lima

Sobre mares e flores é um livro de viagens, escrito durante a estadia do autor em alguns países das Américas do Sul e Central apresenta em versos as impressões sobre as coisas, as imagens, o mar e as flores, enfim, sentimentos universais que tocam e fazem os sujeitos se movimentarem...

SOBREVIVENTES / Ana Cardilho

Este livro traz histórias de sobreviventes que conseguiram se reinventar de algum modo. A teimosia pode ser vista como uma vantagem porque a pessoa se levanta e segue em frente, mesmo que aos pedaços. Por outro lado, teimosos podem ser vistos como pessoas que perderam o momento de sair do trem antes de ele se espatifar. Quem está certo? O teimoso que não desiste ou quem muda os planos diante da primeira adversidade? Dizem os especialistas que para a sobrevivência devemos sempre levar em conta o número três.

SONETOS NO OUTONO DE 2018 / Zuleika dos Reis

Pouco, quase nada conheço de sonetos, além de que se trata de objeto poético sob a forma fixa de quatro estrofes, as duas primeiras de quatro versos, as duas últimas de três versos. Então, à guisa de “prefácio”, deixo aqui um dos sonetos. Creio seja ele o suficiente como introdução para a leitura dos demais.

SONHOS E DELÍRIOS / Isabel C. S. Sousa

A poesia sempre motivou grandes mestres pelo mundo. Isabel Sousa que  já é autora de vários livros, explora as possibilidades da invenção poética, utilizando todas as possibilidades da literatura. Sua criatividade atravessa mares ao caminhar o mundo encantado das palavras. Seu canto é ouvido com alegria, porque fala de sonhos, de viagens, de ternura, e alcança o coração de adultos e crianças.

STRESS, ANSIEDADE E IRRITAÇÃO? / Mônica Conciani

Você se sente estressado a maior parte do tempo? Tem se sentido irritado sem perceber ou entender por quê? Ou será que se sente ansioso sem razão aparente?  Durante a vida, todos nós temos momentos em que nos deparamos com situações difíceis, de stress, trauma, apreensão, ansiedade e fatos com os quais nos irritamos ou perdemos a paciência. Quando tais momentos ocorrem, isso sobrecarrega nosso sistema nervoso autônomo e fica armazenado no nosso corpo, causando um ciclo de mais stress, mais ansiedade, mais desequilíbrio e menos saúde.

TRAJETÓRIA DE ENFERMEIROS EMPREENDEDORES DA DÉCADA DE 1990 NA CIDADE DE SÃO PAULO / Andréia de Carvalho Andrade / Maria Cristina Sanna

Esta obra é produto de tese de doutorado que teve como objeto de estudo a temática Empreendedorismo na Enfermagem. Empregou-se a investigação histórica, descritiva, na modalidade de história oral, com cinco enfermeiras proprietárias dos primeiros empreendimentos nas diferentes áreas de atuação: assistência, administração e ensino. O marco temporal inicial foi posicionado em 1992 e o marco final em 1998, época da fundação dos empreendimentos.

TRIBUTO A UM HERÓI / Coronel PM José Carlos Xavier

O livro registra dados históricos sobre a Campanha do Vale do Ribeira (combate à guerrilha rural na década de 70), sob o ponto de vista de um dos policiais militares que participou ativamente do fato, José Carlos Xavier. Consta também o martírio de Alberto Mendes Junior, executado covardemente por guerrilheiros -herói da epopeia. Fatos da época de 1970 são entremeados por constatações recentes, de 2013, por meio de visitas e entrevistas, realizadas pelo autor durante um ano de trabalho de pesquisa e a campo.

TU QUOD SEMINAS /Oscar Radtke

O texto deste livro é simples, detalhista e realista. Historicamente a narrativa se desenvolve no Oriente Médio, nas regiões da Galileia, Samaria, Judeia e Decápolis, nos anos 30 a 44 d.C. O personagem principal deste texto é Joshua; um homem pobre, humilde, porém intrépido e obstinado.

ÚLTIMA RAZÃO POÉTICA / Pazanarquia

Nasceu em Guarapuava (PR) em 1984. Com oito anos chegou a Curitiba (PR), onde viveu até dezembro de 2014. Atualmente vive com a família, mulher e filha, na cidade de Antônio Carlos (SC). O interesse pela poesia se deu através dos fanzines punks que avidamente lia na adolescência. Foi através deles que teve contato com a poesia de Augusto dos Anjos e o pensamento filosófico de Nietzsche.

UM SHIPIBO AMAZÔNICO EM NOVA YORK / Arquimedes Vilchez Caceda

Mathews, um adolescente shipibo que mora em Nova York, adotado ainda recém-nascido por um casal de médicos americanos, anseia conhecer suas origens. Depois de muito lutar, realiza seu sonho de conhecer a Amazônia sul-americana. E ali, no pequeno povoado de Roaboya, perdido no meio do mato, o jovem americano se reencontra com suas raízes.

VAI VALER A PENA / Fábio Piperno

Esta é uma história de superação. É a história de quem conseguiu superar o alcoolismo e a dependência química, a história de um jovem de 25 anos que decidiu dar um basta. Você pode arriscar perder tudo na vida, menos o apoio da família. Foi a partir desse apoio que Paulo Leme Filho superou o vício e, passo a passo, conseguiu retomar o caminho de uma vida produtiva. Hoje ele procura compartilhar essa experiência pessoal para ajudar outras pessoas que vivem o mesmo drama a superar o medo, o preconceito e a retomar a vida do ponto em que parou.

VERSO AMIGO III / Carlos Fiore (org.)

Palavras, pessoas e ideias têm tudo a ver. Uma palavra puxa a outra e, sendo códigos que personificam ideias, objetos e até sentimentos, podemos dizer que uma ideia puxa a outra. Se uma ideia puxa a outra, também é certo que uma pessoa puxa a outra, e é bem isso que acontece mais uma vez neste universo de amigos que se encontram, em elegante fraternidade poética, sob a batuta de Carlos Alberto Fiore e Scortecci Editora. O universo amigo das Letras nos apresenta a antologia Verso Amigo III.

VERSOS E FATOS / Palmiria Borges

Versos e fatos trazem fatos comuns que fazem parte da minha história e de várias pessoas neste sertão mineiro. Muitos desses fatos da minha infância, adolescência e um pouco da fase adulta têm sabor de poesia.
Palmiria Borges

VERSOS INSANOS / Cláudia Almeida

Em Versos Insanos o leitor encontrará a poesia em vertentes diversas, pois os seus textos poéticos conotam o encanto do amor, a tristeza da dor, a raiva, a angústia e a solidão que compõem a vida e a alma humana. Assim como o dualismo entre o desejo carnal, por meio dos poemas eróticos, e o desejo de se viver livre e sentir a natureza tocando o seu ser, mas consciente da realidade social, moral e política do mundo em que vivemos.

VIDAS QUE NASCEM COM A POESIA / Maria Edméa Augusto

Meu sonho sempre foi editar um livro com as poesias que venho escrevendo ao longo dos anos. Meu nome é Maria Edméa Augusto, natural de Cambuquira (MG). Fui criada por minha tia, em Santo André, pois eu e mais seis irmãos ficamos orfãos de mãe muito cedo. Fui crescendo cheia de sonhos, gostava de escrever poesias e declamava muitas delas na escola.

VIVER MELHOR, VOCÊ PODE E DEVE / Moises Haber

Este livro, a abordagem é sobre temas de relevada importância em nosso cotidiano e que sugerem sua melhor atenção e reflexão. Os assuntos giram em torno dos nossos pensamentos, nossos sentimentos, todos eles descomprometidos com qualquer tendência religiosa. Inicialmente trataremos de um assunto que representa a maior riqueza interior e que se constitui na nobre e sagrada essência espiritual do Ser Humano, a Infinita Inteligência Superior.

VOCABULÁRIO DO MOBILIÁRIO / Lina Vianna

Estudo das denominações dos móveis residenciais do Brasil, numa abordagem onomasiológica teórica e prática, considerando observações de cunho semântico-etimológico. Foi acionada a corrente onomasiológica por ser a que melhor se presta a esse tipo de pesquisa etnológica. (Onomasiologia: estudo das significações).

VOCÊ NÃO PODE TUDO! / Gad Adler

Com Você não pode tudo! Mas pode e merece ser feliz, o leitor é convidado para uma jornada de autoconhecimento, desvendando as diversas facetas da mente que nos trazem ferramentas naturais para conquistar o ambiente e nosso lugar na sociedade.

VOLTA, SE HOUVER MOTIVO PARA VOLTAR / Ana Costa

“Uma coisa é acontecer um fato desagradável na sua vida, outra coisa é acontecer uma sucessão de fatos ruins ao mesmo tempo. Qual o sentido disso? Seria o acaso no destino? Deve ter uma razão maior”. É o que pensa a autora, que sofreu Acidente Vascular Cerebral em novembro de 2014, o qual foi um marco impactante na sua trajetória. Em meio a lapso de memória, afasia, hemiparesia, demissão, separação, doutorado interrompido e sem perspectivas, o jeito foi se escudar contra o sofrimento e reconstruir a identidade.

XADREZ - UM ESPORTE E UMA ARTE AO ALCANCE DE TODOS / Sergio Demetre

Xadrez: um esporte e uma arte ao alcance de todos é um trabalho baseado em pesquisa e experiência de quase uma década e meia do projeto Xadrez e Cidadania, desenvolvido na Escola Estadual Professora Helena Loureiro Rossi, cidade de Poá, na região da Grande São Paulo (SP), onde o autor deste livro desenvolveu um método próprio de ensino-aprendizagem, proporcionando ao professor interessado no referido esporte como instrumento pedagógico, um rico trabalho para o desenvolvimento cognitivo dos educandos iniciantes na nobre arte.

Voltar Topo Enviar a um amigo Imprimir Home