1 MINUTO - Para Refletir: Ser Mais e Melhor / Jaime Teixeira Júnior

1 Minuto Para Refletir: Ser Mais e Melhor é uma uma coleção de mensagens, ou “gotas de sabedoria” de textos que atenderam a uma comunidade durante muitos meses. Você pode abrí-lo em qualquer lugar, qualquer página; a tranqüilidade na leitura permitirá o retorno da sua consciência, do seu espírito, sobre você mesmo. Mais do que apreciar, o autor deseja que este livro seja útil para o crescimento das pessoas. Este livro é uma bela tentativa de tentar compreender a força do homem, da alma humana e é também um método apresentado em forma de "textos-minuto". Uma ferramenta constituída por um sistema “psicofilosófico”. Uma nova “forma de vida”, porque os maiores preceitos são aqueles nos quais está embutida a premissa de uma vida eficaz, com felicidade e saudável sob qualquer aspecto. Para desvelar o segredo, basta pouco: ser feliz e ter consciência. É fácil! Diga sempre, pois o que não suprime sua existência, o torna mais forte. Pense nisso, e mantenha consigo o livro.

10 FÁBULAS JURÍDICAS / Viviane Weingartner

A presente obra presenteia seus leitores com contos curtos, divertidos, em linguagem acessível para todas as classes. Durante sua leitura tanto juristas como os leigos são brindados com os contos. São casos corriqueiros do mundo jurídico, que em tom de brincadeira relata a dura realidade de ser jurista, defender a justiça, e ser cidadão em busca da justiça. Viviane iniciou sua carreira aos 12 anos no concurso literário da escola. Como toda adolescente sentiu vergonha dos textos mais elaborados que escrevia. Formou-se advogada, e por isso nunca deixou a escrita morrer. Em 2007 arriscou participar de concursos literários, obtendo boas classificações, o que animou o retorno.

21 DIAS PARA UM MILAGRE / Raquel Lakshimi & A. Castell

21 dias para um Milagre. Por que 21 dias? O que este número tem de tão especial? Que milagre é esse? Essas são algumas questões que circulam pela cabeça do leitor. Mas qual o diferencial deste livro? O recado que as autoras querem dar é que toda pessoa pode realizar seus sonhos, independente do tamanho que eles possam adquirir. Qualquer um pode conquistar seus objetivos, mas para isso é necessário seguir alguns passos básicos bem de-talhados neste guia prático. Para as autoras, aconselhar uma pes-soa a realizar seus sonhos apenas pensando positivamente não é su-ficiente. É importante ensiná-la os passos básicos para essa conquista, as técnicas que potencializam essa realização.

A ARGUMENTAÇÃO NA ESCRITA / Andréa Vecchia

Este livro tem como objetivo apresentar o estudo de alguns elementos que influenciam na argumentação do texto escrito. Utilizando dissertações de alunos do ensino médio, a análise procura evidenciar relações que envolvem: a norma culta da língua e seu reflexo na persuasão; o uso dos mecanismos coesivos e sua influência na orientação argumentativa; a organização textual e os problemas ocasionados pelo acúmulo, pela falta e pela inversão de idéias; e as incoerências semânticas e sua interferência no sentido do texto. A pesquisa expressa também algumas técnicas, a fim de contribuir na produção de um texto argumentativo bem elaborado.

A CHAVE PARA UMA VIDA MELHOR / Bia Severino

Psicóloga Clínica, realizou estudos nas áreas de Psico-dinâmica Psicanalítica (Freud), tornou-se analista de orientação Junguiana, psicóloga Transpessoalista, e em Física Quântica nos U.S.A., especializou-se em "Collapse Quantum Process" (1998), com Dr. John Demartini, criador do método e fundador da School of Philosophy and Wisdom and Healing, que lhe conferiu o título de Consultora de Sabedoria, através do Concourse of Wisdom. Desde então, Bia Severino vem aplicando e desenvolvendo este novo método que trata o "equilíbrio das emoções" adequado à sua experiência clínica, transformando as pessoas, substituindo medos, perdas, culpas, sentimentos de rejeição, abandono, inferioridade, falta de motivação e outras mais pela conexão com o Eu Superior, que é acessado quando a "sombra" é iluminada, através do Salto Quântico.

A CONVERSAÇÃO / Izacyl Guimarães Ferreira

Neste poema de título A Conversação Izacyl Guimarães Ferreira alcança o mais alto patamar de sua longa, discreta e paciente trajetória poética. É um desses poemas que os poetas só podem produzir no tempo final de um ofício em que os acréscimos contínuos de experiência artística se fundem com a experiência vital sedimentada e tornada uma reflexão do mundo. A Conversação é um longo poema íntegro e final, uma obra de madureza e plenitude. Nele o silêncio se faz voz e a voz se faz silêncio. Abriga em seus versos o fim que é o começo, a chegada que é partida,o rigor que é alumbramento e libertação.

A DESCOBERTA DO PINHEIRINHO / Elenice Aguilar

A Descoberta do Pinheirinho é indicado para crianças, pais e educadores do Ensino Infantil, pois trata de valores e ensinamentos, como o respeito às diferenças e a auto-estima, de uma forma bem simples. Além disso, é interdisciplinar, pois fala da valorização das vitaminas que os alimentos possuem, tudo de forma rápida e na linguagem infantil, tornando a leitura prazerosa e educativa. Com uma mensagem no final, onde não só as crianças vão se encantar, mas também a criança que existe em cada adulto.

A DIVERTIDA ARTE DE VENDER - 3ª edição / Erik Penna

Alcançar suas metas de vendas, atingir seus objetivos profissionais e ser um verdadeiro campeão de vendas. Isto será bem mais fácil colocando em prática as 22 Técnicas Vencedoras de Vendas que estão relacionadas neste maravilhoso manual prático de vendas. Técnicas como a Pergunta Fechada, Indução, Teoria da Reciprocidade, Lei do Contraste e a Camisa Vermelha, são algumas delas, e irão auxiliá-lo a transpor suas metas, conseguir muitas vitórias e prêmios de vendas.

A EXPERIÊNCIA EMPREENDEDORA / Richard Giannamore

A Experiência Empreendedora oferece a qualquer um que sonhe ser seu próprio chefe, perspectiva pessoal, ferramentas e encorajamento para agir e abrir um negócio em apenas 9 semanas. São 9 semanas de uma "experiência" focada na ação e durante a qual, os leitores criam e inauguram publicamente um negócio. Através da narrativa, questões desafiadoras e atividades que gradualmente aumentam de risco, leitores têm a incrível experiência de poder e liberdade de ultrapassar os obstáculos criados pelas suas próprias emoções e crenças. Richard Giannamore sabe muito bem que não é necessário ter dinheiro, estudo ou muita informação para tornar-se um empresário de sucesso. Só é preciso mudar a maneira de agir e aprender a dorminar certas regras que geral sucesso.

A GEOMETRIA DO FRAGMENTO (Ensaios) / R. Leontino Filho

Eis um livro que não se pode ler impunemente. "A geometria do fragmento" requer a todo instante a nossa cumplicidade. É uma espécie de doce convite à participação efetiva nos meandros dos textos. A poesia, que emana de suas páginas, vai além, muito além mesmo, do mero artifício das palavras. Os artigos condensados nesta obra, feito bússola, orientam o perdido navegante - quanta beleza em se perder por entre aquilo que tresloucamente buscamos achar. Os ensaios que compõem este livro são verdadeiras trilhas de aprendizagem e têm a força e a maciez do suave e milimétrico gesto do aprender. Simular trajetórias, administrar vôos, mergulhar no infinito dos livros e dos seres e perpetuar ousadias são algumas das características de R. Leontino Filho, cuja escrita revela-se consistente e profundamente humana porque traz em seu bojo experiências de vida, exercícios constantes de uma perene aprendizagem.

A IMIGRAÇÃO JAPONESA E A EVANGELIZAÇÃO DOS NIPO-BRASILEIROS / Tetuo Fugita

Nos cem anos de presença no Brasil, muita coisa mudou em relação aos imigrantes japoneses, desde a chegada do navio Kasato Maru, em 18 de junho de 1908, trazendo a bordo os imigrantes pioneiros que enfrentaram o desafio de partir para um país desconhecido e com hábitos totalmente diferente dos seus. É grande a contribuição dos membros da comunidade nipo-brasileira nas diferentes áreas, como a educação, agricultura, comércio e indústria, bem como nas áreas política, jurídica, cultural e esportiva. Além da influência significativa da comunidade nipo-brasileira nessas áreas, este livro teve por finalidade, ainda que modestamente, deixar registradas, na História da Imigração Japonesa, as notáveis contribuições da Igreja Católica, pela atuação dos missionários que, vindos do Japão, aqui se dedicaram aos trabalhos apostólicos entre os japoneses.

A IMIGRANTE DA ILHA DO SOL / Zilda Arakaki Tamanaha

Depois da Segunda Guerra Mundial em 1945, Okinawa permaneceu sob a administração dos Estados Unidos por 27 anos. Durante esse período, estabeleceram lá várias bases militares americanas, por essa razão há miscigenação de raças (negros, brancos e amarelos) entre okinawanos. Em 15 de maio de 1972, Okinawa foi desenvolvida ao Japão. No entanto, os Estados Unidos ainda matém uma grande presença militar no arquipélago. A IMIGRANTE DA ILHA DO SOL de Zilda Arakaki Tamanaha é o mais novo livro da escritora em comemoração aos 100 anos da imigração japonesa para o Brasil.

A IMPORTÂNCIA DO AFETO NA PREVENÇÃO CRIMINAL / Diana Ostam Romanini Mangella dos Santos

A autora, por meio das ciências da Psicologia e do Direito, acrescidas do estudo de laudos interdisciplinares de jovens internados provisoriamente na extinta FEBEM, hoje Fundação CASA, traz o afeto como fator importante na construção da personalidade e da auto-estima do indivíduo capaz de prevenir atos infracionais. “A criança espancada, quando adulta escolhe parceiro violento, que vai continuar lhe espancando e espancando seus filhos. É o círculo vicioso.”

A JANELA / Tarcisio Lage

Ao pesquisar a história de uma tia, morta há 80 anos com um tiro no peito, Tarquínio acaba despertando uma bruxa sedenta de vigança. Amor, anarquia, crueldade, terror e suspense com pitadas de humor para nenhum espírito sombeteiro colocar defeito. A JANELA é o segundo romance de uma trilogia, tendo ao fundo a vida numa cidade do interior de Minas Gerais. Tarcísio Lage nasceu em Abaeté (MG) em 1941. Em 1964, por conta do golpe militar, perdeu emprego na Última Hora de Belo Horizonte e teve de abandonar os estudos de economia na UFMG. Em 1969, por conta do AI-5 (o golpe no golpe), exilou-se no Chile. De lá para Londres (três anos na BBC), em seguida seis anos em Berna, trabalhando na Rádio Suíça Internacional. Retornou ao Brasil, nas asas da Anistia, não se adaptou e foi atraído para um emprego na Radio Nederland, em Hilversum, na Holanda. E lá ficou, até hoje.

A JOVEM MÃE MADURA / Sandra M. C. Lucchesi

Esta história foi escrita pelo coração, numa linguagem simples e sem pretensões literárias. Não é uma obra de ficção  e os relatos nela contidos mostram a realidade emocionada de uma mãe cujo sonho realizou-se a despeito de supostos obstáculos. Sua garra, sua fé e sua confiança de guerreira consuziram-na ao caminho certo na hora certa. Esse caminho da realização trouxe em seu bojo muitas experiências e o objetivo desse livro é repassar essas experiências a todas as pessoas cujo pensamento é o de que já se fez tudo na vida e não se tem mais idade para sonhar. Essa não é a verdade! O sonho alimenta a vida! Conquistar o que julgamos impossível, esse é o ensinamento contido em todo o relato dessa história que surpreende e emociona pelo inacreditável!

A LEI Nº11.419/2006 E A INFORMATIZAÇÃO DOS ATOS PROCESSUAIS / Hélio de Andrade Silva

A aprovação da Lei nº11.419, de 19 de dezembro de 2006, previu a informatização completa dos atos processuais. A nova lei alterou vários dispositivos do Código de Processo Civil, visando obter uma prestação jurisdicional mais célere. A informatização dos atos processuais prevista pela nova lei é uma ferramenta inovadora, pouco conhecida dos operadores do Direito, tanto no plano nacional como no internacional. Sua adoção, em poucos anos, transformará a rotina do Poder Judiciário, aposentando os processos feitos em papel. Em seu lugar, surgirá o inovador processo eletrônico digital, mais rápido, prático e econômico.

A LUTA DE JACÓ COM O ANJO / Harley Juliano Mantovani

Desde A Visita do Espírito Santo a Maria a matéria se tornou inalcançável, e apenas o paradoxo alcança o inalcançavel, o Todo, diz-nos C. G. Jung em Psicologia e Alquimia. Ao acolher o pouso de uma luminosidade mística e seminal, as coisas se abrem e recebem a materialidade simbólica, misto de caminho e de ruptura, de vidência e de devaneio. Desde a visita-gênese há alguma realidade no Depois, neste Onde fundamental, sublimado e apreensível na união do sonho e da intuição de Jacó: "Eis que uma escada estava posta na terra, cuto topo chegava ao céu..." (Gênesis 28: 12). O rumo para este Depois é a interiorização, é catarse, é feito pela fé que é, aqui, a capacidade de síntese como superação das contradições humanas.

A MÃO DE DEUS / Antônio Monteiro

HINO AO AMOR CRISTÃO - Eu poderia falar todas as línguas que são faladas na Terra e até no Céu, mas, se não tivesse amor, as minhas palavras seriam como o som de um gongo ou como o barulho de um sino. Poderia ter o dom de anunciar mensagens de Deus, ter todo o conhecimento, entender todos os segredos e ter tanta fé, que até poderia tirar as montanhas do seu lugar, mas, se não tivesse amor, eu não seria nada. Poderia dar tudo o que tenho e até mesmo entregar o meu corpo para ser queimado, mas, se eu não tivesse amor, isso não me adiantaria nada.

A MENINA QUE TINHA MEDO DOS CANTOS / Eliete Ferreira da Silva

A Menina Que Tinha Medo dos Cantos conta a história da menina Nanda, que vivia imaginando um mundo sem cantos e com seu Jabuti, que ela criou em seu apartamento. O livro foi escrito por Eliete Ferreira da Silva, artista plástica graduada em Serviço Social. Atualmente escreve roteiros de peças teatrais, transmitindo de forma lúdica e bem-humorada ensinamentos sobre ecologia e cidadania. As ilustrações são de Mauro Freitas.

A MENSAGEM - Código X / Fábio Glaudston Santos

Davi sempre foi visto como um executivo determinado, centrado e eficaz, no entanto, extremamente insensível na maneira de comandar uma das mais importantes empresas brasileiras, a Companhia Internacional de Operações Corporativas, que fica no Rio de Janeiro. Numa sexta-feira de manhã ele recebe um e-mail que tranforma sua vida e faz com que inicie uma busca incansável ao rementente desta mensagem e aos motivos que o levaram a esta súbita mudança de comportamento. Enquanto isso em Minas Gerais, Tabeu, que transmitiu a mensagem por equivoco, informa o Grão-mestre da SSX do ocorrido e inicia-se uma história de suspense e mistério onde o que mais importa é manter em segurança os livros sagrados e a localização das pedras fundamentais. A Mensagem - Código X de Fábio Glaudston Santos é uma obra que tem um enredo dinâmico e envolvente, que proporciona reflexão sobre o sentido da vida e sobre a importância de manter o coração aberto.

A MENTIRA PATOLÓGICA / Thiago Augusto Zardo

O livro do Zardo nos remete à viva-cidade que nasce do desequilíbrio. Não se trata de uma utopia reversa, mas uma ode à imperfeição ou um elogio ao desequilíbrio. Vaidosos, malandros, ciumentos. Não, não estou falando dos personagens, mas de nós mesmos (vocês e “eus”). Aqui em suas mãos está uma ode ao humano a partir da característica que melhor o identifica. Assim como a vida é fruto do desequilíbrio que gera diversidade e ordem, podemos dizer que o humano é fruto da seleção natural da imitação e da dissimulação. Ela está na raiz de todas as maravilhosas construções humanas: política, arte, religião, ciência.

A MISSÃO DE SEGURAR CORDAS / Maurício Pereira Pitorri

Este livro vem desafiar-mos a uma das mais importantes partes da Missão: segurar as cordas. É escrito como fruto de experiência e não apenas leitura; dedicação e não somente apologia. Chega em um momento em que felizmente o Senhor tem levantado na Igreja Brasileira um alerta fincional. Estamos sendos levados a passar nossa relevância evangélica por um crivo de funcionalidades no Reino de Deus. Não basta ser Igraja, é preciso fazer diferença na terra. Mauricio Pereira Pitorri é nascido em Guarulhos, Sâo Paulo, e juntamente com sua família serve ao Senhor Jesus Cristo na obra missionária.

A NATUREZA E O HOMEM / Diomar Amaral Marinho

A natureza e o homem de Diomar Amaral Marinho trata-se de um livro que coloca à disposição do leitor, através de linguagem simples, contos e poesias sobre florestas, cachoeiras, vitórias-régias, beija-flores, garças, colhereiros e outras aves do Pantanal. O trem Maria Fumaça, quando serpenteava as serras e margeava os rios, hoje alguns contaminados pela ação dos garimpeiros que usam mercúrio, metal pesado, que provoca a morte dos peixes. A usina de Itaipu acelerou o progresso na região, mas fez sumir do mapa as cachoeiras de sete quedas do rio Paraná.

A OBRA DOS SEIS DIAS - 2ª edição / João de Souza Bomfim

"A história constitui um caminho que o povo de Deus há de percorrer inteiramente, de tal modo que a verdade revelada possa exprimir em plenitude os seus conteúdos, graças a ação incessante do Espírito Santo (Jo.16:13). Ensina-o também a constituição Dei Verbum, quando afirma que `A Igreja, no decurso dos séculos, tende continuamente para a plenitude da Verdade Divina até que nela se realizem as palavras de Deus´". (João Paulo II)

A PRIMEIRA CAÇADA / Alec Rofer

Davi é um rapaz sem passado, sem memória, possuído por uma força antiga e incontrolável. A Voz Sem Rosto que fala em sua mente chama-o Devorador de Pecados. Seus inimigos chamam-no Predador. A imprensa, o Caçador de Corações. Avançado por seu próprio caminho, o Devorador de Pecados desencadeia poderes outros, cada qual com planos e propósitos distintos. Vampiros, criaturas acima da vida e da morte, temendo pelo destino da espécie humana, destino este ligado de maneira íntima e misteriosa ao deles próprios, decidem intervir. Sacerdotes Vampiros devem encontrá-lo, desvendar seus segredos e convertê-lo à vontade de Sombra, soberana daqueles que habitam na escuridão.

A PROCURA / Valeriano Xidinez

A PROCURA de Valeriano Xidinez é uma história baseada em fatos, na qual o personagem vive intensamente procurando pela pessoa que, no passado, foi muito importante na sua vida. Ele vai à São Paulo, imaginando que talvez a sorte pudesse estar do seu lado, facilitando assim este tão esperado encontro. Não contava, porém, que isso não seria tão fácil assim. Começando ali uma incessante busca, ele passa por várias dificuldades: sem dinheiro e nem lugar onde morar foi parar na favela, correndo vários riscos. Trabalhou de servente de pedreiro, vendeu muambas, serviu o exército, além, é claro, de trazer muitos problemas para o quartel. Voltando para o interior, foi parar num acampamento dos sem-terra, fazendo ali muitas amizades. O pior momento foi quando tiveram que invadir a fazenda, tinha que ser muito forte e corajoso, pois o que viria pela frente seria extremamente difícil.

A PROCURA DE JANE / Gizelda Morais

A PROCURA DE JANE é o sexto romance de Gizelda Morais. Nele são contrapostos personagem e criadora em busca de seu acerto de contas. A fabulação se assenta na tênue linha entre a sanidade e a psicose, sendo o leitor por vezes envolvido em dúvidas sobre a natureza das fantasias e devaneios da personagem – desequilíbrio psíquico ou naturais fugas humanas. A longa trajetória de autora teve seu início em 1958, com a publicação de seu primeiro livro de poesias, Rosa do Tempo, quando ainda estudante secundarista do Atheneu Sergipense, em Aracaju (SE). Dez anos mais tarde, depois de ter passado por Belo Horizonte, Salvador e São Paulo, estudando ou ensinando, encontrava-se na França na efervescência dos movimentos universitários que queriam mudar o mundo.

A SABEDORIA DE SOFIA / Sílvia Ramos Dreys

No livro A Sabedoria de Sofia, o leitor encontrará a história de uma família imigrante brasileira. Com a esperança de encontrar um mundo melhor, Sofia e sua família vão em busca do paraíso. Porém, mal sabe que o paraíso não depende de onde ela e sua família estiverem. Ela descobre, com o tempo, que o paraíso é um estado de espírito e não o lugar físico em que se encontra. A autora relata os encontros e desencontros dessa família. As surpresas, as ilusões, as vitórias e derrotas. Na inocência de querer pertencer a um mundo que não é seu, Sofia tenta, com todas as suas forças, aprender a cultura do país que escolheram, para nele integrar-se.

A SENDA DO LOTUS AZUL / Sérgio Bisaggio

Texto imemorável devido aos Mestres de Sabedoria, instrutores divinos de nossa humanidade, para servir de Guia àqueles que desde sempre se aventuraram em busca da Senda. A versão atual, inglesa (1885) conhecida como "Luz do Caminho", mais recente que as anteriores, arcaicas, devêmo-la à mediunidade da senhora Mabel Collins, teósofa, amiga e colaboradora da sn.ra Blavatsky. A Edição inglesa leva vários comentários dos MM: Hilarion e Veneziano, nunca antes editados. Luz no Caminho, juntamente com A Voz do Silêncio e Aos Pés do Mestre faz parte de um conjunto de três escritos clássicos da literatura teosófica.

A ÚLTIMA CHANCE / Mabel Amorim

Susan é uma mulher realizada. Vive com seus dois filhos David e Michael em uma casa confortável em Chicago. David é o mais velho, está prestes a casar e firmar-se profissionalmente, enfim, construir sua própria família e realizar todos os seus sonhos. Richard é um rapaz solitário. Perdeu a mãe e com ela todas as suas referências familiares. Acabou cedendo às tentações, deixando-se levar pelo caminho tortuoso do crime. Os dois jovens não se conhecem, mas suas vidas se cruzam numa tragédia. A partir daí, inicia-se o eterno embate entre o amor e o ódio, dois sentimentos limítrofes, cuja proximidade, por vezes, os confunde. Richard levou a desgraça àquela família, mas surge a chance de trazer-lhe a redenção. E pode ser a última.

A VERDADEIRA ORIGEM DA AIDS / Eribaldo Gonçalves Pessanha

Salmos, Capítulo19 – Os céus manifestam a glória de Deus e o firmamento anuncia a obra das Suas mãos. – Versículo 2 – Um dia faz declaração a outro dia, uma noite mostra sabedoria a outra a noite. Versículo 3 – Sem linguagem, sem fala, ouve-se as suas vozes. Este livro é uma resposta do Criador para com sua Criação, ou seja, um dever do homem para com Deus. Fique com ele, pois ele faz parte da sua vida. Não o desprezai.

A VIDA TEM ALVORADAS / Lucília Junqueira de Almeida Prado

Já na montagem deste livro se vê que a autora nos apresenta um arco criador que vai da novela de drama pulsante ao conto ligeiro, quase elíptico. Vê-se, igualmente, que está aqui a mesma escritora de outros contos, já publicados. É a mesma e é surpreendentemente diferente. A mesma porque aqui está a dona de um estilo inconfundível na arte de ficcionar e na facilidade de jogar para o campo das falas toda a trama que aborda, o psicológico surgindo ao correr delas. E é outra porque, sempre que sai do terreno geográfico, que demarca e documenta a região onde as personagens vivem e labutam, a sua cosmovisão se expande em emoções outras, quantas vezes a caminho do poético, o que acontece em vários destes contos.

A VÍTIMA / Sinomar Ricardo

Embora o autor esclareça, de início, que esta não é uma obra de ficção, é através dela, da transfiguração da verdade em arte criadora, que traz a público este livro, uno e difuso, centrado em verdades doídas e em uma antevisão de consequências apocalípticas. Este o mérito maior de qualquer arte escrita. Tudo o que os documentos frios registraram sobre a Peste Negra (a bubônica) que devastou a Europa, vinda do Oriente, a partir de 1348, não pulsam diante do que registrou Giovanni Boccaccio, que a presenciou, em apenas oito páginas no seu imortal Decamerão, levando o leitor ao estarrecimento.

ACONSELHAMENTOS DE UM CONSULTOR DAS ARÁBIAS / José Olímpio

Para José Olímpio, mudar a cultura de uma colônia é praticamente impossível. Embora foque com ênfase a colônia árabe, ele não deixa de alertar, de forma corajosa e prática, todos os comerciantes e industriais que têm problemas de administração nos seus negócios. Como podemos observar, os contos que ele escreve nada têm de teoria. São todos baseados em situações reais e práticas, vividas por ele, que sente na pele, como consultor que é, quando orienta empresários e muitas vezes não vê as ações corretivas propostas sendo implementadas. Ocorre que na maioria das vezes os proprietários de empresas só recorrem às consultorias no momento de extrema preocupação, principalmente quando suas empresas estão em situação financeira caótica e o estresse é muito alto.

AÇORES: MINHA TERRA NATAL / Emílio Moniz Garcia

"Quando avançamos no tempo, e os anos de vida podem contar-se às dezenas, sobram-nos momentos para reflexão sobre o que somos, o que fizemos e o que gostaríamos de ter feito e que deixamos para traz perdido, porém, não esquecido; projetos mal definidos e pouco duradouros, a par de outros em número menor e realizados. Mesmo assim fomos caminhando e fazendo a nossa própria história." O espírito aventureiro daqueles povos europeus, meus antepassados, que nos fins da Idade Média povoaram as ilhas do Arquipélago dos Açores, e que mais tarde, já no século XVIII, deixando os Açores vieram povoar o sul do Brasil, e que fundaram em 1742 a cidade de Porto Alegre,  foi o mesmo que me fez desembarcar no porto do Rio de Janeiro nos começos do mês de dezembro de 1949.

Adaptações Matemáticas em Atividades Regulares / Jorge Brandão, Pedro Alencar e Elizabeth Rocha

O livro Adaptações Matemáticas em Atividades Regulares, contempla as atividades na área de matemática úteis tanto para pessoas cegas quanto para pessoas sem deficiência visual, no Ensino Fundamental. Fornece algumas dicas para docentes no tocante às atitudes pedagógicas. Autores: Elizabeth Rocha - Doutoranda em Educação pela UFC, professora de Educação Básica do Estado do Ceará; Pedro de Alencar - Graduado em História e professor de Soroban da EEF Instituto dos Cegos do Ceará; Jorge Brandão - Doutorando em Educação pela UFC, professor da UFC e da EEF Instituto dos Cegos do Ceará.

AH! ESSAS CRIANÇAS... / Hebe C. Boa-Viagem A. Costa

Ah! Essas crianças...
São quatro pequenas estórias - Surpresa, Pote ou geléia?, Cadê o mau humor da pintora? e O Batizado - que contam situações vivenciadas, no dia-a-dia, por crianças pondo em evidência  curiosidades, desejos e aprendizados de cada uma.

ALADINHO E SEUS DESEJOS MARAVILHOSOS / Marcimedes Martins da Silva

"Pois que aproveitará o homem se ganhar o mundo inteiro e perder a sua alma?" (Mateus 16:26). O livro infantil Aladinho e Seus Desejos Maravilhosos expõe de forma interessante alguns conceitos éticos e morais direcionados para crianças. Para isso a autora e o ilustrador utilizam de uma linguagem simples e personagens de histórias infantis para passar mensagens sobre valores sociais e comportamento de difícil compreensão.

ALÉM DO AZUL DA SERRA / Aloísio Carlos Ferraz

Neste livro Aloísio Carlos Ferraz nos convoca para uma viagem infinita nas ondas do pensamento mágico onde a alquimia da palavra se faz perene com o seu poder renovador. O ato de existir, enquanto parceiro da vida, nele encontra um dos seus nichos. No primeiro e terceiro capítulos encontramos elementos esclarecedores de mistérios que desafiam o nosso senso de orientação. Em determinado momento uma linha de chegada que se faz de partida arrebata o Autor para a poeira da estrada. Ali encontra paisagens  e motivos para mais um capítulo deste livro cuja principal proposta é fomentar a inquietude de uma busca.

ALFABETIZAÇÃO DE ADOLESCENTE / Francisco Wanderley da Silva

ALFABETIZAÇÃO DE ADOLESCENTE - A motivação para elaboração deste livro veio de dois trabalhos acadêmicos do próprio autor que constituem uma iniciativa de entendimento do processo de apropriação da leitura e da escrita de adolescentes que cursam o segundo ciclo do ensino fundamental. Busca auxiliar o professor na alfabetização de tais alunos. Os métodos empregados pelos docentes para alfabetizar adolescentes, geralmente não atendem às necessidades destes alunos, que devem ser tratados como sujeitos ativos na dinâmica de ensino e aprendizagem.

ALICE E CLARA – ALMAS GÊMEAS / Hortência Siqueira Farah

ALICE E CLARA – ALMAS GÊMEAS - Esta é a história de duas amigas. Almas gêmeas, que juntas cresceram e trocaram confidências. A amizade das duas amigas inseparáveis dá continuidade, através de seus filhos, mostrando que existem almas gêmeas sim. É só procurar. Hortência Siqueira Farah escreveu os livros infantis: “O jardim encantado”, “O reino encantado dos animais”, “Marcinha e Bob, Gatinho  Cetim”. “Os pássaros e uma aula especial” e muitos outros  que ainda não foram editados. Publicou também “Cegira minha mãe” e “Ternura de duas vidas”.

AMIGOS / Francisco Wanderley da Silva

Este livro conta as aventuras de cinco amigos, que se conhecem em uma escola da periferia de uma cidade grande. Ele esta dividido em sete capítulos pequenos, e cada um traz uma aventura. A leitura é fácil e o contexto é a realidade dos adolescentes. Isto porque o objetivo do livro é incentivar à leitura o aluno que está se apropriando da leitura e da escrita, porem já cursa o segundo ciclo do ensino fundamental. Esta situação ocorre nas escolas estaduais a algum tempo e, no mercado não há muitos livros que atendam essa necessidade, ou os livros apresentam dificuldades para leitura ou apresentam um contexto para crianças.

AMOR, TEMPERO DA VIDA / Lilian Carvalho

O conhecimento sobre a gastronomia é um eterno aprendizado. Gostaria de forma simples, mostrar o preparo de receber e cozinhar e o que isso reflete sobre os nossos sentimentos. Acredito que tudo está no amor. Ele é que desperta os dons de executar determinadas tarefas tornando-as prazerosas. Preparar os alimentos com amor trás outros sentimentos na nossa memória. Cheiro de infância, sabores inesquecíveis, gosto de saudades, doces lembranças de amor! Pena não ter aprendido com minha avó, que era uma cozinheira de mão cheia e nem com minha mãe. Estava sendo preparada para seguir outros caminhos na carreira executiva. Mas quando me tornei mãe percebi a importância de fazer as papinhas.

AMORES MADUROS / Neusa Donati Andreol

A escritora Neusa Donati Andreol convida o leitor a desfrutar com plenitude Amores Maduros, que traz em seu conteúdo contos repletos de histórias românticas, encontros e desencontros, aventuras, amores platônicos, paixões tórridas, infidelidades, seduções, ciúmes, devaneios, enfim, um menu de sentimentos. Neusa Donati Andreol nasceu em São Paulo, em 1946. Sempre teve a curiosidade de observar comparativamente os relacionamentos amorosos entre mulheres bem jovens e mulheres maduras. Seu primeiro desejo de informar-se foi despertado num banco da faculdade de Psicologia, onde teve a oportunidade de presenciar essa grande semelhança.

ANTIGAS E NOVAS REMINISCÊNCIAS / Wilson de Oliveira

Em instantes, sem conta, nesse banco, / O menino, nas tardes estivais, / Se aninhava tranqüilo e romanesco / A imaginar histórias colossais. / Na adolescência esse menino tanto / Sonhou sonhos tão lindos e bisonhos, / Que hoje, mesmo sendo já um adulto, / Ainda sonha alguns daqueles sonhos! / Não pode haver maior ventura e / mais elevada honra para um filho de / Itapetinga, do que haver nascido / neste primitivo rincão de selva / selvagem e de beleza incomparável, / aqui haver crescido, amadurecido, / frutificado e desenvolvido  /intelectualmente, e culminar por / receber, como ápice da glória, o / honroso título de Membro Efetivo / Fundador da Academia / Itapetinguense de Letras.

ANTOLOGIA - Do Concurso de Poesia FESB/Scortecci 2007 / Organizado Por Marco Antonio Queiroz Silva

Um livro formado por poesias selecionadas no Concurso de Poesia FESB/Scortecci 2007. "Compreender a história humana não é limitar-se à bordadura e ao brocado. Alcançar e compreender exige o esforço por reatar os fios da história; exige, portanto, dar voz às histórias pessoais daqueles cuja trajetória pessoal têm marcado a história da instituição. Foi com a convicção de que é muito importante compartilharmos a memória da FESB, promovendo um pequeno resgate dos bons serviços prestados à educação e compartilhando-o com todos os sujeitos de sua história, que nos empenhamos em realizar o Concurso de Poesia FESB/ Scortecci 2007". Prof. Marco Antonio Queiroz Silva.

ANTOLOGIA CONTOS E CRÔNICAS ARTI-MANHAS / Organizado por Edgard Porto Filho

Antologia de Contos & Crônicas Arti-Manhas nasce como um grito há muito sufocado. Trata-se de uma produção coletiva de 28 autores, cujos contos, repletos de autonomia e identidade, foram selecionados através do site arti-manhas.com. São escritores que buscam meios de expressão, aliás... muito mais do que isso... são pessoas que desejam imprimir novos rumos à produção literária nacional, criando uma espécie de movimento renovador para o mercado editorial tal como se apresenta. Já vemos as cores da aurora. Amanhecerá.

ANTOLOGIA ELO DE PALAVRAS / Vários autores

Antologia de Poesias, Contos e Crônicas ELO DE PALAVRAS, especial para a 20ª Bienal Internacional do Livro de São Paulo,  foi lançada em 2008, no estande da editora, durante o evento. Participaram 88 autores de vários estados brasileiros. A Scortecci desde 1982 já publicou mais de 60 antologias. No endereço Antologias você fica conhecendo a relação completa e o histórico desta iniciativa de sucesso. No Ler Mais a relação completa deste volume.

ANTONIO VARELLA JUNQUEIRA DE ALMEIDA - UMA VIDA DE HISTÓRIAS - UMA HISTÓRIA DE VIDA / Antonio Varella & Neta Mello

No início de seu livro de memórias, Dr. Antonio diz à organizadora não ter muita coisa para contar. Essa é uma dúvida que assalta quase todas as pessoas as quais, não sendo considerados ilustres, resolvem contar momentos e episódios de sua vida. Neste caso, como quase sempre acontece, a resposta à dúvida é positiva, pois todos nós temos muito mais a transmitir, do que geralmente pensamos, às gerações mais novas e, quem sabe, à futuras. O livro do Dr. Antonio estende-se pelos muitos decênios de sua vida e pela recordação de seus antepassados, reconstituindo tanto sua vivência familiar, quanto fragmentos da história de São Paulo. Nele aparecem o Centro Velho – que um dia não foi velho – os cinemas, teatros, confeitarias, as ruas e os bondes.

AOS PÉS DO MESTRE / Sérgio Bisaggio

Jiddu Krishnamurti (1895-1986) nasceu em Madras, Sul da Índia, e foi introduzido na Sociedade Teosófica muito jovem. Os ensinamentos contidos neste pequeno livro lhe são atribuídos e foram dados por seu Mestre ao prepará-lo para a Iniciação e reproduzidos de memória, lenta e laboriosamente. Uma reprodução das próprias palavras do Mestre Kuthumi; quando não literária, é o pensamento do Mestre vestido com as palavras do descípulo. Porém é importante que atentemo às palavras da Dra. Annie Besant, tutora do autor: "O ensino só será valioso, quando for vivido, tal como ele próprio (Krishnamurti) vivenciou desde o momento em que tombou dos lábio do Mestre. Se o exemplo for seguido tanto quanto o preceito, então, para o leitor, como ao escritor aconteceu, o grande Portal se abrirá de para em par e seus pés trilarão a Senda".

ARTESÃO DE VERSOS / Andrea Carvalho

Artesão de Versos apresenta uma moldagem associada à existencialidade e ao cotidiano feitos de muita paixão. É claro que a angústia, a solidão e o desejo fazem parte desse cotidiano multifário flagrado pela sua poesia, uma poesia versátil em que predomina a sexualidade, contida, em busca da libertação.O tempo lúdico-erótico-sensual dá o tom de seu discurso lírico, real ou onírico, incorporado ao espírito da simplicidade buscando definir o seu caminho poético. Andrea Carvalho nasceu em Queluz (SP) no dia 5 de novembro. Atualmente respira entre as montanhas de Minas Gerais. Se apaixonou pelas letras desde os contos infantis, brincando de escrever, e a partir daí, os sonhos invadiram sua alma e nunca mais a deixaram.

AS AVENTURAS DE MARCOLINO - O MOTOQUEIRO / Thiago Braga

Thiago Braga é natural de São Paulo e reside com seus familiares. Nascido em 07 de julho de 1978, este é o seu segundo livro, com co-autoria de sua mãe Mariangela e sua irmã Thais. O primeiro livro "A volta por cima de um campeão", lançado em 2004, foi sucesso absoluto de vendagem. Um sonho fez Thiago repensar uma das frases em seu primeiro livro: aquele seria seu primeiro e único livro, mas sua criatividade o levou a escrever As Aventuras de Marcolino - O Motoqueiro.

AS CONFISSÕES SEXUAIS DE MARIA FRANCISCA / Sérgio Mattos

Este livro conta a história de mulher de 30 anos que acredita ser o protótipo da pecadora contemporânea, que usa todas as possíveis técnicas de sedução para conquistar o homem que deseja. Apesar de ser uma conquistadora infalível, ela acaba levando um fora de um de seus amantes (em ex guerrilheiro de 64, anistiado, que recebe indenização do governo) de quem pretendia ter um filho. O fora abala sua auto-estima e ela resolve buscar ajuda para o seu possível vício de sexo compulsivo. Em suas confissões, Maria Francisca passa a limpo sua vida sexual, desde a infância, relatando suas aventuras e conquistas. Este romance é ousado e foi construído a partir de um diálogo entre o padre e a pecadora, uma mulher decidida e sintonizada com os fatos do seu dia-a-dia. Trata-se de uma história contemporânea na qual impera a hipocrisia das pessoas que se aproveitam do sexo e da corrupção para alcançar seus objetivos.

AS DEZ LIÇÕES: DEZ AULAS QUE INFLUENCIARAM A ESCOLA / Professor Carlos Paulo Matias

AS DEZ LIÇÕES: DEZ AULAS QUE INFLUENCIARAM A ESCOLA - À medida que lemos o livro do Professor Carlos Paulo Matias ficamos mais convictos do acerto do auor na busca de uma nova forma de ensino-aprendizagem. Por meio de peguntas e diálogos interessantes e intrigantes, o autor costura, a meu ver, a melhor ou senão a única maneira de fazer uma verdadeira resolução na educação, em especial no Brasil, onde ela é muito mais que uma palavra vazia. É uma realidade transformadora [...]. Nascido em Imaruí (SC) morou nesta pequena, simpática e inteligente cidade até complementar dezessete anos. Seus pais ainda moram lá. Desde 1994 reside na cidade de Criciúma, com sua esposa Gisele. Este é o primeiro livro do Professor Carlos Paulo Matias.

AS MARAVILHAS DO PAÍS DE ALICE / Alice Venturi

Gosto do nome dela e do nome do livro: As maravilhas do País de Alice. Uma inversão básica para que a gente lembre que nunca é o personagem que importa, e sim as suas descobertas. Alice Venturi tem uma prosa poética e é uma pessoa maravilhada com o mundo, não só o dela, mas o nosso também, e extrai dele coisas que já haviam se tornado quase invisíveis. Quem vai negar que precisamos de guias para o invisível? Vida longa ao sexto sentido dessa garota.” Martha Medeiros.

AS PEDRAS E AS FITAS / Catarina Setúbal de Rezende

Na areia do cotidiano escondem-se cristais de poesia. para encontrá-los não é preciso ignorar nem escapar da materialidade das coisas, cores, cheiros, sabores, texturas, nem do peso do corpo ou da vassoura, nem das palavras simples com que se diz e se tece a vida real, nem das perdas nem das cargas, nem dos ritmos do tempo que muda, tempestade e calmaria, e passa. É do ofício de poeta garimpar o brilho surpreendente do cristal no meio do pó. Catarina Setúbal de Rezende sabe do ofício e oferece-nos seus poemas densos/leves, sóbrios/ricos de sensações, lampejos de luz que fazem rebrilhar o sublime no cotidiano. Maria Valéria Rezende.

AS SETE FACES DE AMÉLIA / Cida Moreira

O livro trata-se de um romance onde a autora, de forma contemporânea e com linguagem simples e clara, exprimiu sentimentos ou situações transformados em personagens femininos e em suas estórias. São contos diversificados que trazem vários assuntos, abrangendo relações conturbadas, ciúme, sexo, traição, dramas, educação, drogas, valentia, força, fé etc. Também demonstram o que significa cada sentimento ou a situação em si e de maneira diferente, o outro lado da moeda.

ASA VOADORA / Ana Carolina Elias Coelho

Asa voadora conta a história de três amigos bem diferentes, que se unem numa mágica aventura. Tudo começa quando Hugo acha um jeito de se transformar em super-herói. Quase sem querer, com uma poção, ele consegue o dom de voar. Junto com os amigos Lili e Zeca, ele vai viver na cidade de São Paulo uma experiência agitada e emocionante. Assim está formado o grupo “Asa voadora”.

ASSÉDIO MORAL / Dr. Sandro Moraes

Se a disciplina e a hierarquia são fatores elementares para o bom relacionamento no trabalho, nas organizações públicas e privadas, ao tornarem possível o bom desempenho das atividades laborais dos trabalhadores e chefes nos seus respectivos postos, sem as quais a anarquia tornaria os fins empresariais e públicos inexeqüíveis, em muitas ocasiões o seu exercer distorcido por chefes e outros superiores hierárquicos extrapola os limites da racionalidade, passando, então, a caracterizar o abuso de autoridade, a tirania e o assédio moral nos seus diversos aspectos. Deixa, portanto, aquele que detém o poder de comando, de aplicar a disciplina racional e passa a perseguir os seus subordinados de forma autoritária e tirânica, de modo a infernizar a vida dos subalternos.

ATÉ PARECE QUE FOI ONTEM / George Guimarães

Um livro com um título desses, corre o risco de parecer uma coleção de saudosas lembranças de pessoas e fatos de “tempos que não voltam mais”. Não é nada disso. À medida que ele vai sendo lido, o leitor vai tendo a oportunidade de acompanhar um jovem rebelde, desde sua adolescência, vivendo na contramão da vida, até se tornar um respeitado professor e reorganizador de empresas. Lendo esse livro, escrito de um jeito que se poderia chamar de estilo agridoce, o leitor acompanhará o autor em sua jornada, em empresas de ramos os mais variados. ATÉ PARECE QUE FOI ONTEM é um livro com muitas dicas para o sucesso no mundo empresarial e de muita utilidade para todos, especialmente para economistas, administradores de empresas e  profissionais de publicidade e marketing.

BANCA DE AVALIAÇÃO versus AFLIÇÃO / Rosicler Beltrame Caleffi

Questionar sobre os critérios utilizados pelos membros que compõem as Bancas de Avaliação do Ensino Superior no Brasil para a aprovação ou reprovação dos acadêmicos é uma tarefa árdua e delicada, contudo de grande valia. Nesta obra são apresentados alguns casos de alunos que não foram aprovados nas bancas sem saber as reais causas da reprovação, o que revela uma possível falta de critérios transparentes de avaliação das instituições de ensino superior no Brasil. Oportunamente apresenta-se uma proposta de imparcialidade e transparência para as avaliações das Pré-Bancas, Bancas de Projetos, Monografias e Trabalhos de Conclusão de Curso - TCC, através do desenvolvimento de formulários para cada um dos elementos exigidos pela ABNT - Associação Brasileira de Normas Técnicas - para a elaboração de trabalhos científicos.

BELA FLOR (EM VERSOS) / Cláudia Rodrigues

Ler e prefaciar a primeira obra da amiga e poetisa é deveras uma honra. Cláudia Rodrigues é intensa no sentir, positiva no agir, fiel em sua postura ética e moral, sempre apaixonada pela vida e por viver. Desta forma Cláudia escreve poemas nos quais veste suas palavras com cores adequadas, e não só lhes confere os sons que a fazem vibrar na alma dos leitores, mas provoca reflexões com as emoções que transmite. É a poeta que, realizando sua essência, desceu ao fundo de si mesma e no convívio com os seus dramas pessoais tirou lições transcendentes para muitas vidas. Seus poemas são isentos de preciosismos inúteis, seus versos são puros, despojados, compondo o pensamento justo no ritmo certo – como quem sabe ao que veio e diz o que sabe.

BÍBLIA DA DEUSA / Raziel Fêniz Alauk

A Bíblia da Deusa é um livro de religião, mistérios e profecias. "A grande Deusa está de volta. Ela quer falar com você sobre mistérios e mensagens. Leia muitas vezes a Bíblia da Deus e ela entrará em você". O livro foi escrito por Raziel Fêniz Alauk, cuja existência envolve um enorme mistério, até que a partir de 1999 ocorreu um despertar muito doloroso em seu espírito. Transcorridos cinco anos, as primeiras linhas desta obra germinaram. Raziel Fêniz Alauk é filho de camponês, nascido no dia 29 de novembro de 1959, no sopé de uma enorme serra misteriosa (circunstância muito difícil para a época).

BIOGEOGRAFIA / Dora de Amarante Romariz

Em BIOGEOGRAFIA, Dora de Amarante Romariza preparou breves sínteses a respeito de assuntos referentes à Biogeografia. Em número de 20, foram denominados TEMAS. Os termos que deles constam, e que necessitavam de maiores explicações (assinalados por um asterisco), originaram os 230 CONCEITOS. TEMAS e CONCEITOS acham-se colocados em ordem alfabética, possibilitando a consulta da obra como se fosse um dicionário. 

BORBOLETA EM CINZA - Salmos Profanos / Z.A. Feitosa

É impossível não se impregnar no forte lirismo amoroso presente em toda obra de Z.A. Feitosa, e que se desgarra e se alucina nestes escritos de viagens, que têm como pano de fundo a paisagem de Brasília, Visconde de Mauá e Bauru, onde o autor esteve, entre 1989 e 1990. A inspiração para os poemas apresentados neste livro fluiu da leitura de alguns livros sagrados, sobretudo da leitura de uma dessas pequenas Bíblias, que são encontradas na mesa-de-cabeceira dos quartos de hotéis. Há originalidade na forma como Z.A. Feitosa reiventou a beleza dos salmos, nutrindo-se de suas características extravagantes e instintivas, para narrar os sentimentos nascidos da intimidade com um ser angélico. É, porém, o forte acento sensual dos versos o que separa desses cânticos os poemas de Z.A. Feitosa. Ao tratar como situações místicas o amor romântico, que os corações gestam no aconchego da solidão, Z.A. Feitosa acabou por cunhar belos poemas.

BRASIL EM PRETO E BRANCO / Ávito Neto

Quando eu tinha “13 anos de vida...” abri uma página do livro Planeta Terra... Neste, filosofei. Um graveto “lápis” (árvores dos sonhos)... “Tintoriando” o Universo... Versos por escrever: “Ouço os silêncios das vozes dos ventos que outrora gritavam me fazendo voar por onde ávido. Um rio passava e sonorizava o pássaro que houvera em mim... Pelos ares do amor, postas as asas dos cata-ventos arquitetando a observar almofadas sobrepostas nuvens de um desejo... ‘De uma única letra, acaricia-me’”.

BRIT ABRAHAM - UN ANÁLISIS MÉDICO Y TRADICIONAL DE LA CIRCUNCISIÓN / Dr. N. Gontow

En el último siglo el mundo fue testigo de una verdadera revolución tecnológica y científica. Para nuestra satisfacción las descubiertas sólo atestan las palabras de nuestra Sagrada Torá. Hasta la víbora con patas ya fue encontrada y denominada Najash rionegrina (VeaNajash... - Bereshit), ver revista Nature de 20/04/2006. La Medicina descubrió (principalmente en los últimos 100 años), los beneficios y la validad del Brit Milá, al cual denominó Circuncisión Neonatal. El Dr. Gontow nació en San Pablo, Brasil. Se recibió de médico en la Facultad de Medicina de la Universidad de San Pablo, donde posteriormente se especializó en Cirugía General y Cirugía Vascular. Además de su formación y práctica médica, conquistó el título en Liderazgo en la Universidad Bar Ilan, Israel, como bolsista premiado por Memorial Foundation for Jewish Culture of N. York. Actualmente vive en San Pablo con la familia, donde ejerce la Medicina, además de dedicarse al estudio de la Torá y sus relaciones con las ciencias de la vida (life sciences).

CABO GENARO - HOMEM DE HONRA / Umberto Gonçalves

Cabo Genaro... Um miliciano ambicioso e corrupto, bom pai e marido exemplar. Em virtude de um erro estratégico foi transferido para uma pequena cidade, onde se transformou em importante autoridade. De repente, por causa de um ardor amoroso da filha, cometeu uma loucura irreparável em nome da HONRA familiar. Depois, também vítima de lavagem da honra, acabou legada ao neto, objeto da primeira vingança, a missão de seguir com a sina. Não fossem os alvos consanguíneos, não fosse a rica moral das mulheres, a rixa tomaria outro destino.

CAÇADA AO CAÇADOR / Ivo Sidnei Bonini

Um caipira do meio-oeste americano, a necessidade da recompensa tentadora, a missão de encontrar o Caçador, o brio de realizá-la muito bem, a jornada que se inicia nos Estados Unidos e prossegue por Londres, Paris, Argel, Nairobi, Bagdá, Veneza e termina em Nova York são ingredientes de uma aventura densa de surpresas e de percalços até o incrivel desfecho. Conhecer lugares encantadores, passar por situações inusitadas, freqüentar finos ambientes, vencer o próprio desafio, arriscar a vida, lidar com conflitos íntimos de ordem moral instigam o leitor a participar da saga do Caçador.

CADERNOS: CAOS / Carlo Felipe Pace

Cadernos: CAOS é uma experiência literária. A partir de uma temática cunhada em uma concepção no conceito de "caos", desenvolve-se uma novela-romance, uma peça de teatro, um monólogo e dois poemas. Por vezes, acredita-se em uma interligação entre os textos; por outras, percebe-se que são totalmente independentes. No final das contas, apenas é importante compreender quando o autor nos convida a pensar e quando nos convida a sentir, uma vez que todos estamos sempre alçados sobre um rio que tem suas margens na razão e no sentimento.

CAIXA DE MILAGRES: Poesias e Composições / G. Brahm

Para todo bem que se faz, um milagre acontece. Todo olhar que admira, um milagre enxerga. De todo coração desprendido, um milagre se precipita. A toda crítica que se cala, um milagre se amplia. Para toda mágoa que se lava, um milagre expande a alma. Em todo momento onde o inteiro está, o milagre é crescente!

CAIXA PRETA / João Carlos de Noronha

 Na roda viva do mundo cada vez mais globalizado o desenvolvimento tecnológico e cultural vem acontecendo de forma acelerada, indiretamente proporcional à evolução dos profissionais em suas diversas áreas. É a contramão da necessidade de sobrevivência e de buscar melhores oportunidades de negócios que podem inviabilizar a diminuição destas diferenças. Isto faz com que as organizações sub-contratem especialistas recorrendo a recursos externos para sobrepor-se a essa falta de tempo que interfere no saber global. Eu denomino essa alternativa de inteligência organizacional e é isto que o autor deseja transmitir a todos por intermédio deste livro.

CAMINHANDO ENTRE PEDRAS E AREIA / Romeu Guarnieri

...Meu anfitrião também ignorava a derrota da França pela Inglaterra na Guerra dos Cem Anos. Nada sabia sobre o casamento da Inglaterra de Henrique VIII com a Ana Bolena, que eles romperam com Roma, quando criaram as Igrejas Anglicanas e depois da excomunhão de Martin Lutero em 1521, aloi Eduardo VI em 1553 introduziu o protestantismo, com a reação do Papa Paulo III, que iniciou o Concilio de Trento. Embrevecido com estes relatos, João Durão repetia sempre que uma história contada nunca seria uma história viivida, passando pelo seu pensamento aquelas aventuras de viagens de conquistas, novas paragens, novos costumes, novas culturas e novas línguas...

CAMINHOS DO COTIDIANO / Manoel Silva Moreira

Narrar e poetizar valores do cotidiano é mais fácil. Dizem que os poetas e escritores devem buscar o que está escondido dos olhares comuns. Por isso, o esforço em encontrar o "novo" torna-se uma obrigação e, às vezes, um obstáculo ao encontro dos leitores e ouvintes com o mundo concreto que se deseja narrar e poetizar. No entanto, esse mundo concreto continua a ser o desafio. Nele nascemos, amamos, trabalhamos e morremos. É a ele que deveríamos voltar nossos olhos para revelá-lo por meio da lembrança, alterá-lo pela crítica, fazê-lo lugar de esperança pelo estímulo e pelo alerta.

CAMINHOS DO MUNDO E DA VIDA / Antonio de Sousa

O título do livro quer mostrar, na parte de Caminhos do Mundo, a diversidade de culturas nas distintas regiões que o autor conheceu na vida repartida pelos três continentes: Europa, África e América do Sul. Os Caminhos do Mundo estão assim contidos na parte descritiva das paisagens e das cidades, nas maravilhas da natureza e no modo de vida das pessoas, tudo profundamente fascinante. Já os Caminhos da Vida envolvem pessoas e situações ocorridas – ou que poderiam ter acontecido. São facetas do relacionamento humano, algumas engraçadas, outras dramáticas, mas nunca pueris.

CANTO MÍNIMO / Solange Berard Lages Chalita

Poema da Extinta Lembrança: Esquecer ou morrer-se, Até a última enervação, Nada sobre, Da demoníaca isquemia, Como um fluido fio, Recomeçar, Todos os dias, Sem revivescências... Solange Berard Lages Chalita é natural de Maceió (AL). Graduação: Licenciatura em Letras Clássicas (Faculdade de filosofia, Ciências e Letras Santa Úrsula (PUC, RJ) - Ciências Jurídicas e Socias (Faculdade de Direito, Universidade Federal de Alagoas) - Diplôme Supérieur de Langue et Littéreture Françaises (Université de Nancy, França). Pós-graduação: Especialização em Linguística e Comunicação (Universidade Federal de Alagoas) - Doutorado em Literatura Brasileira (Universidade Federal de Alagoas).

CARDÁPIO DE RISOS & SOBREMESAS / Francisco Fernandes de Araújo

A obra "Cardápio de Risos & Sobremesas" carrega em seu interior 1011 pensamentos, engraçados e sinceros, do autor Francisco Fernandes de Araújo. "As impressões foram registradas ao sabor de cada momento, contemplando as grandezas e as misérias humanas, com instigação, surpresa e alguma profundidade, sem a perda de certa dose de humor e algumas pincelagens de romantismo, propiciando que todos esses "temperos" sejam degustados em momentos de reflexão por parte dos leitores." (Francisco Fernandes de Araújo).

CARNE E ALMA / Cíntia Santomario

“Quem me receberá, ao atravessar o arco-íris??” Estes versos de Cíntia Santomario incitam-nos a estender os braços e recebê-la, e a prosseguir a caminhada parando em fontes, leitos, madrugadas... Deixando sua voz seguir por todo o corpo: a “sensibilidade feminina”.Dizem que não conhecemos as mulheres. Eis aqui, uma oportunidade de mergulhar nas sensações femininas – em suas fantasias, devaneios... – Enfim, uma oportunidade de sentir a carne pulsando na alma. Benedito Carlos – Poeta Paraisopolense

CATALEPSIA / Marinésio Gonçalves

Um conto é um recorte em um momento de tensão na vida de um personagem. Neste momento, concentram-se sua expectativa e sua esperança para o desfecho de uma trama. Em CATALEPSIA, os personagens estarão impregnados de tensão, cercados por ela, mas como quem dorme e não consegue acordar, muitas vezes, estarão cercados demais.

CAVERNOSO E A MAGIA DOS MONSTROS-SOMBRAS / Marcia Morato Ramalho & Renata Reis Ottaviani

Cavernoso é uma história mágica vivida pela humanidade. Cheia de sutilezas e detalhes... Com dicas e experiências para que possamos tornar nosso caminho ameno e, com simplicidade, encontrar nossa felicidade. De forma divertida, emocionante e poética, as autoras resgatam um tema universal: o poder da comunicação na luta contra o sombrio e a força do desejo de superação. Assim se construiu a História das mulheres e homens, e assim continuará... Aproveitem!

CENTELHAS DE AMOR / Maria da Luz

Em Centelhas de Amor, a poesia de Maria da Luz apresenta-se bem estruturada sob os mais variados pontos de vista; e o leitor retirará deleite da sua leitura. Sabe brincar com as palavras, com os sonhos, com a diversidade construtiva e mensageira. Os poemas polidivergem na temática indo além do inesgotável e inspirador amor. São mensageiros de causas e alimentam-se de temas do quotidiano social, tais como: a indiferença da sociedade face à injustiça, a denúncia da corrupção, do peculato, a liberdade, a droga e o tráfico; ou então, a expressão dos sentimentos de tristeza, desilusão, solidão, esperança, loucura, amizade; ou ainda, as de natureza afetiva que realçam os laços de família, as crianças, os velhos.

CHAMADOS PARA SERVIR / Lauro & Rosane Castelli

"Este livro apresenta um valioso testemunho sobre o trabalho missionário e o cuidado do Senhor sobre seus filhos. Ao lê-lo você será guiado a perceber o quanto Deus ama e cuida do seu povo, mesmo nas situações mais improváveis. Será também desafiado a se envolver nesta tarefa ainda inacabada, evangelizando perto e longe, no cumprimento da missão". Rev. Ronaldo Lidório 
 

CHEIRO DE TERRA - Contos Fazendeiros / Lucília Junqueira de Almeida Prado

Colar sem falsos brilhos. O que vem ao vivo, de pronto, em qualquer texto ficcionado de Lucília Junqueira de Almeida Prado, é o tangível, o quase palpável das personagens, dos ambientes, das paisagens que o cercam. E sempre numa leveza de trato, ao nível dos meios tons, arma poderosíssima ao alcance só dos verdadeiros recriadores da realidade em dimensão artística. Parece, por isso, enganosamente, que tudo flui em plano linear e despretensioso. Eis, porém, o mistério da verdadeira ficção, porque é justamente na narração sem parcéis que o psicológico, sub-jacentemente, dá-lhe pulsações vívidas. Muito em particular nesta autora, que transfere qualquer his-tória praticamente para o campo das falas e o descritivo é apenas o essencial.

CIRANDAS & MANDALAS: PARA CANTAR E COLORIR / Sylvia Mäder

A autora Sylvia Mäder, adora criar mandalas. Esta sempre a procura de novos temas. Surge um assunto e já estou imaginando como transformá-lo em mandalas. Assim foi com as lendas brasileiras e "Ledas & Mandalas", Ed. Ground, e com os florais e Bach em "Flores & Mandalas". Ao colorir mandas, brincar ou cantar damos espaço e tempo à nossa criança interior dentro de nossa rotina diária, deixando que se expresse de forma saudável e assim fortaleça. Resgate sua criança interior! Solte-se, cante e pinte!

CLASSES DE LUTA / Francisco Dias Teixeira

Este livro foi concebido lá pelo ano de 1989, e seu primeiro rascunho foi escrito em seguida. Desde então, mas com intervalos de tempo, foi reescrito/revisado, até início de 2007. Uma revisão gera a necessidade de uma nova revisão, tendendo ao infinito. Então, que vá assim mesmo. "Classes de luta" é uma ficção que pretende ser um pequeno painel social. A história passa em São Paulo. Na verdade, são histórias ("lutas") aparentemente distintas, mas interligadas. A personagem Beretriz (ou Berê) faz essa ligação.

CLÁUDIO JOSÉ UM HOMEM DE FÉ / Cláudio José e Violeta Vitória

Uma verdade incontestável é que poucas personalidades de nossa época tiveram tanta garra, tanta determinação e tanta fé como nosso herói. Não seria demais compará-lo com os grandes homens vencedores e vitoriosos de décadas passadas, e que também tiveram apenas instrução primária, tais como: – Walter Russel, o homem que tocou os segredos do Universo, esculpindo o majestoso monumento “As Quatro Liberdades” e o estupendo “Memorial a Mark Twain”.  Walter Russel também foi um dos mais brilhantes escritores do século passado.

COM OS PÉS NA ÁGUA / Mário de Lima

Toni e Roberto são dois brasileiros que vivem em Barcelona, Espanha. Conhecem-se em um bar gay, no centro da cidade, e o companheirismo que surge desse encontro será fundamental para que superem velhos preconceitos, traumas e tristezas do passado. Toni é um homem belíssimo que não encontra a felicidade, por se julgar responsável por uma série de acontecimentos trágicos desde a mais tenra infância. 

COMO TEODORA MINHA AVÓ / Marilene Dias

Um colega de trabalho me perguntou como estavam minhas pinturas em tela. Respondi que no momento eu não estava pintando nada, pois o meu foco era a publicação de um livro de crônicas que eu havia escrito. Espantado, ele me disse: – Ué, eu não sabia que você escrevia! – Nem eu, respondi. Pois é, eu fui escrevendo, escrevendo e agora apresento minhas lembranças, sentimentos, crenças e dúvidas com as melhores intenções: que o leitor se divirta e resgate as lembranças, os sentimentos, as crenças e as dúvidas que o texto provocar.

COMPORTAMENTO E EVOLUÇÃO / Pedro Coberta

Nesta obra, o autor trata a Escola de Médiuns como uma opção viável à todos os que sentem atração pela prática cristã. Utilizando uma didática simples e de fácil assimilação, apresenta a Casa Espírita como resultado do trabalho conjugado entre os seres espirituais e os que buscam reencontrar seus valores íntimos. A sistematização dos estudos, tal qual apresentada, torna-se um convite àquelas que queiram iniciar uma jornada saudável, repleta de alegrias que os tornarão melhores perante si mesmos

CONSTRUÇÕES / Lacy Pires de Andrade

Construções, a segunda obra de Lacy, esposa, mãe, amiga, escritora e uma construtora em tempo integral. Levantando alicerces da PAZ, unindo os tijolos da AMIZADE e sempre usando o cimento do AMOR em tudo o que faz, ela nos entrega mais uma obra cheia de paixão, de emoções e principalmente VIDA!

CONTOS DA TIA LILITA IV - Os pássaros e uma aula especial / Hortência Siqueira Farah

Até os pássaros praticam boas ações. Ora com suas melodias ou salvando a vida de duas garotas. Vandinho e Marcinha às voltas com os moradores das dez casinhas. Qual vale mais, a casa Dois ou casa Quatro? Nenhuma! Vale mais de todos a casa Um juntando com a casa Zero. Formando dezena, centena e milhar. Esta história, ofereço a todas as crianças que aprendem ou aprenderam os números pares e ímpares.

CONTOS DO CORAÇÃO / Maria da Glória Canfield

Em Contos do Coração são narradas pequenas histórias que aconteceram no romantismo da minha infância, num passado distante, deixando saudades. Na varanda sentávamos os seis filhos, ao redor de nossos pais João e Maria, para ouvir muitas histórias que nosso pai nos contava, e nós ouvíamos atentos, com o maior prazer. Era um tempo em que as famílias costumavam se reunir para conversar. Contos do Coração trabalha os sentimentos mais singelos de personagens fictícios e profundamente humanos, portadores de uma imensa capacidade de amar.


CONTRIBUIÇÕES DE INTERVENÇÃO NO DOMÍNIO ECONÔMICO / Andrei Mininel de Souza

O trabalho apresentado por Andrei Mininel de Souza como monografia de conclusão de Curso de Pós-Graduação, lato-sensu, em Direito Tributário do Centro de Extensão Universitária, constitui excelente contribuição ao estudo deste que hoje é um dos temas mais instigantes, no campo do direito impositivo. O trabalho, além de útil ao estudo da contribuição de intervenção no domínio econômico, é, certamente, o primeiro de muitos outros, pois o autor revela talento para a pesquisa científica e para a exposição acadêmica, agregando a experiência prática do advogado atuante.

CONVERSA DE ALGUÉM QUE SENTE / Ana Elizandra Gomes Ribeiro

Ana Elizandra Gomes Ribeiro nasceu em Santa Luzia, Maranhão, filha de Maria do Socorro Ribeiro e José Andrade Ribeiro. É professora de Língua Portuguesa e Língua Inglesa, formada em Letras pelo PROEB/ UFMA e pós-graduada em Língua Portuguesa, pelo CAPEM. Atua na área docente desde os seus 14 anos de idade. Desde a infância escreve poemas e outros tipos de textos. Seus poemas têm como principais temas as dores de amor e as questões sociais.

CRIANÇAS QUE PENSAM... E FALAM! / Denise Albuquerque

"Crianças que pensam... E falam!", de autoria de Denise Albuquerque, é uma coletânea de 9 crônicas infanto-juvenis sobre o pleno desenvolvimento de crianças a partir do ambiente familiar, enfatizando a importância das relações familiares na formação geral do indivíduo. A família é a primeira escola de todos nós, e de uma sólida estrutura familiar dependem a realização pessoal e o sucesso do indivíduo em todos os setores da vida.

CRIME DIGITAL / D. Tracy e Vanderlei Matias Pereira

Ainda existe muita gente que acredita num sistema de segurança que segue o princípio da chave debaixo do tapete, ou seja, se eu não contar para ninguém onde está a chave, a porta permanece trancada, o que é um grande equívoco. Ter apenas uma senha não protege. Existe um trio de softwares de segurança que você não pode deixar de ter: um firewall. Um programa antivirus é essencial. Ele mesmo procura as atualizações. Há antivirus gratuitos e confiáveis. E, finalmente, se você for um heavy user do e-mail, um anti-spam.

CRÔNICAS DE UM NOVO AMANHECER / Francisco Fernandes de Araújo

Crônicas de Um Novo Amanhecer apresenta 150 crônicas escritas por Francisco Fernandes de Araújo. Uma obra inspiradora, cujo conteúdo nos traz lições de vida, ideais de renovação, saudade, religião, aceitação e a força que necessitamos para vencer. O autor é doutor em Direito pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, juiz aposentado no Estado de São Paulo, consultor jurídico, advogado, escritor e poeta, com 65 obras publicadas.

CRÔNICAS DE UM NOVO CAMINHAR... / Francisco Fernandes de Araújo

"Sei que posso construir a minha primavera, sem depender daquela que consta em período certo nos calendários. Mas, para isso, preciso criar pensamentos positivos, tomar iniciativas corretas, e, às vezes, saber esperar para evitar decisões apressadas ou que me possam beneficiar num primeiro momento, mas em detrimento de outras pessoas. Posso adotar um novo caminhar, sim, desde que a minha atitude também não prejudique ninguém.

CRÔNICAS IMPERTINENTES / Renato Muniz Barretto de Carvalho

Crônicas Impertinentes: um livro valioso. Percebe-se nele uma reverência refinada. As crônicas são impertinentes, mas oportunas, revelam insatisfação com o status quo. Contêm certo grau de saudosismo, enquanto abordam problemas atuais. Acima de tudo, são crônicas sinceras, sem a pretensão de agradar, desnudam as preferências do autor. Colocam sobre a mesa idéias, anseios e insatisfações pertinentes.Ao ler Crônicas Impertinentes, somos levados a um passeio, ora na cidade, ora no campo, rico em detalhes e histórias originais.

CUIDANDO DO PLANETA TERRA - AS AVENTURAS DE PRETA PRETINHA / Antonia Joyce Venancio

O que começou com uma loja de bonecas diferentes, agora se transformou em livro!. A Coleção "AS AVENTURAS DE PRETA PRETINHA", conta as histórias dessa bonequinha, englobando temas importantes para a convivência da crianças em sociedade. O primeiro livro fala sobre reciclagem, insdispensável para a preservação do nosso planeta. Afinal, todos os dias produzimos toneladas de lixo, e é preciso ensinar as crianças a reaproveitar o material já utilizado, e fazer coleta seletiva.

DAS CINZAS AO RENASCIMENTO / Cleivânia Lima de Almeida

A autora nos conta a trajetória vivida por ela desde a descoberta de um tumor cerebelar até a manifestação da Síndrome de Stevens-Johnson, a SS-J, um tipo de alergia medicamentosa que, se não diagnosticada imediatamente, pode ser fatal. A manifestação da SS-J provocou em Cleivânia erupções eritematosas (bolhas de sangue) generalizadas, hiperemia conjuntival e erosão nas mucosas ocular, bucal e genital – que a impediam de ver, comer, falar e, ainda, urinar. Devido à gravidade do estado de saúde dela, os médicos atribuíram a cura a um milagre, comparando-a a Lázaro, amigo de Jesus Cristo.

DE CAIPIRA A DOUTOR / Marco Antonio Barone Morales

O que pode ser um homem ao chegar a 50 anos de carreira profissional e olhar para trás: orgulho do que construiu. E dessa forma que o advogado Geraldo Jabur chega aos 74 anos de idade e completando o Jubileu de ouro na profissão. Saiu de sua pequena e hospitaleira Jaú para conquistar o sucesso. Teve educação e preparação para ser um estudante da preparação para ser um estudante da faculdade de direito do Largo São Francisco – seu maior sonho – E nas Arcadas conheceu grandes figuras e excelentes profissionais.

DE CARA COM ELA / Edgard José G. de Oliveira

Vida que segue, Ao longo desta jornada, em meio a sentimentos diversos, aprender é a plenitude da razão do viver. Quando se percebe, o tempo se esvaiu. “Nada do que foi será do jeito que já foi um dia”... Certamente vive-se o presente com esperança no amanhã. Jamais aprisionar o passado, mas que sirva para suprimir erros. Amanhece, então... O Sol reluzente anuncia o novo porvir, e, a certeza de que nem tudo [está perdido em trevas. Ignorar essa perfeição é abolir a existência de Deus. “Claridade, fonte de amor que me acalma e seduz”...

DE FANTASMAS E LOUCURA / Pedro Braga

Militante político, primeiramente de Ação Popular, depois do Partido Comunista Francês, este seu relato não resvala para a auto-exaltação nem para as famosas autocríticas, apenas constitui a narrativa de uma vida, tendo como fio condutor a busca de sentido existencial. Busca de sentido feita por um jovem que se torna adulto apesar de seus medos e fantasmas em tempos sombrios – busca essa, não obstante, marcada pela esperança.

DE QUIMERAS À LUCIDEZ / Alcione Zhanini

Enquanto revia meus rabiscos e escolhia um nome para este meu novo livro, pensava como poderia transpor, de dentro do meu coração, em palavras, esta emoção que me toma por completo e me deixa sentir uma vez mais a alegria e o enorme prazer que sinto em escrever. Me lembro de pequena, quando as minhas letrinhas ainda tortas preenchiam o mesmo papel que embrulhava o pãozinho da padaria e já confessavam meus sonhos de criança.

DELÍRIOS DE AMOR / Claudio Campos

Este livro conta a história de um amor não correspondido, e para conquistá-lo, o protagonista passa por um grande sofrimento e pede a morte.  Apesar da enorme dor física, a da alma é ainda maior. Vive outros amores conturbados, quase ou imaginários e define: “Minha vida nunca mais será a mesma, agora com muitos enigmas e mais sofrer. Uma vida dividida entre uma ficção concreta e uma realidade, esta sim, abstrata; a ficção de um amor vivido e a realidade de um amor sonhado”.

DELÍRIOS DE UM SONHO / Deocleciano José

Falar do poeta e falar de sua alma, sua sensibilidade e sua fé... Falar de alegria, esperança, solidão, euforia e formar um bouquet cujo o rotulo é amor. Em cada verso, em cada “soluços de amor”, a certeza confirmada de sua realização, sua competência e sua ilimitada força interior. Quem é Deocleciano José ? É o “milagre do próprio milagre” que nos presenteia e nos deixa em clima de êxtase invade alma de felicidade e paz. Lenita da Silva Dama Chichelo.

DÊMENCIA:O RESGATE DA TERNURA / Misa Ferreira

Nunca se falou tanto sobre Alzheimer e demais demências que aparecem na velhice como em nossos dias. Muitas reportagens e livros têm surgido sobre o assunto, esclarecendo dúvidas, fornecendo informações sobre como cuidar de pacientes e como prevenir a doença. Poucos livros, entretanto, têm apresentado a realidade da difícil convivêcia diária com pessoas dementes. Misa Ferreira conviveu e ainda convive com o drama da demência de sua mãe, que, há cerca de quatro anos, apresentou e desenvolveu, de forma rápida, os sintomas da doença.

DESCOBRINDO ARÍETE - UM TRANSE ARRISCADO / Giseli Daiane Corrêa

Descobrindo Aríete conta a história de Flávia, que é o que podemos chamar de uma mulher bem sucedida. Tem casa, carro, um bom emprego, e é totalmente independente. Tudo é tão perfeito e tão monótono! Bem, pelo menos era, até o dia em que ela resolve mudar sua vida, e conhece Pedro, um cara legal que está disposto a deixar seus compromissos para trás só para defendê-la das confusões e perigos que a aguardam. Eles ainda contam com a presença divertida e inteligente de Aninha, irmã mais nova de Flávia, que vai acompanhá-los nesta misteriosa aventura.

DESCONTÁGIO - 2ª Edição / Cleo de Oliveira

"Quem não conhece os contos de Cleo de Oliveira (e pode ser que muitas pessoas não conheçam: trata-se de uma carreira literária que está em seu promissor início) deve se preparar para uma surpresa. Este difícil gênero que é a história curta aqui atinge dimensões incomuns. De fato, não sabemos o que admirar mais nos contos de Cleo: se o seguro domínio da palavra, se a habilidade narrativa, se a sensibilidade. Ah, sim, e uma tremenda imaginação que, em "Uma vista para os jardins de Arlete" nos proporciona um efeito surpreendente e notável.

DEUS! QUAL O SEU PLANO? / Geraldo Vaz de Quadros

Para atravessar um rio sem se molhar, busca-se o trabalho de um canoeiro; para construir uma casa agradável e com segurança, um arquiteto; para pleitear direitos na justiça, um advogado; para a harmonia espiritual busca-se, normalmente, uma religião... Nesta linha também busquei, desde cedo um caminho seguro para conduzir minha alma. Busquei-o examinando a Bíblia. Tal busca mostrou-me, porém, que a minha posição era a de um “executor” (canoeiro, arquiteto, advogado) e não, a de um “empreiteiro”.

DEZESSETE ANOS / Paola Rhoden

Vanessa mora em uma cidade litorânea na Bahia. Os acontecimentos que surgem do nada a deixam perplexa com os atos dos seres humanos. Ela não entende a capacidade que as pessoas têm de machucar a si mesmas e aos outros. Os amigos, alguns deles ciganos, fazem-na ver que as diferenças podem tornar-se igualdades, para isso basta que façamos tudo da maneira certa. Desde criança aprendeu que o trabalho é o que importa e que nos dá o que comer. Muito pobre, aprendeu que não é o dinheiro que traz a felicidade, mas o que temos dentro de nós e o que podemos fazer com isso.

DHAMARÍADES FLORA - A menina-árvore e outros contos / Cristina Faga

Dhamaríades Flora, a Menina-árvore e outros contos refletem sobre os dualismos da liberdade de escolha e da predeterminação de um caminho, da resignação e da luta contra a opressão. As narrativas ressaltam a angústia, a solidão e os mecanismos precários de sobrevivência da alma humana, na busca de sua plena realização. Também descrevem o ímpeto e as paixões, os momentos de mudança "das gentes que são a nossa gente" diante de situações-limite e de oportunidades que surgem uma única vez na vida.

DO JEITO QUE A GENTE FOI (E COMO SEMPRE SEREMOS) / Eda Romio

A verdadeira história desta turma começa alguns anos antes de 1967, em 1963 - para algumas/alguns de nós, até mais cedo, como se verá. Mas sempre, sempre, foi uma bela e rara história de amizade, carinho, solidariedade e, muitas vezes, de puro amor. Contra os horizontes sombrios da implacável diatadura militar da época, com sonhos diferentes, apesar de todos caminharem para receber seu diploma como bacharéis de Direito, um grupo de jovens - às vezes nem tanto - na cidade de Campinas, interior de São Paulo, iniciava um novo período de suas vidas.

DOIS OLHARES A QUATRO MÃOS FALAM DAQUILO QUE OUVEM / Pavei & Moreira

Faça seu giro habitual por entre as palavras e sinta nossas vozes lapidando o próprio homem. Maria de Fátima S. Pavei. O futuro de uma nação é construído pelos livros que você lê.Alexandre Moreira nasceu em São Bernardo do Campo, São Paulo. Trabalhou como repórter e redator em emissoras de rádio. Atuou como repórter da RCE TV Criciúma, âncora esportivo na RBS TV Criciúma e redator e repórter do Jornal Notisul, de Tubarão. Atualmente é cronista de jornais nos estados do Paraná e Santa Catarina. Na região carbonífe-ra, cronista do Jornal Agora, em Içara.

DOUTOR SABE-TUDO / Antonio Lemos

Este novo trabalho de Antonio Lemos, leve, descontraído e interessante, em muitos momentos tem cheiro de "Sebo", já que traz uma garimpagem de assuntos antigos (dez mil anos atrás e o soldado Paixão), e em outros tem o frescor da modernidade. Doutor Sabe-tudo é pra ler no ônibus, no consultório do dentista, do médico, etc., e até pra tomar lugar na famosa "mesa de cabeceira", ao lado da cama. Temos a oportunidade de desprezar o refinamento literário e extasiarmo-nos com o desenrolar alegre e jocoso, próprio de Lemos, ao tratar do dia-a-dia nos Correios, outrora no volante do táxi e nas conversas ao microfone em rádios de Salvador.

DROGAS – A MAIOR DESCOBERTA DO HOMEM / Mario Cezar

Droga também é gente e pode posicionar-se ao lado do cachorro numa relação de amizade, disputando o posto de melhor amigo. Melhor, mais que amigo, um companheiro, um mestre, um inimigo, um chato e até uma relação amorosa.O álcool, por exemplo; o companheiro de muitas horas. Nos momentos alegres e tristes, você conversa com seu copo, abraça a garrafa, às vezes chora ou ri, sozinho ou com os amigos, com a namorada, o namorado. Com o cigarro a relação é dúbia; o melhor amigo e o pior inimigo, ao mesmo tempo.

É ISSO AÍ... / Guaracy Fontes Monteiro

É isso aí...” reúne 120 das mais de 300 poesias escritas desde 2006 por Guaracy Fontes Monteiro, um paulista de 83 anos, fervoroso, amoroso com os seus familiares e apaixonado pela vida. Com sensibilidade, carinho e devoção, o autor conta em estrofes um pouco de sua trajetória, expõe sua visão de mundo sobre diferentes questões e destaca o ideal da fé em Cristo, acima de todas as coisas. Trata-se de uma bela leitura para todos que gostam de refletir a respeito da vida.

ECONOMIA DIGITAL E SUSTENTABILIDADE / Rosalvi Monteagudo

A economia digital traz alguns aspectos modernos, pela Tecnologia da Informação e Comunicação – TIC, para conduzir a uma efetiva mudança do social associado ao capital, no sentido de satisfazer as necessidades humanas. Como é a interpretação de uma nova época, cria novas regras  na doutrina  da cooperação, via software livre-COOPSOFT, e implementa-as através da "iempresa", uma empresa virtual.

ELEFOA / Anna Osta

Elefoa” é a garantia de uma leitura saborosa, envolvente, durante a qual o conhecimento vai sendo construído gradativamente com uma deslumbrada e curiosa Gabriela: assim como o jovem leitor, a quem se dirige esta obra literária. Gabriela é uma menina inquieta, que vai colecionando conquistas desde o momento de seu nascimento, até o ingresso na vida escolar - de tal maneira, que nos faz refletir que a evolução do ser humano é, antes, um desafio e uma superação constantes, face às dificuldades que se apresentam em cada etapa da vida.

EM RITMO DE TABUADA / Marisa Fontes

O livro Em Ritmo de Tabuada integra o projeto educativo e cultural de mesmo nome, que já é conhecido pelo público com o cd de músicas Em Ritmo de Tabuada que foi lançado no Brasil em meados de 2008 pelo autora Marisa Fontes. Ele conta a história de duas crianças e seus animais que precisam estudar para a prova de Matemática e não estão com vontade. Eles recebem a visita da Mãe Matematica que os leva para dentro de sua cartola mágica para viverem uma aventura inesquecível e transformadora.

ENSAIOS AMADORES... OU NÃO! / Letícia Losekann Coelho

A Letícia é uma mentirosa. Ao contrário de uma ofensa, isso é um elogio. Como bem diz o mestre Ariano Suassuna, os bons ficcionistas são mentirosos, não o tipo de mentiroso que mente para prejudicar alguém, mas aquele que mente por “amor à arte de mentir”. A Letícia é, portanto, uma mentirosa das melhores e, como os bons mentirosos, não repete mentira, viaja nas mais diversas quimeras, enfeita com laços dourados as mentiras sórdidas, esconde nas sombras tétricas as fantasias infantis.

ENSEADA DO SEGREDO / Morgana Gazel

Frederico, um adolescente de dezessete anos, vivia num povoado à margem de uma aprazível enseada, onde costumava buscar alívio dos males que o afligiam. Ele pressentia, em torno de si, algo errado. De fato, havia um doloroso segredo que acabou escapando através de portas entreabertas e de estranhas conversas. Ao descobri-lo, Frederico sentiu-se obrigado a fazer grandes mudanças em sua vida; uma delas, mudar-se repentinamente para outro país, do qual só conhecia o idioma.

ENTENDA MELHOR A LINGUAGEM / Mauro Cardin

A face mais sedutora da linguagem; suas possibilidades e suas fontes de criatividade, as contradições e os aspectos mais sutis da produção de texto. Com base no pensamento de linguístas, filósofos e professores, Mauro Cardin faz uma interessante abordagem sobre a linguagem, não do ponto de vista das regras gramaticais, mas na perspectiva das sutilezas e da grandiosidade da palavra. O conteúdo vem em textos curtos, bem humorados e agradáveis de ler. Excelente livro para todos que desejam entender melhor os mecanismos de produção de sentido na escrita e na fala.

ERA UM GAROTO COMO EU / José Américo Borges

A missa de sétimo dia de Everaldo Brindisi é anunciada no Jornal A TRIBUNA de Santos. Seus amigos de infância e de adolescência veem o anúncio e preparam-se para ir à missa. No caminho para a igreja cada qual relembra a convivência com Everaldo que logo depois de moço havia saído para viver a vida em outros tantos lugares. Dorval, Miro, César, Adailton, Pedrinho e Ronaldo, os amigos, ao lado de Helena, a grande paixão de Everaldo, constroem os personagens dos capítulos deste livro.

ERÓTIKA - Uma vida contada em / Su Angelote

ERÓTIKA é um livro de poemas e poesias escritos nos meus dias conturbados e/ou alegres. Publicar ERÓTIKA é confrontar-se com velhos padrões familiares, é se desnudar publicamente e não temer as críticas nem os falatórios familiares, como se diz aqui no Nordeste. No meu Prefácio, mostro a mulher que sou, uma mulher em busca da harmonia, mas também ousada, vivendo nos seus poemas, as ficções de múltiplas caras. ERÓTIKA, mostra a mulher carente, amada, vivida, sensata, mas também mostra a mulher ousada, nem um pouco pudica, e extremamente despojada.

ESCRITORES - JORNALISTAS / Andreia Rosmaninho

Fruto de uma tese de doutorado, Escritores - Jornalistas de Andreia Rosmaninho trata das experiências dos escritores-jornalistas Eça de Queirós e Euclides da Cunha. Tendo por objetivo provar que houve um processo de aprimoramento estético nas produções jornalísticas das quais derivaram as obras O Egipto e Os Sertões, entendem-se as referidas obras como produções jornalístico-literárias de elevado grau de expressividade.

ESCRITOS / Decio Bar

Escritos apresenta os poemas de Decio Bar, organizados por sua filha Joy Pedreira Bar. As produções aqui reunidas se referem a dois períodos muito diversos entre si do ponto de vista estilístico e de conteúdo: as dos anos 60, época dos Poetas Novíssimos, quando o sonho era possível e o autor respirava poesia, e as dos anos 80, em uma poesia dura e irônica. Por não terem recebido a arte final do autor, foram transcritas literalmente, assim como preservadas a sua assinatura e a representação gráfica do nome de uma das pastas com os seus textos dos anos 80, denominada "Escritos".

ESCRITOS: HISTÓRIA, LITERATURA E CULTURA LETRADA / Vilmar Antonio Carvalho

A construção social do discurso tem na literalidade de cada época um campo importante do registro histórico. Não é estranho, portanto, que a prosa de ficção e o poema sejam fontes de consulta do historiador. Seus fragmentos não aparecem apenas para compor o anedotário da escrita prosódica. Trazem, certamente, o importante rastro dos antepassados. Fato que muito bem envolve o poeta e o cronista na construção discursiva do social, ainda que não almejem exatamente esse fim.

ESPÓLIO / Rubervam Du Nascimento

Acompanho a trajetória poética de Rubervam Du Nascimento desde que ele mesmo se autodenominava poeta de um livro só: A Profissão dos Peixes, livro que foi transformado por seu autor num recital performático, denominado Corpo-a-corpo, levado com muito sucesso por todo o Brasil. Era sua intenção reeditá-lo a cada cinco anos, sempre em edições revistas e diminuídas, até a “impressão da Pedra/Peixe, em enormes cartazes”, moto-contínuo às avessas. Assim foi com a 2ª edição, em 1993 e... bem, o poeta resolveu mergulhar em outras águas, aumentar o estoque do oxigênio e de lá, da “Distanteresina”, enviar seus poemas em garrafas que foram sendo recolhidas em portos sem prévia destinação.

ESTACIONE AQUI / Neumoel Stina

"Estacione Aqui" não é apenas um convite para voltar aos dias da Criação e entendermos o plano de Deus para o ser humano, é muito mais do que isso, é o resumo daquilo que Deus tentou explicar em toda a Bíblia a respeito do dia de descanso e que até hoje, muitas religiões e religiosos não entendem. Se você tem o desejo de saber toda a verdade sobre esse tão debatido tema, tenho certeza que você não se contentará em ler apenas o índice deste livro, pelo contrário, você irá beber cada palavra e ao final tirará suas próprias conclusões.

ETERNAMENTE POETA / Eduardo Samuel Ferreira

Temas importantes, esclarecedores e atuais. Momentos de Paz, conforto e ânimo. Palavras de fé e esperança. Todos embasados no seu modo espírita de ver o mundo. Através desta leitura agradável, que lhe convida a momentos de íntima reflexão, você encontrará a Luz de suas páginas derramando Paz em seu coração. "Eternamente Poeta", uma obra para ser lida e sempre consultada.

EU E MEUS PENSAMENTOS / Rose Menezes

O livro trata da vivência de um menino na faixa nos 9 aos 12 anos com os pais, irmãos, amigos e descobertas da vida, do ponto de vista do próprio, ou seja, ele vivendo suas experiências de uma forma muito dramática e ao mesmo tempo muito bem humorada e descontraída. É a narração de fatos corriqueiros do seu dia a dia, que muitas vezes não são fáceis dentro da vida complicada da atualidade.

EXPAÑA / Miguel C. Garcia

O autor apresenta nesta obra o racismo existente na Espanha, de forma tão extremada que chega as raias da xenofobia. Assim como o Neofacismo originado no Nacionalismo radical, aliado a conduta governamental, que induz o povo a pensar como o Governo. Destaca o alto índice da criminalidade na Espanha, bem como todos os males que existem por lá, mas que o Governo manipula, e acoberta passando ao seu povo a falsa imagem de um País seguro, próspero, e desenvolvido, dentro de uma política inequívoca de Neofacismo.
 

FACE A FACE – EU-SER-PALAVRA / Bruno Santos da Silva

Recomeçar... "Tenho pensado muito nessa palavra e com tamanha força e desejo, que tudo a meu favor tem me pressionado a tal fazer, e a ação não poderia me levar a outra se não a.. mudança! E automaticamente eu comecei a me olhar de dentro pra fora e resolvi jogar tudo pro alto e ao cair tudo aquilo eu apenas peguei aquilo que me pertencia de verdade, e comecei a perceber que milhares de coisas, costumes, valores, desejos, nunca foram só meus de verdade, e aquilo que ainda era meu eu agarrei e levei de volta pro meu templo e os lapidei com um pano e água e os coloquei dentro de mim...

FASCINAÇÃO / João Abujamra

Tenho a mais firme certeza de que ele poderia e deveria lançar um livro com seus discursos. Teríamos então o privilégio de poder ter ao nosso alcance a mais deliciosa aula de geografia, humanidade, solidariedade e cidadania que jamais tivemos quando sentados em carteiras nas escolas. Saberíamos coisas desse imenso Brasil que até Deus duvida! Sem falar dos poemas que entremeavam seus textos. Sem mencionar sua fala mansa, em tom baixo, colocando um silêncio de atenção e paz na sala. Ninguém pisca. Todos se emocionam...

FAZENDA ROCHEDO DE ISRAEL / Ismar Bancovsky

Fazenda do Rochedo é um romance sobre o sofrimento dos humildes e uma aula de cultura judaica em rincões socialmente arquetípicos, onde a calamidade costuma ser dissimulada por certa simpatia, até certo humor. Mas o livro de Ismar Bancovsky é, também, um estímulo à separação e à esperança. Generosidade e afeição.

FIGURAÇÕES DA LEITURA / Lisa Vasconcellos

Riobaldo reconta seu passado a um homem da cidade, que, embora nunca tome palavra, dá mostras ao leitor de sua presença. Por essa perspectiva, a desse primeiro ouvinte das palavras de Riobaldo, é que Lisa Carvalho Vasconcellos focaliza a obra magna de Guimarães Rosa. O velho jagunço busca a atenção de seu hóspede, do mesmo modo que um livro demanda leitores. A ensaísta busca desenhar – com suas Figurações da Leitura: um estudo sobre o papel do narratário em Grande Sertão: Veredas – a completude da fala entre Riobaldo e seu hóspede, bem como delinear convergências entre esse hóspede, primeiro leitor da obra, e a posição do leitor enquanto termo do circuito literário.

FILHOS DO MESMO PAI / Alberdam Souza Ramos

O livro Filhos do Mesmo Pai, escrito por Alberdam Souza Ramos nos mostra, através desta ficção, a força da fé. O autor conta que escreveu o livro inspirado nos sonhos e dificuldades de sua vida. "Não sei escrever, mas sonho e penso", conta o autor, que sentou em sua escrivaninha e escreveu aquilo que via ao seu redor e seus sentimentos e desejos, sem analisar a escrita. Alberdam Souza Ramos nasceu na cidade de Jussara, no estado da Bahia, e é formado em Tecnologia em Projetos Mecânicos.

FOCOS E FLASHES / João Marques

Fiar a esperança para fortalecer os sonhos,/ Ostentar o sorriso ainda que tenha um pranto no peito;/ Caminhar majestoso mesmo com o orgulho ferido,/ Olvidar a ofensa e propagar o perdão / Semear a amizade e brindar a vida em cada amanhecer, Esquivando-se da soberba e se doando à humildade! Felicitar com o próximo a vitória alcançada,/ Lastimar com o mesmo o pranto que ele vier a derramar./ Alançar sempre a voz em favor do oprimido, / Segregar da mentira e praticar a verdade em tempo oportuno; / Hastear a paz e o amor em tempo se nas casas de guerra, / Emular em favor das causas nobres e ser caridoso,/ Ser o orgulho dos pais e uma alegria constante para Deus. Esta é a proposta de "Focos e Flashes".

FRAGMENTOS A MAGIA DE VIVER / Reginaldo do Nascimento

Poder transformar palavras em sentimentos é algo que contagia corações e mentes. Reginaldo do Nascimento escolheu transmitir suas emoções compondo versos do universo pessoal. Ele revela através da composição poética o cotidiano e representações que vão do simples ao natural. Olhares afins se movimentam para conhecer suas palavras. Foram muitos os versos, produzidos durante vários anos. Todos bem guardados, a espera da oportunidade de publicação. A torcida dos familiares e amigos deu força, incentivou, apoiou durante todo o percurso para edição de Fragmentos a magia de viver.

FRAGMENTOS VISÍVEIS / Rosane Zanini (org.)

A proposta do presente livro é fazer ouvir vozes vindas de pessoas que, em algum lugar do mundo, em algum momento de suas vidas, suspenderam por um instante o tempo para materializar, através das palavras, os seus sentimentos. O leitor constatará que os sentimentos habitam um mundo que desconhece fronteiras e que, na casa do sentir, somos todos iguais.

FRÁGUA / Airô Barros

A sustentável leveza do ser – do ser Airô, tão rica, tão simples e profunda – doce alma, gentilmente expressa em poesia. Menina, moça, faceira, mulher. Escrita coerente, insinuante e “antidepressiva”...Ela é paradoxal! Mas bem falado por Kierkegaard: “o paradoxo é a fonte de paixão do pensador e o pensador sem paradoxo é como o amante sem sentimento...”. Airô é sentimento fresco. De suas palavras emana sensibilidade e um coração pulsante. Sim! Um raio de sol no meio do cinza. A esperança ilumina os momentos mais difíceis do seu texto. Ou seria vida? Sei lá! Apenas sei que suas poesias causam um festival de sensações, que ora nos confrontam ora nos orientam, aguçam e sossegam. Propõem a perda e o reencontro. Nos versos de Airô há uma recusa à vitimização diante de temas importantes.

FRASES, PRINCÍPIOS E ESTÍMULOS / Silvana Bighetti Bozza Berti

Frases, Princípios e Estímulos, para executivos e suas equipes, de Silvana Bighetti Bozza Berti, apresenta frases de personagens históricos, de pessoas brilhantes, famosas e outras, no entanto, de autores desconhecidos, mas também de grande sabedoria e que num momento de inspiração, deixaram eternizado o seu pensamento para o mundo.

FRONTEIRAS DO AMANHÃ / Simei Natércia

Entre meus trabalhos literários já realizados, considero "Fronteiras do Amanhã" o ponto alto no puro sentido poético. Quando escrevi "Fragmentos de Vida", meu primeiro livro de Poesias, estava vivenciando uma fase crítica onde meus sentimentos eram repassados às letras, de uma forma até muito critica e melancólica. Mesmo assim, as pessoas sempre perguntam se vou reeditar esse livro. Hoje, apesar de alguns reveses da vida pelos quais passamos, percebo algo de muito positivo em meus textos, há certo misto de bem-estar, paz e tranqüilidade, bem como sentimentos de religiosidade que fiz questão de inserir na obra.

FUNDAMENTOS PARA UMA NOVA VIDA / Ap. Alberto Pires

Tenho imensa alegria em dar-lhes boas vindas ao Reino de Deus. Sua decisão em receber a Jesus Cristo como Salvador, é a decisão mais importante que uma pessoa pode fazer. Como resultado você experimentou o que a Bíblia chama de "Novo Nascimento". Através do nascimento natural, você chegou a este mundo como um bebê e depois começou a crescer em direção a maturidade. O mesmo acontece em sua experiência espiritual. Agora que você nasceu de novo precisa crescer avançando para uma vida abundante e vitoriosa em Cristo.

GARIMPO DE EMOÇÕES / Sidnei Brasil

Quem ama muito pode sofrer com mágoas, Porém encontra sempre um lenitivo. Pois só amando a vida tem sentido. Com pastas cheias dentro de um arquivo. Sidnei Brasil (Da poesia Buscas Constantes). Um texto bonito, limpo, puro, emocionado e emocionante, sensível, corajoso e inteligente. Um conteúdo romântico, sincero, sofrido, forte, saudoso e profundamente apaixonado. O mote: amor e... saudade.

GEL EM CHAMAS / Francigelda Ribeiro

A autora estreou literariamente, em 1997, com Estrada Virgem, livro de poemas, que eu tive a honra de apresentar. Daí a minha responsabilidade de agora, embora brevemente, falar alguma coisa sobre este Gel em Chamas, da amiga, professora e poetisa Francigelda Ribeiro. Seria simples, porém repetitivo, dizer que sua poesia é calcada no virtual, que é feita na emoção dos desencontros, com cenários surrealistas e situações inusitadas e registros dos sonhos e da imaginação de uma alma idealista. A opinião continua válida. Ocorre que neste Gel em Chamas o que me chama a atenção é a predominante característica de exercício poético, vocabular, frasal e conteudístico. Não afirmo, mas creio que isso tem a ver com a competência da professora e também da pesquisadora cultural. Em sua poesia, o canto-exercício reforça o conhecimento e evita a repetição. Hardi Filho.

GESTÃO PATRIMONIAL / Marcos Puglisi de Assumpção

Gestão Patrimonial é um termo que começou a ser cunhado nas últimas décadas nos Estados Unidos e na Europa, e mais recentemente no Brasil. Consiste basicamente em uma postura frente aos desafios, em formar, manter, proteger e transmitir o patrimônio pessoal ou familiar. Este livro é dirigido às pessoas que pretendem administrar um patrimônio de uma maneira mais eficiente e lucrativa, protegendo-o contra os imprevistos da vida, e, posteriormente, transmiti-lo a seus herdeiros de forma organizada. Ele visa fornecer subsídios para que, o leitor, com independência, possa construir sua própria política de investimentos e estar ciente dos riscos que está correndo. O livro trata dos aspectos jurídicos e técnicos que influenciam na administração, proteção e sucessão patrimoniais. Inicialmente são abordados tópicos como: Limitações ao Direito de Propriedade; Planejamento Sucessório; Sucessão no Casamento, na união estável e no concubinato; Off shores, trusts e Fundações Internacionais; Governança Familiar.

GORDA EU? TERAPIA ESTÉTICA COM VISÃO HOLÍSTICA / Fernando Meireles

Com quase toda a vida voltada à intimidade e ao mistério do mundo feminino, vejo que ainda tenho muito a aprender sobre esse universo, mas também tenho algo a ensinar. Elaborei trabalhos, conceitos e pesquisas sobre o sexo feminino, baseando-me na convivência que tive, durante boa parte da minha vida, com mulheres: mãe, irmãs, filhas e clientes, a grande maioria do sexo feminino. Essa proximidade certamente me fez enxergar o universo feminino de forma mais abrangente e observar com atenção todas as dificuldades que ele apresenta, principalmente para a própria mulher. Não é fácil ser "mulher", porém é muito gratificante.

GUERREIROS DA LUA / Rosmayre

Guerreiros da Lua não é propriamente um livro dirigido ao leitor-criança, mas a um tipo especial de leitor, que alimenta, com carinho, a criança que ainda vive dentro dele. Tratase, acima de tudo, de um livro que conscientiza o adulto acerca do delicado universo em que se move a infância, circulando com naturalidade entre o sonho e a realidade, entre o mundo mágico e o mundo dos sofrimentos cotidianos. Mas também pode ser um livro que ajude a criança real a conseguir pontes entre seu mundo interior, povoado de sonhos e seres encantados, e o mundo concreto, onde precisa aprender a difícil convivência com o egoísmo e a incompreensão dos adultos. Prof. Dra. Maria Lúcia Outeiro Fernandes / Pós-Graduação em Estudos Literários - FCL/UNESP - Araraquara

GUERREIROS DO FUTEBOL / João Luiz do Couto

A exemplo do Menino Bom de Bola, mais uma vez João Luiz do Couto nos agracia com mais uma obra deliciosa. Transforma uma simples partida de futebol entre garotos de dois bairros, em uma história carregada de emoções e sentimentos, onde o personagem principal JB, nos faz acreditar que nos momentos mais difíceis devemos buscar dentro de si forças para vencer qualquer obstáculo. São nestes momentos que surgem os verdadeiros líderes. Essa história nos leva a uma reflexão sobre valores e atitudes coerentes para uma convivência saudável.

GUILLAIN-BARRÉ, eu venci essa doença! / Nazareh F. Fares

O que faria ao acordar e não sentir mais as suas pernas? E se seu cérebro não comandasse seus movimentos? O livro defende a importância de se conhecer e divulgar "GUILLAIN-BARRÉ", uma doença auto-imune ainda pouco conhecida no Brasil, mas que vem fazendo vítimas e algumas fatais. Com uma narrativa envolvente, a autora conta sua experiência com a doença, desde os primeiros sintomas, a perda dos movimentos até a sua recuperação. Relatos verídicos de uma estória cheia de emoções e sentimentos, onde a relação paciente-família, tem um enfoque especial. "...Quando a morte fica cara a cara com você, é necessário contar tudo e escrever."

HEPATITE! CHEGA / Maria Maier

O leitor tem em mãos um depoimento impressionante. É um relato circunstanciado e comovedor de uma mãe de família sobre a qual doenças diversas, algumas das quais muito graves, se abateram... mas que não a abateram. Apesar das crises, das sucessivas recaídas e dos contínuos tratamentos, a autora, na sua contagiante alegria de viver, não interrompeu suas atividades, nem seus estudos universitários, nem sua intensa vida social, mas encontrou na própria doença um estímulo para superar todas as dificuldades. E, acima de tudo, não perdeu o bom humor nem a esperança de dias melhores.

HERÓIS SEM ROSTO / Dirma Fontanezzi

Com base em ex vividas pelos imigrantes de diversas etniais nos Estados Unidos, este livro se propõe a contar e compartilhar emocionantes histórias de vida. No conteúdo real de cada história de vida. No conteúdo real de cada história é possível entender a busca da realização de seus sonhos. Muitos, na ânsia de conquistar um padrão de vida melhor para si e seus familiares, lançam-se à verdadeira aventura, pagando um preço muito alto. Por estes sonhos, enfrentam toda a sorte de desafios inimagináveis!

HISTÓRIA DOS APIACÁS / Maria da Graça Menenzes Mourão

Este livro é resultado da parceria do emporiodahistória.com.br e o Instituto Cultural Maria de Castro Nogueira comemorando o 33º. ano do título Itaúna Cidade Educativa do Mundo, outorgado à cidade mineira pela ONU através da UNESCO e os 200 anos da Família Real no Brasil. História dos Apiacás (1819) no manuscrito Curiosidades em Cuiabá-1823 foi escrito pelo presidente da Província do Mato Grosso (1822-1823) e Ministro do Supremo Tribunal de Justiça.

HISTÓRIAS DE VIDA: QUANDO FALAM OS PROFESSORES / Vários Autores

O Núcleo de Estudos e Pesquisa sobre a Ação Educativa (NEPAE) é formado por uma equipe de educadores que se estruturou a partir de um grupo de formação organizado em uma escola de periferia de São Paulo, no ano de 2001. No decorrer daquele ano, em função de remoções e ingressos em outros cargos, alguns participantes do grupo tiveram de mudar de escola. Para dar seguimento aos estudos decidiram manter as reuniões fora do horário de trabalho e buscaram ajuda do Programa de Mestrado em Educação da Universidade Cidade de São Paulo (UNICID) - com a qual fizeram parceria, com o objetivo de constituir também em grupo de pesquisa.

HISTÓRIAS HILÁRIAS DE UMA 4ª SÉRIE / Organização: Márcia Maria da Silva

Concluído ao final do ano de 2006, este livro simboliza o encerramento do trabalho de leitura e escrita realizado com uma turma de alunos do ensino fundamental, da E.E. Iracema de Barros Bertaloso, no municipio de Mauá. Desenvolvido a partir de um projeto didático, este material reúne idéias, títulos, textos e ilustrações elaborados e produzidos por crianças com idades entre 9 e 11 anos, todas matriculadas em uma 4ª série. 

HISTÓRIAS QUE A VIDA CONTA / Célia Soares Caprotti

A paixão pela literatura vem desde a juventude, tempo em que explorava a vast biblioteca de seu pai. Talvez por isso percebe-se em seus textos um estilo de quem está acostumando ao mundo  da literatura; agradável, uma habilidade na descrição de situações e cenários que só quem lê muito pode dominar. Os títulos de seus contos são adequados, sugetivos e parece que há um "crescendo" em termos de fluidez á medida de seus textos se apresentam. Cnseguiu adotar uma linguagem tda própria, coloquial, espontânea, em "Fazenda do Ribeirão Bonito".

IMITAÇÕES / José Eduardo Simões

José Eduardo Simões, neste seu novo livro de poesia, homenageia grandes poetas brasileiros e portugueses por meio de imitações, isto é, poemas inspirados em suas criações. Assim é que poemas de Carlos Drummond de Andrade, Fernando Pessoa, Ribeiro Couto e outros mais, ganham conteúdos diversos do original, mantendo-se suas estruturas. Trabalho que une inteligência e sensibilidade, surpreende o leitor e o emociona enquanto se aventura pelo que ao mesmo tempo é conhecido e desconhecido, velho e novo, já explorado e esperando para ser explorado.

INFORTÚNIO / Thiago de Oliveira

Dicionários variados definem infortúnio tão-somente como uma infelicidade, uma desgraça, alguma calamidade. Outros ainda são mais abrangentes ao classificarem a palavra e a caracterizam como má fortuna, adversidade, desdita; acontecimento, ocorrência infeliz que sucede a alguém ou a um grupo de pessoas. Fato é que muitos são os que conhecem a natureza real e legítima do infortúnio por experiência própria ou através de testemunhos, e são estes os mesmos que desejam, dia-a-dia, que uma tão indesejada adversidade não se lhes recaia sobre suas pacatas e banais vidas.

INSPIRAÇÃO - Poesia Reunida / Marília do Céu

Marília do Céu reuniu nesta obra toda sua produção poética. Desde o primeiro poema de Inspiração, sua iniciação literária, ao último Senti (Tipografia Diário), numa rosa-dos-ventos girando desde algumas décadas, o seu arco-íris poético mostrou-se sempre liricamente diversificado e cósmico. Torna-se, por isto, impossível, em apresentação ligeira, analisar detidamente suas criações. Necessário um ensaio para isto. Não pelo número de poemas reunidos em livros aos longo dos anos até o mais recente, mas pela pujança artística, que evoluiu naturalmente no seu como dizer criador e, ao mesmo tempo, manteve-se una pela sensibilidade personalíssima de versejar. Do começo, no passado, aos dias presentes, a poetisa conservou os mesmos sinais sensíveis e pulsantes nos textos criados e uma diversificação temática que se ampliou dentro dos critérios críticos de observação de si própria e do mundo que a cerca... Caio Porfírio Carneiro.

INSPIRAÇÕES DA MENINA JOANINHA / Joarts

"Ao escrever o livro, quero falar um pouco de mim e desta minha caminhada, que dura 67 anos". Joana Ramalho de Oliveira é mineira de Comercinho do Bruno. Não é uma pessoa culta, fez apenas o quarto ano primário, mas, muito jovem tomou gosto pela leitura. Mudou-se para Mogi-Guaçu (SP), em 1998 e tornou-se popular como artista plástica e artesã. O contato com os artistas da região permitiu fazer o curso de verso e prosa, e assim recebeu apoio de alguns acadêmicos.Teve muitos de seus trabalhos publicados no Jornal A Gazeta. Em 2006, teve a sua poesia Canção de amor, classificada em 2º lugar no Concurso de Poesia da Terceira Idade. Surgiu aí, o incentivo para escrever um livro.

INTERNET - Como_expressão_da_indústria_cultural / Marcimedes Martins da Silva

A Internet é um fenômeno recente no processo de comunicação entre as pessoas e sua crescente importância na história da humanidade justifica um estudo mais detalhado das influências que exerce sobre as pessoas para ampliar a compreensão do desenvolvimento humano. Considerando a Internet como expressão da indústria cultural e enfatizando a relação indivíduo e tecnologia, são analisados os conteúdos das conversas nas salas de bate-papo, utilizando-se os conceitos de estandardização, pseudo-individuação e glamour elaborados por Adorno e Simpson e as considerações de Mcluhan dos meios de comunicação como extensões humanas.

INTRODUÇÃO AO ESTUDO DO PLANEJAMENTO / Raul Paulo Sarmento

Descrever e analisar o planejamento como instrumento da política pública de modo simples e objetivo, destacando suas características e importância como fator para a tomada de decisão frente a complexidade das necessidades e aspirações da sociedade, é o objetivo principal deste livro. Nesse sentido, o autor, a partir dos aspectos conceituais como processo e sistema, aborda os instrumentos operacionais do planejamento, respectivamente: o Plano de Desenvolvimento e o Orçamento Público, que constituem as peças principais que materializam o  planejamento no âmbito da política pública. Destinado principalmente a professores e acadêmicos dos cursos de Economia, Ciências Contábeis e Administração, a presente obra constitui importante peça de consulta para todos que se interessam pelo assunto.

INTRODUÇÃO AO MERCADO DE GRANITOS / Osmar Reckelberg

A obra descreve de maneira simples e clara os principais caminhos no mercado de granitos. Desde blocos, chapas, ladrilhos até a sua inserção nos mercados que consomem rochas, tanto interno como externo.
Principais equipamentos utilizados, na pedreira, no corte, no polimento ou nas marmorarias, que são o elo final do processo produtivo. Cuidados com os equipamentos e dicas de elaboração de um plano de manutenção. Como embalar e exportar o produto beneficiado.
Equipes de trabalho em cada etapa produtiva. 

JAPONESES IMIGRANTES...E ELES FICARAM RICOS NO BRASIL? / José Carlos Ferreira

Neste livro o leitor vai encontrar relatos da história da imigração japonesa, ilustrados por casos de amizade, de amor, de incompreensão, de perseverança, de determinação, de sofrimento, mas finalmente, de sucesso. Poderá ler também as trapalhadas da contra-espionagem do serviço secreto americano, cujos elementos terminavam frustrados diante das tolices que inventavam.

JULIETA SEM ROMEU / M. Patrícia Lima MAchado

Julieta sem Romeu é uma linda história romântica de dois seres de um outro planeta, que são convidados a cumprir uma missão no planeta Terra, uma missão bem simples e fácil, mas a personagem Julieta precisa de ajuda espiritual para cumprir sua missão e chega a quase desistir dela.
As mensagens espirituais explicam a coragem dos cristãos antigos e a coragem dos mártires e santos ao enfrentar a morte e nos revela um Jesus Cristo, filho de Deus, noss irmão, cumprindo uma missão vitoriosa na Terra, de nos ensinar as leis divinas e nos revelar a verdade sobre a vida e a morte e, que preferimos não acreditar.

KAMURON / Tarma Ribeiro Leite de Castro

O planeta Gea, por força do belicismo de seus habitantes acaba sendo quase totalmente destruído. Muitos e muitos anos depois, Três Casa são dominantes no planeta em reconstrução: Kaiamã ou a Casa da Águia, onde habitam os Sábios e Magos que aprenderam como dominar e usar o poder mental; Kardania ou Casa do Leão, formada principalmente por guerreiros dispostos a manter a Paz a qualquer custo; e Uruar, a Casa da Lua Nova, focalizada neste primeiro volume.

KAMURON – A LENDA DO GUERREIRO ÚNICO / T. R. Castro

A Saga de amor, ódio e muita ação continua neste segundo volume trazido ao público por T.R.Castro. A construção da Estação Científica Orbital (ECO) ou Cidade Espacial  de Aqualã, ponto nevrálgico na política, envolverá vários povos da galáxia, cada qual com suas virtudes e deficiências, que buscarão a superação de suas raças tentando atingir o posto máximo de Líder da ECO, já que assim terão prestígio e um poder incomensurável. Alie a isso muito mistério, intrigas, magia e várias superstições e teremos neste novo volume, A Lenda do Guerreiro Único, uma leitura contagiante e absorvente, que deixa o leitor flutuar com seus pensamentos por mundos ainda não vividos.

LARA E O SEU GATINHO VOVÔ / Lilian Kelly Georgeto

Lara e o seu Gatinho Vovô são grandes companheiros de aventuras e inseparáveis! O Gatinho Vovô sempre foi muito esperto e, agora que ele está velhinho, desenvolveu um problema visual. Com a curiosidade típica de uma menina de seis anos, Lara descobre, de maneira lúdica e bem divertida, que ele continua fazendo todas as suas atividades normalmente, usando outros sentidos.

LIBERDADE DE ESCOLHA - PODER DE RESPOSTA / Léia Óla

A proposta apresentada por este livro tem o diferencial de levao o leitor à ação. Na maioria das vezes o leitor é conduzido a assuntos e temas interessantes, entretanto não sabe o que fazer com eles.
Liberdade de Escolha, Poder de Resposta apresenta uma proposta onde o conhecimento sem ação é nada. Logo, o leitor é convidado a fazer uso dos recursos apresentados.

De uma forma bastante interessante, este livro tem o poder de nos mostrar aquilo que estava tão próximo e não conseguíamos ver: Nossa força interior! Resgatar a auto-estima, estimular a consciência, tranformar nossos valores, mudar nossas atitudes diante das adversidades, exercer a Liberdade de Escolha, esta é a proposta deste livro.

LIÇÕES DE DIREITO TRIBUTÁRIO / Gracilia Portela

Realmente a carga tributária brasileira é extremamente alta, e mesmo assim, o funcionamento dos entes a que ela se destina continua precário e indiscutivelmente deixa a desejar ao nosso povo. Não adianta sermos campeões em tributação, quando o Poder a quem cabe disciplinar e normatizar a aplicabilidade destes tributos é falho e não possui capacidade suficiente para tanto.

Lígia Raquel um Testemunho de Vitória em Cristo / Kátia Keller

Este livro é o cumprimento de um propósito que a autora fez com Deus, pouco depois da retirada de um tumor cerebral maligno de sua única filha, na época, com apenas dois meses e meio. Este foi o início de uma guerra contra o mal, cuja Vitória foi conquistada em Cristo.
Kátia Keller relata, na obra, os fatos principais de uma história de intensa luta espiritual, correção, aprendizado e entrega ao Pai Celestial.

LISA NO JARDIM DE TODOS / Voni Yalenti

Com datas passadas e presentes, está história sai do linear, indo e vindo no tempo para interagir com o leitor de escolas, hotéis, navios e lares, despertando no leitor legitimidade de compreensão do texto ou de sua própria leitura do mundo, em todas as circunstâncias nele inseridas. O leitor poderá repassar seus conhecimentos abrangendo várias dimensões sobre o amor, trabalho, educação, culturas e seus costumes. Haverá também mesclas do óbvio com o imaginário, interpretação e possibilidade com a tecnologia de ponta. Mergulhando fundo...muito fundo !

LIVRO DOS AMANTES / Morena Cabrocha

Este livro se constitui de 33 poesias que vão desde a imagem de sonho de uma relação de casais, contemplando também o término, a dúvida, o grande significado da união carnal, a sensibilidade, a imaginação, a fruição do ato em todo o seu arrebatamento, a ludicidade, a alegria e a ventura de amar e ser amado, amada, sem a mediocridade tão comum, ditada pelas normas vigentes.

Sem deixarem de ser sensuais e apimentadas, como é a vida de verdadeiros amantes.

MACACOS NÃO ME MORDEM / Rose Rocha

De repente, no meio daquela noite gelada, fiquei assustada com um barulho semelhante ao de pisadas nas folhagens. Senti um cheiro de chuva no ar . Eu não estava mais sozinha, tinha uma companhia. Meio desequilibrada, fiquei estática, aguardando aquele barulho passar. Começou a chover. O frio aumentou, e eu tremia. Explorei a minha energia interior para suportar aquela experiência e sobreviver a ela. A chuva cessou, e eu não conegui me mexer...

MACAIA - As Plantas Sagradas nas Culturas Afro-brasileiras / Sérgio Bisaggio

Este livro é um estudo antropológico que não se destina aos adeptos dos cultos afro-brasileiros, que já conhecem com abastança o que vai descrito, e sim aos estudiosos que, sem tempo para a pesquisa, gostariam de conhecer mais sobre estas religiões.

Os negros escravos que vieram para o Brasil cultivavam uma religião própria, desenvolvida por sacerdotes, profundos conhecedores da Macaia. O domínio de tão vasto conhecimento é penoso e demorado. Ciência e arte das mais difíceis, entre os nagôs é cultivada pelo Babalossain, no Omolocô, Ogãs preparados para essa importante função.

MÃES, MÉDICOS E CHARLATÃES / Sandra Regina Colucci

Trilhando caminhos a princípio não previstos ou pensados, a autora do livro Mães, Médicos e Charlatães busca compreender os sentidos da responsabilidade da mulher na maternagem dos filhos.
A política sanitarista implementada pela Reforma Paula Souza, em 1925, e as tensões geradas pela complexidade dos sentidos do que seria saúde e "charlatanismo" teriam inserido as mulheres numa ordem social que, estabelecendo culpas frente à responsabilidade imposta pela criação dos filhos, tornar-se-ia componente da socialização da mulher.

MAIS QUE PALAVRAS - Realidades, Sonhos e Ilusões / Baldo

O poeta como pessoa analítica descobre ainda na infância o significado da poesia e acredita que nada é por acaso. As idéias que compõem os poemas foram frutos dos "amores", das "dores" dos ciclos vividos. Independente de como criou seus poemas, ele sabe que eles contêm alma, e alma é tudo. Nos anos oitenta, devido a sua indignação com a situação política do país, passa a viver e a buscar seus ideais com intensidade, participando ativamente de movimentos políticos, dividido com a dificil missão do tempo em ajustar as suas diferentes buscas. Nesse período ele cria poemas de apelo social, como: "Exploração", "O índio", entre outros.

MANUAL DO ABRAÇO - ABRAÇAR UMA QUESTÃO DE ATITUDE / Fernando Ferraz

No Manual do Abraço - Abraço uma questão de atitude, pretende-se despertar nos leitores a possibilidade de uma reflexão sobre o próprio ato praticado pelos abraçadores, bem como o significado do termo abraçar que, mais do que em seu sentido figurado, nos permite de fato, uma tomada de atitude frente a várias situações do nosso cotidiano, seja no aspecto pessoal de cada um de nós ou, principalmente, em termos da sociedade na qual vivemos.

MANUAL DO SONHADOR / Sônia Vianna Duarte

Sempre existiu no homem uma curiosidade a respeito dos sonhos. Por que sonhamos? Os sonhos têm algum significado? De onde vêm os sonhos? Desde a antigüidade busca-se a compreensão desse misterioso mundo onírico, esse mundo no qual mergulhamos noite após noite e onde vivenciamos experiências extraordinárias, que nos encantam, surpreendem e intrigam.

MANUAL PARA UM MONÓLOGO AMOROSO / Adriana Canova

Você que chegou até aqui sabe... Você deve intuir que existe "algo a mais..." para ser vivido. Algo que existe "dentro" e que insiste em dizer:
–Ei, há muito mais do que parece...!
Quem é que fala?
Seu interior grita de forma suave e estridente:
–Ei!Acorda!
Ou será...
Ei!Desperta!

MATEMÁTICA E TECNOLOGIA Matemática e Tecnologia - Transformando o Paradigma da Inutilidade em Poesias para o Aprendizado / Regina Maria Enéas

O objetivo deste livro é, pois, romper com esses conceitos negativos tanto com relação à matemática, apresentada aqui sob o enfoque fenomenológico e poético do fazer profissional de uma educadora universitária, como também sobre os Cursos Superiores de Educação Tecnológica, do ponto de vista emergencial de aperfeiçoamento de mão-de-obra profissional e especializada em nosso país.

MÁXIMO MÁRIO MÁGICO / Cleusa Sakamoto e Meiry Kamia

A história de Máximo Mário Mágico é um misto de encantamento, aventura, determinação e realidade.
Max, com seus truques originais ensina a coragem de enfrentar o desafio de viver frente a difíceis situações em que não sabemos se seremos vencedores.
A magia do amor e da fé nas possibilidades de vencer os próprios limites tornou Mário Mágico – o Máximo!

MAYA / Ana Clélia de Freitas


Nestra obra, Ana Clélia retrata o amor, a saudade, a família, amizade e a vida, em poemas reunidos neste livro, sob nome de Maya. O livro conta com poemas em homenagem a seu trabalho e família. Ana Clélia de Freitas faz parte da Rede de Escritoras Brasileiras (REBRA), cujo selo editorial foi parceiro da Editora Scortecci na publicação deste livro.

MEDO DE DIRIGIR, EU PERDI O MEU / Soraya Borges

Quando fui buscar maiores informações sobre medo de dirigir descobri que milhões de pessoas sofrem desse mal.
Não importa o motivo, pode ser desde um mau aprendizado, um histórico de acidente pessoal ou na família, ou ainda um motivo desconhecido ou inconsciente, cada pessoa que convive com este medo sabe o quanto sofre e o quanto deseja se livrar dele.
Enfrentar este medo é algo que requer coragem, determinação e apoio emocional.
Com este livro você vai entender como enfrentar e vencer este medo. Descobrirá o caminho para conquistar essa tão sonhada liberdade.

MEMÓRIA ADORMECIDA / Joana Cadidé

Nestes pequenos relatos, a autora buscou transportar verdadeiramente para a época quando e onde aconteceu cada fato aqui relatado. Juntou as recordações de infância e adolescência, buscando reavivar a memória adormecida.

MEMÓRIAS DE UMA DECASSEGUI/ Emilia Eiko

Viver e trabalhar no Japão. Para muitos, uma necessidade. Para outros, uma aventura. E para alguns, a última chance de sobrevivência. Neste livro você vai conhecer Emilia, uma descendente que trabalhou na terra do sol nascente, entre muitas idas e voltas, no período entre 1991 e 2005. O dia-a-dia na fábrica, a difícil convivência com os japoneses, a saudade da família que ficou no Brasil, as diferenças culturais, tudo isso, e muito mais, narrado com muita sinceridade e riqueza de detalhes.

METENDO O PÉ NA LAMA / Cid Castro

É a história real de um jovem de 23 anos vindo do exterior do Brasil que, de uma hora para outra, se vê envolvido na produção do maior festival de rock do mundo, quando sua marca é escolhida quase por acas, para ser o logotipo oficial do Rock in Rio Festival de 1985.
A idéia visionária de Roberto Medina, a construção da cidade do Rock, o embargo do Governador Leonel Brizola, a interferência do futuro Presidente Tancredo Neves, as profecias de Nostradamus, o fracasso financeiro: são alguns dos temas fortes que completam a trilogia: sexo, drogas e rock´n roll.

"Metendo o pé na lama" é um relato exclusivo e apaixonado dos bastidores do festival que mudou para sempre o panorama musical brasileiro.

MINHA MÃE DE ESTIMAÇÃO / Ana Maria Caldas

Este livro pretende mostrar o quanto é imprescindível a amizade entre o homem e os animais nesses tempos modernos e conturbados. A autora acredita que não existe melhor antídoto para o estresse. Esse animal com o qual você convive, desde que estimulado, pode lhe amar e ser positivo em sua vida de forma ativa, proporcionando-lhe ternura e alegrias espontâneas e verdadeiras, sentimentos tão necessários para o equilíbrio emocional. Pretende ainda despertar o lúdico, a fantasia que todo adulto guarda em alguma pequena gaveta, em seu arquivo escondido num cantinho do cérebro.

MINHAS EXPERIÊNCIAS CLÍNICAS PSIQUIÁTRICAS / Irene Enoki

“As experiências de Irene com suas dores, e principalmente, a superação destas por meio de sua escrita, nos trazem o panorama de quem viveu “do outro lado dos muros” dos manicômios. Corajosa, releva suas críticas e também suas contribuições, sugestões para melhoria destes espaços de tratamento que, como diz a autora, “são um mal necessário”. Andréa de Mello Cardoso

MIREM-SE NA ALMA / Manoel Ianzer

Acredito que minha comunicação é crítica e aguda, mas proveitosa, levantando dúvidas, melhorando o ânimo, avivando o cotidiano e insistindo no cultivo do amor espiritual.
Com a violência implantada a nossa volta, passamos a ficar confinados, com câmeras em todas as direções, permanecemos preocupados e despreparados para abrir as portas da casa, da amizade e da esperança. Tudo isso é porque sofremos: agressões verbais, agressões físicas, agressões fiscais, agressões por todos os lados.
“Resta-nos mirar na vida, para seguir os passos da nossa missão. Resta-nos mirar na alma, defendendo-a para a nossa salvação. Resta-nos mirar no criador, para pedir a sua misericórdia”.

MONTANHA RUSSA / Conceição Ribeiro

Montanha Russa – esse distúrbio bipolar é uma leitura rápida, que nos lembra que não podemos deixar de acreditar que quando algo se vai, é apenas para abrir espaço para algo novo. Mais ainda: que pode-mos ser mais fortes que as oscila-ções de humor, derrotar a solidão e curar as doenças da alma; sobretudo, que nunca é tarde para amar, basta ser e estar receptivo ao amor.
"Trovões e relâmpagos 
nunca me apavoraram.
A solidão, sim"
Conceição Ribeiro

MULHER: UM INSTRUMENTO PUBLICITÁRIO

Temporalizada entre a segunda metade do século XIX e a década de 1960, a pesquisa  de Marta Reyes Gil Passos resgata,  simultaneamente, os principais eventos  históricos dos Estados Unidos e a participação da mulher na defesa de seus direitos em sua vivência, seu comportamento nas duas Guerras Mundiais, as injunções  que sofreu nas desigualdades sociais e o simulacro da alegria feminina na presentificação midiática.

MUTIRÃO DE LETRINHAS / Anna Osta

Um mutirão de idéias é o que Anna Osta, em mais uma aventura no mundo da literatura infantil, pode provocar com este Mutirão das Letrinhas. Um presente aos jovens e/ou eternos aprendizes das letras.
Curioso e notável nesta obra é que as letras do alfabeto vivem a história sem interferências externas, relacionam-se harmonicamente com o leitor envolvendo-o como participante ativo na  aventura das letrinhas.
A narrativa divertida e original, coroada com exercícios de caligrafia, compõe uma agradável ferramenta para o estímulo à escrita correta das palavras, pesquisas em dicionários, campanhas de leitura e muito mais. Pais e professores certamente se deliciarão como leitores e como intermediários nesta 'encantada' inserção no mundo das letras.
E como nos diz a própria autora... As letrinhas do alfabeto agradecem!

NA LINHA DO CEROL - 9ª edição / João Scortecci

O livro traz por tema as reminiscências do autor. O ambiente é a cidade de Fortaleza, no Ceará, e o tempo é o da sua infância, aos oito anos. A publicação, segundo o autor, marca os vinte e cinco anos de exílio voluntário e necessário na distância do nascer, morar, crescer entre o Ceará e São Paulo. Os poemas trazem o sentimento da saudade e o resgate de um tempo bom, pelo qual todos nós passamos. Ler Na Linha do Cerol é visualizar, nos versos, a história de cada um de nós, da nossa terra, juntos daqueles que nos são (eram) caros e da paisagem inesquecível da nossa infância, quando tudo era superdimensionado, o mundo era mais franco e a existência mais feliz.
(Hugo Pontes)

NÃO FOI POR FALTA DE IDEIAS / Edenilson Gomes da Silva

A história contada no livro Não foi por falta de ideias começou com um menino que nasceu na fazendeiro e ficou pobre. Hoje, depois de muitos anos o autor resolveu escrever este livro, porque nesse período teve muitas idéias para resolver várias situações difíceis que poderia dar bem. Procurou passá-las em frente mas não deu resultado, continua taxista, baseado nos 30 anos de profissão. Vendo e Ouvindo os passageiros neste período, resolveu escrever contando alguns acontecimentos.

NÃO HÁ DEUS NEM DIABO / João Lucio Teixeira

"Um negro, pobre, mãe prostituta e pai desconhecido, que não tinha nenhuma razão para crer em nada, e um comunista de família rica, mas que por convicção não acreditava em nada além da vida na terra. Na minha cabeça, esses personagens desenvolveram um ensaio de vida, comparando-se ao jacaré, ao gato e a outros animais, sem Deus e nem diabo, e conseguiram encontrar a razão para a vida. Descobriram, por exemplo, que o medo da morte é a maior fraqueza do homem, que o faz temer o inferno e o leva a comprar um lote perto de Jesus"

NÃO SOU MULHER MARAVILHA / Cláudia Campos

Este livro não tem a pretensão de ser uma grande biografia. Nasceu da vontade de pensar na vida, rever as alegrias, as emoções que todo mundo traz em sua história. Na verdade é um grande bate-papo sobre a vida e as pessoas que passam pelo caminho da gente... Acho que para classificar, trata da mulher "MULTIFUNCIONAL", na qual todas nós, cedo ou tarde, acabamos nos transformando... Aqui você encontra uma mulher envolvida com reunião, médico, viagem, escola, contas no final do mês, relatórios, marido, desilusões, culpa, segundo marido, bichinho de estimação... E tem que dar conta de tudo em tempo real.

NAS ASAS DO PAVÃO MISTERIOSO / Aroldo Camelo de Melo

Lá, onde o poema é pó(len) e tudo que flutua é letra morta.  O ignóbil é sagrado. Terra de obtusos. Ali toda linguagem é metálica, carregada, estéril. Espíritos vomitam bits e profetas
reverberam vozes cibernéticas na exaltação dos robôs. De soda cáustica é o cálice servido aos poetas. Lá, onde sensibilidade é artigo revogado, não frutifica aves sonhadoras. Quem canta dores e alegrias? Quem grita por socorro? Quem denuncia o estupro da palavra? Sob a égide dos andróides, o silêncio é a lei.

NASCE UMA ESPERANÇA / Caetano Carlos Consolo

Todos os dias ao sair de casa você carrega consigo uma mochila, ela poderá pesar mais do que o peso que você consegue carregar. Porém a escolha é sua. Você pode carregá-la de sonhos ou de pesadelos.As placas poderão indicar: obstáculo adiante / ultrapasse com cuidado / diminua a velocidade / ou siga em frente... para a realização dos seus sonhos faltam 8 anos. Ou: via alternativa... seja mais esperto e siga pelos atalhos ganhando tempo e dinheiro; economize combustível e em vez de 8 caminhe apenas 4 anos.A escolha é sua, não permita que o medo roube suas esperanças.

NEGROS - O Brasil nos deve milhões! / Claudete Alves

O livro tem como objetivo denunciar o Estado Brasileiro pelos crimes da escravidão e violação dos direitos humanos, por meio da exposição de fatos e atos que demonstram a espoliação dos direitos dos negros brasileiros. A publicação também levanta as discussões sobre a necessidade de ações reparatórias para sanar os males causados pelo processo de escravismo no país.
Claudete Alves, Vereadora/PT-SP, formada em Pedagogia com Especialização em Administração Escolar, Mestranda em Ciências Sociais pela PUC/SP. Uma negra em movimento.

NETWORKING MULTICULTURAL / Eliane (Lyca) Violini

Coragem! É a palavra de determinação de Eliane Violini e diz que deve tudo à sua família. Ela conta que ouvia os irmãos cantando em inglês e por isto decidiu aprender o idioma. Observava os aviões, folheava revistas de viagens e perguntava à mãe como viviam aquelas pessoas, naqueles lugares distantes. Decidiu ser multicultural! E em qualquer lugar que estivesse, por hábito, avisava a todos sobre suas mudanças de cidade, estado, país, para não perder o contato. Começou a frequentar eventos, encontros, reuniões e conhecer pessoas. Decidiu compartilhar seus conhecimentos e experiências, e tornou-se palestrante. Sua vida sempre foi assim e ela nem havia se dado conta que, há muito tempo, já estava praticando o Networking Multicultural!

NINGUÉM PARA A CORÉIA / Cláudio Guerra

Ao final do inquérito policial número 520 de janeiro de 1951 da Delegacia de Polícia de uma pequena cidade da costa setentrional do Rio Grande do Norte, lê-se um desoacho invulgar.
Despacho: Em 31 de janeiro de 1951: Sendo do meu conhecimento que Antônio Militão de Oliveira tomara parte na passeata que deu origem a este inquérito, conduzindo um cartaz de propaganda comunista, com os dizeres "queremos água", determino a sua intimação amanhã nesta Delegacia de Polícia afim de ser qualificado e interrogado sonre a acusação que lhe é feita. Pedro Nunes de Souza 1º Tenente. Delegado de Polícia.
Disparato, este despacho só faz revelar a dimensão da luta dos comunistas brasileiros nos idos do pós-guerra. Nesse começo da chamada guerra fria a perseguição política aos comunistas do mundo inteiro é descomedida. Bizarra. Até problemas sabidamente provocados por fenômenos naturais são maldosamente atribuidos aos comunistas. Tudo é usado para justificar a perseguição.
Após o sucesso eleitoral de 1945 com a eleição de um grande número de parlamentares, entre eles, o Cavaleiro da Esperança, Luiz Carlos Prestes, campeão de votos para o Senado, o Partido Comunista do Brasil é logo em seguida, covardemente posto na ilegalidade. Aos comunistas não restou outro caminho senão resistir.

NO OUTRO LADO DA SENZALA 3ª Edição / Maria Lacerda

Focalizando as margens do realismo da escravidão no Brasil, uma história que até então, viveu seu tempo na oralidade, Maria Lacerda transforma-a em romance, resgatando de forma sensível e criativa á história da escrava Jeronita. O sentido imaginativo conduziu a mecanismos de elaboração que vieram a multiplicar às relações entre os fatos desta maravilhosa história de vida, resgatando as colocações posturais, culturais e sociais em relação aos acontecimentos na vida das personagens envolvidas. Este livro encontra-se em sua 3ª edição, apresentando uma nova linguagem mais depurativa, fazendo junções e apostolando realidades que possam habilitar o leitor para uma análise reflexiva em relação às opressões da sociedade moderna.

NOVA ALTA PAULISTA: 1930 - 2006 / Izabel Castanha Gil

O desenvolvimento é um termo que encerra completude, não necessitando de adjetivos para a sua compreensão. Tal fato evidencia o seu caráter multidimensional, superando a visão setorial comumente disseminada. Todas as ações e os movimentos efetuados para a sua realização constituem a energia desencadeadora do desenvolvimento, forjando os aspectos materiais e imateriais da sua natureza. Materiais porque se referem às construções, plantações, redes de distribuição etc. Imateriais porque a realização das ações prescinde de princípios que direcionam o conteúdo daquilo que se disponibiliza.

O ALUNO QUE QUERIA ENTENDER O BRASIL: FICOU FRUSTRADO / Carlos Paulo Matias

O livro é rico em observações de uma realidade que salta aos olhos de quem tem o mínimo de amor pelo Brasil e se vê impotente para transformá-lo em uma nação de um povo livre, alegre, forte e feliz[...].

As mazelas que são detectadas por quem tem bom senso são cristalizadas por uma minoria que ao longo do tempo, desde o descobrimento, se eterniza nos principais postos de comando, num privilégio odioso que em detrimento do Ser canoniza todas as razões para entronizar unicamente o valor do Ter[...].

O ANJO ENCARNADO / Solange Berard Lages Chalita

Ao receber a honrosa missão de escrever o prefácio do livro O anjo encarnado, de Solange Lages Chalita, texto adensado por um aparato mítico-poético que dialoga com a imagem arquetípica angelina, senti impacto e deslumbramento. Li de uma só vez e, a cada página, algo me inquietava:  - Anjo encarnado! Queres também vasculhar meu mundo submerso? Não bastou irromperes na memória intuitiva, sensível de Solange? Não permiti que me respondesse e li o livro de trás pra frente, abrindo páginas esparsas, procurando cada vez mais me distanciar(ou aproximar?) do universo lírico da autora.

O BOTÃO / Maria Brazilina Rodrigues

Este livro é um grito da autora para o mundo, fala um pouco da sua história, do seu conflito, do jeito de olhar para o mundo, de seus sentimentos, e da dificuldade em lidar com ela! Sim porque a criança nasce e é conduzida a ser como os pais e a sociedade querem que ela seja. Tem de ser assim, fazer assim... amar e respeitar os outros; tem que prestar atenção sem ofender. É a escola, o serviço, a igreja. E assim que a autora aprendeu a ser tudo na vida.

O CAMINHO PARA A VICTORIA / Victoria Loriggio Borelli

Este livro é o resumo da biografia de uma doença - esclerose lateral amiotrófica - tida como incurável. Isto, porque todas coisas mudam e a vida é uma eternidade de mudanças. Na constante luta entre a doença e a cura, as pesquisas evoluem e as soluções mais cedo ou mais tarde aparecem nas experiências e nos laboratórios. Mas o importante - este é o propósito deste livro - não é somente a esperança por dias melhores, mas sim a convivência com uma doença insidiosa, onde a palavra mágica chama-se Aceitação.

O CATIVEIRO / Ivan Camargo

O Cativeiro, de Ivan Camargo, tem assunto atual e urbano: o seqüestro. O tema é tratado de modo cínico, misturando marginalidade, polícia e religião. A escolha desta peça se deu por sua carpintaria precisa, no estilo das comédias francesas, cheia de quiproquós, um clima sustentado do início ao fim. O humor proposto acontece sempre e o final é o mais consistente, dentre as comédias apresentadas.” Trechos das avaliações dos jurados do II Prêmio de Literatura UBE/Scortecci 2007, em que O Cativeiro foi selecionado entre os três textos vencedores, recebendo, como prêmio, a edição deste livro.

O CHAMADO / Araceli Sobreira Benevides

Unindo temas que resgatam o simbolismo do amor e da luta interior das almas inquietas, este livro reúne poesias escritas em diferentes épocas da vida de Araceli Benevides. Nesse resgate, O Chamado passeia pela magia das palavras, celebrando a vida, o mar, a terra, a mulher - na forma de um cântico para a liberdade. À procura de respostas para os sentimentos que nos rodeiam, Araceli busca a compreensão das vozes que clamam por uma nova vida, mais plena, mais livre, mais serena.

O DESTINO DA HUMANIDADE: Vida eterna? Ou mundo apocalíptico? / Manoel Bezerra de Lacerda

O ser humano é também uma divindade! Só o inadvertido arrisca-se a aniquilar esta inerência sagrada; contrafaz a própria existência em busca de atender a um ego animal, quando deve perdurar egossintônico com a origem eterna. O egotismo se torna tão forte que as pessoas tentam, em ideações diversas, pugnarem através das formas de religiosidade, quando, em verdade, o “Único Deus é puro Amor”! É nas desnaturações que a maldade sobrepõe-se às virtudes, desvinculando a autenticidade da benignidade espiritual eterna. Assim o indivíduo atrapalha-se no inconformismo do desconhecimento da própria origem e busca na âncora de outros as informações plausíveis à acepção do saber.

O EVOLUCIONISMO QUÂNTICO / Nelson Mônaco Carboni

Esta obra traz de maneira evidente e com exemplos práticos uma teoria evolucionista que pode ser associada a nossa realidade, tornando mais fácil a compreensão de assuntos polêmicos como virilidade, afetividade, ética, moral e sexo – enfim, tudo o que nos induz a desenvolver nossos relacionamentos.

O FIO DE ARIADNE: ABORDAGENS DA TERAPIA DE VIDAS PASSADAS / Camila Sampaio (org.) Vários autores

O livro traz ainda uma revisão bibliográfica inédita, na qual a organizadora, Camila Sampaio (org.), retomou 35 livros da bibliográfia de Terapia de Vidas Passadas, identificando as causas gerais que levam às desarmonias apresentadas em cada um dos seis temas abrdados. Ariadne, na Mitologia Grega, ajudou Teseu a sair do Labirinto de Creta desenrlando um fio pelo caminho. Essa simbologia remete ao processo de guiar as pessoas ao seu passado com a Terapia de Vidas Passadas, e ajudá-las a retomar o caminho de aprendizado individual, o fio da meada de suas vidas.

O FUTURO É AGORA - 11ª EDIÇÃO / Plínio Marcos


A ressonância da poesia rompe a barreira do silêncio, conquista o ápice do pico das palavras, extrapola o som da linguagem, quando se fala de versos que vão do amor ao Universo sem Limites, e faz do banal poesia, do comum alguma coisa de beleza, transformações em gênesis, metamorfose de busca na síntese de poemas. Vamos transladar com esta 11ª edição de Plínio Marcos"O Futuro é Agora".

O FUTURO É AGORA - 12ª edição / Plínio Marcos

Se temos condições de dirigir a poesia para qualquer parâmetro da existência humana, nós, com certeza, continuaremos dirigindo o que quer que seja para um mundo de vidas. Encontraremos alguma defesa na poesia - arte de fazer a viagem além do agora. A poesia tem seu papel infindo, nos limites do alcance da sensibilidade. E por aí trafega, quase sem destino, o poeta que se expõe, que se atira´a arte de ir um pouco mais do que cabe ao comum de uma vida sem arte alguma. A coragem tem suas gentilezas e seus compromissos com tudo que há de belo e de capaz de ser feito pelo homem e pela humanidade em particular.

O GATO DO TELHADO - 2ª EDIÇÃO / Luciana Gazzi

Era uma vez um gato que, por fazer de um telhado seu lugar preferido, ficou logo intitulado: O Gato do Telhado. De olhar melado e pêlo encaracolado, não demorou a ser o bichano paparicado de Tia Lina, que logo o ajeitou e afeto àquele gato entregou. Sentindo-se à vontade e pronto para causar admiração, sua arte de observar, logo despertou naquela cidade: o incômodo, certa ira e muita provocação! Instigante, narrativa rimada. Leitura plena de argumentação, cuja conclusão não visa sanar a questão, mas promover muita discussão: direitos, deveres, conduta ética e tomada de decisão!

O HOMEM QUE FALAVA COM OS PROFETAS / Emir Santos Macedo

Belo, incomparável, singelo em sua majestade, o conjunto formado pel Basílica do Bom Jesus, adro com doze Profetas do Antigo Testamento e esplanada em declive com seis capelas dos Passos da Paixão, habitadas por sessenta e seis esculturas entalhadas em madeira. Obra genial do escultor e entalhador Antonio Francisco Lisboa (Aleijadinho) e seus discípulos, com pinturas de Manuel da Costa Ataíde. O maior monumento das três Américas, uma das maravilhas do mundo, Patrimônio Cultural da Humanidade. Neste cenário magnífico, no ano 247 do Jubileu de Congonhas, romeiro, escrevi "O Homem que falava com os Profetas".

O IMPÉRIO DAS SERRANIAS / Ângelo de Mattos Pereira

Depois de três ano quase ininterruptos conseguiu o autor de O Império das Serranias, escrever uma obra literária a respeito das belezas naturais existes na Chapada Diamantina na Bahia. Estas consistem em belas grutas, riachos de águas cristalinas, colunas esculpidas pela natureza, rastros de crianças e adultos indeléveis no chão, o rosto de Cristo esculpido na parede da gruta e tantas outras belezas naturais às quais não nos é possível relatá-las aqui, pois não teríamos espaço. Sem falar dos cristais de rochas encravadas nas suas paredes, mineral ortorrômbico (carbono de cálcio), conhecido como aragonita.
O livro é composto de contos, crônicas e dissertações acerca da origem de lugares.
Parece que Deus ao fazer o mundo caprichou muito nesta região.

O LIMIAR DO SURTO / Rodrigo Della Santina

"Não, meu cisne, não tenho mais aquele, aquela
Vontade de deitar-me à cama do complexo
Mundo de cantar, não como antes; quero que
Ela, a História (só quero isto) pinte-me uma
Aquerela e não me deixe ver o Poeta esmolando
um verso."

O LIVRO DE JITOMIR / A. P. Maryan

O herói desde modesto livro ficou tão extasiado com as palavras de sua professora, ao conversar informalmente com seus alunos, que na mesma hora achou que dava para a coisa: “Escrever um livro!”. Saiu do colégio “a mil”, mas... como começaria a escrever tudo que tinha dentro de sua cabeça, tão cheia de sonhos (dourados ou prateados, azuis ou róseos). Convém assinalar que nosso amigo tinha apenas dezoito anos e nessa idade, mudam de idéias com muita frequência.

O LUTADOR / Andreía T. Couto

Foi na Namíbia que conheci Samana, a mulher mais interessante que já tinha passado pela minha imaginação, diferente de tudo o que eu conhecia ou queria conhecer, até então: Samana foi uma surpresa, mas não uma surpresa única, em bloco, compacta, mas uma surpresa à moda das bonequinhas russas, que de dentro de cada boneca se pode tirar outra e mais outra e mais outra...e a cada boneca, uma descoberta. Samana era uma boneca russa da Namíbia, mas a semelhança com o famoso souvenir russo termina aí nessa metáfora. Ela era formosa, esguia, com o pescoço grande como grandes eram as saboneteiras do seu colo nu. Quando punha o vestido de algodão florido a meu pedido, preso em um ombro só por um grande nó e descido em pontas até abaixo do joelho, com uma grande abertura lateral que mostrava parte das suas pernas longas e lisas quando andava, e caminhava à minha frente, não conseguia imaginar uma só música para uma trilha sonora que desse conta daquele momento precioso. Três semanas depois de partir já havia caído de encantamento por aquela africana de olhar mortiço, sorriso fácil e linda, muito linda.

O MAQUINISTA / Danilo Papini

O maquinista é quem inventa, constrói ou conduz máquinas, sobretudo locomotivas. É também, o profissional que monta, desmonta e transporta cenários.
A obra pode ser considerada uma fábrica de fundição, por unir trilhos paralelos, ou o primevo e o moderno. “O mundo dos contrários existe em meus poemas”.
O livro é composto por imaginação, pontos de vista, devaneios, desejos, sonhos, fragmentos e sentimentos sublimados pelo autor através dos momentos de criação.

O MEIO AMBIENTE NUMA PERSPECTIVA BÍBLICA / Caetano Carlos Consolo

Nesse livro procuramos abordar as questões ambientais e sociais de maneira geral. Entendemos que tanto as questões ambientais quanto as questões sociais estão intrinsecamente ligadas.
Entre as diversas fontes bibliográficas consultadas destacamos: Leonardo Boff, Julio José Chiavenato, Walter Corson, Albert Arnold Algore, Henk Hobbelink, Edgar Morin, Boaventura de Souza e Santos, Edward Osborne Wilson, Ellen G White a Bíblia Almeida Revisada, Secretaria Estadual do Meio Ambiente e a Organização das Nações Unidas para a Agricultura e Alimentação (FAO).

O MELHOR É SEMPRE / Emerson Sitta

"O Melhor é Sempre" é uma seleção inusitada de poemas nos quais tece o conflito de viver entre a dor e o amor, entre o passageiro e a constância e, sobretudo, entre as palavras e as coisas (ou seria entre as palavras e as idéias?). Contudo, estes pares se não são opotos, são complementares; e a poesia de Emerson Sitta diz, renitente, que na vida passageira "a dor é conclusão". O livro tem uma composição mista de referências e interferências das canções Bossa Nova, experiências poéticas dos modernistas e até o rigor material dos poetas concretos. Porém, o mais explícito é o versejar cativante que parece complementar nossos diálogos íntimos.Poesia feita para ser tomada e retomada. "O Melhor é Sempre" foi feito para nos acompanhar e melhor que seja sempre. Conrad Pichler

O MONÓLOGO DO PORTEIRO / Jossis Júnior

O autor Jossis Júnior deseja a você leitor uma boa leitura, e que a inspiração dele sirva de alguma maneira para proporcionar grande satisfação em seu íntimo de reflexão. Que ao pegar neste livro uma chuva de benção caía sobre a sua vida e que possa sentir os dons do espírito santo, que sua casa esteja repleta de paz, alegria, saúde e prosperidade e, que todas os seus sonhos sejam realizados.

O MONSTRO E O MONSTRINHO / Marcimedes Martins da Silva

 O mundo não é visto da mesma maneira pela criança e pelo adulto. A imaginação infantil depende das emoções e das atitudes das pessoas com as quais a criança se relaciona. De um jeito simples, o autor descreve como ocorre a identificação da criança com o adulto a partir do olhar infantil.

O MUNDO É DE QUEM FAZ / S. L. Gantmanis Munis

O mundo está passando por transformações radicais. Há pelo menos duas décadas, mudanças econômicas, sociais e tecnológicas têm atingido povos de todos os continentes. A sobrevivência individual e o progresso coletivo têm se tornado, a cada dia, lutas muito mais árduas. O próprio planeta Terra, por sua vez, tem sofrido as conseqüências dessas intervenções humanas e tem reagido na forma de uma série de desequilíbrios geológicos, atmosféricos, meteorológicos e biológicos, com efeitos altamente danosos à vida.

O NATAL SEM MAMÃE / Paulo Stucchi

É mais um dia de Natal para a família Pensolatto. A não ser pela ausência de dona Andreza, matriarca da família.
Agora, a filha mais velha, Nena, assume o comando da tradicional ceia natalina, durante a qual sentimentos e ressentimentos, motivados pela ausência da mãe, irão guiar a noite das irmãs Nena, Gênova e do pai, seu Simonne.

Mesmo na harmonia familiar, mágoas entre pais, filhos e irmãos podem ter laços mais duradouros do que a morte.

O OBSERVADOR DO MUNDO FINITO / Túlio Henrique Pereira

A leitura de O observador do mundo finito deixa aquela sensação de engasgo. Somente depois de ter chegado ao fim de seus versos é que nossa respiração retoma o fôlego, um respirar remarcado pela ansiedade, angústia, talvez a dúvida nas horas do instante de uma vida. Múltiplas percepções, enfim. Sentimentos e atitudes se entrelaçam nessa escrita, o que faz com que questionemos: quem fala nesses poemas? Ora, a resposta poderia ser: Túlio Henrique Pereira. Mas reducionista, se considerarmos essa escrita de si como uma obra ensimesmada.

O PACTO PRIMORDIAL ENTRE MULHER E ESCRITA / Maria Heloísa Martins Dias

O espírito transgressor que se manifesta na ficção da escritora portuguesa é movido por impulsos de natureza diversa, e sua força de atuação conjuga-se a uma série de matrizes que se interpenetram - históricas, políticas, antropológicas, estéticas, psicológicas - conforme analisaremos em nosso estudo. A questão fundamental, porém, é que a rebeldia assumida pela linguagem narrativa não atende a propósitos imediatistas, pois a ruptura desejada por essa ficção está longe de se alinhar numa "tradição de ruptura", afinal criadas pelas vanguardas, como reconheceu Octavio Paz.

O PEQUENO LIVRO DAS DESILUSÕES AMOROSAS DE PEDRO PAULO / Igor Pires Leon

“A quem interessar possa...”
É assim que Pedro Paulo, um homem de quarenta anos, numa noite de insônia em que a solidão o incomodava, ou melhor, “a falta de uma mulher”, como ele mesmo diz, começa a rabiscar num calhamaço de papel almaço. Ele não sabe bem o que pretende escrever, não sabe como começar, quais as palavras que deve utilizar, mas as lembranças de suas aventuras e desilusões amorosas o impelem a escrever as situações constrangedoras pelas quais passou. As expectativas criadas, as desilusões sofridas, os sustos que passou, Pedro Paulo vai descrevendo com desembaraço e bom humor, espantando a solidão daquela noite.

O PESCADOR DE VERSOS / Dailton Galvani

O Pescador de Versos é uma viagem que começa no coração do homem e prossegue na alegoria do rio que cumpre o seu destino entre as margens do tempo.
Nas águas que estabelecem o ciclo da vida, assim como o sangue que circula pelas artérias.
Nos sentimentos puxados de sob o peso das correntes pelo aço doloroso da consciência.

O POETA E O SILÊNCIO / José Osório Filho

Tenho sentimentos que se eu pudesse dar cor e forma, eu daria mais amor à humanidade e melhor sentido aos corações dos homens. Ao contrário do que escrevo, amo as coisas; mais do que qualquer pessoa a imagine e esta notoriedade que existe em mim pelo universo, é como um mentor, me lança ao sofrimento; horas por sentir tanto diante do mundo e às vezes, por temer a degradação total dos seres vivos.
Sempre que possível, critico duramente a sociedade; a minha experiência só é válida quando se transpõe, por isso procuro fazer com que o povo se auto-analise, diante de si próprio e das demais coisas que os envolvem.

O PREGÃO / Leonardo Campos Marinho

Nesta obra tenta-se explicar, de forma breve, os princípios do procedimento público de compras no Brasil - A licitação, passando pela historia e evolução legal destes princípios, bem como suas modalidades.
Com a modernização do procedimento de compras públicas foi criada a modalidade denominada PREGÃO, que por sua agilidade e eficiência ficou conhecida como a modalidade mais eficaz para o ente público.
No entanto, como as demais modalidades, o PREGÃO também tem seus prós e contras os quais serão expostos com o intuito de se sugerir pequenas modificações.

O PRIMEIRO MESTRE / Elias Rafael

Um livro que levará o leitor à reflexão, ensinando-o a ter uma visão mais humanística das questões do cotidiano, ora em forma de parábolas, ora em forma de ensinamentos filosóficos e exemplos do próprio personagem, mas sempre trazendo ao leitor uma visão crítica e espiritualizada das questões tratadas na narrativa. A proposta do livro é tentar, através dos ensinamentos e exemplos do "Mestre" (Seu Vico), lapidar o ser humano, ajudá-lo a redescobir o,lado positivo das pessoas, eliminando o ódio, diminuindo a violência e tem o propósito de trazer ao ser humano um pouco de luz, de forma simples e linguagem acessível.

O REALIZADOR DE SONHOS / Maria Denise Santiago

A família Sanches Blanes da Espanha para o Brasil em 1921. José Sanches Blanes, na época, tinha apenas 4 anos de idade. Uma família sem posses, mas unida pelo amor e pelo espírito aventureiro de seu patriarca.

O caçula José Sanches aprendeu desde cedo a importância do trabalho e sonhou em ter o próprio negócio. Um homem que se tornou herói de sua família e de homens que, com ele, estavam dispostos a vencer com o suor do trabalho. José Sanches, uma lição de vida para todos aqueles que tiveram a felicidade de conhecê-lo e para aqueles que serão apresentados à ele, através desta digna e cativante biografia.

O SENHOR MORTE / Zaiden Geraige Neto

Trata-se de um romance policial (ficção) onde Ruth, estudante do quinto ano de um curso de Direito no Brasil, decide fazer uma monografia final na área de Medicina Legal, mais especificamente sobre o tema da tanatologia (a ciência que estuda a morte). Em razão de sua escolha, passa a ter um maior contato com seu professor, o Dr. Jonas Stuntglass, porque entende que somente a vivência empírica lhe traria subsídios para a realização de u trabalho notavel...

O SEQÜESTRO DO SENHOR EMPRESÁRIO / Levi Bucalem Ferrari

Às vésperas de uma eleição presidencial ocorrem assassinatos e seqüestros, inclusive o de um famoso empresário. Por trás dos fatos, revela-se uma grande conspiração política. A trama ocorre em ritmo frenético, repleta de suspense, erotismo e violência. Ao mesmo tempo, a memória das personagens revela um rico painel político e psicossocial dos anos 60 e 70, incluindo guerrilheiros, agentes da re-pressão e espiões internacionais.

Com este livro, LEVI BUCALEM FERRARI recebeu o prêmio Melhores do Ano – Autor Revelação, oferecido pela Associação Paulista dos Críticos de Arte (APCA).

O SONHO DE CADA UM / Lucília Junqueira de Almeida Prado

Nunca é demais repetir e reafirmar a versatilidade criadora da Lucília Junqueira de Almeida Prado. Este livro é mais uma prova. Uma surpresa diante dessa versatilidade multifacetada de espelhos vívidos, em reflexos quase cinematográficos, e a levitação de almas humanas dos vários personagens, ao correr das histórias, com suas alegrias, tristezas e sensações outras ditadas pela vida que vivem. Tudo o que ela escreve pulsa em dimensão quase tangível.
Muda esta escritora de ambiente, de espaço geográfico, vai ao passado e vem ao presente, com uma facilidade espantosa. Por três motivos essenciais: é sensível, é artista e é ficcionista.

O SONHO DE TUTTI / Tânia Porfírio

O Sonho de Tutti é uma fábula e através dela fala às crianças que todas as pessoas tem grande potencial dentro de si é só descobir.
Não devemos buscar no outro a felicidade ou os sonhos como fez nossa amiguinha Tutti.
Ela pensava que apenas o louva-deus era bonito no entanto teve grande surpresa consigo quando descobriu que também podia ser feliz.

O SUSTO DE HINA / Hélio Gabriel

Uma história de afeto entre personagem Hina e seus amigos, os ratinhos, mostrando às crianças o valor da amizade. O autor brinca com as palavras, conta a aventura de Hina de maneira fácil e divertida, despertando o interesse pela Língua Portuguesa. uma agradável leitura para crianças e adultos.

O TAROH - O LIVRO DE THOT / Sérgio Bisaggio

A Tradição Ocidental possui um livro extraordinário, síntese do Simbolismo Universal. É o Taroh, mensagem cifrada, legada pelos sacerdotes egípcios de todo o conhecimento iniciático de que dispunham. Sua verdadeira origem é obscura e conjetural, pois as verdades nele contidas sempre fizeram parte dos conhecimentos secretos dos povos. Encarado como mero baralho de cartas é desprezível, assumindo caráter de um vício; caso seja levado às últimas conseqüências. Porém se encarado como um livro, que é, assumirá um valor incalculável para estudiosos e ocultistas.

O TERCEIRO OLHO / Odelita Figueiredo

Homenagem aos duzentos anos de nascimento de Louis Braille. Este livro de poesia significa muito para mim, pois trata-se de uma homenagem que faço a Louis Braille, francês cego criador do sistema de leitura e escrita para cegos, que nasceu em 4 de janeiro de 1809 e estará completando duzentos anos de nascido em 2009.

O sistema de leitura e escrita através dos pontos criado por Louis Braille, e também conhecido por escrita a branco, ou escrita noturna, proporcionou-me a tão desejada chance de encontro com o mundo amplo da cultura, tornando-se para mim o mais importante meio de descoberta da poesia, sendo o principal alicerce para que eu me tornasse uma escritora.

Com a estimulação do tato (meu terceiro olho) fui alfabetizada e tornei-me habilitada a prosseguir os meus estudos, tornando-me uma cidadã ativa na sociedade. Odelita Figueiredo

O TREM DE MARIA / Mauro Guilherme

O Trem de Maria é o primeiro livro do autor no gênero conto. A obra compõe-se de quatorze, sendo que o primeiro deles dá título ao livro. Nos primeiros contos a temática regionalista domina o ambiente. É a moça do interior, o pescador, o homem nortista, o ambiente, enfim, a vida do Norte do Brasil que aparece no livro. Faça exceção ao conto um Homem  de Bem, onde apesar de ambientado no Norte do país, é o Brasil da corrupção que é retratado ali. Os contos posteriores ganham cenas de um Brasil nacional. É agora o desempregado, o pobre, o "menino de rua", o "sem-terra" que toma forma na obra. Há ainda um conto ecológico: "Matamorfose", onde um caçador acorda transformado em pássaro, a exemplo do livro homônimo de Franz Kafka, em que um homem acorda transformado em inseto. Autor premiado em váris concursos literários, Mauro Guilherme vem abrindo o seu caminho na prosa desde 2007, quando volta à cena literária para contar suas histórias curtas, sendo ainda o ser humano o centro de sua ficção.

O TURBILHÃO TRIBUTÁRIO ESMAGANDO A EMPRESA E A SOCIEDADE / Edson Pinto

O sistema de cobrança de impostos no Brasil realmente é bastante complexo. Além de um verdadeiro emaranhado de tributos e contribuições, surgem novas leis e jurisprudências de tempos em tempos, nem sempre harmoniosas entre si. E, por trás de todo este sistema, o governo aumenta vagarosamente a carga tributária.
Além disso, existem ainda várias práticas fiscais, leis e jurisprudências, são milhares delas. Então, as empresas precisam se adaptar a essa rotina, criar e manter departamentos fiscais eficientes, assumindo custos cada vez maiores e criando dificuldades para o bom fluxo de caixa. Aliás, o governo se impõe neste contexto como um verdadeiro inimigo, visto que as dificuldades são constantes e os facilitadores cada vez mais raros.

O ÚLTIMO CONTATO / Marcos Bueno

A queda de um OVNI no interior de uma pequena cidade, resgatado praticamente intacto, contém o corpo de um "SER" extraterrestre, mantido em segredo em um laboratório das Forças Armadas com o objetivo de pesquisa. Enquanto os cientistas militares estudam o OVNI, designam a tarefa de estudo e autópsia do "SER" a um cientista,
Dr. James Russowski, que, apesar de seu extenso curriculum e experiência, depara-se com uma situação inusitada e surpreendente.
Revelações devastadoras e chocantes fazem com que o cientista abandone a missão de pesquisa, vendo-se obrigado a enfrentar a retaliação e punição por parte das autoridades militares.

O ÚLTIMO MESTRE - CAPA AMARELA / Luiz Boy

"O livro O Último Mestre - Capa Amarela surgiu por acaso, quando eu estava escrevendo outro livro, uma biografia familiar, e em três gerações! Eu sou a terceira geração da história. Foi quando percebi que vivi dentro da industria automobilística, em um periodo de transição na história do Brasil. Vi a ditadura, tendo sido ditador; a robotização; a terceirização; a sindicalização; a inflação de 200% ou mais; o carro importado invandindo nosso espaço. Tudo contribuindo para o bem ou para o mal, mas interferindo no sistema produtivo."  (Luiz Boy).

O VIZINHO DA JOANINHA / Eliete Ferreira da Silva

O livro infantil O Vizinho da Joaninha conta sobre a história de amor entre um besouro e uma joaninha solitária, que é salva por ele. O drama da joaninha, até conseguir seu pretendente, era não ter nenhum par, como os outros insetos, na primavera. O livro foi escrito por Eliete Ferreira da Silva, artista plástica graduada em Serviço Social. Atualmente escreve roteiros de peças teatrais, transmitindo de forma lúdica e bem-humorada ensinamentos sobre ecologia e cidadania. As ilustrações são de Mauro Freitas.

OFICIALATO MECÂNICO E ESCRAVIDÃO URBANA EM MINAS GERAIS NO SÉCULO XVIII / Geraldo Silva Filho

Parte considerável da historiografia, não sem contestação, tem insistido nas singularidades do processo colonizador da região mineradora da América portuguesa.
Polêmica à parte, parece inequívoco que certas facetas daquele contexto histórico evidenciam especificidades. Uma delas é a produção artística e o mercado de trabalho que se desenvolveram nas Minas Gerais do século XVIII. Para não ir longe, basta recordar que a ausência do estabelecimento de ordens religiosas, os esgarçados liames corporativos entre os oficiais mecânicos e o intenso e desordenado afluxo desses profissionais em direção àquela área determinariam traços distintivos nas artes plásticas e na arquitetura ali produzida.

OITO MULHERES / Heloisa H. P. De Luca

"Nescer, viver e morrer. Nescer amar e morrer. Passado, presente e futuro. Impossível fugir da lei a um só tempo natural e inexorável. Ela está sempre ali, em cada gesto, em todo canto, obstinada. Está ali para assegurar que todo princípio tem um fim. Se não for a morte, será a mortalha".

Heloísa Helena Paiva de Luca, para se distrair, às vezes sua pena estudiosa a vestia-se de galhofeira e corria alegre pelos campos da ficção. Nasceram estas histórias, oito perfis de mulheres que, de alguma maneira, deixaram suas pegadas.

OLHANDO ALÉM DA GENTE / Adelino Machado

Um livro de poesias para pensar o mundo contemporâneo, sobrecarregado de incertezas, desesperanças e desesperados. Ao mesmo tempo, no entanto, a vida continua a florescer por brechas e frestas luminosas de um ser fantástico – chamado ser humano. A poesia em si é o refúgio das almas, alívio dos oprimidos, esconderijo dos abandonados e sedativo aos apaixonados, portanto essencial. A poesia de Olhando além da gente salta as normas, quebra o silêncio, arrebenta o preconceito e forja horizontes no ingrime Nordeste Goiano. Seus autores são raízes profundas de uma população brasileira e goiana, arraigado por entre as pedras solitárias da existência. Assim, insistem na força avassaladora da palavra no poema. Gente que olha ao redor de sua sombra e amanhece o dia procurando a felicidade.

OMALÁ / Sérgio Bisaggio

OMALÁ, a "Comida de Santo" é o conjunto de alimentos votivos destinados aos Orixás (culto Nagô) ritualisticamente preparados, dentro de preceitos, por sacerdotes iniciados e treinados. Oferecidos aos Santos e não aos adeptos do culto. Cada orixá possui o seu. Este estudo antropológico não se destina aos adeptos dos cultos afro-brasileiros, conhecedores do que vai descrito, e sim aos estudiosos que, sem tempo para pesquisar, gostariam de conhecer algo sobre o assunto.

ONTEM, MELHOR DO QUE HOJE? / Liuiz Ferreira da Silva

Livro de ficção em que são confrontadas épocas passadas com o novo milênio, através da criação de um personagem – Sérgio – que viveu 30 anos em coma profundo, “ressuscitado” repentinamente, tendo que entender e se adaptar às mudanças ocorridas durante tal interregno. Com muito empenho, teve que se atualizar através de muita leitura, cursos, discussão grupal e contactos, analisando, fazendo ilações e tirando conclusões, principalmente sobre o novo modus fasciendi, século XXI. Em seu caderno de 500 páginas – o cadernão – anotava as mudanças e os acontecimentos e, até, os micos pagos, formatando novos paradigmas que eram discutidos com os familiares, checando a validade das suas idéias. Analisou vários temas, dentre os quais: a nova mulher, profissional, sentimental e liberalizada; a educação e comportamento da juventude; a corrupção política; os avanços da ciência em alguns campos do conhecimento; a tecnologia de consumo; a síndrome da miséria do peão canavieiro; a nova fronteira agrícola e suas conseqüências; a alimentação e os alimentos; a agricultura conservacionista; a agroenergia; o efeito estufa.

OPERAÇÃO "PLANETA TERRA" / Claude Armand

Imaginem seres extraterrestres desenvolvidos de um asteróide do sistema solar que já detectaram vida no Planeta Terra. Para eles, o globo terrestre está lá, bem visível, maravilhoso com suas cores azuis claros e escuros, o branco das nuvens e da neve, o verde das florestas.
Neste mundo, eles sabem que existe vida e uma misteriosa humanidade que aparece em detalhes na captação das TVs e Internet terrestres. Até que uma missão exploradora secreta vai à Terra para tentar descobrir como vivem estes seres humanos assolados por mil problemas e conflitos.

OS DEGRAUS DE CONHECIMENTOS ESPIRITUAIS / Emmanuel Gama de Almeida

É um pequeno livro que, passo a passo, leva o leitor a uma compreensão cada vez mais aprofundada de si, de sua dimensão universal e de sua origem divina. Propondo-se a responder perguntas que tanto têm desafiado a humanidade desde o início dos tempos, são apresentadas ao leitor respostas simples a questões universais que brotam do mais profundo dos seres humanos. Ao encontrar estas respostas, num processo quase imperceptível, nossas naturezas material e espiritual vão se encontrando, se fundindo e se harmonizando.

OS DESPENSEIROS DE DEUS / José Vieira

A função do Despenseiros de Deus é servir, a obrigação inicial e deve ser posta em primeiro lugar. Servir aquele que tem sobre nós o seu domínio. E depois continuar servindo, desta vez ao próximo e a humanidade. Esta é a nossa finalidade e dever doa Despenseiros de Deus. Porque nós sabemos que todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus. Porque a inclinação da carne é a morte, mas a inclinação do Espírito é vida e paz. Romano 8:6.

OS MENSAGEIROS / Iná Brasílio de Siqueira

"Os Mensageiros" é inspirado nas histórias e narrativas de fatos acontecidos no Sul de Minas há algumas décadas. Crendice Popular? Ficção científica? Verdades?... Ficará sempre uma grande interrogação sobre os OVINIs, os ETs, as abduções.
É instigante o conteúdo que vai lhes revelar sobre os mensageiros, nestes tempos em que a Terra anda tão castigada, açoitada por efemérides no ar, na água, no solo, efetivamente frutos de atitudes humanas.
Quem são os mensageiros? A que vêm? Ou a que virão? Leia sobre Leonardo e sua fascinante história. E depois deduza, conclua e acrescente.
E não se esqueça nunca de que "há mais mistérios entre o Céu e a Terra, do que possa pretender a nossa vã filosofia..."

PARA ALÉM DAS MONTANHAS / Nico Ferreira

Que tal sair de São Bento do Sapucaí, na Mantiqueira paulista, dar uma volta por Porto Seguro, na Bahia, e ir parar em Machu Picchu, nos Andes peruanos, a bordo de uma bicicleta? Coisa de louco. Ou de aventureiro. Que, para muitos, dá na mesma. Não é o caso, porém, de Nico Ferreira. Como se pode ver e sentir desde as primeiras linhas, nesta sua narrativa, na melhor tradição dos relatos de viagem, desfila uma saga de desbravamento movida a sonho e paixão, mas temperada com persistência e obstinação.

PARA CONCORDAR OU DISCORDAR / Mariam Baidarian


"Para Concordar ou Discordar" é o segundo livro da autora. O primeiro foi "Introspectiva". Quem ler vai logo perceber o uso de metáforas. Aliás, escrever por metáforas é uma delícia porque, se analisadas, traduzem todo o pensamento e emoção do autor. Quem escreve, escreve por prazer pessoal na expectativa de que esse prazer seja extensivo aos leitores.

PARA LER NO ENGARRAFAMENTO / Aluizio Alves Filho

Em 1994, Aluizio Alves Filho, com a publicação do premiado romance Os bichos na pós-revolução – a perereka, texto extraordinário que expressa uma das mais interessantes e bem articuladas alegorias políticas da literatura brasileira, conquistou um lugar de destaque entre os escritores que se dedicam à difícil arte de construir fábulas. As suas, não só encantam o leitor pela qualidade, singeleza e fino humor da tessitura ficcional, mas também por apresentarem agudas críticas à realidade política, aos costumes e aos desafios do entorno social e cultural em que vivemos.

PASSEIO À TERRA DOS MILAGRES / Clemente de Lolo Filho

Sabemos, por inúmeros exemplos que o Planeta Terra nos demonstra, que o "chão" tem enorme poder na vida do Ser Humano, influenciando, sobremaneira nos seus meios de sobrevivência. O Brasil é um país altamente privilegiado, por possuir uma extensão territorial imensa, constituída, em quase toda sua totalidade, de terras muito férteis. No século passado,aconteceram algumas "corridas às terras", corrida à "Terra Roxa", corrida à Noroeste do Estado de São Paulo, corrida ao Norte do Paraná...Elas aconteciam pelo fato de essas terras serem muito férteis.

PASSO DE ESPERANÇA / Clemente de Lolo Filho

Passo de Esperança aconteceu no Brasil quando ocorreram as freqüentes expedições rumo ao Sertão Bruto, em busca de terras devolutas para formação de fazendas. Os desbravadores, que se entregavam a essas aventuras perigosas e estafantes eram, geralmente, pessoas saudáveis, arrojadas, afeitas às aventuras arriscadas e apegadas aos trabalhos da roça. O único veículo que servia para essa proeza era o carro de bois. Não havia estradas; geralmente valiam-se de algumas trilhas feitas por cascos de bois e rodas de carros.

PAULO SETÚBAL - O poeta contador de história / Maria Lucia Pinheiro Paes

Um dia ella me deu como lembrança, trazendo o aroma da sua aurea trança, um lindo annel do seu cabelo louro. E eu, retribuindo o mimo perfumado, mandei-lhe com um trefego recado, num fino estojo, uma caneta de ouro.
Um mez apóz, daquella mão de arminho, eu recebia um doce bilhetinho com isto apenas: "Paulo meu thesouro faço annos hoje, venha, Não há convite".
E à noite ella me disse: –"Olham escrevi-te só para usar tua caneta de ouro".
Depois brigamos... Como um lindo sonho desfez-se aquelle amor claro e risonho que então nos parecera immorredouro. Mas, dos mimos de outrora, ao devolvêl-os, (Página de um albúm de Poesias da jovem Nadir Simões Maia. Ibitinga-SP, 1930).

PÉ DE TRINCHEIRA / J. Moraes de Souza

A guerra vista de longe é uma coisa e, de perto, outra completamente diferente. Engana muito, isto é, aquilo que de longe é parecido ou até mesmo confundido com um espetáculo excitante, de perto assemelha-se a um inferno, com explosões, cheiro de pólvora e gemidos, destinado a purgar os pecados de muita gente, ainda em carne e osso. Foi esta a impressão por exemplo, que teve o autor deste livro ao deparar-se com a dura realidade do campo de batalha.

PECADOS DE NATAL / Joyce Cavalccante (Org.)

A diferença entre o pecado e o prazer é a dose. O exagero no prazer de comer é promovido a pecado, especificamente, o pecado da gula. E é a gula que praticamos nas ceias de nossos Natais, por isso o título desse livro, publicado exatamente na intenção de sugerir pratos para fazer a sua noite mais feliz.
Antigamente, o dia 24 de dezembro era o dia de mulheres na cozinha e ponto final. Mas, durante a organização do presente projeto, surpresa, descobri que as mulheres não mais se sentem obrigadas a ser uma virtuose no reino das panelas, como eram nossas avós e algumas de nossa mães. Mudaram.

PEDAÇOS DE UMA VIDA / Sonia Maria Marques

"Viajei de ônibus, trem, avião e carro, pra lugares diferentes do nosso país e pude ver a luta e a beleza da mãe natureza pela sobrevivência; o barulho do mar com suas ondas batendo nos rochedos, coqueiros, árvores altíssimas, florestas, céu azul, a magia do vento, a lua enorme prateada no céu, o brilho do sol...Enfim, em cada canto, retratei na minha mente, em uma folha de papel, uma fotografia, a criação de Deus, e senti que Ele é o mais perfeito e completo artista, a perfeição maior." (Sônia Maria Marques).

PENINHA: O FILHOTE DE CORRUÍRA 2º Edição / Anna Osta

Peninha, o filhote de Corruíra, conta uma história real que aconteceu nas férias de verão do ano de 2000 e a autora recorda os detalhes como se houvesse ocorrido ontem: “minha mãe chegando em casa com uma surpresa nas mãos e escoltada por meu pai, seu maior companheiro e cúmplice de suas aventuras, a reação das minhas filhas e do meu marido diante da descoberta, a dedicação com que abraçamos essa causa... sem dúvida, foi uma vivência e tanto!”     

PENSAMENTOS, AFORISMOS E CITAÇÕES / Ari Estó Teles - José Cláudio de Campos Villão

Um livro de pensamentos é uma espécie de farmácia moral onde iremos achar remédios que jamais iremos encontrar nas farmácias que normalmente conhecemos, e é aqui onde acharemos ânimo, perseverança, fé, coragem e até a paciência nas situações mais complicadas de nossa vida, com a vantagem muito superior de não termos qualquer contra-indicações tão comuns nos outros remédios. Por isso as máximas, aforismos e citações, podemos considerá-las as pílulas terapêuticas da filosofia para uso do ser humano, pois penso que se a filosofia não conseguisse tornar melhor o homem, ou a vida que ele leva, de que valeria ela então?

PERDENDO O PUDOR / Fernanda Tosta Trajano Borges


Perdendo o Pudor revela as confissões mais íntimas e os desejos mais secretos de uma mulher em plena flor da idade.
"Gostaríamos de poder abraçar todos aqueles que nos são caros. Aos que ouviram nossos lamentos, lamúrias, chaturas e confiaram em nós a ponto de chorar algumas vezes em nossos ombros (e vice-versa). Mesmo assim continuaram nos prezando, oferecendo-nos sua amizade e os mais sinceros votos de felicidade."

PÉROLA / Cecília de Oliveira

Com poemas curtos e compactos Cecília percorre, em Pérola, a gama essencial da experiência humana: amor, alegria, amizade, tristeza, separação, decepção e saudade. O encantamento com a natureza e a experiência com o sentimento religioso. Mesmo sendo escritora novata, a poetisa já aprendeu que a poesia pode sispensar a métrica fixa, mas não o ritmo; pode dispensar a rima, mas não o trabalho de sonoridade. Às vezes os versos beiram o prosaico quebrando a cadência de um ritmo que ameaça tornar-se mecânico... A vida é tecida de variações.

PESQUISA DE CLIMA ORGANIZACIONAL / Luiz Eduardo Gasparetto

O diagnóstico organizacional é uma ferramenta que deve ser utilizada para o desenvolvimento das pessoas nas organizações e a maneira de realizá-lo é, normalmente, através da implantação de uma pesquisa de clima organizacional.

Muito mais do que apenas um manual teórico, este livro apresenta as técnicas mais comuns utilizadas hoje pelas empresas para a realização dessa pesquisa, sugerindo ações práticas.

PIPO E SEUS AMIGOS / Elke Mariutti e Virna Mariutti

Pipo achava que sua vida estava destinada a ficar para sempre naquela mesmice. Mal podia imaginar que estava prestes a conhecer um mundo totalmente novo e cheio de emoções.
Trata-se de uma história que mistura ficção e realidade numa narrativa alegre e divertida sobre uma calopsita.
Este é um livro de fácil compreensão, indicado para pessoas de todas as idades que amam os animais e contemplam a natureza.

PODE A CRIANÇA CRESCER SEM APANHAR? / Paulo Pinto Alexandre

Este livro trabalha a temática da punição física doméstica contra a criança. Tema delicado e polêmico, mas que precisa ser discutido pela sociedade.

O cenário escolhido para o desenvolvimento dessa história é o espaço de uma escola. É nela que as crianças passam a maior parte do dia.
Nesta história, os protagonistas – duas crianças conduzem os adultos a uma reflexão a respeito de duas questões:

§ Por que os pais batem nos filhos quando acham que eles fizeram algo de errado?
§ Qual a opinião das crianças sobre apanhar dos pais?

PÕE-TE DE PÉ, POETA / Lucelena Maia

Estou certa de que, durante as muitas estações, entre rascunhar, reescrever e finalizar os poemas deste livro, eu passei a limpo muito de mim, fiz descobertas e sofri mudanças que me fizeram crescer e entrar no mundo da criação poética.
Poetas me inspiraram, não só os famosos, mas bons poetas, com os quais tenho o prazer de conviver e trocar experiências.
Põe-te de pé, poeta! é um poema escrito em um momento árido e desértico de inspiração e, nele, eu me desnudo. Por isso resolvi colocá-lo na capa deste livro, onde me deixo fluir nas linhas, ora felizes ora nem tanto, mas sempre sinceras.

POEMELHOS PENTELHOS / Eduardo Barchiesi

“Poemelhos Pentelhos” é um livrinho de poemelhos que qualquer pentelho (ou não) pode ler. E talvez se divertir um pouco (ou não). Confira você mesmo, caro leitor (ou você mesma, cara leitora) e não me encha o saco. Obrigado.

O autor nasceu e inda não foi sepultado. Enquanto isso, por ser um tremendo pentelho,  insiste nesta história de querer ser escritor e mais uma vez comete o despropósito de pagar do próprio bolso a edição de um novo livro supostamente seu (em vez de aplicar esse dinheiro em alguma coisa mais útil). Vai ver que é só para pentelhar algum eventual leitor incauto. Só pode ser isso.

POESIA SE É QUE HÁ / Fabiano Fernandes Garcez

Ser poeta em tempos tão cinzas não me parece uma tarefa fácil. Há tempos perdeu-se no próprio tempo a aura sublime da poesia, do encantamento, do querer encantar, do querer cantar - versos, estrofes, rimas, ritmos ou apenas palavras. Do querer quiçá amar as encruzilhadas do cotidiano, ora amenas e tênues, ora frenéticas e contrastada. Mas há ainda aqueles que conseguem extrair do mundo real a fração imaginária de cores, sabores, aromas e imagens necessárias para a reinvenção da poesia e mais que isso, fazer tornar real o fomento da esperança por um mundo melhor.

POESIAS, RECORDAÇÕES E COMPOSIÇÕES – LETRA E MÚSICA / Liberty Pádua Dias

Liberty Pádua Dias, nasceu em 26 de julho de 1918 na cidade de Boa Esperança – SP. Faleceu aos 89 anos de idade.
Poeta, Compositora, Poliglota, Orientadora de refinamento social. Premiada pelo CAP (pintura e letras). Membro de The American Society of São Paulo e Internacional Newcomer's Club Of São Paulo.
A poesia sempre fez parte da vida de Liberty. Algumas lembram sua infância, outras, o convívio familiar, seus pais.

POETAS INOCENTES Vol.III / Gerson Lourenço

O livro “Poetas Inocentes”, Vol. III é uma coletânea de poesias e conto feitos por alunos, professores do Ensino Fundamental I, II, graduandos, pós-graduandos e mestre em literatura. Os “Poetas Inocentes” é fruto do trabalho em parceria com professores, alunos de Escolas Estaduais, Municipais e Universidades com o objetivo de difundir a arte produzida durante a realização do projeto para os quatros cantos do mundo. Trata-se de uma maneira bem estimuladora de valorizar a leitura, a escrita e a produção de textos de nossos estudantes, professores e interessados no assunto. Portanto, para quem curte livro, leitura, poesia e conto é um bom motivo para tê-lo um cabeceira da cama. O livro é maravilhoso – apesar de ser de autores anônimos - a começar pelas construções poéticas: acrósticos, sonetos, dentre outros e, além da poesia, há contos maravilhosos. O livro é destinado a estudantes de qualquer nível de ensino, professores de língua Portuguesa, Artes, Filosofia  e os apaixonados pela literatura em geral. Este livro é fruto de um sonho, por isso, é pura emoção. Vale a pena ler.

POR UMA VIDA MENOS ORDINÁRIA / Paulo Marinho

Este livro não tem monges nem executivos. Não te fará um líder eficaz. Não ensinará a ter uma tropa de elite de vendas. Não ensinará como ser legal. Não ensinará como influenciar pessoas. Este livro não têm anões atrás de um anel para queimá-lo. Nem te levará a entender como o universo nasceu. Este livro não tem um top 10 para você e sua família se entreterem. Não ganhou um prêmio Pulitzer. Não tem o aval de ninguém. Não é uma trilogia. Nem tem um garoto com uma varinha seguindo uma profecia. Este livro não está nos 10+ de lugar nenhum. Este livro não é um Best-seller antes de seu lançamento. Nem depois. Este livro tem som. E fúria.

PORTAL DA ALMA / Manoel Ianzer

"Escrevi este livro para nós, com muita dedicação e carinho, para amenizar nossos dias agitados e alucinados, a mim trouxe alívio, conforto e confesso que evolui com o enriquecimento da minha aIma, desejo o mesmo para todos. Nossa alma jamais será extinguida. É por meio dela que precisamos viver o presente e o futuro para desvendar as nossas impurezas do passado para encarar nossos fracassos e nossos gritos." (Manoel Ianzer)

PRAIA DO FORTE - BAHIA / Suzette Freeman

Em fotografias em preto e branco e coloridas, o livro Praia do Forte é um depoimento histórico e um tributo caloroso a este lugar mágico.

Internacionalmente reconhecida, a fotógrafa Suzette Freeman cresceu no Rio de Janeiro,  depois estudou,  casou  e trabalhou profissionalmente na Inglaterra. Sempre manteve suas raízes no Brasil e em 1989,  foi uma das primeiras pessoas a conhecer a Praia do Forte. 

PRECE POR VOCÊ - Conversa de pai para filho / Hans Georg Winter

Reza o dito que cada homem tem como missão na vida ter um filho, plantar uma árvore e escrever um livro. Todavia, esta missão não estará completa apenas dando-lhes a existência; é preciso que frutifiquem, cada qual à sua maneira.
Ao reunir duas destas tarefas, este livro tem origem na mensagem de um pai a seu fiho adolescente, procurando indicar-lhe caminhos para alcançar uma vida próspera e tranquila, abordando temas espirituais e materiais, prognósticos e situações práticas, às vezes com seriedade ou emoção, outros com bom-humor, mas sempre do fundo do coração.
Entretanto, não é dirigido apenas a filhos adolescentes; oferece temas para pensar e mensagens destindas a todos nós, pais e filhos, jovens e velhos, e especialmente àqueles que sabem que nunca deixamos de aprender enquanto vivemos.

PREGANDO A PALAVRA / Neumoel Stina

Em "Pregando a Palavra"Neumoel Stina nos brinda com um livro que nos ajudará na preparação e pregação de sermões poderosos. O autor descreve um ponto de tantas necessidades e ao mesmo tempo as grandes oportunidades de crescimento espiritual. Será muito útil para os pregadores espalhados pelo Brasil e no mundo. A leitura deste livro trará o aumento da percepção interna do ser humano e se refletirá também em seus sentidos espirituais, levando-nos a profundas transformações e mostrando-nos que há uma nova maneira de viver para todos os habitantes do Planeta.

PREPAREM OS AGOGÔS - 2ª edição / Gizelda Morais

No seu romance Preparem os Agogôs, Gizelda desce aos bastidores da história sergipana, e aí aprendi muito num campo em que me ocupei em demoradas pesquisas. Parece-me que a querida escritora viveu nas casas grandes, nas senzalas, em conventos de Sergipe, Bahia e Alagoas, no século XIX, tais os aspectos políticos, econômicos, religiosos, conluios e tragédias narrados. Acrísio Torres; prof. da UnB.

PRESENTE DE NATAL / Lucília Junqueira de Almeida Prado

Lendo este "Presente de Natal", vem-nos à lembrança, mais detidamente, duas vertentes da ficção desta escritora, já referdas em apreciação de livro anterior. A primeira, a facilidade como transita do conto para a novela, gênero médio de ficção de definição nunca definitiva, porque não há no implícito “delimitação de fronteira entre a novela e o conto”, na afirmação do crítico Braga Montenegro. Como não há uma definição completa para o conto, tantas são elas, embora a melhor venha a ser, cremos, a de Daniel Rops: “Conto é a arte do implícito”.

PROSA ESSENCIAL / Gerson S. Filho

"Essencialmente, um tanto de palavras um pouco de sentimento e todo o tempo para sonhar. Uma amostra de delírio em letras para suavizar o cotidiano. De onde a prosa e a poesia quase deixaram de existir". Gerson S. Filho

O autor Gerson S. Filho nasceu em 1 de Agosto de 1957, na cidade do Rio de Janeiro, no bairro de Laranjeiras. Sua primeira escola foi a Pereira Passos no bairro do Rio Comprido, também estudou no Ginásio Franciscano do rio Comprido. Completou o ensino médio, à noite, no colégio São Sebastião/Guanabarense.

PROSA FIADA / José Renato de Almeida Prado

“Prosa Fiada e Outros Goles”, de José Renato de Almeida Prado, traz narrações cotidianas, fatos pitorescos e devaneios. As crônicas registram coisas e gentes que passaram pela vida do autor e suas impressões sobre a aventura de existir. O homem surpreendido ao praticar sexo oral com uma égua, o barbeiro da meia noite, que cortava os cabelos dos alunos de um internato, o escriturário que defecou sobre um processo judicial, a morte associada ao cheiro de um percevejo, as histórias da infância e juventude são reunidas num caldeirão efervescente, que resulta em um caldo pouco convencional.

QUAL É O CAMINHO? / Celene Thaumaturgo e Lilian Knapp

Quando estamos diante de uma escolha, é essa pergunta que sempre nos fazemos.
O tempo todo, tomamos decisões, das mais simples às mais complexas. Eventualmente, algumas delas poderão modificar completamente o rumo de nossa vida inteira.
Todos os dias vivemos em um circulo vicioso, não conseguimos mudar o paradigma e nem dar o salto em outro estágio de consciência.
Qual é o caminho?, é um jogo de autoconhecimento, po intermédio do qual teremos a oportunidade de olharmos de forma mais onjetiva para nossas próprias dificuldades, sem julgamentos ou críticas, e de descobrirmos as infinitas possibilidades que o universo nos oferece.

QUANDO / Ana Luiza Almeida Ferro

"Neste livro, a autora Ana Luiza não se prende a um único modelo de forma ou escola: ela nos oferta sonetos, poemas rimados, poemas de versos brancos (mais raros), experimentos com a linguagem - em alguns poemas beirando o concretismo, noutros flertando com as aliterações de inspiração simbolista -,em todos os casos, sempre com o domínio apropriado da linguagem, de dicção clara e sóbria.(...)

Ana Luiza é poeta, pois, de talento multifacetado, de sensibilidade delicada e contida paixão, brasa dormida que não deixa de emitir intenso calor. Tudo isso se manifesta de modo bastante feliz em Quando". Ceres Costa Fernandes

QUANDO DEUS TE MOSTRA UM NOVO CAMINHO / Lú Oliveira

Neste livro você encontra poesias que falam de amor, de saudades e de perdas.  Algumas poesias reais, fatos que talvez você leitor, tenha passado e se identifique com a obra, pois nem sempre podemos dizer tudo que pensamos e abafamos os sentimentos dentro do peito por falta de coragem, por medo, vergonha, timidez ou por não nos acharmos capazes, e nos fazemos de coitados. É bem mais fácil colocar no papel o sentimento.

QUEM SOU EU? QUEM É VOCÊ? / Maria de Lourdes Paz Corso

Ao divulgarmos algo que escrevemos não devemos fazer apenas para nos satisfazer, mas para transmitir aos leitores sentimentos que permitem reviver nossas emoções poéticas.
Todavia, importa dizer que este livro foi escrito com o mesmo estímulo de um pintor que materializa na tela a sua inspiração e a mantém viva até concluí-la, pois literatura é arte e arte deve dar prazer. Nesta obra feita de palavras inicia-se uma convivência harmoniosa, pois cada palavra escrita no silêncio é uma gota de amor, depois de colecionada fica marcada no mundo e nos corações.

QUINTAIS DO SILÊNCIO / Lupercio Rocha Leite

O lirismo exposto nesta obra tem suas bases, entre outras, na orla dos mares, nos amores vividos, na extensão dos campos e no profundo misticismo do Autor. Aqui encarado por um melancólico viés, o enlevo deixa abandonada qualquer preocupação pragmática, rejeita a aridez das realidades cotidianas, fazendo-nos flanar por espaços etéreos. E não é essa a finalidade e o gosto intrínseco da poesia? Qual o fundamento vivencial da saudade? Degustar uma obra como esta é um desmedido gozo espiritual. As cintilações das cores, a preciosidade das pedras, as harmonias de sons antigos, os aromas, a alegria disfarçada em vapores etílicos, fermentam e amalgamam a cerimônia das memórias. Ao esparramar seus sentimentos, o Autor certamente transfere ao leitor noção do sublime, exibe cruelmente (e poeticamente) os espinhos que feriram sua pele e ao mesmo tempo o introduz num grande e perfumado jardim. Respire fundo.

RASTROS NA AREIA / Márcia Etelli Coelho

Um livro que deixa suas marcas. Heloísa é uma jovem executiva que decide vajar para aliviar o estresse. Sua vida está conturbada e a insatisfação aumenta a cada dia. No litoral, conhece pessoas interessantes que despertam fortes sentimentos e modificam sua maneira de lidar com as dificuldades. A beleza do lugar amplia a visão sobre si mesma. Pavaras amigas dinamizam novas perspectivas para o futuro. Uma decoberta surpreendente, porém, põe em dúvida a veracidade dessa vivência. Como encarar um fato que transcende os limites da razão? O que fazer quando as respostas são mais inquietantes que as perguntas? Acompanhe a trajetória de Heloísa e suas contínuas revelações. Elas certamente auxiliarão você, leitor, em suas próprias conquistas. Márcia Etelli Coelho é médica formada pela Escola Paulistas de Medicina (UNIFESP) com especialização em Homeopatia e curso de aperfeiçoamento na área de Geriatria.

RAZÃO && IMPARCIALIDADE OBJETIVO:- CHEGAR AO ESTADO DE AMOR, META DE EVOLUÇÃO POSSÍVEL AO HOMEM / Sandra Maria Canello

Assim como a luz se fez, o absoluto se manifestou. Então, o SER sem tamanho disse: “um dia não haverá sombra...” e seguiu semeando luz. Assim, como muitos, hoje, vejo... e um dia, todos verão. Einstein afirmava que as leis fundamentais do cosmos não podem ser descobertas pela simples análise, mas tão-somente pela intuição, que na matemática reside o princípio creador, e que a matemática é absolutamente certa enquanto se mantém no abstrato, mas que perde da sua certeza na razão direta da sua concretização; mas, ainda não conhecia a tecnologia do Mestre para essa realização. Já está posta. Agora, é só praticar, assim, chegaremos todos lá.

REDESCOBRINDO A SABEDORIA MILENAR / Alvaro Leite Pereira de Souza

De certa forma este livro começou há mais de 50 anos, quando o autor teve despertada a sua curiosidade por questões filosóficas e científicas relativas ao ser humano e à Natureza, o que o levou a estudar Filosofia e Física. A maioria das pessoas tenta compreender os enigmas sobre o homem, o Universo e o problema da existência de Deus. Isso porque todo ser humano é dotado de inteligência, e naturalmente tem a tendência a procurar entender o mundo que o cerca. É um desafio à compreensão humana, devido à complexidade das questões, mas também é uma investigação que pode exercer uma atração constante, quase uma obsessão para certas pessoas, que as faz buscar as respostas por toda a vida, embora possam não conseguir obtê-las.

REDONDIAS / Dias

"Não sei como aqui cheguei / mas de fato aqui estou / De direito eu nada sei / Porque ninguém me informou / E eu já estou preocupado / Pois posso ser despejado / Visto que a dívida aumentou."

Versos do livro Redondias do poeta Dias lançado em 2008.

REFLEXÕES - PENSAMENTOS / Paulo Cintra Damião

Esta é a 3ª edição do livro Reflexões – Pensamentos, escrito por Paulo Cintra Damião, tendo sido revisada e aumentada. A 1ª edição – publicada pela Scortecci Editora, São Paulo, SP, em 1988 – continha apenas 135 pensamentos. A presente edição possui 313, por ordem alfabética do tema ou vocábulo desejado, o que facilita a consulta dos leitores, conforme o assunto e o interesse de cada um. Desde sua juventude, o autor aprecia a leitura de provérbios, pensamentos, aforismos, máximas, adágios e sentenças, possuindo uma invejável coleção nesse sentido, com mais de 100.000 (cem mil) citações. Foi deste modo que, por gosto e prazer, começou a escrever, desde jovem, seus próprios pensamentos ou reflexões.

REFLEXÕES PARA BEM VIVER / Luiza Moreira (Org)

"Reflexões para Bem Viver, através de mensagens e poemas de vários autores, apresenta em cada página um alento, uma inspiração e dicas para questões que afetam o cotidiano, auxiliando-nos na fixação da harmonia e no aprimoramento pessoa."
Luiza Moreira (Org)


REFLEXOS DO CH´AN / Luiz Ariston Dantas

Fascinante é o universo da poesia. Sensorialidade e emoção, equilíbrio e construção, novidade e tradição, inspiração e participação, unicidade e polissemia, expressão e metalinguagem, música, imaginação, engenho. Eu diria, de forma simplória, que poesia é como fazemos a linguagem. Mas seres de linguagem, que somos, podemos particularmente indagar também o que a linguagem nos faz. Há séculos os mestres do budismo Ch´an têm praticado a comtemplação dos limites da linguagem como meio hábil de experienciar diretamente a natureza própria a cada um. Esses limites são a individualidade, a dualidade e a logicidade. Este não é um livro de ensinamentos do Ch´an, sem que seja necessário, entretanto, ao leitor, conhecê-los.

REGISTRO HISTÓRICO DA E.E. "JOSÉ ALVIM" / Lita Chastan

Ninguém ignora a importância de uma revista(e/ou jornal) numa escola, incentivando o aluno à leitura, à literatura, à liberdade de expressão, aos bens culturais em geral. Ninguém ignora a importância da História, da Geografia, da Filosofia e Sociologia, disciplinas imprescindíveis para a formação integral do educando, proporcionando a este, o conhecimento, a formação de ideias, o desenvolvimento do espírito crítico, a capacidade de raciocínio e interpretação. Assim , graças ao envolvimento da Diretoria, dos professores e alunos, cria-se as condições necessárias para a implantação da Revista Histórica e Geográfica da E.E. José Alvim.

REGRESSÃO E ESPIRITUALIDADE - NOVOS CAMINHOS DA TERAPIA DE VIDAS PASSADAS / Hugo Lapa

Neste livro inovador, Hugo Lapa expõe as correlações existentes entre a Terapia de Vidas Passadas (TVP) e alguns princípios das correntes espirituais. De forma objetiva e direta, o autor oferece um enfoque dinâmico e evolutivo da TVP.  A obra reúne boa parte da teoria da Terapia de Vidas Passadas em tópicos resumidos, oferecendo uma visão clara das leis e princípios dessa abordagem terapêutica. Apesar da complexidade do tema, foi escrita num estilo agradável e de fácil compreensão, sem exposições cansativas ou muito técnicas. Partindo da premissa de que o ser humano é um princípio espiritual que tem sua existência numa sucessão ininterrupta de nascimentos e mortes, são explicados alguns temas principais.

RELIGIÕES, IGREJAS E SEITAS MUNDIAIS / Gilberto Barbosa da Silva

A obra apresentada pelo Gilberto Barbosa da Silva é uma reflexão de alguém que se preocupa com o seu semelhante, até porque somos filhos de um único Pai, que é DEUS. Ao analisar as religiões sem criticá-las, apenas refletindo sobre seus ensinamentos, demonstra a sua importância como elemento indispensável para a salvação da alma. Este livro, mais um de sua autoria, é de elevada importância aos leitores, estudiosos e até mesmo os críticos do assunto, proporcionando um verdadeiro amadurecimento moral da humanidade, contribuindo ainda para o aprimoramento espiritual ao estabelecer um diálogo vital e respeitoso entre os povos e seus credos.

RETALHOS DA VIDA / Regina Simões Angelo

A vida de cada um e de todos nós e como colcha de retalhos; como veste de palhaços mesmo roupa de espantalhos! Retalhos multicoloridos, multifacetados até estampados. Nenhuma vida só de branco se veste nem de puro ébano se tece num fio feito de aço, que nunca se interrompa... Assim, os retalhos de nossos sentimentos. Ora vermelhos, ora cinzentos; azuis, alguns julgamentos; outros, densos retalhos de lã... Somos revestidos desses retalhos, novos ou velhos, alegres ou tristes. Bem ou mal costurada, sua vida em versos vai aqui representada, nesses retalhos de poesia.

REVOADA / Haicais / Olga Amorim

Haikai (Haiku ou Haicai) é um forma poética de origem japonesa, que valoriza a concisão e a objetividade. Os poemas consistem em três linhas, contendo na primeira e na última cinco letras japonesas, e sete letras na segunda linha. O principal haicaísta foi Matsuô Bashô (1644-1694), que se dedicou a fazer desse tipo de poesia uma prática espiritual. O primeiro autor a popularizar o haikai no Brasil foi Guilherme de Almeida, com sua própria interpretação da rígida estrutura de métrica, rimas e título.

Sobre o livro REVOADA: "São Haicais deliciosos. Olga Amorim é uma poeta brasileiríssima e surpreendente. Se for descoberta pelo grande público, séra uma Cora Coralina para o século 21. Seus outros livros são tão bons quanto este."

(Antonio Bivar, 64, Jornalista e Dramaturgo).

REVOLTA DOS ANJOS / Diva Pavesi

“Hendrika não podia gritar. Ele tapou a sua boca com força, impedindo-a de respirar. Com força brutal, o anjo revoltado e o monstro lutaram. Ela pedia, em pensamento, para morrer; ele, monstruosamente, a impedia de gritar e se defender.” Quarenta anos de silêncio se passaram: o tempo justo e perfeito para perdoar e, enfim, guardar preciosamente toda a revolta e  o sofrimento numa das gavetas da escultura de “DALÍ”! Dali, sairão somente as cinzas que restaram no anonimato durante quatro décadas. Elas não têm mais o perfume do terror, da dor, da angústia, do medo de ver a minha mãe morrer!... Esse preço injusto, eu paguei muito caro, e, hoje, deixo o “silêncio” de ouro, transformar-se em palavras de “prata”, para, finalmente, me liberar do peso da inconsciência das almas penadas! Uma singela e simbólica homenagem ao perdão e aos perdoados. Vivo numa luta incessante ao combate da injustiça e da violência.

RH EM QUESTÃO / Paulina Ribeiro Barbosa

R.H. Em Questão retrata, de forma simples, o cotidiano das pessoas que atuam nas diversas áreas que compõem uma organização, trazendo à reflexão assuntos como os prejuízos da intriga no ambiente de trabalho; a importância da amizade; o comprometimento com a carreira profissional; a combinação das competências técnicas aliadas às experiências; a leitura como ferramenta de trabalho; a preciosidade do tempo; a descontinuidade de gestão e falta de visão estratégica; os conflitos existentes entre funcionários de carreira e os comissionados, aspectos que prejudicam o andamento do serviço na administração pública.

RIMAS, VERSOS E TROVAS / Francisco Martins Lopes

Nas palavras do autor: "Este é meu sexto livro publicado, e quero que seja diferente... Poderá até ser complicado, seja como for estarei contente. Às vezes nos livros que escrevi, alguma poesia ou verso aparecem mas neste completo a falta que senti porque os caros leitores merecem. Saber que pessoas importantes leram meus livros é gratificante, receber elogios a todo instante. Agradeço a todos de forma brilhante. Agradeço àqueles que meus livros leram, à esposa, filhos e a todos os parentes e que minha mensagem entenderam. E às pessoas que hoje estão ausentes. Nas horas vagas fui rascunhando a lápis, caneta e papel qualquer, com muito carinho fui transformando estes versos para aquele que aprouver."

SÁBIO É AQUELE QUE ESCUTA PARA CORRIGIR SEUS ERROS / Luzinete Gomes

Este livro em poesia e prosa mostra como a vida é uma escola. Você vai descobrir:
– Porque as pessoas não conseguem mudar
– Como parar de viver no passado
– A patologia do egoísmo
– Ter necessidade não faz de nós pessoas carentes
– Seja como as crianças, mas não seja infantil
– Limpe primeiro seu interior, depois todo seu corpo ficará limpo

SAULO / Ad Rocha

saulo saulo por que te persegues? Entender a deslógica da cidade transformada em confusão de imagens / sons / dialetos / vida miscigenada / fé ecumênica.

Ad Rocha - Nasceu em Fortaleza (CE). Estudou artes plásticas e cursou o Conservatório de Música Alberto Nepomuceno. Ainda em Fortaleza, musicou peça de teatro e gravou na TVE do Ceará dois especiais de música, além de participar de festivais em Fortaleza e Brasília. Reside em São Paulo desde 1988. Musicou a peça “A Lenda de Rufos” em 1995, com direção de Nic Nilson, escritor e diretor de teatro. Fez o curso de literatura Beat com o poeta Roberto Piva. Faz parte da União Brasileira de Escritores (UBE).

SENSIBILIDADE - LINGUAGEM DA ALMA - 2ª EDIÇÃO/ Seiji Yokoyama

“A nossa existência tomará outro rumo se entendermos que a Vida colocou em nossos corações a capacidade de transformar desertos áridos em planícies verdejantes”. “Aprimorar a expressão de nosso sentir nessa breve passagem humana é o compromisso com a Vida. Essa é a forma mais construtiva de agradecermos por estar aqui e, ao tornarmos pessoas melhores contribuímos na melhora da vida nesse Planeta”.
Seiji Yokoyama, coordenador da Associação SER, que tem como objetivo contribuir na melhora da qualidade de vida no planeta através do aprimoramento pessoal. Terapeuta do auto-reconhecimento há mais de três décadas, dedica-se à construção da ponte entre o sentir e o pensar, ligação que sintoniza à paz, ao amor e à felicidade. É autor do livro “Sensibilidade – Linguagem da Alma” em sua 2ª edição ampliada.

SENTIMENTOS DE UM POETA / Needson Silva

Sentimentos De Um Poeta de Needson Silva contém: contos, poemas, poesias, versos e frases. Um livro que fez esse humilde poeta colocar para fora um amor oculto. Sentimentos nobres que fazem um homem sentir-se amado por uma mulher eternamente especial. Nesse livro você vai ler também muitas críticas. Por um Brasil melhor, um Brasil com mais justiça e dignidade para seu povo. Elas foram escritas porque o autor ama seu país e não ficará calado ao ver tanta corrupção, tanta injustiça e tanta falta de caráter de governantes inúteis. Mas, acredita nos governantes que têm honra, que têm caráter e que um dia fará desse país uma grande nação.

SERENDIPIDADE / Ricardo Uhry

Por meio de um jogo das máscaras, no livro I de “Serendipidade” apresenta-se a história de Caco, Mirandelo, Sheila e outras pessoas. No fundo, trata-se de máscaras que assumimos na vida e o leitor se vê diante de um desafio de buscar a face verdadeira. Os diferentes focos narrativos vão criando um quebra-cabeça, que compõe o jogo da vida, que envolve diversas personas e desafia o leitor, que, de repente, percebe-se parte do jogo, em que se busca fazer descobertas, que acontecem por acaso, por sorte, e que parece não ter fim. Qual o próximo lance? Quem realmente somos? As quinze hilaritas se entrelaçam e compõem um romance polifônico, em que se está a instigar a percepção do leitor, que se vê de repente em busca da “máscara sagrada”. Conseguirá vencer o desafio? Fará as descobertas?

SERIA CÔMICO SE NÃO FOSSE TRÁGICO / Hélio Rubens Batista Ribeiro Costa

Em Seria Cômico se Não Fosse Trágico, Hélio Rubens Batista capta tudo com uma destreza tamanha que leva o leitor quase à perplexidade. E tudo conta como quem narra um fato qualquer, despretensiosamente. Só que estas criações não ficam nas histórias pelas histórias, que se banalizariam em si ou fluiriam para o anedótico inconsequënte. Aqui as palpitações são outras; aqui o dedo do artista da palavra está presente; aqui o disfarce, que pulsa mais forte, caminha em subjacência. Então, em todo este colar pequenas peças literárias límpidas fulguram com intensidade, porque nasceram de um ficcionista brilhante. Obra multifacetada dentro da ficção moderna, onde treliçam, como espírito de novela, bela abertura narrativa ou descritiva, o conto, o miniconto e o microconto.

SEU FERNANDES, EU FERNANDES / Clemente Fernandes de Oliveira

Seu Fernandes, Eu Fernandes de Clemente Fernandes de Oliveira conta a história de um imigrante português, lavrador de profissão, e de seu filhos, sua luta pela sobrevivência, contra as vicissitudes da vida, contra seu humor, contra as posturas da maioria das pessoas, para exercitar uma forma de ser diferenciada, onde a tônica era a honestidade, o caráter, a dignidade, princípios rígidos e até intolerantes, mas afáveis, centrados num propósito claramente definido: tornar-se um pai inesquecível, fazendo dos filhos homens e mulheres na expressão exata do termo.

SIMPLES VERDADES... - 2ª edição / Isaias Munhoz

O livro Simples Verdades do autor Isaias Munhoz contém informações que orientam e conduzem a uma vida feliz, próspera e abundante, transformando-nos em pessoas especiais e vencedoras. A proposta desde pequeno livro está em prestar informações das coisas consideradas positivas.

SISTEMA FINANCEIRO DE HABITAÇÃO - 12ª Edição / Sebastião Moraes da Cunha

Este livro está sendo escrito com o propósito de ajudar as pessoas que são mutuarias do sistema financeiro da habitação a se libertarem da opressão que estão enfrentando, em razão do aumento abusivo no valor das prestações, como também, em razão do aumento abusivo no valor do saldo devedor dos seus financiamentos.O sistema financeiro da habitação foi criado para ser uma grande bênção, no entanto,tem se transformado em uma grande maldição do ponto de vista do seu destinatário final, ou seja, o mutuário que tem passado por um grande pesadelo quando não consegue pagar suas prestações em dia, e/ou quando não consegue quitar o saldo devedor no prazo previsto. O sonho da casa própria é sagrado, e faz parte dos direitos básicos do cidadão previsto na Constituição Federal de 1988, e como tal deveria ser tratado com toda atenção pela área competente do Governo Federal, no entanto, a cada dia que passa os mutuários tem vivido grande pesadelo.

SOB AS ASAS DA AURORA - 2ª edição / Lucília Junqueira de Almeida Prado

Este livro é História ficcionada, pelo andamento narrativo de mais de seis décadas, e é romance, dentro dos gêneros literários, de excelente criatividade e envolvência, pela trama (ou tramas) bem urdida entre as personagens, que vêm do passado, albores do século que passou, ese irradiam e se ampliam com as novas gerações. O fio condutor parte de um pequeno grupo de imigrantes japoneses, da segunda leva, que vieram para o Brasil no início da segunda década do século que passou, deslumbrados com a miragem de aqui enriquecerem e voltarem à terra natal. Descreve a viagem, a chegada ao Brasil, as hospedagens precárias, os deslocamentos para o interior cafeeiro, os castelos de cartas ruindo diante da realidade doída, as febres... Ela conta tudo aquilo que os documentos frios não contam, eis que conta por dentro, como só ficcionista de pulso, que conhece esse mundo de perto e de perto viveu, como a autora é capaz de contar. Lucília traz na sensibilidade o que viu de tão perto, nos períodos de sua vida interiorana.

SOBRE A VIDA E O TODO - AFORISMOS E REFLEXÕES / Claudinei Andréa

SOBRE A VIDA E O TODO - Livro de cunho filosófico cujos textos tratam de diferentes temas; uma mistura eclética – um tanto bizarra – entre Nietzsche, Descartes, Heráclito, Pitágoras, Cioran, Prigogine, etc, escritos em estilo aforístico. São textos de filosofia daquela maneira antiga, nada que lembre teses e monografias. O autor coloca-se como um pensador pré-socrático tardio (fora de seu tempo, portanto) que resolve escrever coisas sobre esse mundo de agora de uma maneira própria; não preso a correntes, ideologias ou religiões. Os textos (433 ao todo) estão interligados, compondo um corpo filosófico dividido em duas partes. Na primeira é apresentado um método e na segunda, três teorias. O método (cap. I a V) se refere ao uso de categorias (categorias seriam conjuntos de idéias, ou elementos desses conjuntos).

SOL A PINO O DIZER DE COISAS / Adriano Alves

Agora nos chega este Sol a pino que se mostra desde o início como um livro que se aproxima nos indicando que no dizer de coisas, o espanto vira poesia onde o principal a ser ouvido é o dizer que as coisas dizem. Ora, efetivamente é assim que a poesia trata as coisas do pensamento, do cuidado, do espanto. Percebendo sempre poeticamente que é a partir do dizer das coisas que nos chega seja lá o que for do que seja real.

SOMBRAS DO CREPÚSCULO / J. J. Macedo

Macedo, mais uma vez, brinda os amantes da poesia com uma obra que dispensa qualquer tipo de comentário. Não se trata de uma sucessão de textos, é muito mais do que isso: voz que já nasce com cara de grito. Sombras do crepúsculo retira o véu do silêncio que ecoa no peito e questiona: haverá outro amanhã? De acordo com as palavras do autor, quando ele escreve, sente a aflição e a solidão na face de cada palavra. Sabe que a poesia nasce da alma da solidão e quando a solidão fala, tudo silencia e nasce a poesia. José João de Macedo, nasceu em Serra Dourada, na Bahia, 1953. Formado em Letras pela Universidade de Guarulhos (UNG) e Pedagogia pela Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Guarulhos (FIG) é Professor de Língua Portuguesa e Literatura Brasileira e Diretor de Escola.

SONHOS E FANTASIAS NA POESIA / José Alberto Dantas

Este livro é sonhado desde a minha primeira poesia aos 14 anos, quando minha angústia era infinita e lutava com lágrimas que não vinham.  Estou agora com 56 anos e faz 10 que ensaio esta publicação. Sou apenas um homem romântico, à antiga, não me considero um escritor ou poeta, simplesmente adoro poesias. Neste livro eu queria contar parte da minha história, uma biografia resumida, simplificada, intercalada com poesias vividas e imaginadas ao longo da minha vida, no entanto não é tão simples assim.  As dúvidas foram muitas: o que priorizar?, o que é mais importante?, qual a minha verdadeira essência... A fantasia e a realidade num homem sonhador se entrelaçam de tal forma que a opção de manifestá-las se confundem. Todos os sonhos são reais.

SONHOS SONHADOS SONHOS REALIZADOS / Odete de Godoy

Uma viagem às profundezas da mente, levando um farol de luz a incidir sobre o poder oculto adormecido, que o fará despertar fortalecido e revigorado, para o uso consciente do eu-personalidade, que o terá, então, à disposição para a realização de seus ideais. A simplicidade com que o tema da Visualização e da Meditação é apresentado nesta obra, torna as instruções acessíveis a todos os que querem desenvolver suas capacidades de criar com a mente. O intuito principal da autora ao escrever este livro foi insuflar interesse, dinamismo e vontade de buscar no próprio interior a força e a luz sempre imanentes e sempre disponíveis a todo ser para a sua realização e sua felicidade. E nesta busca, através da interiorização para os assuntos pessoais, quem sabe não se poderá conhecer a LUZ MAIOR que desde sempre esteve a espera de ser procurada e reconhecida em seu templo mais sagrado: O SEU PRÓPRIO SER.

SUICÍDIO - Trama da Comunicação / Marcimedes Martins da Silva

O leitor deste livro deve estar consciente do quanto este tema pode envolvê-lo emocionalmente. Quem de dispõe a estudar o suicídio deve saber dos riscos a que leva tal tarefa. O estudo do tema já produziu como vítimas alguns dos próprios pesquisadores ou se tornou causa da morte de familiares de estudiosos. Trata-se de uma dissertação na área de Psicologia Social partindo do pressuposto que o suicídio é um gesto de comunicação e de transformação, devendo ser estudado sob a ótica psicossocial, considerando as representações do suicidado manifestadas através de bilhetes que escreveu e presentes também em fotos tiradas de sua pessoa após o suicídio. O presente trabalho revela a possibilidade do suicídio ser visto como ato político através do qual o suicidado busca recuperar a imagem do homem ativo e capaz de influenciar a realidade.

SXIN SURRENDER / Tatiana Delgado Gadelha de Souza

Após a morte dos pais, Sxin Surrender se muda para a casa da avó, onde pretende esquecer o passado e começar uma nova vida. Mas as coisas não vão tão bem assim e, para a tristeza do garoto, elas tendem a piorar. Quando descobre que está correndo perigo, ele e seus amigos se envolvem em uma enorme aventura, na qual vão descobrir que só os nossos olhos não mostram tudo o que podemos ver... Tatiana Delgado Gadelha de Souza, nasceu no dia 10 de abril de 1995, em São José dos Campos, Brasil. Uma das coisas que mais gosta de fazer é ler! Ainda mais escrever! Escreveu SXIN SURRENDER aos 12 anos, graças a um trabalho escolar... Mas esta é outra história!

TABACOS E CACHIMBOS: de Cristóvão Colombo até Hoje / Alfredo A. Maia

Tabacos e Cachimbos foi escrito como o intuito de condensar em um único lugar, de forma lógica, ordenada e agradável de ler, uma parte das informações colhidas pelo autor ao longo de  quatro décadas como fumante de cachimbo. O livro tenta acrescentar algo muito pouco que já foi escrito no Brasil sobre o tema.
Este livro pode ser visto como uma fonte de informações para aqueles que desejarem saber mais sobre tabacos e cachimbos ou como um guia de referência para aqueles que quiserem aprender a fumar cachimbo.

TALENTO BRASILEIRO EM PROSA E VERSO / Rebra

O Talento Brasileiro em Prosa e Verso é a sexta antologia produzida pela REBRA - Rede de Escritoras Brasileiras - e magnificamente organizado por Joyce Cavalccante.
O livro apresenta uma enorme diversidade. A procedência das escritoras vai do Amapá ao Rio Grande do Sul. Além disso, o gênero mulher passeia por uma pluralidade de gêneros literários: conto, poesia, ensaio, crônica.

TEMPO DE BAILE / Antonio Mourão Cavalcante

Cuidado Irmão, Diz-se que a menor distância entre dois pontos é uma reta. Esse princípio é válido, unicamente, para a Geometria. A vida há que ser uma dança, alerta o filósofo, onde os passos valem mais que a chegada.

No TEMPO DE BAILE descobri um badalar diferente das horas. Das cinzas das horas. Ou do renascer. Juntando cacos e retalhos, eis-nos "mesa posta". Na incerteza de ser, começamos o longo caminho que nos leva à esperança. Vida há sim. E plena. E depois. E depois do depois...

TEORIA HORIZONTAL – ESTRUTURA ORGANIZACIONAL / Herbert Hosp

Este estudo é resultado da experiência de vários anos na prática operacional na gestão de empresas, analisando e conceituando o papel do gestor na gestão de recursos humanos como meio de atingir a eficácia de seus talentos na organização. Quanto maior é a organização, maiores são os conflitos existentes entre os seus colaboradores e os departamentos envolvidos e estes conflitos acabam por prejudicar o desempenho da organização como um todo, afetando sua operacionalidade.

TERCEIRO PINGO / Jose Franklin

"Titinoco não conseguiu suportar mais uma seca, a do ano passado ainda deu para remediar, mesmo levando em conta que no ano retrasado a colheita já não foi boa por causa de pragas, mas esta seca veio arrasadora.
Juntou a família e rumou para outro estado, foi trabalhar, de empregado, com laranjas; com muita pena abandonou o sítio, a venda de seus pertences mal deu para pagar as passagens."
Trecho do capítulo Jacarandá

TIDO O INVERTIDO - 2ª Edição / Maria Cristina Nicoletti da SIlva Mori

Tido é um menino muito sapeca, briguento, preguiçoso, teimoso, gosta de contrariar todo mundo e não aceita os conselhos de ninguém, pois acredita que seja vantajoso viver desta maneira.
Porém, aos poucos ele vai percebendo que as coisas não são bem assim: as suas atitudes erradas têm um preço muito alto e é neste momento que a nossa história começa...

TRAGÉDIA DA ILHA DAS COBRAS OU LIBERTAS QUAE SERA TAMEN? / Amadeu Cirilo

Os trabalhos enfeixados neste livro são de autoria de quem outra coisa não visa senão transmitir suas emoções, através de forma simples e despretensiosa, porém sincera e cheia de amor.
Admirador das églogas e das poesias pastorais dos chamados árcades mineiros, com Cláudio Manuel da Costa à frente, Amadeu Cirilo, retrocedendo no tempo, eis que se incorpora aos pastores, os quais, com suas flautas e seus cajados,  apascentam gados e ovelhas nas bucólicas paisagens das alterosas.

TRANCADO A SETE CHAVES / Miriam Izabel de Souza

“de amor ao próximo em tempo integral. Seu trabalho passou a ter repercussão maior, em todo Brasil, a partir do programa ‘O Caminho da Autotransformação’, do qual me declaro ouvinte assídua há longos anos. Beneficiada que tenho sido pelos ensinos da notável profissional que estréia nas Letras, é com alegria imensa que acompanho o ‘parto’ de Trancado a Sete Chaves, o livro que foi escrito na sagrada intenção de nos mostrar a saída dos nossos labirintos existenciais. Muito se tem dito que a qualidade essencial de um escritor é a ‘precisão’ e, aqui, Miriam Izabel revela-se uma liderança das mais seguras e competentes da psicologia moderna. Impossível não se descobrir inteiramente seduzido pela linguagem, que não apenas fascina, mas principalmente porque instrui e liberta!” Heloisa Dini / Advogada, poetisa e a primeira mulher presidente da OAB do Brasil.

TRIBUTO AO TÊNIS - Prosas Tenísticas / Jorge Elmano Pintinha Bártolo

Este livro mostra como o autor conheceu o tênis e oferece uma seleção de casos curiosos na prática deste maravilhoso esporte. As narrativas são todas em linguagem simples - o que torna a leitura fácil e agradável -, sempre envolvendo o tênis. Além dos fatos, o leitor é presenteado com muita informação dos lugares onde os mesmos ocorreram. Nascido em Portugal, Jorge veio para o Brasil com 6 anos de idade. Aqui sempre estudou, formou-se em técnico em contabilidade e em transações imobiliárias. Também graduou-se em Direito. Foi bancário, comerciante e nos últimos anos dedica-se ao ramo imobiliário e a advocacia. É casado com Inez da Anunciação Ventura Bártolo, com quem teve dois filhos, Georgia e Jorge Junior. Os filhos deram-lhes duas netas, Valentina e Isabella, respectivamente.

TRIVANDRUM - A Aurora / Yonne Sophia Forcellini

O espelho e o contra-espelho. Na abertura do livro a autora informa que aprendeu a amar a Índia “através de vários caminhos, que se entrelaçaram”. Adquiriu, em cursos, leituras, amizades, viagens, uma gama de conhecimentos e uma vivida paixão pela sua civilização, dos primórdios aos nossos dias, e traz ao vivo isto, uma estória fascinante e ficcionada, em visão impressionista e sensível, que leva o leitor a sentir e palpitar com o descortinar dessa civilização multi-milenar e a palmilhar os caminhos com os mesmos sinais sensíveis de espiritualidade que permeiam a alma dos seus filhos. Tudo é exposto em pulsação dinâmica, sem deslizes didáticos, que falseariam a ficção, centrada na capital paulista e alcançando o país distante.

TUDO POR CAUSA DO SOL / Nilze Costa e Silva

As histórias, casos e diálogos narrados em Tudo por causa do Sol foram escritos como quem joga uma pedra na água parada de um lago. Formando ondas rotundas, as palavras vão se toldando em círculos de pensamentos, lembranças e meditações. Ninguém conta uma história que não tenha sido um pouco verdadeira, mesmo que seja inventada. Considerando-se um ser em passagem pela Terra neste breve espaço de tempo e sendo testemunha visual, oral e sensorial das peripécias de alguns de seus habitantes, a escritora Nilze Costa e Silva resolve recriar algumas aventuras vividas pelo ser humano neste planeta onde habita, trabalha, se relaciona e constitui família. Em alguns momentos dialoga com alguns destes seres, aconchegada no silêncio providencial do espaço que lhe foi legado. Determinadas histórias são tristes, outras alegres. Algumas chocantes, mas outras hilariantes.

ULTREYA! / Genivaldo da Silva

Demonstrar o cotidiano de um peregrino a caminho de Santiago de Compostela num percurso de aproximadamente 800 km no norte da Espanha é a proposta deste diário. No percurso, a pé, vislumbram-se as províncias espanholas de Navarra, La Rioja, Burgos, León, Palência e Santiago de Compostela. Apreciando toda a pujança de sua cultura e gastronomia haverá sofrimento na travessia dos Pirineus e do Cebreiro, mas prevalecerá a espiritualidade marcante nos diversos templos religiosos e nas belezas da natureza na Galicia.

UM AMOR EM DOIS TEMPOS / Adriano Candido Mazzeu

Na época entre 1940 e 1950 um mundo mais simples que  atual, diferente, quando não havia tanta corrupção e as pessoas podiam progredir por seus próprios méritos. Infelizmente, também, tempos de guerras provocadas por lunáticos na Europa e aqui acompanhadas por um governo ditatorial. Um jovem que embora sofresse grande revés, por seus próprios méritos supera tudo de ruim que lhe aconteceu. O enredo mostra as duas fases por que passou o personagem principal. (A. C. Mazzeu).

UM CASO INTRIGANTE / Sandro Mello

Henrique Gilbert Mattias Sallt, é mais conhecido como Henry Gilbert. Desde pequeno sabia que seria policial. Aluno do Pedro II, em São Paulo, formou-se em técnico contábil. Na Faculdade de Filosofia da UERJ sentiu crescer sua vocação. Assim que terminou os estudos fez prova para a Polícia Civil passando entre os primeiros colocados. Um ano depois prestou concurso para a Polícia Federal. Também passou entre os primeiros cinco colocados. Três anos depois ganhou a alcunha de "cuca-brilhante" e sua fama espalhou como em um rastilho.

UM DEMÔNIO CHAMADO MULHER / Lé (Alfredo José Assumpção)

Este livro, dividido em oito partes, sendo que a primeira vem a ser o prólogo que busca sinalizar a temática geral da obra - o binômio Amor-Mulher - não é somatório de blocos estanques. O binômio é o núcleo detonador, caleidoscópio que gira e gira em múltiplos focos de espelhos e contra-espelhos deste tema arrebatador. Se o Amor por si, é a essência da vida, carregando consigo (desde que o mundo é mundo) vendavais e auras acariciantes, a Mulher, por seu turno é - dentro dele e por causa dele - a deusa que sobe aos céus e a força demoníaca que desce aos infernos.

UM DIA FALARAM QUE EU ERA UM POETA / Gasparino José Romão

Quando fala o coração e chega a saudade, na insegurança das pancadas do mundo, resta-nos, tão somente, rever na sensação das emoções sentidas, os sonhos que se naufragaram nas revoltas marolas do oceano da vida...
Então, a alma solitária deixa para trás tudo que não volta e, olhando a solidão e o vazio do instante, de forma pessimista, quando sente tão somente o vácuo do pensamento contrito, entende que tudo isto aqui é assim e, no solitário momento, numa noite calma, brota-se-nos do peito um mar de lágrimas que nos retém extáticos no mesmo lugar.

UM FILHO DAS MONTANHAS / Pedros Felício Zimmerman

O livro é o auto-retrato do autor e o resgate da memória da família Zimmermann, seus agregados, os benfeitores e os amigos. O amor – que alguns acreditam ser destino – uniu duas pessoas – Claudete e Pedro – e por conseqüência duas famílias – Toniceli e Zimmermann. O sentimento foi tão forte que a longa distância – os mais de 600 quilômetros entre Jaraguá do Sul (SC) e São Paulo (capital) – não impediu que a união se concretizasse.  A obra que aí está é fruto da sugestão e incentivo de minha esposa, dos nossos quatro filhos e dos amigos. Na minha infância, o contato direto com a exuberante, luxuriante natureza de Jaraguá e seu posterior desenvolvimento industrial, cultural e artístico despertaram em mim um ufanismo atávico que resultou numa exaltação e louvação a esta terra, com palavras de força de expressão muito aquém do mérito dessa cidade que se projeta no cenário catarinense, ao lado de Joinville, Blumenau e a capital.

UM MENINO BOM DE BOLA / João Luiz do Couto

De acordo com Celso Luís dos Santos, ao ler "Um Menino Bom de Bola", ele teve a impressão de estar lendo um livro de memórias, não que o seja; mas conhecendo o autor e sua história, bem que pareceu. Um Menino Bom de Bola é a história viva de alguém (o autor) que teve infância pobre e que não lhe faltaram dificuldades para conquistar o que queria. O Melquíades poderia ser ele mesmo, ou qualquer garoto, pobre ou não, quando começa a conhecer o mundo, ampliar seus horizontes, conquistar liberdade e paixões. A obra é ficção, mas qualquer um pode se ver nela.

João Luiz Pereira do Couto, nasceu em São Félix do Araguaia (MT), em 11 de janeiro de 1967, viveu até os 17 anos acompanhando a mãe, morando na zona rural. Andava a é muitas vezes por oito quilômetros para chegar à sala de aula. Com os peões trocava publicações de "Histórias do Velho Oeste Americano", em formato de bolso. Costumava ler um enquanto uma vela derretia por inteiro.

UM OLHAR SOBRE A PROSTITUIÇÃO MASCULINA / Andresa Martins Vicentini

O presente livro teve início com a pesquisa para o trabalho de conclusão do Curso de Direito orientado pela advogada, psicóloga e hoje coordenadora de TGI do Curso de Direito do Mackenzie, Doutora Lia Pierson, ele é fruto de um primeiro impulso de uma pesquisa acadêmica, que afinal transformou-se num repertório emocionado de depoimentos colhidos ao longo dos anos, e um emocionante livro sobre o polêmico tema da prostituição masculina. 

UM OLHAR SOBRE A VIDA - Dos Dissabores e da Beleza / Lenilda Almeida Valença Reis

Procuro mostrar o que vejo na vida, de acordo com os olhos da esperança, do otimismo, da alegria e da fé. Agradecendo sempre, aquilo que temos, por tudo que está aí, ao nosso redor: família, trabalho, amigos e a natureza (que é maravilhosa, e de tão acostumados com ela, achamos tão natural que não lhe damos o devido valor, passa despercebida, e acho que não devemos deixar isso acontecer, é preciso enxergar sempre a grandiosidade do espetáculo que ela nos oferece, e gratuitamente!) Por outro lado, há todo um conjunto negativo, incluindo a doença, as injustiças sociais em geral, com as quais de forma alguma, devemos nos acostumar, procurando inclusive, nos informarmos, lermos,nos atualizarmos, pois só assim se abrirão maiores possibilidades, em todos os campos, do pessoal ao profissional.

UMA VIDA E DOIS DESTINOS / Ivan Simião de Souza

Alexandre Gomes Faria é um advogado criminalista que tem como aliada a corrupção.
Ele vive intensamente o seu presente sem se importar com o amanhã. Ele é incrédulo diante de Deus e acredita que ter dinheiro é sinônimo de poder. Numa quinta feira próxima de um  feriado prolongado de fim de ano ele, decidiu descer a serra com destino ao Guarujá. Porém uma tragédia acontece: ele dorme no volante e acaba sofrendo um acidente que o coloca em estado de coma.

UMA VISÃO UTILITARISTA DA BIOÉTICA / Gastão Rúbio de Sá Weyne

Reitere-se que que há uma incompatibilidade do utilitarismo com uma abordagem bioética fundamentada em princípios religiosos. O utilitarismo representa uma corrente filosófica de pensamento que destaca explicitamente "a função negativa de qualquer religião e as suas conseqüências prejudiciais para a aquisição da felicidade terrena", portanto, não admite uma fonte de conhecimento diferente da experiência.

UML EM PROJETOS E ARQUITETURAS DE SISTEMAS / Marcelo Correa de Moraes

Este livro tem como finalidade principal colocar pessoas, capacitadas profissionalmente, no mercado de computação. A UML (Unified Modeling Language) é a padronização das metodologias de desenvolvimento de sistemas baseados na orientação a objeto. É a forma de Análise e Projetos de Sistemas mais requisitada no mercado de Computação. O objetivo é formar o leitor como um Profissional de Análise, Projeto e Desenvolvimento de Sistemas, utilizando a UML, ou seja, capacitá-lo a trabalhar em qualquer empresa, em qualquer fase do Desenvolvimento de Software.

UN RAGAZZO, UNA GUERRA / Franco Luperi

Un Ragazzo, Una Guerra, de Franco Luperi, é a história dos anos verdes de um italiano de Livorno, vividos e relatados num átimo. Um garoto, Franco. Uma guerra, a Segunda Guerra Mundial. Para escapar à destruição, a família Luperi transferiu-se de Livorno a Portorecanati, “sfollando” na costa adriática da península. Uma guerra cinza, de um cinza azul como o céu pontilhado de aviões na visão inocente de Franco, fascinado pelas asas de guerra. Um garoto de alma azul e encantado como o Tirreno. Terminada a guerra, volta às margens do Tirreno, azul e símbolo de uma existência novamente serena. A guerra termina, a vida não. De novo na sua cidade, o garoto se introduz na casa da família por uma brecha e dos escombros recupera um velho colchão. Um episódio real, mas simbólico. Livorno vive e sempre revive na memória, assim como era antes da Segunda Guerra Mundial. Alessandro Dall'Aira.

VALE A PENA / Ricardo Betti & Ricardo Filho

“O MBA foi, sem a menor dúvida, a melhor experiência da minha vida.”
Rodrigo Martins

“Prepare-se para viver os melhores dois anos da sua vida. Vai valer cada dia que você estudou para o GMAT e deixou de dormir para escrever os applications. Pena que são só dois anos!”
Fernanda Kattar Petto

VERBO CELEBRAR / Benedito Pires Correia

O livro é formado por sonetos essencialmente religiosos. O soneto é uma forma fixa de poesia muito importante para a literatura, e o Autor como um bom admirador do assunto, se manifesta como escritor através dessa arte com palavras no seu livro Verbo Celebrar.

Benedito Pires Correia
- Nasceu no dia 3 de outubro de 1946 em Tietê (SP). Filho de José Pires Correia (Diácono Emérito da Igreja Católica Apostólica Romana) e Davina Rodrigues de Arruda Correia. Cursou o Instituto de Educação “Plínio Rodrigues de Morais” — Tietê (SP); o Conservatório Dramático e Musical “Dr. Carlos de Campos” — Tatuí (SP); Pedagogia, na Faculdade de Ciências e Letras de Ribeirão Pires (SP); Administração Escolar na Faculdaade de Filosofia, Ciências e Letras de São Caetano do Sul. Professor da Rede Pública de Ensino do Estado e do Município de São Paulo.

VERDADES SOBRE O ESPÍRITO SANTO - 4ª edição / Neumoel Stina

Neste livro você tem em mãos um conjunto de declaraçoes sobre a terceira pessoa da divindade, o Espírito Santo, que para o autor Neumoel Stina e de acordo com a Bíblia Sagrada, é Deus. Conhecer a pessoa do Espírito Santo, Seus atos maravilhosos conduzindo a Igreja do Senhor, é uma das experiências mais emocionantes da vida religiosa, e isto está amplamente retratado no livro. Muito significativo também é viver a nova vida no Espírito Santo.o livro explica sem polenizar muitas coisas verdadeiras que podemos e devemos saber sobre o Espírito Santo.

VIAGEM FRÁGIL / Lourdes Leite

A marca que define, ou seja, o diferenciador entre uma obra literária e uma simples confissão, é a aptidão natural para a recriação da vida. Daí as experiências pessoais passam a ser apenas a substância bruta para a invenção de um universo paralelo, esse que chamamos arte.
Arte é portanto o livro Viagem Frágil de Lourdes Leite, obra cujos originais acabo de ler, com a incumbência de prefaciá-la (...). É o primeiro livro individual dessa autora, com experiências editoriais anteriores apenas coletivas.
Nas páginas de Viagem Frágil a principal personagem não tem nome. Ela é apenas um conceito de sofrimento que se conformou em sê-lo. É fatalista. É impotente.

VIOLA FERIDA / Carlos Roberto Santos Araujo

Carta à minha mãe - Cerzideira de lavras e palavras, costureira do ardor e da memória, Remendavas os dias prisioneiros dos bordados. No interior de tua solidão sem lágrimas, Desafiavas o alpendre, Elevavas torres orgulhosas, A céus nem sempre unânimes, Pois trânsidos de nuvens. Relâmpagos cintilavam nos teus olhos, E chuvas molhavam-te os lábios pressurosos, De vinho purpúreo, Sabendo a sangue de martírios e avelãs. Chegou-te então a hora dos destroços, Teu corpo se quebrou sobre teus próprios ossos, As estruturas da casa saltaram, Nos ares, aos pedaços. O telefone rompeu o silêncio da madrugada, Anunciando o fim da tua longa espera. Agora que o sol da tua pele dissimula os últimos revérberos, A noite desce sobre os arrozais dos teus cabelos, Dissolve os campos de ontem, transforma em cinza o trigo do teu ventre. Teu corpo se verga como folha seca, Não mais respira, pelos poros dos instantes, O ardor violento do dia que se esvai, Enquanto a tua fronte se eleva lentamente às dimensões perenes, Como rosa colhida na manhã da véspera".

VIRANDO PÁGINAS / Suzana da Cunha Lima

A protagonista dirige uma creche para crianças pequeninas. Tem mais de 60 anos quando o marido falece. Ela não quer viver sozinha. Não tem vontade de ir a barzinhos ou baladas, assim resolve entrar nos sites de relacionamentos da Internet em busca de outro companheiro. Este é o ponto de partida deste romance sensível que aborda um tema controverso como a sexualidade na idade madura. O livro captura o interesse do leitor através de uma linguagem coloquial bem saborosa, por vezes erótica, levando-o a caminhar junto com a heroína, vivendo suas experiências, amores e desamores, encontros e desencontros e "torcendo" para que haja um final feliz. Seu encanto reside justamente nesta cumplicidade, onde o ponto e contraponto são representados pelos universos masculino e feminino, cada um com seus próprios desejos e sonhos.

VISÃO HUMANISTA DAS OPERAÇÕES UNITÁRIAS NA PRODUÇÃO DE MEDICAMENTOS E ALIMENTOS / Gastão Rúbio de Sá Weyne

Uma incursão no futuro mostra que se faz necessário, por meio de uma faculdade inventiva e de talento, associar a arte, a ciência e a técnica de bem conjugar os conhecimentos científicos inerentes às operações unitárias para a produção de medicamentos e de alimentos. Exige-se, para tal, a viabilidade técnico-econômica dos processos produtivos, visando fabricar novas utilidades ou transformar a natureza, em conformidade com idéias judiciosamente planejadas. Desta forma, os pesquisadores desta área de estudo e pesquisa devem fugir da neutralidade, cultivar o pensamento crítico e aceitar a teoria da complexidade, buscando, de algum modo, transformar a sociedade atual, marcantemente injusta e claramente desigualitária.

VIVENDO E APRENDENDO / Rita Rios

Quem encara a jornada de subir uma montanha sabe que o sucesso de sua empreitada depende do que carrega em sua bagagem. Ela deve ter somente o necessário para que haja condições de enfrentar a escalada, se adaptando às mudanças que possam ocorrer ao longo do caminho. O mesmo ocorre com a bagagem interior que carregamos pela vida. Devemos selecionar o melhor para carregar. Tudo o que possa dificultar a nossa vida deve ser descartado. A vida se recicla, nós precisamos fazer o mesmo. É vivendo e aprendendo com a vida e colocando em prática o que aprendemos que fazemos a nossa própria reciclagem. Vivendo e Aprendendo - A Reciclagem da Vida representa o início de uma nova carreira e tem por objetivo oferecer uma nova perspectiva de vida para os que o lerem.

VOCÊ PODE SER O LIDER / Paulo Nascimento

Esse livro foi escrito para você que sente, no fundo de seu coração, que tem potencialidade para ser não apenas um líder, mas sim, um verdadeiro líder. De maneira objetiva, a obra cumpre o que promete, e mostra às pessoas menos esperançosas que elas podem liderar, pois ao mesmo tempo em que convence o leitor de que ele pode tornar-se o líder que nasceu pra ser, também mostra como chegar lá. Na liderança não há limites, e, Paulo Nascimento, tem provado isso. Não apenas por ter se tornado o verdadeiro líder que é, mas, muito mais por sua habilidade em reconhecer, treinar e levantar novos líderes.

Voltar Topo Enviar a um amigo Imprimir Home