PELOS CAMINHOS DO RIO-MAR / Lucília Junqueira de Almeida Prado

Pelos Caminhos do Rio-mar desdobra-se em cinco capítulos, dinâmicos como o fluir do próprio rio. Começa no Peru, envolve cidades do Império Inca e a aventura turística das personagens vai em busca da verdadeira nascente do Amazonas. E chega lá. Nessa viagem, um tanto ecológica, o leitor imediatamente nela se incorpora. Aventura plena de surpresas e emoções. Nela, para além do turismo e da paisagem, surge a geografia da região, a verdadeira história do rio e sua nascente, sopro primeiro da caudal imensa. A curiosidade é permanente, que as surpresas da viagem são continuadas, em dialogação intensa, arma poderosa da autora.

Com essa força criadora centra histórias na região dos pampas, no Pantanal mato-grossense, no Nordeste brasi-leiro, sobe os Andes e traça a história do Rio-mar.

Novela desta natureza e qualidade é para alcançar o grande público, os jovens em particular, para ensinar-lhes, como ensina, sem diadatismo e centrada apenas na ficção, a verdadeira história e vida do Rio-mar.

A autora é universal pelo conteúdo criador e extensão geográfica que queira abranger.

Esta originalíssima novela é mais uma prova.

Lucília nasceu em São Paulo. Passou toda a sua infância numa fazenda perto da cidade de Conquista, no Triângulo Mineiro.
Voltou a São Paulo para fazer o ginásio no Colégio das Cônegas de Santo Agostinho (mais conhecido como “Dês Oiseaux”). Terminando este curso, fez Secretariado, Aliança Francesa, Cultura Inglesa e alguns cursos de literatura.
Sempre gostou muito de Português, e do professor da matéria José Adelino D'Azevedo, guarda as melhores recordações e a alegria de ter sido ele o primeiro a vaticinar que ela seria escritora. Chamava-a para ler suas composições e narrações, de frente para a classe, sobre o estrado onde ficava sua escrivaninha. Quando terminava, ele, que era português nato, tendo um metro e meio de altura, passava o braço pelas suas costas e dizia: “A m'inina vai ser escritora! A m'inina vai ser escritora!”
Aos 19 anos casou-se com um fazendeiro e voltou a morar numa fazenda entre as cidades de Orlândia e Morro Agudo. Assim realizou um sonho: voltar a morar no interior com tempo para muito escrever. Tem cinco filhos, onze netos e, por enquanto, quatro bisnetos.
Este é seu sexto livro de contos para adultos, pois que o primeiro chama-se Cheiro de Terra, seguido de A Vida tem Alvoradas, O Sonho de Cada Um, Presente de Natal e O Ipê Floresce em Agosto. Até então escrevera já 65 livros para a infância e juventude. Com seu segundo livro Uma rua como aquela ganhou o Jabuti 1971. Tem mais 8 prêmios sendo o mais importante o do “Pen Clube Internacional” pelo conjunto de sua obra.
Lucília foi presidente da “Academia Brasileira de Literatura Infantil e Juvenil” nos anos de 1980 e 1981. Em 1980 ganhou o diploma “Personalidade do Ano”.

Serviço:

Pelos Caminhos do Rio-mar
Scortecci Editora
Poesia
ISBN 978-85-366-1521-9
Formato 16 x 22,8 cm
88 páginas
1ª edição - 2009

Mais informações:

Catálogo Virtual de Publicações

Para comprar este livro verifique na Livraria e Loja Virtual Asabeça se a obra está disponível para comercialização.

Voltar Topo Enviar a um amigo Imprimir Home