A ARTE, A CIÊNCIA E A POESIA / Jondoalbi C. de Mello

O livro A arte, a ciência e a poesia expõe de forma clara e sucinta o desejo ardente de escrever do autor, que teve pouco tempo de estudo. É com o olhar do coração que ele cria esta obra-prima, retratando através dos versos o itinerário de um ser em busca de seu próprio saber. Quando me convidou para apresentar o presente livro de poemas, cujas derradeiras páginas acabo de ler, devo confessar que hesitei, por escrúpulo, em aceder a tão honroso convite.

& / Sebastião Ribeiro

& de Sebastião Ribeiro, ainda que lide com diferentes formas de ver, pensar e sentir, carrega unidades: é sobre incompletudes e complementos; é sobre adições, consequências e adversidades que seguem o ato de nos revelarmos pela Arte – ou simplesmente, nos revelar; é sobre o pragmatismo consumista e tecnocrático desses dias nos poluindo e encruando o sangue... É sobre laços, intersecções, asterismos dos entendimentos, dos motivos que nos unem e ao mesmo tempo nos arremessam na incerteza – essa que, ganhando forma em objeto artístico e se unindo a outras incertezas e estranhamentos de quem lê, adquire mais um caráter de tentativa de compreender o outro do que somente o aspecto de mera confissão.

10 CONTOS DE NATAL / Gilberto De Nichile

O Natal é época de festividades e comemorações, mas também é palco de histórias inusitadas como as enfocadas pelo autor. Gilberto de Nichile Jornalista e psicólogo. Autor do livro de contos O sorriso de Gioconda e das peças teatrais O casamento do filho único e Encontro casual.

111 BOAS PALAVRAS PARA A SUA VIDA / Ana Vitória V. Monteiro

Sobre a obra 111 Boas Palavras Para a Sua Vida de Ana Vitória V. Monteiro - O xamanismo é de tradição oral, portanto ninguém compilou exatamente o que os xamãs ou pajés disseram e dizem nas aldeias; mas, quem ouve, repete de geração à geração, sem, na maioria das vezes, identificar quem disse, nem quando disse. Através de relatos orais de sabedoria, ficamos sabendo de diversas frases, ouvidas da boca de vários xamãs ou pessoas sábias; às quais seria muito difícil dar crédito de autoria, pela distância no tempo ou por terem se tornado domínio público.

1875 - MISSÃO AO FIM DO MUNDO / Afrânio Barbosa de Souza

História e ficção desenvolvem-se, no percurso narrativo, em estrutura pertinente ao tema. Personagens, fatos e datas reais entremeiam-se à narração criativa e a linguagem flui com a precisão de quem sabe lidar com a palavra. A pesquisa profunda, extensa, de Afrânio Barbosa de Souza permite-lhe a referência e citação de personagens e fatos reais que alicerçam o desenvolvimento da narrativa.

303 PERFUMES PARA PROVAR ANTES DE MORRER / Daniel Barros

Cansado de passar horas em perfumarias de shoppinge duty frees sem conseguir encontrar o SEU perfume? Você não é o único. Somos todos diariamente bombardeados por anúncios e atacados por um exército de vendedores. Marcas, frascos e celebridades que comunicam muita fantasia e cumprem poucas promessas estão por toda parte. O objetivo deste livro é mostrar de maneira didática as diversas possibilidades do mundo da perfumaria feminina.

500 ANOS DE ANGÚSTIA / Olívio Jekupé

Sou natural do Paraná, atualmente moro na aldeia krukutu, em São Paulo. Estudei Filosofia na USP por quatro anos o que me ajudou muito a ter conhecimento. Trabalhei como professor em Curitiba, em 1991, e em Osasco, nos anos de 1992 até 1996, já em 1998, trabalhei como professor na aldeia Laranjinha no Paraná. Também sou palestrante há mais de 20 anos, nas quais gosto de falar sobre a questão indígena, os problemas sociais e a literatura nativa.

A ARGUIÇÃO DE DESCUMPRIMENTO DE PRECEITO FUNDAMENTAL Nº 54 E A PERSONALIDADE CIVIL DOS ANENCÉFALOS / Marcelo Matias da Silva

A Arguição de Descumprimento de Preceito Fundamental nº 54 e a personalidade civil dos anencéfalos é uma obra que aborda a interrupção terapêutica do parto de feto anencefálico, a partir da decisão do Supremo Tribunal Federal que permitiu à mulher grávida de anencefálico e os profissionais de saúde realizem a interrupção da gravidez sem risco de responder por crime de aborto. Ocorre que a decisão do STF se deu na seara penal e na abordagem do autor, essa decisão também traz impacto ao Direito Civil, mais especificamente na personalidade civil. 

A ARTE DE FICÇÃO / Walter Besant

O romance moderno converte ideias abstratas em modelos vivos: ele dá ideias, ele fortalece a fé, ele prega a mais alta moralidade que é vista no mundo atual: ele comanda a emoção de piedade, admiração, e terror; ele cria e mantém vivo o senso de simpatia; ele é o professor universal; ele é apenas o livro que faz a grande massa de leitores ler a própria humanidade; ele é o único jeito que a humanidade pode aprender como os outros homens e mulheres; ele redime suas vidas de aborrecimentos, dá pensamentos, desejos, conhecimento, ele ensina a falar e enriquece os seus discursos com epigramas, anedotas e ilustrações.

A ARTE DE VENCER SEMPRE / Agostinho Vanderlei Basso

No mundo competitivo, rápido e até enlouquecido em que vivemos, todos querem ser um vencedor, porém, poucos traçam ou percorrem o caminho certo. A Arte de Vencer Sempre – o segredo dos vencedores vem trazer de forma simples e dinâmica segredos que, se forem aplicados na vida e na carreira, o resultado será simplesmente surpreendente. A metodologia aplicada neste livro fará com que o leitor possa percorrer os passos sugeridos, bem como aplicá-los nas mais diversas áreas de sua vida, seja ela pessoal, profissional, sentimental ou espiritual.

A ARTE DO EQUILÍBRIO FINANCEIRO / Paulina Ribeiro Barbosa

A arte do equilíbrio financeiro é uma produção simples baseada no cotidiano, e que pretende levar as pessoas à reflexão sobre como estão fazendo uso do salário; atenta para empréstimos consignados, crédito pessoal, uso do cheque especial, cartão de crédito, compras em promoções, refinanciamento de dívidas e o custo com vícios, entre eles o do cigarro, álcool e drogas; aborda ações sustentáveis; questiona ainda, como está sendo usado o benefício da aposentadoria por aqueles trabalhadores que se aposentaram e continuam trabalhando; e por fim, sugere o estabelecimento de meta e foco em projetos, planejamentos, práticas diárias e poupança.

A BICICLETA AZUL, O QUARTINHO E O COELHÃO AMARELO / Salette Granato

Do que se compõe a prosa deliciosa e terna de Salette Granato? (Re)folheio uma a uma as páginas que compõem este livro e a resposta me vem rápida: do cotidiano, das coisas simples e grandiosas, dos pequenos acontecimentos, das surpresas do dia a dia, das lembranças. É isso: a cronista é uma colecionadora de lembranças grandes e pequenas, do exercício de não se esquecer do que habita e habitou seu mundo interior. O cronista é, via de regra, isso: alguém que observa, guarda com os sentidos, reinventa, torna delicado aquilo que o circunda ou, então, faz a crítica e a divide com seu leitor.

A CONFISSÃO DE SANCHA / Lobo Carneiro

A protagonista da história por fatalidade, ainda jovem, colocada à beira do túmulo, decide confessar à filha, na época ainda uma criança, por meio de cartas a serem resgatadas quando a menina atingisse a maioridade, um segredo atormentador sobre seu comportamento conjugal, cujo afloramento poria fim talvez a tantas especulações feitas desde então envolvendo sua melhor amiga e o esposo desta, isso, é claro, a dar-se crédito à fidedignidade dos documentos revelados.

A CRUZ ANTES DA CRUZ / José Pereira

O Deus Eterno é maravilhoso! E de um amor impossível de ser compreendido. Ele nos amou antes que existíssemos. Antes que nos afastássemos d’Ele, proveu um Meio para Se aproximar de nós. Antes que sentíssemos necessidade do perdão, aceitou morrer por mim e por você. Ele é nossa salvação! A Cruz Antes da Cruz é um livro que revela de maneira simples e envolvente os simbolismos dos cerimoniais do antigo Israel e, em cada detalhe, em cada ordenança, a marca da redenção completa em Cristo Jesus.

A DESPEDIDA DO PALACETE / Valdinar Monteiro

“A despedida do palacete” fala do último dia em que o advogado e procurador da Câmara de Marabá deixa a sala onde trabalhou durante cabalísticos doze anos. Confessa seu apego ao lugar, aos costumes, às pessoas e o incômodo pela mudança. Considero que fica implícito, para não dizer hermético, o significado desta mudança. O Palacete Augusto Dias é um prédio histórico da cidade de Marabá, localizado no núcleo pioneiro onde surgiu a povoação original, em uma praça carregada de história.

A ESCASSEZ / Vania Araújo

A escassez é o primeiro romance da autora Vania Araújo, cuja delimitação do gênero literário é incerta. Pois, a lídima verdade exposta na narrativa deixa  profundamente evidente o seu cunho realista. A personagem principal sofre exacerbadamente  os resultados nebulosos das atitudes humanas de um modo geral.

À FLOR DO CERRADO / Carlos Magno Sena

Relato das vivências do autor com o povo do Cerrado de Minas Gerais, região de Grão Mogol, onde ele percebeu o quão grande era sua omissão perante a sociedade dos excluídos. Carlos Magno Sena se faz múltiplo: bombeiro, paraquedista, cantor, escritor, ator, músico, pintor, fotógrafo, sem contar o talento que tem para fabricar brinquedos e móveis com caixotes de feira. Em brincadeira, costumo chamá-lo de “poliplural”.

A GRANDE PIRÂMIDE REVELA A VERDADE / Vito Marino

Esta obra trata da história dos maiores ícones da civilização egípcia: suas pirâmides. Mas principalmente sobre a construção da pirâmide do faraó Queóps, mais conhecida como “A Grande Pirâmide”. Ao longo do livro o autor expõe desde a sua engenharia e métodos de trabalho até as crenças egípcias na imortalidade e nos Deuses, responsáveis por estimular a colocação de cada pedra na grande estrutura. O período egípcio tratado nos remeterá à 4ª Dinastia de faraós (2613-2494 a.E.C.), quando o Egito era a civilização mais avançada da Terra.

A GUILHOTINA E O HOMEM / Leandro Couto Carreira Rincon

No ano de 2014, ao centenário de nascimento de Albert Camus (1913) se impôs a rememoração do início daquele evento que definitivamente modificou a relação do homem com o absurdo: a Primeira Guerra Mundial. Morto precocemente (e o absurdo nos obriga a perguntar quem não o é) e de forma violenta – qual não é –, Camus teve poucos anos (apenas quarenta e sete) para observar e criticar o mundo que se lhe apresentava; ainda assim, soube tecer com brilhantismo inigualável um profundo retrato político, filosófico e literário de seu tempo, não deixando que suas convicções fechassem os olhos aos fatos.

A HERANÇA ITALIANA / Abel Carparelli

Um trullo, construído em MCCMXX, provoca uma disputa entre os herdeiros e, leva a um processo na Corte de Justiça Italiana, que se arrasta por décadas. Durante esse tempo, a maioria se esforça para chegar a um acordo e, assim preservar a unidade da família mas, um episódio do passado, torna difícil um entendimento entre eles. O livro fala da vida de dois imigrantes italianos, que chegaram a São Paulo em épocas distintas e que percorreram caminhos opostos, na busca da felicidade.

A IDENTIDADE DO MOVIMENTO POR URBANIZAÇÃO E LEGALIZAÇÃO DO PANTANAL DA ZONA LESTE - SP / Luciano da Silva Barbosa

Dissertação apresentada ao Curso de Mestrado do Programa de Pós-graduação em Planejamento Urbano e Regional da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Orientador: Prof. Dr. Frederico Guilherme Bandeira de Araújo, GPMC/IPPUR/UFRJ, autor do prefácio. O campo problemático desta dissertação diz respeito à construção da identidade no domínio da organização, da práxis e das práticas dos movimentos sociais no Brasil contemporâneo.

A IGREJA E O MOVER DE DEUS / Reverendo Marcio Souto

O livro contém uma abordagem teológica sistemática, além de abordar também temas bastante voltado a religião, e o Cristianismo, o que leva o leitor a uma meditação mais completa acerca do que é servir a Deus, como está a nossa vida perante Deus, para que serve o dinheiro na vida do crente, quais são os pecados. Além disto vamos poder entender acerca dos dons espirituais e a ordenação de mulheres. Esta é uma leitura que abrirá muito aos pensamentos daqueles que são religiosos e também daquele que não profere a nenhum tipo de religião.

A LENDA VAGALUME / André Borelli

O que tá acontecendo comigo?!, desespera-se o jovem Thomas Lothan, temendo por sua sanidade. Será culpa dos benditos hormônios da adolescência? Pouco importa! Com os pesadelos tomando sua mente, vê-se cada vez mais incapaz de distinguir o real do imaginário... Afinal, acorda de um sonho ou desperta da realidade? As peças do quebra-cabeça são jogadas, sem ordem ou forma, acumulando-se numa colossal montanha de dúvidas.

A LIDERANÇA FUNDAMENTAL / Walter de Paula Pinto Filho

Se alguém tem pouco conhecimento de si, como pode conhecer os outros? Se não tem controle de suas emoções, como pode lidar com as emoções de outras pessoas as quais precisa influenciar? Se não possui maturidade para dialogar e dirigir as próprias ações, como pode exigir maturidade e obtenção de resultados dos outros?

A MISSÃO DE COMUNICAR / Ruy Guarany Neves

A Missão de Comunicar é uma coletânea de artigos publicados na mídia amapaense, fruto de um trabalho jornalístico realizado desde os tempos do ex-Território Federal do Amapá até a época atual. Nos artigos de títulos instigantes como “Secreto, mas nem tanto”; “Brasileiros, apertem os cintos”; “Batata quente”; “Lei vira potoca”; “O herege e o sacristão”; “Matar aula pode dar cadeia”; “Paz e amor geram pavor”; “Causos que divertem”, entre outros, Ruy Guarany narra, revela e comenta acontecimentos históricos regionais.

A MORTE EM JEQUITIBÁ / Luiz Roberto Judice

A pequenina Jequitibá, uma cidadezinha centenária, porém pacata, desperta certa manhã com a trágica notícia do assassinato de uma das prostitutas da Boate Tenda dos Prazeres: a infeliz Dagmar. Essa indesejável ocorrência acaba por transformar a vida de seus moradores em uma grande atribulação, trazendo constrangimento e desconforto para todos. Uma por uma, as pessoas vão sendo chamadas para depor na delegacia pelo temido delegado Penaforte, onde são submetidas a situações extremamente vexatórias.

A NATUREZA CHORA E SEMELHANTEMENTE ESTÁ MORRENDO / Olegário Natureza

Os peixes morrendo por poluição das águas contaminadas, o mar está diversificado e os poluentes são as espécies de combustíveis como outros elementos, a transgressão vem por causa humana, e as nascentes mananciais também minimizando, há uma catástrofe sem precedente, e os humanos só têm a preocupação com o conforto, mas não estão preocupados com a transcrição que circunferencia uma maldição por toda parte do mundo.

A NOSSA IGREJA MATRIZ / Chaguinha do Biá

O livro A nossa Igreja Matriz faz parte da coletânea do poeta Chaguinha do Biá, o qual tem como finalidade não só contribuir para uma nova visão, mas também criar leitores engajados com o meio ambiente. Assim, foram selecionados textos de assuntos semelhantes para refletir em uma leitura mais agradável e entusiasmada. Os contos apresentados nesta obra pretendem contribuir com os leitores de todas as classes sociais, levando-os à descoberta das belezas que nos rodeiam, permitindo enxergar o papel de cada um na sociedade, visando uma vida cada vez mais humanitária.

A OUTRA FACE DE EVA / Priscila Siqueira

"Uma proposta religiosa que se dispõe a fazer do mundo um lugar melhor — e incontáveis vezes consegue fazê-lo — pode tornar-se opressora, com resultados totalmente contrários à sua intenção. Não por sua essência primeira, que seria de libertação e respeito ao outro, mas por conta das interpretações que ao longo dos tempos foram incorporando-se como verdades indiscutíveis."

A PALAVRA DE DEUS SE CUMPRIU NA MINHA VIDA! / Missionário Orlando Vieira

Este livro do Missionário Orlando Viera, vem de acordo as necessidades de se entender os desígnios de Deus na vida do ser humano. Depois de 40 anos de carnaval na cidade de São Paulo e na Grande São Paulo, como compositor e interprete de escolas de samba, ele teve um encontro real com Deus. Foi a partir dai, que Deus o instruiu a escrever os testemunhos daquilo que Ele estava fazendo na sua vida. Foi ai, que começou a nascer este livro, isto porque tudo o que esta escrito neste livro, são fatos reais e que portanto direcionados por Deus.

A SAGA DE UM LOBO / Simone Condé / Rodrigo Lemos

No cerrado brasileiro vivia um lobo-guará que, diferente dos lobos de sua espécie, tinha um grande apreço pelos humanos, pois vivia entre os índios da região. Entretanto não esperava que sua vida mudaria por completo a partir de um sequestro feito por caçadores que trabalhavam para um ex-cientista da instituição Voltear. O lobo foi obrigado a viver em uma região oposta ao seu habitat natural, mudando bruscamente do calor constante do Brasil, para o frio incessante do Canadá. Em meio a lutas, fugas e medos encontrou seu pior rival “o preconceito”, porém também vivenciou momentos de esperança e companheirismo, mas será o suficiente para vencer? O diferente pode ser necessário.

À SOMBRA DA MANGUEIRA / Fernando Notari Neto

À sombra da mangueira é apenas um texto solto no tempo onde os contos nele contidos ficam dentro dos parâmetros da ficção. Pelas próprias raízes do autor, eles se passam numa cidade típica do interior paulista na década de sessenta, evoluindo depois para outras paragens. Os nomes e apelidos realmente foram buscados em algumas lembranças da época, mas os personagens não.

A TEORIA DO ESTADO ENTRE OS SÉCULOS XIX - XXI / Vinicio Carrilho (org.)

O livro, uma obra coletiva, é o resultado da pesquisa de pós-doutorado em Ciência Política e de seu relatório preliminar que, ofertado em curso de pós-graduação, em seguida, ganhou outros colaboradores e autores. Sob a supervisão do Prof. Marcos Del Roio, originalmente intitulado A Teoria do Estado Entre os Séculos XIX-XXI: do Estado Ético-racional (Hegel e Weber) ao Estado de Exceção, o relatório sofreu alterações e, com as valiosas contribuições enxertadas, agora se apresenta como um mosaico relativamente amplo da discussão em torno do Estado Moderno e sua contemporaneidade.

A VIDA DE UM SONHADOR / Reinaldo Rodrigues Loureiro

Ao longo da vida, o sonhador sempre encontrará alguns percalços, mas isso não significa que é o fim. O sonhador precisa ter em mente que estará sujeito a ódios, desprezos, invejas, mentiras, calúnias e perseguições, mas não deve nunca desistir de seus sonhos. Na verdade, as adversidades são o momento oportuno para se crescer na fé. Com linguagem e pensamentos positivos, o sonhador deve acreditar no aperfeiçoamento.

A VIDA SEM CAROLINE HAINARA / Delmiro Silva

A Vida sem Caroline Hainara aborda algumas contradições do amor: Juliana alimenta um sentimento reprimido por Eduardo, por ironia do destino, ela própria intermedia o primeiro encontro entre Eduardo e Caroline, uma colega de aula mais atraente e desinibida e que também se interessa pelo garoto. Eduardo e Caroline firmam um breve namoro e mesmo após o relacionamento ele continua apaixonado, vivenciando as desventuras de um amor platônico.

A VILA DO PURAQUEQUARA / Chaguinha do Biá

O livro A Vila do Puraquequara faz parte da coletânea do poeta Chaguinha do Biá, o qual tem como finalidade não só contribuir para uma nova visão, mas também criar leitores engajados com o meio ambiente. Assim, foram selecionados textos de assuntos semelhantes para refletir em uma leitura mais agradável e entusiasmada. As poesias apresentadas nesta obra pretendem contribuir com os leitores de todas as classes sociais, levando-os à descoberta das belezas que nos rodeiam, permitindo enxergar o papel de cada um na sociedade, visando uma vida cada vez mais humanitária.

AFÃ / Clélia Corveloni

A obra Afã, da autora Clélia Maria Corveloni Pardinho, reúne poemas de uma sensibilidade muito grande. A obra está dividida em cinco temas, sendo que o primeiro inspirou o próprio título do livro, pois o desejo ardente de tornar-se mãe motivou-a a escrever muitos de seus poemas; em seguida, há uma busca por si própria, na verdade os poemas são indagações para compreender sua própria natureza, sua razão de estar no mundo e de compreendê-lo.

AGREGADOS MINERAIS / Marcel Fantin

São raras as obras na literatura que tratam de políticas públicas relacionadas aos agregados minerais. Marcel Fantin, ao trazer as experiências mundialmente reconhecidas das províncias de Ontário e Québec, apresenta uma importante contribuição para a formulação de políticas públicas sobre este tema no Brasil.

ÁGUA, POESIA E O POETA / Yara Regina Franco

É opção do poeta materializar seu sentimento sob a forma de sinais, signos e símbolos grafados, ainda que nem sempre consiga trazer suas emoções e sentimentos para a escrita fielmente ou a contento: ou porque palavras não há, ou porque não encontra as adequadas. A minha opção foi materializar os poemas apresentados neste livro. Leia esta obra.

ALÉM DA MARGEM / Fernando Maioni

Além da Margem – Haicais é meu segundo livro. O primeiro, Pelas Frestas – Poemas, teve boa aceitação. Com este segundo, almejo também agradar o leitor. Os haicais nasceram mais da espontaneidade do que do exercício intelectual. Isso provavelmente se deve à empatia que tenho pela inteligência emocional. Como professor de Filosofia, acho de suma importância avaliar o aprendizado do aluno através da inteligência emocional.

ALICE EM SILÊNCIO / Jefferson Sarmento

E se no meio de uma catástrofe você descobrisse uma pessoa capaz de curar as piores enfermidades e as mais mortais feridas com apenas um toque? Do que você seria capaz para salvar as pessoas que ama? E se, no meio de todo o caos e desespero, de toda a dor e destruição, você percebesse que ela é apenas... uma criança assustada? E se essa criança fosse sua filha? Até onde iria para protegê-la? E se ela não fosse nada disso?

ALLEGRO VIVACE / Fernanda Pittella

Allegro Vivace – da Província à Provence é o segundo livro da escritora mineira Fernanda Pittella, que retoma os personagens do livro Adagio com Brio – Uma Aventura Toscana. Nessa nova aventura, Papamufle, Coccinella e sua barulhenta trupe embarcam rumo à Provence, na França. Embalados pelo aroma da lavanda, a família mineira de Cabangu vai explorar as delícias da culinária francesa, degustando os pratos típicos da região e se encantando com a descoberta das pequenas e antigas cidades provençais. O texto, bem-humorado, é entremeado de passagens divertidas com as quais o leitor facilmente se identificará.

AMOR E GUERRA / Freddy Nagel

Em meio aos horrores da 2ª Guerra Mundial, este livro narra momentos marcantes da participação de um soldado alemão no conflito. Estando a serviço do Exército e dos ideais de sua pátria, ele sobrevive às intensas lutas e ao rígido regime nazista, vivenciando situações que o fazem refletir sobre a própria vida. As felizes lembranças de outrora lhe proporcionam momentos de extrema alegria, que momentaneamente o libertam da terrível realidade vivida no campo de batalha.

AMORA / Luciane Massaro

O livro Amora conta a história de um reino encantado e de uma princesa. A autora convida os leitores a escreverem e ilustrarem o final dessa história, pois acredita no potencial criativo das crianças e valoriza os traços infantis, desde as primeiras garatujas.

ANARQUIA POÉTICA / Isabel C. S. Sousa

ANARQUIA POÉTICA é uma mistura de escritos poéticos, onde revela uma luta constante pela justiça, busca de perfeição, saudade, esperança! Retrato talvez de uma alma de imigrante que ama o lugar que lhe dá guarida; e, o que ficou para trás recorda também com amor e,com uma saudade saudável. Recordemos Bocage, um dos maiores poetas da nossa Língua Portuguesa. O mais rebelde a valores convencionais duma época culturalmente agitada. Seria ele hoje um “anarquista”?

ANDANDO POR AÍ / Fred Mourão

No meu primeiro livro, Saí pra dar uma volta, partilho todas as minhas experiências dos dois anos que passei dando a volta ao mundo. No segundo, Como planejar sua viagem de mochila, compartilho todos os macetes que aprendi viajando pelo Brasil, pela Europa, pelo Mundo, desde a adolescência.  Agora neste, o terceiro, coloco tudo o que senti e vivi após a minha “reentrada”, meu retorno ao Brasil, a partir de 2007. Espero que goste.

ANOS 1950 - VOL. 1 / Sami Tebechrani

Viaje no tempo! Meados do século XX. O período vai do término da Segunda Guerra Mundial em 1945 até o golpe militar no Brasil em 1964. O cenário é constituído por uma pequena cidade onde você participa do dia a dia e ouve ou lê as notícias dos principais acontecimentos do mundo, do país e da comunidade. A televisão ainda não chegou. No começo, o cinema apresenta a maioria dos filmes em preto e branco e alguns deles mudos; a escrita ainda é manual, com a pena molhada na tinta do tinteiro e secada com mata-borrão; no escritório pode ser datilografado um texto em uma máquina de escrever manual; para a obtenção de cópias, é usado o mimeógrafo; um aluno de engenharia, para fazer contas, usa uma régua de cálculo. Computador, celular e internet para o público ainda são ficção. Enquanto isso, as crianças e adolescentes fazem os seus brinquedos: brincam e jogam, em grupos, nas calçadas, nas praças, nas ruas e nos terrenos baldios.

ANOS 1950 - VOL. 2 / Sami Tebechrani

Viaje no tempo! Meados do século XX. O período vai do término da Segunda Guerra Mundial em 1945 até o golpe militar no Brasil em 1964. O cenário é constituído por uma pequena cidade onde você participa do dia a dia e ouve ou lê as notícias dos principais acontecimentos do mundo, do país e da comunidade. A televisão ainda não chegou. No começo, o cinema apresenta a maioria dos filmes em preto e branco e alguns deles mudos; a escrita ainda é manual, com a pena molhada na tinta do tinteiro e secada com mata-borrão; no escritório pode ser datilografado um texto em uma máquina de escrever manual; para a obtenção de cópias, é usado o mimeógrafo; um aluno de engenharia, para fazer contas, usa uma régua de cálculo. Computador, celular e internet para o público ainda são ficção. Enquanto isso, as crianças e adolescentes fazem os seus brinquedos: brincam e jogam, em grupos, nas calçadas, nas praças, nas ruas e nos terrenos baldios.

ANTES QUE EU ME ESQUEÇA / Ledice de Sá Pinheiro Pereira

Antes que eu me esqueça é mais que um livro, é um diário. E como o próprio nome diz, surgiu da necessidade da autora de contar um pouco do que está arquivado na sua memória ao longo da vida. Trata-se de um ensaio quase autobiográfico que retrata seu cotidiano e histórias de pessoas com as quais conviveu e ainda convive. É um álbum de fotografias escrito.

ANTOLOGIA DOS ESCRITORES CASTELENSES / Vários Autores

A nossa história, a nossa vida, escritas em versos, em várias fases e momentos, pela visão sensível de muitos poetas e cronistas. Um encontro com a nostalgia! Obra que merece ser lida por todos nós castelenses. Não podemos deixar de dizer da emoção que estamos vivendo, neste momento em que a obra Antologia dos escritores castelenses está sendo lançada.

ANTOLOGIA MEMÓRIAS E PASSAGENS DE UM TEMPO - VOLUME 1 / Vários Autores

Trilhar passo a passo o caminho da criação à edição, incentivando novos talentos, sempre será o objetivo da Scortecci. A sua história está sendo escrita pelos seus autores e suas obras. Razão e essência de sua existência.

ANTOLOGIA MEMÓRIAS E PASSAGENS DE UM TEMPO - VOLUME 2 / Vários Autores

Trilhar passo a passo o caminho da criação à edição, incentivando novos talentos, sempre será o objetivo da Scortecci. A sua história está sendo escrita pelos seus autores e suas obras. Razão e essência de sua existência.

ANTOLOGIA POÉTICA / Marco Antônio Ribeiro

A Antologia Poética de Marco Antônio Ribeiro é retratada quase como um diário que reflete o diálogo do poeta com suas inquietações pessoais diante da vida e sua consciência social. Os poemas escritos desde a sua juventude trazem a trajetória de um amadurecimento linguístico e poético, em que se percebe não haver uma preocupação extensiva com a forma ou a métrica, mas sim com a exposição da força lírica de seu pensamento na simplicidade das palavras e, assim, conduzir o leitor interessado na construção de uma percepção crítica.

ANTOLOGIA REDE DE PALAVRAS - VOL 1 / Vários Autores

A Scortecci é uma editora laureada com mais de 32 anos no mercado editorial brasileiro. Já recebeu os prêmios: Jabuti, APCA, FBN e ABL. Trilhar passo a passo o caminho da criação à edição, incentivando novos talentos, sempre será o seu objetivo maior. A sua história está sendo escrita pelos seus autores e suas obras, razão e essência de sua existência. Autores no LER MAIS.

ANTOLOGIA REDE DE PALAVRAS - VOL 2 / Vários Autores

A Scortecci é uma editora laureada com mais de 32 anos no mercado editorial brasileiro. Já recebeu os prêmios: Jabuti, APCA, FBN e ABL. Trilhar passo a passo o caminho da criação à edição, incentivando novos talentos, sempre será o seu objetivo maior. A sua história está sendo escrita pelos seus autores e suas obras, razão e essência de sua existência.

AO RIO DE JANEIRO, COM AMOR / Gastão Rúbio de Sá Weyne

Este livro é uma declaração de amor ao Rio de Janeiro e uma homenagem aos 450 anos da Cidade Maravilhosa. São apresentados dez contos, com narrativas vividas em recantos notáveis desta cidade que tanto amamos, assim discriminados: 1. Copacabana; 2. Rio Scenarium; 3. Pedra do Arpoador; 4. Bar Amarelinho; 5. Confeitaria Colombo; 6. Jardim Botânico; 7. Pão de Açúcar; 8. Corcovado; 9. Largo do Boticário; 10. Escola de Samba de Mangueira.

AOS 70 / José Vicente Jardim de Camargo

Escrever é uma atividade artística solitária – dizem alguns. No entanto o escritor necessita da leitura crítica de outras pessoas para que se alimente nele novo apetite de criar, e criar. Para se iniciar a atividade de escritor não há idade limite, nem mínima nem máxima. Aos 70 vem exatamente comprovar essa tese, mostrando que a qualquer tempo o homem pode ser criativo, ousar contando histórias de qualquer gênero, trabalhando com o fantástico literário.

APROVAÇÃO E REGULARIZAÇÃO DE LOTEAMENTOS / Jamilson Lisboa Sabino

Sou Professor na Escola Brasileira de Administração Pública – EBAP. Certamente, esta é uma obra única, resultado de diversas aulas e esclarecimentos de questões práticas solucionadas nos diversos eventos jurídicos, palestras, congressos e conferências que participei. Analisamos de forma muita objetiva, mas completa e atualizada, todos os temas relacionados à aprovação e à regularização do parcelamento urbano do solo, nas suas diversas formas: loteamentos, desmembramentos, condomínios, desdobros, fracionamentos.

AS BONECAS DE CORDA / Maria Helena Mariani Vecchi

O Natal se comemora todos os dias. Cada amanhecer é uma graça. Sol ou chuva, calor ou frio,  em todas as estações devemos  nos estabelecer em cada lugar  que estivermos. Com coragem enfrentarmos cada dia com o nosso renascimento usando  da nossa alegria de vivos estarmos para servir à família, a Deus e a Pátria. O Natal é hoje, ontem e sempre. Amparo às nossas crianças. Amor, fraternidade e conformação. Deus determina. Aceitarmos com resignação. Feliz Natal! A autora

AS DIVERSAS FACES DO AMOR / Aglaete Nunes Martins

Abordando teorias históricas, psicológicas, psicoanalíticas, psíquicas e jurídicas. Visitando Darwin e sua teoria evolucionista, Marxista. Baseando-nos na teoria dos Sistemas dos cientistas de Palo Alto. Com recortes em Freud, Lacan, Maturana. Bebendo na fonte da Elizabeth Roudinesco, tentaremos neste trabalho decifrar o AMOR. Das mais priscas eras da história da Humanidade as composições da Modernidade.

Aglaete Nunes Martins

AS DUAS TESTEMUNHAS / Osmar Braz Ribeiro Santa Rosa

Eu sou uma das duas testemunhas, eu e o meu amigo que estava comigo no acidente, somos as duas testemunhas! Seja pobre de espírito, dependa só do Pai! Viva como filho! O Pai ainda te chama!

Apocalipse 21:7
Quem vencer, herdará todas as coisas e eu serei seu Deus, e ele será meu filho.

AS EXPERIÊNCIAS DE UM VENCEDOR / Lucio G. Serrano

Nasci em São Paulo, no bairro Chácara Santo Antônio. Aos sete anos comecei a trabalhar como engraxate e daí passei por várias profissões como mecânico de carros. Entrei em uma metalúrgica, onde passei por vários departamentos chegando ao cargo de comprador. Fiz Comércio Exterior e Ciências Contábeis, e hoje sou taxista. Um pai tem a sabedoria de um mestre, e a sinceridade de um amigo; é aquele que você pode contar a qualquer momento de sua vida.

AS FIGURAS DE ESTILO E TERMOS AFINS / João Gomes da Silva

Este volume trata com exclusividade das famosas, úteis e imprescindíveis figuras de estilo. A elas, também, acrescenta-se toda a terminologia que lhes tenha – de algum modo – algo em comum, ou seja, os termos afins. É o sexto livro publicado de João Gomes da Silveira, sendo o quarto na área da linguagem. Para quem escreve, sem dúvida, os adornos ou enfeites de realce das figuras de estilo são de uma importância incalculável; para os leitores da melhor literatura, no varejo e no atacado, um deleite bom a todos os sentidos.

AS QUATRO CHAVES DO SEU CORAÇÃO / Rafael Oscar

Falquíades é um rei arrogante e prepotente, que condena uma escrava injustamente ao exílio simplesmente para ensinar uma lição às suas filhas. Porém, após nove anos, as quatro princesas são sequestradas e aprisionadas num castelo distante, protegido por uma criatura impiedosa. Para tê-las de volta, Falquíades precisará escolher entre seu orgulho e suas amadas filhas. Estaria o rei mais poderoso da Terra disposto a se humilhar, a fim de recuperar o que lhe é mais precioso? Quem seria capaz de colocá-lo em uma situação dessas?

ASAS DO PENSAMENTO / Júlia Lícia

Asas do Pensamento - A pior ditadura não é a que aprisiona o homem pela força, mas sim pela fraqueza, fazendo-o refém das próprias necessidades...

Júlia Lícia Soares Matos, arquiteta, professora, poeta ou simplesmente Júlia Mulher, exalando vida para quem vier...

AUTO-AJUDA PELA POESIA / Nhô -Vô-Êh-Hi-Phu

Caro leitor, está, em suas mãos, algo que o ajudará a diminuir tristezas, angústias e aflições, abrindo-lhe horizontes para a tomada de decisões mais acertadas. Os livros de autoajuda normalmente tratam do fortalecimento do eu. Eles servem para os “eus” fracos, mas o mundo está cheio de egoísmos. E quem sofre de egoísmo, doença do nosso século, tem um “eu” muito forte. Logo, nem sempre este é o caminho na busca de equilibrar-se e também de ser feliz.

BAIXADA AMARELA / Vanderlei Pires Correa

Os fatos narrados ocorreram na década de 50 na cidade de Rancharia (SP) que, na época, conheceu seu apogeu com a cultura do algodão. Em função da riqueza gerada pelo então chamado ouro branco, ocorreram também muitas contendas, principalmente quanto à posse de terras e outras desavenças geradas pelo dinheiro fácil nas mãos de fazendeiros pouco escrupulosos. Os personagens e os fatos aqui narrados são autênticos, porém, por vezes, alguns nomes foram trocados.

BAMBOO BAR / André de Fiori

Bamboo Bar não pretende ser um livro sobre viagens ou de memórias. É antes uma reunião de episódios que descrevem pessoas, sensações e pequenas aventuras, conhecidas e vividas durante as muitas viagens que realizei a negócios, em diferentes fases de minha trajetória profissional. Dedico estas crônicas e reminiscências precisamente às viagens realizadas durante estes mais de 40 anos de trabalho. Em particular àquelas realizadas para exercer minhas atividades dedicadas ao comércio internacional e que me permitiram vivenciar situações incríveis e extraordinárias.

BAÚ MÁGICO / Carlos Alberto Fiore / Priscila Celles / Sandra Godoy

Neste livro, meu poema
hoje está de roupa nova.
Em cada página, um tema
escrito em forma de trova.

BESTEIRINHA, COISA POUCA, QUASE NADA / Fausto Galvão

Em Besteirinha, coisa pouca, quase nada, o segundo livro da ambicionada trilogia Um Livro de Anotações, Fausto Galvão expõe suas reflexões a partir de pequenos relatos e histórias a respeito da vida, da morte, do amor, das lembranças familiares, do sexo e do ato de escrever. Descrições, sensações e confissões, algumas romanceadas, que – como no primeiro livro O nada que provoca o caos – nem sempre são o que parecem ser.

BOIRÁ / Carlos Alberto Ribeiro de Lima

Quando os primeiros portugueses chegaram ao Brasil, ainda que o número seja incerto, estima-se que habitavam em nosso território cerca de seis milhões de nativos, espalhados por todo o solo brasileiro. Hoje pouco mais de 300 mil descendentes desses nativos ainda sobrevivem, do Oiapoque ao Chuí, da costa leste às profundezas da Floresta Amazônica, divididos em diferentes etnias e mantendo vivos cerca de 150 idiomas.

BOM CONSELHO / Bernardo M. "Azinheira"

Composições Poéticas de um Historiador Aventurado e Sentimentalista (Reflexos da Paróquia Nossa Senhora do Bom Conselho) - Aos leitores, incluindo paroquianos, audaciosos de conhecimentos, ávidos em saber o surgimento da Paróquia do Bom Conselho e seu desenvolvimento, mencionamos que, assim como tudo o que se dispersa gera vestígios, talvez não visíveis, mas abstratos, sensíveis, admissíveis, esta comunidade paroquial evoluiu repleta de prestígios: Aos que, além deste sumário vasculharem com acuidade, certamente encontrarão razões, emoções e preciosidades – exultantes entre “poemas, poesias, relatos de eventos, temas de religiosidade, curiosidades...”

BOM JESUS DE MINAS / Acir Goulart

Este é um texto de ficção produzido através de uma narrativa intercalada com diálogos de alguns personagens protagonistas dos fatos, onde se busca avaliar e compreender acontecimentos que teriam ocorrido em uma pequena cidade da Zona da Mata mineira, no período de 1950 a 1960. Acontecimentos que implicaram em traições, emboscadas, assassinatos.

BRASIL: AME-O OU DEIXE-O / Ovidio Borazo

Brasil – Ame-o ou deixe-o é o primeiro texto de peça teatral publicado de Ovidio Borazo. Partindo de uma história real, confidenciada por um padre amigo, acrescida de fatos e personagens de ficção, o autor apresenta uma situação infelizmente ainda atual – embora tenhamos avançado no respeito às diferenças, há ainda muito preconceito de gênero e cor, entre outros. E também nos convida a uma sempre oportuna reflexão sobre liberdade de expressão e democracia – assuntos que nunca devem sair de moda.

CABEÇA DE BRONZE / Maria Amélia de Carvalho

“Memelia: peço-lhe de joelhos que não faça uma edição muito pequena. Seu livro tão bem escrito tem memória, história, humor, reflexão. Muito obrigado pelo convite para escrever um texto que, se não me contivesse e tivesse segurado a vontade de comentar, conto por conto, ou crônica por crônica, seria tão longo quanto o livro.”

CAMINHO DE SANTIAGO / Angelo Lage

Uma fantástica jornada pela rota de peregrinação mais percorrida do mundo. Ao longo dos 836 km que separam os montes Pirineus ao sul da França da Basílica de Santiago de Compostela na Espanha, o autor vive uma aventura real de dor, amor, fé, encontro, recomeço. Foram 25 dias caminhando sozinho por vales, montanhas, estradas, vinhedos. No final um certeza: Nunca é tarde para recomeçar uma vida; Nunca é tarde tentar ser feliz.

CAMPO DOS MIOSÓTIS / Wilson Domingues

Campo dos Miosótis, romance espírita focado na doença de Parkinson, descreve uma comunidade no plano espiritual, criada para prestar atendimento aos portadores da doença, estejam eles encarnados ou desencarnados. O livro descreve em detalhes todo o processo de acolhimento, tratamento, estudo e, principalmente, os motivos que levaram o personagem principal a desenvolver a doença.

CANTATA / Carlos Morais

Cantata foi composto para uma mulher muito amada, para o que sentem problemas de abandono e para os que sonham uma vida diferente e melhor. É um livro que foi escrito porque estava abarrotado de lembranças alviçareiras e sentindo o passar do tempo, na espera de ver todos os problemas resolvidos. Tudo estava pronto e Agora, Senhor!

CARTAS RASGADAS / Maria Vaneide Anjos Blanco

Quanto privilégio.... Quando recebi o convite para tarefa tão nobre, juro que fiquei assustada. Mas com a leitura dos textos, fui me ajeitando dentro das histórias e entendi que esta deixava de ser uma tarefa e passava a ser somente um grande prazer de vida. Grande Milton Nascimento: “Maria é a força, é o suor, é a dose mais forte... de uma gente que ri quando deve chorar... Quem traz no peito esta marca possui a estranha mania de ter fé na vida.” E então nasce Maria Vaneide Anjos Blanco.

CHAMADA DE FOGO / Delfina Soares Martins

Delfina Soares Martins, incansável serva do Senhor, se espelha muito na vida do Apóstolo Paulo, que dizia: “Não tenho a minha vida por preciosa” (cf. At 20.24). Qual seu segredo? Ele conhecia o Deus a quem servia. Irmã Delfina conhece o Deus a quem serve desde os dez anos de idade. Nunca deixou de servir ao Senhor, tanto nos momentos de agruras, quando cantava hinos de louvor a Deus, como na bonança, quando Nele se alegrava.

CHAPÉU PANAMÁ / José Alfredo Pessoa Ratton

As crônicas de José Alfredo Pessoa Ratton tratam de assuntos e personagens  foram escritas desde 2007 e distribuídas por e-mails como a “Crônica da Semana” a cerca de cem pessoas; agora saem do mundo digital para o tradicional mundo do papel, à espera de leitores.

CHINA / Paulo Gustavo de Araújo Cunha

E a China acordou! Detém a maior população mundial e seu maior parceiro comercial. Seu Produto Interno Bruto (PIB), pela paridade do poder de compra em dólar, já é igual ao dos Estados Unidos. É o maior produtor de grãos. Seus produtos eletrônicos não encontram competidores. Domina a energia nuclear e breve lançará estação espacial e colocará o homem na Lua.

CIDADE DE CACHOEIRA ALTA / Rossidê Rodrigues Machado

Este novo livro de Rossidê Rodrigues Machado é um tributo a Cachoeira Alta (GO), cidade surgida às margens de um ribeirão com o mesmo nome. Dividido em três capítulos, contendo poesias, frases e contos; os textos vêm acompanhados de fotografias da cidade que ilustram para o leitor lugares significativos para a autora e ampliam a compreensão de seus escritos.

CINZAS AO VENTO / Milla Rocha

Ao encontrar o amor de sua vida, Lisa Green acaba por encontrar a si mesma. Descobrindo ter um namorado Celtis, ela percebe também fazer parte dessa nova e tão intrigante raça. Após inúmeros problemas, a calmaria apenas trará mais escuridão. Lisa e Will estão prestes a enfrentar o pior e mais inimaginável inimigo: a própria Lisa. Em meio a descobertas e ameaças a todo momento, sentindo um perigo incontrolável em suas próprias mãos, Lisa conhecerá novos Celtis e a família de sua mãe biológica.

CLUBE ASAS DA LEITURA / Carlos Paiva (org.)

O Clube Asas da Leitura foi fundado em 4 de maio de 2012 pelo professor Carlos Paiva, como uma estratégia motivacional para incentivar o exercício da leitura e da produção oral e escrita no ensino médio, por meio da prática dos gêneros textuais. O Clube funciona física e virtualmente e já conta com mais de 1.800 membros. O projeto foi amparado pela Prefeitura Municipal de Itaituba por meio da Secretaria Municipal de Educação (SEMED) e, em 2013, expandiu suas ações de leitura e escrita a todas as escolas públicas municipais.

COLÉGIO.COM.ALEGRIA / Edvaldo Jacomelli

A amizade dos bancos escolares fura o tempo e ultrapassa as barreiras da distância. Aparece assim, intacta, pura e inocentemente agradável, refazendo o trajeto do conhecimento científico, humano, espiritual e social. Embarquemos nessa viagem com um panorama vislumbrante!
Edvaldo Jacomelli - Membro da UBE - União Brasileira de Escritores – São Paulo

COLETÂNEA SEGREDOS PARA UMA VIDA EQUILIBRADA E DE PROSPERIDADE / Gerson Augusto Zanetti

É uma obra de pesquisa com mais de 30 anos, direcionada à área de autoajuda, na qual sintetiza inúmeros ensinamentos a fim de que, quando colocados em prática, possam trazer ao leitor equilíbrio na vida pessoal, desenvolvimento da espiritualidade e consequente prosperidade nas condições materiais, fazendo-o compreender a essência da vida e aprender a se proteger das mazelas do mundo moderno.

COMEÇO SEM FIM / Eliana Amadeu

Esta obra de versos rimados e poemas emocionados, verte pelo encantamento, entusiasmo, paixão e inquietação de nosso sentir diário.

As ondas deste poético oceano
Permanecem enviando versos na bruma
Desde ontem e sem fim a cada ano
E hoje, enfim, livre, minha alma nele mergulha

COMO USAR SOROBAN / Thereza Toshiko Kato

A Profa. Thereza Toshiko Kato é brasileira (nissei), nascida em São Paulo em 2 de novembro de 1935. Dedica sua vida à educação. É pedagoga com especialização em Administração Escolar, Orientação Educacional e Supervisão Escolar, e Habilitação em Psicologia de Educação, Filosofia da Educação e Didática. Ministrou aulas no ensino de 1º grau (do 1º ao 9º ano), foi orientadora pedagógica e exerceu função de supervisora de Soroban na rede municipal de São Paulo durante a gestão do Dr. Jair de Moraes Neves, Secretário de Educação do Município de São Paulo, e aposentou-se como Diretora de Escola da rede de ensino municipal de São Paulo.

COMPÊNDIOS / José Carlos Fagundes

O distrito do glorioso São Pedro de Alcântara de Barra Velha foi criado pela Lei provincial nº 510 de 27 de abril de 1861, e sancionado por ato da Presidência da Província de Santa Catarina em 10 de agosto do mesmo ano, como pertencente à cidade de São Francisco do Sul. Em face da Lei provincial nº 795 de 05 de abril de 1876, Barra Velha foi incorporada ao município do Paraty, desligando-se e voltando a distrito de São Francisco pela Lei nº 931 de 02 de abril de 1881. Pela Lei nº 958 de 13 de novembro de 1882, o distrito foi anexado novamente ao município do Paraty.

CONCURSO LITERÁRIO DE POEMAS, CONTOS E CRÔNICAS TROFÉU JACARÉ / Academia Jacarehyense de Letras

O Prêmio Troféu Jacaré, destinado aos cidadãos residentes em Jacareí, foi uma feliz iniciativa da Academia Jacarehyense de Letras, para que as pessoas de nossa cidade pudessem mostrar seu talento e perdessem a vergonha, inconfessável e imperdoável de mostrar suas aptidões. Aquele que tem capacidade deve mostrar seus dotes, e não há maior coragem do que concorrer a um concurso e apresentar o seu trabalho. É assim que se cresce como pessoa e escritor.

CONTEMPLAÇÕES DIVINAS / Derradeiro

Nesta passagem terrena e breve do ser humano é impossível contemplarmos as flores da primavera sem passarmos pelo gélido inverno da vida. Eu, particularmente, não sigo nenhuma denominação religiosa, mas não posso deixar de relatar o trabalhar tremendo de Deus na minha vida e o seu trabalhar na de pessoas com as quais convivi e convivo, mesmo não fazendo menção de nomes.

CONTOS IDEOLÓGICOS / Gastão Rúbio de Sá Weyne

Neste livro, com doze contos, almeja-se um cruzamento entre a narrativa histórica e a abordagem literária. É, portanto, uma tentativa de admitir a leitura na qual se possa pensar a história como literatura e a literatura como história. Busca-se, além disso, a harmonia entre a narrativa e o discurso. A ideologia está associada ao senso comum, ou seja, refere-se ao modo de pensar dos personagens, suas filosofias de vida, suas opções políticas, suas religiões.

CONTROVÉRSIA DA SAGACIDADE POÉTICA / Ovidio Borazo

Desde o início a inspiração e a criação de Controvérsia da sagacidade poética tinham como foco provocar o leitor e transgredir o convencional do literalmente correto no senso comum de ler poesias. Em pleno século 21, comportamo-nos na esfera do irracional para justificar nossa barbárie, matando, espoliando, explorando, eliminando, destruindo, torturando...

COOPERATIVAS DE RECICLAGEM / Paulo Lourenço Domingues Junior

Cooperativas de reciclagem e as (im)possibilidades da cidadania apresenta duas experiências distintas de cooperativas voltadas para a reciclagem. No primeiro exemplo, mostra o histórico e o desenvolvimento de uma cooperativa de trabalho voltada para a reciclagem que obteve sucesso e conseguiu realizar a inclusão social de pessoas oriundas da população de rua. No segundo caso, analisa também uma cooperativa de reciclagem, porém marcada por um fraco desempenho.

CORES E ENCANTOS / Neyde Bohon

Neste livro você tem lindos e variados desenhos para colorir,sem stress tudo é mais colorido,separe os lápis e canetinhas e mãos a obra! Entre cores, encantos e dedicação, as ilustrações foram especialmente elaboradas para sua hora de lazer. Desejo que a pintura dos desenhos lhe proporcione prazer e muitas satisfações... Cores e Encantos Mil Alegrias!

CRÔNICAS DE FRANCO / José Carlos Brollo

Das preocupações do homem-cidadão, uma delas é tentar influir no meio imediato em que vive, qual seja, seu bairro e sua cidade. Dentre inúmeras possibilidades, pode-se fazê-lo buscando compreender e dialogar com as transformações nele ocorridas, bem como a identificação e por vezes o questionamento das intenções dos agentes responsáveis por elas, situando-se como observador atento e contribuindo para explicitá-las a partir de seus pontos de vista.

CRÔNICAS DO SOL NASCENTE / Moisés Nogueira de Faria

A Corrente do Bem (Corrente Solidária Cristã) é formada por pessoas de várias igrejas evangélicas com o intuito de ajudar dentro de suas possibilidades. Parte-se do princípio de não se acomodar e nem se amoldar com a cultura cristã de muitos que não se sensibilizam com a causa dos mais humildes. Tais pessoas procuram levar alimentos e recursos e, acima de tudo, o Deus que promove a transformação em casas e vidas. Nós fazemos o possível, e o Senhor faz o impossível.

CRÔNICAS E AGUDAS / Edson Olimpio Silva de Oliveira

Contos e crônicas selecionadas e publicadas originalmente nos jornais de Viamão. Lendas regionais, estórias contadas de mãe para filhos e desses para os seus netos. O misticismo amalgamado na realidade histórica de uma terra varrida por guerras entre irmãos de uma mesma pátria. O amor à negritude estampado no heroísmo jamais descrito na região. O triângulo amoroso consentido do homem, da sua mulher e da deusa que os encanta – a motocicleta.

CRÔNICAS GUAJARAMIRENSES / Paulo Cordeiro Saldanha

Eis a nova coletânea da lavra do autor Paulo Cordeiro Saldanha, desta feita com o título de Crônicas Guajaramirenses – Prosa que Desemboca em Humor. A acadêmica Sandra Castiel, que prefaciou a obra, referiu-se a ela dizendo: “Cronista da vida na mata, da vida no entorno dos caudalosos rios regionais, Paulo Saldanha apresenta crônicas com múltiplos aspectos: sejam históricas, dissertativas ou humorísticas, todas, contudo, são perpassadas por uma natureza poética, natureza esta que brota do sentimento, da subjetividade do autor”. São narrativas que podem emocionar!

CULTURA DE RESULTADOS / Pedro Henrique Gomes

A Cultura de Resultados é um jeito de realizar, sob a ótica do gerenciamento de projetos, associando reconhecidas práticas a um novo conjunto de hábitos. Ela se instala quando conquistamos o domínio sobre nossos esforços, direcionando-os para aquilo que escolhemos ser o melhor para nós ou para a organização onde trabalhamos. Nesse livro você será envolvido em um instigante romance familiar, do qual só conseguirá sair após degustar cada uma de suas páginas, concluindo assim sua experiência com a aplicação do gerenciamento de projetos e descobrindo os benefícios de ser um inspirado finalizador.

CUMQUIBUS E A SAGA DA PEDRA BRANCA / David Carvalho Kallás

A história é composta por grandes aventuras. Elas unem homens de coragem, ideologia e determinação. As transformações na política, na economia e na fé são as determinantes destas aventuras, que surgem como solu-ções de novos desafios das novas realidades que periodicamente mudam a sociedade. Este livro reúne fatos históricos com personagens reais e outros imaginários, compondo um romance histórico ágil que despertará muito interesse nos leitores de todas as faixas etárias, sobretudo, nos jovens escolares.

CUSTOS LOGÍSTICOS / Dimas Pedroso Neto / Marco A. Moreira Laurelli / Moacir de Freitas Jr.

Hoje um dos grandes desafios na área de Logística é oferecer o melhor nível de serviço ao cliente, otimizando resultados e agregando valor aos acionistas e aos clientes. Para atingir esse objetivo as empresas devem identificar e apurar os custos logísticos, criando indicadores nas operações e, após sua análise, proceder à tomada de decisão. A ideia principal é, após a identificação e apuração dos custos dos processos, que esses valores não sejam repassados ao cliente e, quando não houver alternativa, que o repasse seja feito no menor valor possível.

DA CRÔNICA AO ROMANCE / Ivani Rezende

A toda área do conhecimento, existem a técnica, o procedimento, o modelo. Ao prepararmos um bolo, por exemplo, seguimos a receita. Sem esse guia, até poderíamos fazer o bolo, mas talvez ele não ficasse tão gostoso quanto se seguíssemos o passo a passo. Então, por que na escrita seria diferente? Escrever um texto, alguns conseguem.

DÂNDI / Andreia Mirón

No período da Regência Inglesa, o extremo esmero do traje masculino se torna sinônimo de uma postura ideológica e rejeição aos códigos de conduta e dos valores burgueses. Surge assim a figura do dândi, que se opõe com um sentimento de superioridade elitista, cultivando a irresponsabilidade no decurso de um dia a dia voltado ao ócio e enraizado na excentricidade de uma elegância impecável e transgressora; indissoluvelmente britânica.

DANDO ASAS À IMAGINAÇÃO / AJEB

“Dorme o poeta, enquanto as musas, ao seu redor, ninavam-lhe o sono e coroavam-lhe a fronte de louros. Querubins celestiais, perfilados, esperavam a voz de comando para o conduzirem ao trono majestático da Poesia Imortal, lá, nos siderais espaços inatingíveis aos humanos mortais.” Diante do príncipe adormecido
Giselda Medeiros - Presidente Honorária da AJEB/CE - Presidente da AJEB (2003-2004)

DE CORAÇÃO / VERA LÚCIA DE LACERDA SILVESTRINI

Palavras escritas no decorrer dos anos, no formato de crônicas, mas com a ideia de apenas verbalizar os sentimentos de uma testemunha de seu tempo. Pequena biografia, pequena mesmo: nasci no Realengo, bairro do antigo Distrito Federal, hoje cidade do Rio de Janeiro. Minha mãe me deu à luz a mim na cama de meu avô Chiquinho (talvez, por isto, sempre lhe tive um grande apreço). Não gosto de ser mandada, mas sei ouvir um bom conselho.

DE ORIUNDIS / Ercilia S. Turato

Há tempos eu venho projetando escrever sobre as mulheres de minha família, mas os dados eram mínimos, um quase nada. Apenas as informações colhidas de familiares já bastante idosos. As informações de vivência e experiências dessas valorosas mulheres, achava eu, seriam insuficientes para a composição de uma biografia. Mesmo assim, resolvi contar uma parte da história, cujo núcleo teve início com o casal Antonio Turato e Maria Avanci, italianos de Rovigo, Itália.

DE PRAZERES E VINHO (S) - LIVRO 3 / Rubens Bonatelli Moni

Rubens Bonatelli Moni (Barretos – SP, 1952) – funcionário público, Programa do Mérito da Secretaria de Estado da Educação de São Paulo. Ciências, Artes e Filosofia: leituras, escrituras, intelighensias. Sociólogo, engenheiro, jornalista, escritor e licenciado (Sociologia, História, Geografia). Pós-Graduação: Educação (Psicopedagogia Institucional). Ingressante UNESP, Faculdade de Ciências e Letras, Departamento de Economia.

DE VOLTA PRA CASA / Ana R. Costa

Desde cedo, ainda na adolescência, Laura se debatia com as perguntas: “Qual o propósito da vida?”, “De onde vim?”, “Para onde vou?”. Sair de casa aos catorze anos de idade e enfrentar o desconhecido sem a certeza da proteção paterna era algo amedrontador. Entretanto, ela sabia que teria que vencer seus medos, buscar crescimento e respostas não só para essas perguntas, mas para tantas outras que a incomodavam.

DECLAREMOS A PAZ! / Luciane Miranda de Paula

Em Declaremos a paz! Para um progresso do espírito, Stéphane Hessel, irredutível laico, e Dalai Lama, o pontífice oriundo de uma genealogia de encarnações, nos falam de neurociência, paz, guerra, efeitos observáveis da meditação, felicidade, planeta, ódio, espírito, amor – enfim, todos os elementos de contradições que habitam em nós, seres humanos. Esta é, além de tudo, uma aula de história ministrada a partir de duas personalidades históricas.

DEIXE DEUS PILOTAR O AVIÃO / Nelsão, Prof.

Um homem que estava muito perturbado (brigado com o CRIADOR) passou a noite tendo terríveis pesadelos. Antes de sair de casa, a esposa insistia na questão do divórcio... Pensando em tirar a própria vida, começou a caminhar pela rua onde morava quando, de repente, um enorme cão o mordeu no calcanhar. Com medo do animal, correu e esbarrou com violência em outro homem, que o agrediu com fortes socos pelo esbarrão. Fugiu do homem e se escondeu atrás de uma árvore; esta soltou um fruto que caiu e feriu seu ombro esquerdo.

DESCULPE O ATRASO / Marcello Averbug

Ao contar as estórias incluídas neste livro, o autor teve como principal objetivo provocar surpresas no leitor. Não surpresas arrebatadoras, mas sim sensações sutis provenientes de acontecimentos inesperados. Os personagens que circulam pelas páginas vizinhas agem, em várias ocasiões, de forma contrastante com as características inicialmente retratadas de seus respectivos temperamentos. Não existe nenhuma relação entre os cinco enredos aqui apresentados.

DESEJOS DA ALMA / Mei Santana

“A vida é efêmera e volátil, devemos estar mais tempo com quem amamos e desfrutar de cada segundo que a vida nos proporciona.”

Vida de Poeta Aos poetas se veda a felicidade Pobre corpo lacerado, desalmado, incompreendido Às vezes um caricato afetivo, libertino Esconde um amor não correspondido.

DESTINOS / Rogerio Vasconcelos M. da Costa

Como Honoré de Balzac, Rogerio Vasconcelos M. da Costa nasceu na cidade de Tours, Vale do Loire, França. “Mas não escrevo como Balzac.” Estudou na cidade do Porto, “mas não escrevo como Almeida Garret”. Passou por Coimbra, “mas não escrevo como A. de Quental, Eça de Queiroz, Miguel Torga e muitos outros”. Chegou ao Brasil em 1953. Gostou e foi ficando, ficando... Viveu nove anos na França, dez em Portugal e os restantes no Brasil.

DESVENDANDO A INFORMÁTICA NA MELHOR IDADE - 4ª EDIÇÃO / Elianete Vieira

Dê os primeiros passos no mundo do computador. Utilize-se da internet para conversar com quem ama e está distante ou com quem precisa se relacionar profissionalmente. Escrito em linguagem clara, direta e acessível, o livro é indicado para todas as idades. A autora faz um rápido relato histórico da invenção do computador e introduz o leitor ao vocabulário utilizado antes de iniciar os capítulos, que podem ser usados como aulas sequenciais.

DEUS NO BANCO DOS RÉUS / José Pereira

Pelo que se vê, Deus não existe. E mesmo que exista, parece ter esquecido da Terra e do ser humano, porque todo mundo está passando por maus bocados. Não há segurança, paz, amor, e a situação parece que só piora. O mal está vencendo! Se isso já passou por sua cabeça ou se é uma conclusão óbvia para você, leia este livro. Ele vai surpreendê-lo.

DEUTERONÔMIO 18:15 - TEMPO E CONSCIÊNCIA HISTÓRICA / Abadi

Esta obra em que se desdobra em dez capítulos, apresenta temas constantes relacionados ao título Tempo e Consciência. Tempo pode ser passado, quando do pecado de Adão e Eva, e onde ficaram para sempre os que descumpriram a aliança sagrada de Deusalajavé; tempo presente é o tempo do ente que se revela sob o perspectivismo e a historicidade da condição humana, seja em que lugar for, levada no plano da percepção sensível do ser; e tempo futuro, ou além tempo, é o que corre fora desta galáxia.

DIALETOLOGIA DA LÍNGUA PORTUGUESA FALADA NO BRASIL / Sandra Mello Porto

A língua portuguesa é falada por milhões de pessoas pelo mundo, sendo a língua oficial de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e de Timor Leste. Contudo, a língua portuguesa falada nesses locais não é exatamente igual. Fatores sociais, geográficos, históricos e econômicos interferem na forma de falar das pessoas, fazendo com que sejam criados subfalares diferentes.

DIÁLOGO / Rafael Tahan

O primeiro contato dos leitores com a poesia limpa e visceral de Rafael Tahan se dá através deste “Diálogo” – livro que apenas parece ser seu primeiro. “Apenas parece” porque “Diálogo” surgiu de uma depuração de certos poemas que faziam parte deste livro, depuração esta que durou anos, provavelmente 4. Os poemas que ainda estão aqui foram tão drasticamente modificados que já são outros poemas.

DIAS ASSOMBRADOS EM ROMA E OUTRAS PROSAS / Carlos Méro

Um relato cru e sem rodeios das desventuras de um brasileiro que, em Roma e já no derradeiro dia de uma viagem de recreio, viu-se surpreendido por um acidente vascular cerebral. O hospital, as dificuldades de comunicação, a identidade dissolvida no meio da multidão de pacientes, os incômodos e as intolerâncias (apesar do aconchego solidário de estranhos), o quase que proibido contato com a família, a sonegação de informações sobre o estado do paciente.

DIAS DE ENCONTROS E DESENCONTROS / Dias de Cordel

Os jovens nordestinos são aventureiros por natureza e também premidos pela necessidade. Mandiocão veio da Paraíba e após várias passagens pelas fazendas de Goiás foi contratado por Ciro Morgado, chefe da turma motorizada da Conserbrás, para ser ajudante-geral. Evoluiu para ajudante de máquinas, operador de HD-21 e finalmente foi chefe-geral de transportes da empresa. Após alguns anos na autarquia, saiu para trabalhar como condutor de ônibus fazendo a linha Goiânia/São Paulo.

DINÂMICAS OCULTAS / Celene Thaumaturgo

Existem muitas dinâmicas ocultas, desconhecidas para nós em nosso universo pessoal. Qual delas afeta o nosso bem-estar? Onde estou emaranhado? As mudanças são inevitáveis, mudar o paradigma significa encontrar novas soluções. Focamos muitas vezes na dor e esquecemos que temos outros caminhos. A mente fica aprisionada em memórias sem soluções, porque já aconteceram.

DISPERSO EM VERSO / Anna Elizandra

A produção poética de Anna Elizandra encanta pela pureza de sensibilidade, pela singeleza da construção linguística, como também pela delicadeza com que constrói belíssimas imagens. Ela ratifica as palavras de Luís Almeida Sampaio, em artigo recente: “O bom poeta não precisa inventar inspiração, porque a musa inspiradora rouba sua atenção e canta sua pena.

DISTRAÇÕES / Javier Rapp

Distrações é um livro despretensionso, no melhor sentido que essa palavra possa adquirir. Não se trata de uma obra displicente ou descomprometida. É um texto que se oferece sem empáfia e sem solenidade, que deseja dar prazer e questionar, mas sem teatralidades, sem afetações que queiram fazê-lo parecer o que não é. Não renuncia, no entanto, a certa elaboração formal e menos ainda ao (des)controle da emoção.

DO ÓDIO AO AMOR, DA REVOLTA AO PERDÃO / Jhou Jou

Argel e Maria Antônia, pais de Maria Angélica, formam um casal harmonioso com fé em Deus e muito amor no coração. Pedro também é filho único, mas passou muito tempo na Europa estudando, longe da família, tornou-se um rapaz sem fé e religião. Frequentava as missas quando seus pais exigiam que os acompanhassem. Pedro não acreditava que Deus existia e se preocupava com os seres mortais.

DO PORÃO AO PALÁCIO / Marília Sant'anna Lole

Em nossa vida, constantemente precisamos tomar decisões que, por certo, trarão consequências que podem ou não nos fazer desfrutar da paz e alegria que tanto almejamos. É, então, que um conselho, uma palavra sábia e amiga será oportuna. As experiências descritas nesse livro retratam situações transcorridas sob a orientação da Palavra de Deus, de uma família que almejava adquirir sua casa própria e que, para isso, precisou passar por muitos momentos adversos.

DO SELVAGEM AO HUMANO / Monsenhor Denizar Coelho

Devemos buscar continuamente liberdade e felicidade? Devemos despertar ou aumentar nosso interesse pelos ensinamentos cristãos? A mesma pergunta em duas formas. Este livro não é destinado apenas àqueles que se autodenominam cristãos, mas a todos os que desejam ser genuinamente livres e felizes. Estamos diante de uma oportunidade prática e simples de estudo e meditação sobre a vida. Trata-se essencialmente de um estudo do bom senso, também chamado de senso comum.

DOURANDO PÍLULAS / Augusto Cesar / Pedro Neto

A expressão “dourar a pílula” significa apresentar algo que é difícil ou desagradável como uma coisa mais suave e fácil de aceitar. Dizem que nasceu de prática farmacêutica antiga, que consistia em embrulhar pílulas em finos papéis, a fim de preparar psicologicamente a pessoa para engolir um remédio de gosto amargo. É importante frisar que dourar a pílula não é mentir, mas sim adoçar uma verdade amarga. No entanto, as pílulas douradas que Augusto Cesar e Pedro Neto nos servem neste livro são de outro tipo.

DRAMA PÓS-PSÍQUICO / Heitor Baldo

Drama Pós-Psíquico convida o leitor a embarcar em extravagantes reflexões acerca das diversas facetas da condição do ente humano e da sua filosofia, tudo empacotado em insólitas poesias. Em última instância, o autor mostra que o rumo tomado pela poesia contemporânea nos conduzirá a um caminho sem volta para a tão esperada “poesia do futuro”, tão inovadora e revolucionária que irá esmagar impiedosamente, e não deixará pedra sobre pedra, tudo o que um dia foi chamado  de  “poesia” –  sempre  démodé!

DRAMATURGIA EM CENA / Karina Correa Torres

Apresentamos dois trabalhos de dramaturgia inéditos, criados a partir de oficinas de teatro ministradas pela Cia Teatral Simbiose, bem como os detalhes de todo o processo de criação dos mesmos. Em “Últimas Notícias” divirta-se com um texto jovem e irreverente, trazendo o mundo da mídia para o palco, com uma temática jovem e situações no mínimo inusitadas.

E ENTÃO AMANHECEMOS / Pe. Marcos Antônio Dias

O autor apresenta nesta segunda coletânea de poesias suas intuições sobre o mistério de nossa presença no mundo, iluminando-o a partir do encontro com Aquele que trabalha às portas de nossas casas.

E LÁ ESTAVA EU... / Maurão

Quem é o autor? Maurão é Mauro de Oliveira, nascido na longínqua Santo Anastácio, interior de São Paulo, no também longínquo ano de 1952. Sempre gostou de escrever e em tudo o que faz, sejam músicas, sejam textos em geral, os mesmos sempre vêm com uma pitada de humor. Maurão é compositor e cantador. Tem vários CDs gravados e também alguns DVDs.

ELA, EU E O ALZHEIMER / Taís Guimarães

Quando decidi voltar para o Rio de Janeiro, não tinha ideia do que aconteceria com minha vida. Vendi o apartamento, perdi o trabalho, os sonhos e o sorriso. Prisioneira da doença de minha mãe, debatia-me entre a tristeza e o espanto, a incompreensão e a revolta. Revolta até mesmo contra Deus, que eu achava ter me abandonado. Sentia saudades da mãe amorosa que sempre fora. Cada dia mais distante da realidade, passou a viver em um mundo que só a ela pertencia. Percorri um caminho escuro e pedregoso tentando, em vão, trazê-la de volta para mim.

ELEMENTAIS - LIVRO I / Paulo Eterno Venâncio Assunção

Quando as ameaças vindas do País da Água começam a tornarem-se verdade, Karkanoff, o guerreiro da água turva, volta do seu exílio em busca de uma criança prometida em uma profecia de cem anos atrás. Depois de muito tempo procurando em vão, finalmente o guerreiro da água consegue encontrar a criança e, enfim, começar o seu treinamento.

EM PEDAÇOS / José Esteves Prado

O livro de poesia do cotidiano, como chamo, é um olhar sobre o dia a dia. Pode ser lido como um todo ou em pedaços, fragmentos, como sugere o título da obra. Afinal, o todo é a junção de nossos pequenos pedaços. Convido você, leitor, a refletir, sentir, olhar ao redor através da leitura, mas sempre atento aos sinais que nos acenam durante todo o trajeto desta caminhada. Boa leitura, caro leitor!

EM RUÍNAS / Marcus Franco

Questionamentos, angústias, decepções, dores, amor... O leitor vai encontrar a força de quem descobriu nas palavras a forma de saltar o muro, desnudar a alma, abrir caminhos para um novo amanhecer. O homem que aqui se expõe é aquele que questiona as regras de uma verdade pré-estabelecida, a hipocrisia, o egocentrismo divino, que se banha num rio profundo de dúvidas e, às vezes, de uma indignação profana.

EMOÇÕES / Fausto Leonardo Cruz

Brasileiro, natural de São Paulo, capital. Descendente de imigrantes austríacos, pelo lado materno e, remotamente, espanhóis pelo lado paterno, estabelecidos em Bariri, Bocaina, Jaú, Pederneiras e outras cidades do Estado de São Paulo. Meus pais foram os primeiros moradores da Rua Araré, na Chácara Inglesa, na zona sul de São Paulo, onde nasci e vivi com os meus pais e com os meus nove irmãos.

EMOÇÕES E SOLIDÃO DE NÃO APRENDER A LER / Vilmária Fernandes Sales

Nosso trabalho indica que é preciso olhar as emoções e afetividade que se estabelecem nas relações humanas dentro da escola. Esse olhar muda o foco das emoções não como desorganizadoras do comportamento e da aprendizagem, mas como caminhos do que está ocorrendo com as crianças no seu processo de aprender e das relações que se estabelecem embasadas pela concepção que razão e emoção estão interligadas.

EMOÇÕES EM CORES E RABISCOS / Roswita Ribeiro

“Quando o sol se puser no horizonte, ainda assim, estarei aqui, encontrando inspiração entre crepúsculos e luares. Ainda assim, me encontrarão aqui beijando a vida linda, prazerosa de se ver, pintar e escrever sem desperdício da inteligência ou do que valorizo: vida com amor no coração!”
Roswyta Ribeiro

ENCANTAMENTO / André Luiz Leite da Silva

Encantamento... O título deste livro trata de um assunto que, como observador, vejo em todo lugar... as pessoas estão sob efeito de um analgésico, estão ENCANTADAS. O encantamento é quando foi colocado para dormir, mas precisa de certo grau de dormência; caso contrário, perde-se o sujeito... Encantar alguém ou deixar-se encantar por algo é muito comum nos dias de hoje, dias de “luzes”, de “sons”, e com as “luzinhas” e os “sonzinhos” vamos nos deixando enganar... pois é isso, deixamo-nos enganar... mas gostamos, queremos, pedimos, quase que imploramos para ser seduzidos... e somos...

ENCANTOS DA VIDA / Marilina Baccarat de Almeida Leão

Dentro do nosso viver, há muito encantamento. Gostaria e quero poder ser feliz, encantando-me  com o encantar da vida. Poder admirar o encanto e ficar encantada de mim mesma, só depende de mim... Posso até morar em um castelo, mas, se eu deixar que o vento balance e leve meu encantar, não poderei ver as estrelas teimosas, que se escondem de mim, brincando atrás das nuvens. Não me apavoro com a tempestade, quero que chova e molhe as plantas, porque quero ver o encanto, que há nelas...

ENIGMA NO CARIBE / Emerson B. Pereira

A presente obra tem como pano de fundo um enigma no mar do Caribe. Suspense do começo ao fim, onde os crimes e desaparecimentos vêm acontecendo, somente havendo a solução da trama ao final do livro. Aulas de gastronomia também ajudam no desenrolar dos fatos dentro do luxuoso navio de cruzeiro. Trechos bem-humorados colaboram com a intenção de manter os leitores ligados na história.

ENQUANTO DANÇAS / Allan Fonseca

“Enquanto danças” é uma obra sobre o tempo – ou melhor, sobre um tempo. Um tempo que é de saudade, mas também presença; de rio, mas também vapor; de périplo, mas também pose; de perda, mas também esperança. De um corpo que, fiel à essência da dança que executa, expande-se no espaço até ele, corpo, ser o tempo presente e ilimitado em que tudo parece possível. O templo em que se ora pelas dádivas de agora.

ENTÃO É NATAL / REBRA

A vida, em todas as suas atividades, onde quer que se manifeste, representa Deus em ação. Reconhecemos essa verdade em cada texto apresentado neste livro, integrado por emocionantes expressões literárias da lavra de privilegiadas escritoras associadas REBRA. Algumas peças nos fazem chorar, outras refletir, outras chegam até a nos divertir.

ENTENDENDO A MENSAGEM / Reverendo Marcio Souto

Reverendo Marcio Souto é ex-padre, jornalista (MTB-SP 42.857), teólogo, filósofo, professor e escritor. Entendendo a Mensagem é sua primeira obra publicada. Durante algum tempo, estive analisando a dificuldade das pessoas em entender a Bíblia. Resolvi, então, escrever este livro a fim de tentar esclarecer um pouco alguns temas. Pesquisei muito, conversei com vários amigos, levei em conta os conselhos e as orações do meu amigo e irmão Missionário Orlando Vieira, e por fim o livro ficou pronto.

ENTRE AS MONTANHAS DE MINAS / Jussara Duarte Soares

Rodrigo Silva é um dos distritos repletos de cultura pertencentes à cidade patrimônio da humanidade: Ouro Preto. Nesse livro, descemos os degraus da história e encontramos figuras, momentos e construções que marcam o nosso passado.  A capelinha de Santa Quitéria, a igreja de Santo Antônio, a estação ferroviária, a escola e a Sociedade Musical de Santa Cecília são importantes legados e constituem-se em testemunhos vivos dos tempos de outrora.

ENTRE O ESPELHO E A UTOPIA / Juliana Ortiz / Janete Serralvo

Entre O Espelho e a Utopia: Possibilidades de viver, sentir, imaginar e sonhar de outro patamar. “Quando me olho, não me vejo”. Deveria o espelho pensar mais antes de devolver a imagem que lhe foi enviada? Ou... é difícil o espelho falar por mim? Existe a Utopia no caminho: “Hoje sou a utopia que madruga/ Atropela sono, invade o papel”. O espelho inspira a imaginar, a idealizar a realidade sonhada levando à utopia.

ENXUGUE SUAS LÁGRIMAS E SIGA EM FRENTE / Pr. Rogério Garbin

A vida é cheia de surpresas e nem sempre elas vêm recheadas de boas notícias. Ser feliz é uma questão de decisão, pois as circunstâncias nem sempre são favoráveis. Se dependermos das circunstâncias, corremos o risco de sofrer mais do que deveríamos. Enxugue suas lágrimas e siga em frente poderá ajudar você a olhar a vida sob uma ótica em que Deus conduz nosso destino.

ERVA DANINHA / Eliana Di Donato Carosini

O objetivo deste livro é prevenir os jovens que se sentem perdidos diante de tantas adversidades da vida. Tanto os momentos bons como os ruins, passam. Eles existem para nos ensinar a desamarrar o emaranhado que se faz muitas vezes no nosso viver.  Não vale a pena fugir à realidade. Com palavras da própria autora “nada que interfira no modo de agir e pensar é digno de ser consumido”.

ESCOLHAS DO CORAÇÃO / Johann Nogueira

Sobre a obra ESCOLHAS DO CORAÇÃO de Johann Nogueira - Luca nasce com o poder de amenizar as cicatrizes deixadas pelo passado em sua família. Sua busca pela compreensão da vida se transformará em pura poesia, e Giulia, sua melhor amiga, estará ao seu lado, compartilhando dos mais lindos momentos e versos. As armadilhas da vida fará do garoto um refém dos mais nobres sentimentos.

“De que o amor é alimentado? Ou melhor: de que a vida é alimentada, senão dos restos de amor? Somos apenas animais apaixonados. Ou seja, pessoas finitas, de sentimentos infinitos, apegando-nos a corpos que se vão e olhos que se fecham, veja só, que droga!

ESCRAFUNCHANDO O LAGAMÁ / Julinho Mendes

ESCRAFUNCHANDO O LAGAMÁ... - Embora a forma correta, segundo os dicionários, seja escarafunchando (gerúndio do verbo escarafunchar) o lagamar (substantivo masculino singular), serei fiel ao linguajar caiçara; a expressão significa remexer, revirar a areia, na lagoa do mar, na maré vazia. É o que “vamos” fazer: remexer! Assim como outrora a caiçarada fazia, no vazio da maré, à beira da praia, cavando com os pés areias e mirins, à procura do sapinhauá, do pregoava, do tarioba e do cambiá (mariscos e moluscos comestíveis).

ESCRITOS EXTRAÍDOS DO SILÊNCIO / Ana Cecília de Sousa Bastos

Trata-se da quarta coletânea de poesia da autora. Compõe-se de “Noite”, “Sons que habitam o silêncio”, “Estrada” e “Amanhecer”. Em “Noite” a poeta se mira no espelho do poema e incorpora a própria natureza do silêncio. Nas divisões “Sons que habitam o silêncio” e “Estrada”, ela dirige olhares a pessoas e fatos, próximos ou distantes, em textos sempre marcados pela indagação existencial. Por fim, em “Amanhecer” há ainda traços das outras seções, mas destacam-se os poemas de feição religiosa.

ESCRITOS SOBRE GÊNERO E SEXUALIDADES / Antonio de Pádua Dias da Silva (org.)

Uma das funções de quem ocupa lugares de poder, como os acadêmicos, é encontrar e provocar rasuras nas escritas que se querem perfiladas, identificadas, fixas, engessadas, com a finalidade de provocar ruídos, dessemiotizar o estabelecido e garantir, aos “outros”, direitos consolidados apenas aos “iguais”.

ESPÓLIO / Rubervam Du Nascimento

Acompanho a trajetória poética de Rubervam Du Nascimento desde que ele mesmo se autodenominava poeta de um livro só: A Profissão dos Peixes, livro que foi transformado por seu autor num recital performático, denominado Corpo-a-corpo, levado com muito sucesso por todo o Brasil. Era sua intenção reeditá-lo a cada cinco anos, sempre em edições revistas e diminuídas, até a “impressão da Pedra/Peixe, em enormes cartazes”, moto-contínuo às avessas.

ESSA SOU EU / Maria Helena Mariani Vecchi

Quem se expressa com a palavra escrita dá mais um passo no caminho da inspiração. É multiplicada a emoção nessa infinitude sem fim. Mais uma semente é plantada para fertilizar, em um só parágrafo, uma nova inspiração. Assim é algo que não se acaba. Se nasce, vive, cresce, amadurece, indo mais além do que essa vida, pois jamais há de morrer.

ESTRATÉGIA EM GERÊNCIA DE PROJETOS / Cesar Buaes Dal Maso

O autor apresenta uma leitura da Estratégia de Negócios da Disney e sua relação com o Gerenciamento de Projetos. A publicação traz uma abordagem sobre a correlação entre um caso prático de grande destaque, com elementos da estratégia e as ferramentas da gestão de projetos. É uma obra que traz uma análise fundamentada e aprofundada de uma boa prática de projetos, e que pode servir como orientação e inspiração para os profissionais dessa área.

ESTRATOS DO SENTIR / Norma Panicacci Balau

Estratos do Sentir, novo livro de Norma Panicacci Balau, mais uma vez nos apresenta uma seleção de poemas cujo fio condutor é a reflexão sobre os vários momentos da existência, levada a cabo por alguém de grande sensibilidade e que não se acomodou com o passar do tempo – a autora permanece atenta aos fatos e pessoas do dia a dia. Os textos, estruturados de forma bastante livre do ponto de vista literário, seguem apenas uma regra, apesar da diversidade de temas e estados de espírito: transmitir emoção e compartilhar sentimentos. Com a maturidade que a idade lhe conferiu, Norma não tem medo de expor as diversas camadas de seu rico universo interior – os estratos de seu sentir. Por isso, a leitura deste livro é um passeio repleto de descobertas e identificação – pois cada leitor haverá de encontrar um poema que poderá “chamar de seu”, por ser a tradução exata do que já viveu em algum momento de sua vida.

EU CIDADÃO...E AGORA ? / VÁRIOS AUTORES

Abrir esta antologia é realizar parte de um grande sonho. Quando idealizamos o Concurso Literário de Praia Grande, tínhamos em mente fornecer meios para que nossos jovens estudantes, de todas as redes de ensino - municipal, estadual e particular - se sentissem motivados a ler.

EU NÃO SOU ASSIM, ESTOU ASSIM / Leonard Verea

O livro aborda temas que provocam desconforto. Sintomas como ansiedade, depressão, pânico, medo, fobias, insônia, ou hábitos e vícios que concretamente prejudicam a harmonia de um todo composto por corpo, mente, coração e intelecto: problemas psicossomáticos e comportamentais que levam a pessoa a se sentir estranha, árida e incapacitante: Eu Sou Assim, é o que a maioria pensa de si mesmo, sem muita Autoestima.

EU SOBREVIVI / Pedro Ribeiro Celidonio Gomes dos Reis

Essa é a história de uma longa batalha no caminho da superação. Mal completara trinta e tantos anos, Pedro Ribeiro Celidonio Gomes dos Reis já percorrera uma carreira acadêmica brilhante e iniciara sua atuação na administração pública com um grande feito. Formado em Direito pela São Francisco, conquistou pós-graduação na Escola de Administração de Empresas da Fundação Getúlio Vargas e na Michigan State University, nos Estados Unidos.

EXALANDO ESPERANÇA / Jean Mello

Exalando esperança e ainda me livrando da dor de ver o que poucos enxergam ou assumem que veem. Experimentando disparidades de vida. Valorizando quase que ao extremo a supremacia de existir desse lado – ao menos sei que dar importância a cada dia, cada segundo, como se fosse o último, é no mínimo prudente. Sabendo da beleza e do perigo das palavras, principalmente as que têm o poder hipnotizante de enganar, para não cair no erro de dizer muito antes de escutar mais ainda.

EXPRESSIONÁRIO DE FALAS POPULARES / João Gomes da Silveira

Expressionário de falas populares é o novo livro de João Gomes da Silveira na área de linguagem. É um completo e interessantíssimo compêndio com expressões idiomáticas e não idiomáticas destinado a todos os usuários da língua portuguesa. Serve tanto aos estudiosos e profissionais que têm como matéria-prima de seu trabalho o manancial inesgotável que é qualquer língua, organismo vivo que se transforma e reinventa todos os dias, como também às pessoas comuns, que hão de passar horas de agradável divertimento (re)descobrindo e (re)aprendendo novas formas de se expressar.

FAÇA ALGO POR VOCÊ / Plinio Garcia

Com o objetivo de gerar uma outra forma de ajuda, em que o autor não possa estar presente, ou oferecer outra possibilidade de acesso, surgiu a ideia deste livro, com o propósito de levar palavras de entusiasmo, incentivo, consolo, compreensão e entendimento aos leitores que passam por tribulações emocionais de todos os tipos.

FACES DO COTIDIANO / Rossidê Rodrigues Machado

Faces do Cotidiano é o quarto livro da escritora Rossidê Rodrigues Machado, sua primeira incursão no terreno de contos e crônicas. Os 31 textos reunidos nesta obra são “narrativas do cotidiano, testemunhadas, inspiradas ou ouvidas pela autora”, cujo foco reside nas pessoas e seus desejos, sentimentos, sonhos, aflições e alegrias. São histórias que buscam oferecer momentos de prazer aos leitores e, assim, neles despertar e consolidar o hábito da leitura e contribuir com o conhecimento e a cultura do país.

FATORES QUE CONTRIBUEM PARA O DESENVOLVIMENTO DA GOVERNANÇA TRIBUTÁRIA / Hélder Uzêda Castro / Marta Cardoso de Andrade

O objetivo deste livro é estudar fatores que contribuem para o desenvolvimento da governança tributária numa empresa de grande porte. Para tanto, optou-se pelo método do estudo de caso acerca da estruturação da administração tributária da Petrobras, sendo essa corporação escolhida por se tratar da maior contribuinte de tributos do Brasil. Para empreender esta pesquisa, foram realizadas análises em documentos e registros da companhia estudada, observação direta in loco e entrevistas individuais e com grupos de dois ou três profissionais envolvidos no processo e os que detinham informações relevantes para o entendimento do objeto de estudo.

FAZ DE CONTA / Robson Miguez

Ao conhecer o poeta Robson Miguez, fiquei sabendo que ele teve como mestre o conhecido escritor maranhense Nascimento Morais Filho. Ao lançar mão de um estilo que, às vezes, me pareceu ao haicai japonês, o autor, no seu livro Faz de Conta, utiliza vocábulos cotidianos e simples para dizer muito com poucas palavras, às vezes, imprimindo nelas a velocidade de um chicote que fere ou a avidez de uma lâmina afiada que corta inexoravelmente.

FÉ DE MAIS OU FÉ DE MENOS? / Paraymun Radoesde Motrick

Em 2003, lancei meu primeiro trabalho pela Thesaurus Editora. O título era Sob a Luz dos Ensinamentos Bíblicos, uma manifestação da minha fé em texto. O tempo foi passando e fui conhecendo teses e estudos científicos que foram reforçando as palavras deste livro e, portanto, fui reescrevendo o seu miolo. Atualmente, em suas páginas, podemos encontrar manifestações de fé embasadas em estudos, além de experiências próprias que foram renovando e amadurecendo a minha pessoa. Eu o lanço novamente, com outro título, na intenção de ajudar outras pessoas. É um livro que tem como objetivo ser uma fonte de reflexão sobre a vida, a bíblia e, acima de tudo, sobre a fé. Sobre a mudança de título, ele não poderia mais ser chamado da forma antiga, pois abraça outras fontes de fé além da bíblia.

FELICIDADE SEM FIM / José Tavares

“Tavares atinge a perfeição artística em seu livro ao colocar os motivos da felicidade e do amor em uma relação dinâmica, em movimento.”
Daniel Santana de Jesus - Doutor em Letras pela Universidade de São Paulo e crítico literário

FESTA DE ANIVERSÁRIO / Ivete de Campos

Eu estava num dia ruim. Minha cabeça, um turbilhão de pensamentos. O meu estômago parecia conter um liquidificador. Eram tantos pensamentos caminhando em direções opostas... As emoções brincando de tobogã dentro de mim. O telefone tocou e aquela voz do outro lado, uma voz feliz e segura, pegou-me de repente. Era minha querida amiga Ivete me contando que acabara de vir da editora e ia lançar seu segundo livro. Entrei na sintonia dela e fiquei imensamente feliz por mais essa realização.

FLOR DE LÓTUS / Morgana Lima

Dois continentes e alguns países invisíveis aos olhos humanos... Uma guerra entre duas etnias: feiticeiros e bruxos. Os bruxos querem uma raça pura e são a favor dos ideais de Hitler e da Segunda Guerra Mundial. Será que conseguirão pôr em prática mais esta mazela no currículo da humanidade?! Vocês, bons leitores, não poderão deixar escapar aos seus olhos vorazes personagens cativantes, como Mago Dornellas, Ronaldo, Mariane e Merlin, uma vida de outras vidas, muito a cumprir e aprender.

FLOR DE LU / Lucilaine de Fátima

“Sinto, logo escrevo”: esse é o título de um dos poemas de Flor de Lu que resume a essência poética deste novo livro de Lucilaine de Fátima, repleta da linguagem do sentir, invertendo a lógica cartesiana que priorizaria o pensar. Em Flor de Lu, a poetisa se escancara e mostra tudo o que se vive, sob o crivo poetizante do seu sentir.

FRAGMENTAÇÃO DO SENSO COMUM / Ovidio Borazo

O angustiante nos dias de hoje é vermo-nos incapazes de censurar nossas atitudes frente à construção de uma cultura da paz, sem nos darmos conta de que muitas das vezes a paz que estamos construindo é a da ideologia do consumismo. Fragmentamos tudo, até nossos sonhos, nossas ideias e ideais, escondendo-nos em defesa do nosso individualismo, a ponto de sermos hipócritas e medíocres em relação à intolerância do outro que é humano.
Ovidio Borazo

FRASES QUE MUDARÃO A SUA VIDA / Cristiano Viturino da Silva (org.)

Acredito que não existe nada mais poderoso no mundo que a palavra de Deus. Assim como uma frase mudou a minha vida, creio que alguma ou algumas frases deste livro também mudarão a sua. Porque a palavra de Deus é viva, e eficaz, e mais cortante do que qualquer espada de dois gumes, e penetra até ao ponto de dividir alma e espírito, juntas e medulas, e é apta para discernir os pensamentos e propósitos do coração.
Cristiano Viturino da Silva

GARATUJAS / José Mauro de Oliveira

GARATUJAS é uma coletânea de poemas e prosa poética que abarca mais de quatro décadas de produção do poeta cearense Mauro Mendes. Todos os poemas são inéditos e abordam temas que vão do quotidiano ao mítico e ao religioso, sem falar na relação com a natureza, sobretudo o mar e a terra natal do poeta. GARATUJAS tem muito a ver com o sonho e o devaneio e o leitor também se deliciará com uma linguagem onde predominam a experimentação com as palavras e a forma lúdica e livre de dizer as coisas.

GERALDO VANDRÉ / Vitor Nuzzi

Geraldo Pedrosa de Araújo Dias nasceu em 1935 em João Pessoa. Hoje é um cidadão anônimo que caminha pelas ruas de São Paulo ou do Rio de Janeiro. Geraldo Vandré nasceu nos anos 60 e morreu em 1968. Morreu? Vandré vive. Nas canções, no imaginário de uma geração que o ouviu cantar no Maracanãzinho na noite de 29 de setembro de 1968: quem sabe faz a hora, não espera acontecer.

GOTA URBANA / Ari Lins Pedrosa

Parabéns por mais esta realização, em sua já vasta produção literária. Foi uma satisfação que nos deu, em continuidade às manifestações anteriores de sua criatividade, com que já nos brindou.
Reynaldo Valinho Álvares – Poeta

GUIA DO PROFISSIONAL DO TEXTO / Ana Cristina Mendes Perfetti

Na era da Internet e do computador são inúmeros os processos de comunicação, de forma rápida e prática, para qualquer parte do mundo. Entretanto, parece que a principal dificuldade a enfrentar não está na utilização da tecnologia, e sim em se fazer entender claramente tanto na linguagem falada como na escrita. Para uma comunicação eficaz, não é apenas o veículo que usamos para comunicar que conta, mas também a forma, o conteúdo e a linguagem que usamos.

HELENA / Maria Helena Ferrari

Helena, uma mulher guerreira. Sim, é assim que sou. Desde menina sempre tive o desejo de ser alguém na vida pelo trabalho e pelo estudo. Em meu primeiro livro, A menina do lago, falo somente da minha infância. Agora, neste segundo, Helena, estou narrando algumas fases da minha vida depois do casamento até os dias de hoje. Falo também como conheci a Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias (mórmon), de onde sou membro até hoje.

HISTÓRIA DE FRANCISCA, QUE UM DIA FOI JULIETA E DEPOIS SE TORNOU FRANCE / France Navas

Às vezes só olhando para trás percebe-se que os sonhos da infância se realizaram. Nem sempre com a ingenuidade da época e de modo tão fácil. France registrou sua história acreditando, como muita gente, que ela daria um romance e resolveu contá-la como memória para as futuras gerações. Ao chegar ao último capítulo percebeu, apesar das voltas e pedras do caminho, como muito do que sonhara havia se realizado.

HISTÓRIA DE PÁSSARO / Mauro Guilherme

Mauro Guilherme é paraense, nascido em Belém, mas mora no Estado do Amapá desde o ano de 1991, onde é promotor de justiça. É autor dos livros de poemas Reflexões Poéticas (1998), Humanidade Incendiada (2003), do romance Destino (2007), do livro de contos O Trem de Maria (2009), do livro de literatura juvenil As Histórias de João Pescador (2010) e do livro de contos Histórias de Desamor (2012).

IDENTIDADE CULTURAL E DIVERSIDADE ÉTNICA / Maria de Lourdes Teodoro

“A identidade de que fala Maria de Lourdes Teodoro é fundamentalmente dinâmica. Trata-se, para ela, de apreender um processo de reflexão e de escrita e não de afirmar essências de ordem moral ou filosófica. As noções de “Négritude” ou de “Modernismo” estão aqui para serem apreendidas em sua dupla dimensão, una e diversa, local, se se pode dizer, e universal, em seu devir histórico e cultural, em toda a sua força de contestação de uma ordem cultural ou política.”

IDENTIDADE, ARTE E CULTURA / António Euzébios Filho (org.)

O acúmulo reunido nesta publicação reflete alguns debates desenvolvidos, especialmente, no campo da esquerda marxista e estão relacionados à necessidade de refletir sobre a complexidade do processo de transformação social. Trata-se de uma complexidade que traz à tona dimensões que não estão descoladas da questão econômica, mas que não se prendem totalmente à ela, tais como: cultura, identidade, estética e afetividade.

IDENTIDADES CULTURAIS E NÉGRITUDE ANTILHANA / Maria de Lourdes Teodoro

Este texto é voltado para o Modernismo Brasileiro e para o Movimento da Négritude. Ele descreve minha trajetória de pesquisa e de reflexão sobre as relações entre Brasil, África, Europa e Antilhas de expressão francesa e créole. Trago ao leitor o texto que eu li em um ritual de defesa de tese de doutoramento na Universidade de Paris, Sorbonne. Trata-se de um caminho centrado nas identidades culturais enquanto percorre as trilhas das identificações, em literatura comparada. Inclui breve introdução à Négritude Antilhana.

IGARAPAVA / Maria José Silva Adornato

Maria José Silva Adornato - Paulista de Igarapava, nascida no dia 28 de abril de 1942. Formada em Letras pela USP na Faculdade de Filosofia, Letras, e Ciências Humanas e em Pedagogia pela mesma Universidade. Lecionou Português em escolas estaduais e municipais na cidade de São Paulo no Ensino Fundamental e Médio. Foi diretora de escolas municipais do ensino fundamental e infantil. Participou de cursos de extensão universitária e formação continuada. Participou de congressos sindicais e especiais na área de educação.

INSTANTES / Edemir Fernandes Bagon

Instantes é um livro de poesias que expressa a necessidade e a urgência do ser humano em sentir a vida. Nessa obra, o leitor encontrará interpretações poéticas relacionadas a diferentes aspectos da existência do homem: amor, morte, destino, encontros e desencontros no mundo.

INTERVALO COM DEUS / Irene José Vicente

Fiquei surpreso hoje, quando abri a página inicial de e-mails e encontrei o título: “Santa Catarina Costa... urgente!”. Lembrei-me da carta de Critilo a Dorotheo, nas Cartas Chilenas, de Tomás Antônio Gonzaga: “Amigo Dorotheo, prezado Amigo... Acorda, se queres ouvires, cousas raras...”. Abri o computador e li a mensagem, que era fazer uma orelhinha para o livro, com cinco capítulos, prefaciado pela escritora Santa Catarina Costa, da autora Ilma. Sra. Irene José Vicente, filha de Antônio José Vicente e Sebastiana Nercinda Vicente, e neta de Ana Maria Vicente, a Picututa, e de Alexandre José Vicente, nascida em Araçatuba (SP), em 17 de agosto de 1957.

IPUPIARA E IBIPETUM / Arides Leite Santos

As comunidades de Ipupiara e Ibipetum, suas origens (século XIX), seu desenvolvimento (século XX), até a consolidação atual (2015), são abordados neste livro. Conta a história de Aristides Silva, que participou do “Movimento do Barulho”, isto é, disputas de poder entre os coronéis Horácio Matos e Militão Coelho (1916-1919), primeiro pelo lado de Militão, depois pelo lado de Horácio. Mais tarde, por volta de 1938-1944, Aristides disputou com Nestor Rodrigues Coelho (filho de Militão Coelho) a prefeitura de Brotas de Macaúbas.

JANELA DOS OLHOS MEUS / Luzia Resende

Escrever poesia sempre fez parte de sua vida. Fez várias oficinas de leitura, teatro e escrita. Desenvolveu diversos projetos relacionados, nas escolas onde atuou, além de projetos culturais em sua cidade, como a Expansão da Arte no Tear, artesanato que encanta e norteia toda a economia do município de Resende Costa. Publicou, por ocasião dos quinze anos de sua filha, Adolescendo com Você, no qual escreveu toda emoção vivida, do nascimento aos quinze anos da filha. Janela dos Olhos Meus é o seu primeiro livro oficial, apresentado aos leitores em geral, com temas diversos que protagonizam a vida.

JESUS E A REVELAÇÃO DO SAGRADO OBJETIVO DA VIDA / Hugo Corrêa Martins

Qual a missão espiritual do Homem aqui na Terra? Ao longo da Sua pregação, Jesus respondeu a essa pergunta revelando que é o vencimento da morte, a conquista da ressurreição, ou a obtenção da imortalidade. A finalidade deste livro é expor como o ser humano pode realizar essa tarefa, cuja execução é aparentemente impossível. Assim, com base nos ensinamentos de Jesus contidos na Bíblia, o autor mostra em detalhes por que as práticas concomitantes da castidade ou do celibato, do jejum e da oração são requisitos fundamentais para todo homem e toda mulher superarem a morte e ressuscitarem, a exemplo do filho de Deus. E a obra vai além, pois busca em outras tradições religiosas e filosóficas, como o judaísmo, o yoga, o budismo e o taoismo, ensinamentos que se harmonizam com o que Jesus pregava, conferindo universalidade à doutrina do Mestre.

JOÃO BATISTA E O PRINCÍPIO DO REINO DOS CÉUS / Luiz Rotta

João Batista e o princípio do Reino dos Céus demonstra a fantástica vida desse homem único que pisou na Terra, de forma que aprofundemos nossa consciência no Evangelho e na fé no Filho de Deus. Acompanhando sua trajetória, poderemos desfrutar de detalhes do caminho que esse homem trilhou de forma que seus passos serão como exemplos para nós nos aproximarmos de Deus nos dias de hoje.

JOGO SUJO / João Mc. Jr.

Jogo sujo – Cidade do crime não é o escárnio proposital de uma cidade; Mas, tem por contexto uma visão futurista do que se constatam corriqueiramente nas manchetes dos noticiários periódicos nos dias atuais. Jogo sujo – Cidade do crime se passa no futuro não muito distante. Onde o crime organizado ou não se estabelece de forma contundente.

JORNADA RUMO AO SOL / Jorge Xerxes

Se Ícaro tivesse voado rumo ao Sol – suposto ter vencido a gravidade da Terra – como teria sido o seu fim? O Sol deve tê-lo consumido sem dó nem piedade. Transformado a massa de outrora num produto mais sutil. Fragmentos: imagens, lembranças, sonhos e outras sensações estéticas. Aquilo que denominamos poesia por pura impossibilidade de capturá-lo por inteiro. Isso, estes blocos elementares que compõem o sujeito, são os veículos propostos neste livro. Para a sua própria Jornada Rumo ao Sol.

JUNCO DO QUINTAL / Milton Luiz Moreira

O REENCONTRO DO JUNCO - O quintal deserto resgata ao menino seres vivos e os demais elementos da natureza inseridos na sua infância, sobretudo naquele ambiente rocio, singelo e carente universo inevitável no tempo. É a vida ingênua e bucólica, quando pulsa em símbolos sem qualquer fantasia, quem constrói o Junco do Quintal e o expõe numa coletânea de versos expressivos, cujo melindre poético certifica para o menino expectador a nobreza dos que emergem e superam o destino de privações.

LAÇOS / Rute Raposeiro

Rute Raposeiro nasceu em Pirassununga (SP), em 1946, e lá morou até os oito anos. Formou-se em Letras pela Universidade Metodista de São Paulo e é professora de Português aposentada pela Prefeitura de São Paulo. Reside em São Bernardo do Campo (SP). Atualmente dedica-se às artes plásticas e à escritura de seus livros. Seu objetivo maior: deixar suas obras publicadas. Desde 2012 tem editado seus livros de poesias mais antigos pela Scortecci Editora. São eles: Oferendas: Dádivas de amigo (2012), Felicidade: Dádiva Divina (2013), Ar Primaveril (2014) e este Laços (2015).

LAMA VERMELHA / S. S. Rocha

Lama Vermelha trata sobre a Revolução Federalista, ocorrida nos anos de 1893 a 1895, conhecida como Picapaus x Maragatos. O levante estourou no Rio Grande do Sul e estendeu-se para Santa Catarina, Paraná e fronteira de São Paulo. Em setembro de 1893 a Marinha também se revolta e une-se aos revolucionários gaúchos com único objetivo: Derrubar do Poder o Presidente, então Floriano Peixoto. Essa guerra se caracterizou pela violência de ambas as partes, notadamente a prática da degola.

LAVOURA DE INSÔNIAS / Gênesis Naum de Farias

“(...) Flanar! Aí está um verbo universal sem entrada nos dicionários, que não pertence a nenhuma língua! Que significa flanar? Flanar é ser vagabundo e refletir, é ser basbaque e comentar, ter o vírus da observação ligado ao da vadiagem. Flanar é ir por aí, de manhã, de dia, à noite, meter-se nas rodas da populaça (...). Eu fui um pouco esse tipo complexo e, talvez por isso, cada rua é para mim um ser vivo e imóvel. Oh, sim, as ruas têm alma!”
João do Rio (1881-1921) - A Alma Encantadora das Ruas, 2005. p. 50-55

LEITURAS... O ENTORNO: NOSSAS VIDAS / Vários Autores

A Antologia Leituras... O entorno: nossas vidas é resultado de um árduo trabalho desenvolvido por três professoras de uma escola pública de São José dos Campos – SP, envolvendo cerca de 90 estudantes dos anos iniciais (quintos anos), que se entregaram de “corpo e alma” à leitura da natureza coexistente, no espaço urbano.

LEMBRANÇAS / Alberto Slomp

O poeta paulistano Alberto Slomp convida o leitor para conhecer este livro e fazer uma viagem inesquecível por meio de suas lembranças. A obra trata de temas envolventes sobre a cidade de São Paulo e assuntos diversificados sobre passado e atualidade, proporcionando uma leitura prazerosa de análise e reflexão pelo tempo. Boa leitura!

LÍDER POR EXCÊLENCIA / José Lorente

Em minha experiência como CEO, tive acesso a muitos programas de desenvolvimento de liderança. Alguns me impactaram mais do que outros. Diante do conjunto de novas técnicas de liderança que adquiri ao longo do tempo, passei a digeri-las de forma a transformá-las em instrumentos práticos que pudessem atender às necessidades reais de um líder em diversas situações e áreas de atuação com excelência. Nesse processo, não somente aprimorei o conhecimento adquirido como também desenvolvi outras ferramentas, de forma a complementar o meu próprio processo rumo a excelência como líder.

LINGUAGEM C / Lelis T. Murakami

Este livro é uma obra acadêmica que visa o ensinamento prático de uma das atividades corriqueiras da área de Tecnologia da Informação e Comunicação, que é a elaboração ou codificação de programas para computador. Para cada comando da linguagem, o texto agrega uma explicação clara, seguido de um exemplo prático simples, porém consistente, que ilustra como utilizar os comandos.

LÍRICO DE PAIXÃO / Manoela Moreira Coscarella

Um livro de sentimentos extraídos do cotidiano de uma adolescente do novo século. Tudo se mistura com esse ser que se vê pequeno, grande, ou mesmo um nada diante da imensidão mundial e das novas relações trazidas pela aproximação tecnológica. Relações íntimas e espacialmente distantes, cheias de dúvidas e indagações.

LUZ E ESCURIDÃO / Marcelo C. Carvalho

Martin estava vivendo em paz junto a Molly em um lugar místico e sagrado. Mas seu guardião precisava de sua ajuda para resgatar seus antigos amigos que também haviam-se perdido quando seu mundo foi destruído. Assim, ele retorna à Terra e, usando seus dons especiais, parte em busca de seus irmãos. Percorrendo vários lugares no mundo, ele irá conhecer histórias semelhantes à sua, mas carregadas de fortes sentimentos, contradições e angústias pelo inexplicável.

MANUAL DE ENXADRISMO ESCOLAR / Jorge Melecsevics

MELECSEVICS, Jorge. Nascido em 19 de Dezembro de 1959, em São Paulo. Filho de Luiza Melecsevics, brasileira (15/05/1926 – 29/06/2014) e Janos Melecsevics, húngaro (14/05/1913 – 30/03/1973). Enxadrista desde 1972, Jorge é mentor do Movimento Enxadrístico – MEX, difusor do enxadrismo em Arujá e região desde 1983. É membro da Liga de Xadrez de São Paulo, técnico de várias equipes de xadrez de Arujá (de 1985 a 2015), ajudou na conquista da 9º medalha nos Jogos Regionais com 4 de bronze, 4 de prata e 1 de ouro, ministrou cursos de enxadrismo elementar entre 1992 e 2010, editou duas revistas didáticas de Enxadrismo Elementar (1994 e 2004) e este Manual de Enxadrismo Escolar.

MÃOS ENTRELAÇADAS / Wagner Antonio Segato

O livro se compõe em três partes: poesias, homenagem e diversos.
Chuveiro - Hora do banho.
Está feliz: Cante no chuveiro, meu amor!
Está triste: Chore, por favor.
Está cansado: Relaxe o seu corpo.

MÁSCARA DE ÉBANO / Eduardo Frias

Eduardo Frias compartilha com o Mestre Tagore essa noção: o mundo sabe ser o pouco mais que o muito. A esses dois poetas o mundo fala por imagens. A alma do poeta indiano responde musicalmente, a alma de Eduardo responde poeticamente. O ritmo dessa Poesia, sucinta na forma, intensa nas emoções, desperta múltiplos sons e profundas ressonâncias na alma de cada leitor. 

Ronilda Iyakemi Ribeiro

MATTEMAS / Nílson José Machado

O livro reúne cerca de 8 dezenas de MATTEMAS, que são textos curtos, em linguagem poética, tendo como tema a Matemática. A brincadeira e o desafio é temperar a razão com uma pitada de emoção. Nílson José Machado nasceu em Olinda (PE), perto do mar, da Igreja da Sé e de um farol. Veio para São Paulo (SP) com 16 anos, em 1964, para estudar, mas foi ficando, atraído pela universalidade da cultura paulistana. Leciona na Universidade de São Paulo desde 1972, inicialmente no Instituto de Matemática e Estatística, e posteriormente, a partir de 1984, na Faculdade de Educação.

MEMÓRIAS DE UM CENTAURO / JCKenne

Na mesma época em que o homem pousava na lua pela primeira vez, nosso eloquente contador de histórias, meu querido pai, descobria os curiosos absorventes de pano de minha avó pendurados no varal. Ao mesmo tempo em que o famoso festival Woodstock marcava a história de uma geração, dois amigos caçavam pombos do mato no interior do Rio Grande do Sul – e os comiam do meio mais rústico possível, assados na brasa de uma fogueirinha.

MEMÓRIAS DE UM SANTANÃO 88 / Rafael Satelis

Memórias de um Santanão 88 apresenta onze crônicas engraçadas e inusitadas baseadas em acontecimentos incrivelmente reais. Todas as histórias deste livro aconteceram comigo e meu Volkswagen modelo Santana 1988. O casamento durou nove anos, envolvendo muito amor e ódio entre o homem e o carro. Logo na primeira crônica, “Nascendo uma Paixão”, revelo como lutei com todas as minhas forças ao completar 18 anos de idade para comprar aquele carro. Vivi acontecimentos incríveis com minha “máquina de fazer confusão”. Você pode até falar que já passou por algo parecido, mas respondo com toda a certeza que não. Depois do sufoco, tudo vira história. Posso garantir que você vai se divertir com as desventuras do meu Santanão 88.

Rafael Satelis

MÉTODO PARA AVALIAÇÃO DO SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE / Helder Antônio da Silva

A obra Método para avaliação do sistema de gestão da qualidade, meio ambiente, segurança e saúde ocupacional integrados, de Helder Antônio da Silva, apresenta um método para avaliação do desempenho e maturidade de organizações que implantaram ou estão implantando um sistema de gestão da qualidade, meio ambiente, segurança e saúde ocupacional integrados, tendo como base o Processo de Análise Hierárquica e a autoavaliação proposta do anexo A da ISO 9004:2000 e uma fundamentação teórica envolvendo as normas desses sistemas de gestão.

MEU CADERNO AZUL / Gabriela Abreu

O caderno é companheiro. E nunca se está só com um companheiro. Embora possa se sentir só tendo uma companhia. O caderno escuta a dor e se deixa rabiscar. O caderno fala. A solidão cala. Um lugar onde pude reunir tudo o que estava dentro de mim, o que havia de mais íntimo, eternizei em palavras e hoje divido com o mundo. O Meu caderno azul agora é nosso. São poemas que carregam minha identidade. Talvez você encontre algum que te toque, algum que te emocione, algum que te faça sonhar...

MEU GRITO DE ALERTA / Deocleciano José

O conteúdo do livro Meu grito de alerta de Deocleciano José nada mais é do que um pedido de socorro, um clamor à sociedade por mais respeito à mãe natureza. A natureza, viva ou morta, tem seu valor e merece nosso respeito. Portanto, asseguro que, após ler esta obra, você verá a natureza com novos olhos, olhos de respeito para com os mares, rios, animais, florestas e solo, ou seja, a natureza em sua grandeza, vítima da ganância do homem, que a destrói sem um só fio de piedade. Com o coração transbordando de felicidade, convido a todos para conhecer melhor esta obra, o meu, o seu, o nosso grito de alerta!

MEU PEQUENO GRANDE MUNDO / Mercedes da Silva Nardy Vasconcellos

Nascida na cidade de Araraquara (SP) em 13 de maio de 1933. Filha de José dos Santos Silva e Francisca Sanchez Silva (in memoriam). Foi casada por 60 anos e 4 meses com Jayme Nardy Vasconcellos (in memoriam), e tiveram os filhos: Maria Silvia, Luiz Fernando e Alexandre; depois os netos: Victor, Daniella (in memoriam), Pedro e Gabriela; e, agora, a bisneta Susi.

MEU PEQUENO GRANDE MUNDO / Mercedes da Silva Nardy Vasconcellos

Nascida na cidade de Araraquara (SP) em 13 de maio de 1933. Filha de José dos Santos Silva e Francisca Sanchez Silva (in memoriam). Foi casada por 60 anos e 4 meses com Jayme Nardy Vasconcellos (in memoriam), e tiveram os filhos: Maria Silvia, Luiz Fernando e Alexandre; depois os netos: Victor, Daniella (in memoriam), Pedro e Gabriela; e, agora, a bisneta Susi. Quando jovem, foi considerada uma esportista nata. Participou dos Jogos Abertos do Interior, em Ribeirão Preto (1942), nas modalidades: corrida e salto em distância.

MEUS CHORINHOS / Gastão Weyne

Neste álbum acompanhado de um CD, presto uma homenagem a pessoas queridas e reforço minha profunda admiração e respeito aos compositores e intérpretes do choro, bem como a todos que concorreram para a divulgação deste maravilhoso e encantador ritmo brasileiro. Reitero meus agradecimentos a Irmãos Vitale que, através de Cláudio Hodnick, sempre me recebeu de forma acolhedora e cavalheiresca.

MEUS QUERIDOS ANIMAIS DE RUA / Alzira Augusto Ohassi

A história de uma mulher, na luta pelos animais abandonados e vítimas de maus tratos. Histórias de tristeza, alegria e muito amor, na busca de novos lares. O livro narra histórias reais, ao longo de vinte anos. Elas estão divididas em capítulos. O objetivo deste livro é mostrar o quanto podemos fazer e amar os animais. Todos nós temos o dever de fazer alguma coisa diante da vida.

MEUS SONETOS, COM AMOR E IDEOLOGIA / Gastão Rúbio de Sá Weyne

Neste livro buscou-se a essência ideológica, considerando-se que os sonetos a serem apresentados devem interessar ao homem, seu destino, suas relações com a natureza, com a sociedade, com o amor, com a justiça social, com a vida, com a morte. Procurou-se, assim, fugir de uma abordagem alienante (o autor é marxista). Enfim, alea jacta est. Munindo-me, creio eu, de alta dose de coragem, estou realizando um dos grandes sonhos da minha vida, o de iniciar-me na poesia.

MILENA / Margarida Maria de Souza

O amor que lhe despertara e que acabara de se apossar de seu coração era muito grande, capaz de deixá-la levar-se pelos sentimentos e tombar nas barreiras da traição, do adultério. Para que tal não acontecesse, fugiu pelo mundo afora, com o desejo imenso de um dia talvez, com coragem e resolução, encontrar um amor que a completasse, com quem dividisse toda a sua jovialidade, todo o seu potencial de amor, toda a sua carência, dando-lhe segurança e fazendo-a sua eterna fortaleza.

MINEIRICES / ANA LUIZA LOYOLA

Em Mineirices, a autora nos brinda com uma série de contos, nos quais encontramos a grande variedade de emoções que o ser humano vivencia: alegramo-nos com um primeiro amor, entristecemos com a vivência dolorida da morte e também com o desgosto trazido pelo amor malsucedido, rimos de confusões criadas por interpretações errôneas e sentimos o impacto de um assassinato.

MINHA HISTÓRIA / Suely Terezinha de Mello Gibran Pogibin

"Aos oitenta anos, meus avós já moravam em meu coração desde sempre e, no meu coração, eles já nasceram prontos, com aquelas fisionomias, aqueles cheiros e aqueles gestos. Talvez por isso é que eu nunca tenha perguntado a eles sobre suas vidas – quem eram, de onde vieram, como eram seus pais, se tinham irmãos, como viveram na infância. Então, pouco sei deles.”

MINHA VIDA / Maria do Carmo Rodrigues Ferraz de Mello

Minha vida é uma pequena lembrança a todos os familiares e amigos que festejam junto com ela essa data tão especial. Aquele jardim tão belo, Que é pequeno mas tão singelo, Com suas rosas e seu jasmim Representa para mim Sonhos de meus desejos, meus amores... (“Meu jardim”)

MINHAS RAZÕES / Eloah Corrêa de Amorim Bairral

Em Minhas Razões, você  vai se encantar com as belas poesias que envolvem as minhas, as suas, as nossas malditas e benditas razões. Nasci na linda cidade de Patos de Minas, em Minas Gerais, no ano de 1961. Vivo uma linda história de aprendizado. É maravilhoso o privilégio de amar a vida e ser correspondida, minha principal razão de escrever. Hoje divido residência entre Minas Gerais e São Paulo, onde também trabalho na área administrativa de uma grande empresa.

MOMENTOS / Fausto Leonardo Cruz

Brasileiro, natural de São Paulo, capital. Descendente de imigrantes austríacos, pelo lado materno e, remotamente, espanhóis pelo lado paterno, estabelecidos em Bariri, Bocaina, Jaú, Pederneiras e outras cidades do Estado de São Paulo. Meus pais foram os primeiros moradores da Rua Araré, na Chácara Inglesa, na zona sul de São Paulo, onde nasci e vivi com os meus pais e com os meus nove irmãos.

MULHERES, MULHERES, MULHERES... / Hebe C. Boa-Viagem A. Costa

A autora tem todo o seu trabalho literário voltado para a situação da mulher ao longo da história. Segundo Savatier, a “legislação cristalizou essas concepções (inferioridade e submissão da mulher) porque sendo trabalho masculino é obra parcial, em que a mulher aparece ao mesmo tempo como vítima e vencida”, Quebrando esse tabu, muitas ousaram buscar  “seu  lugar ao sol” lutando para resgatar seus direitos.

NA GUERRA SE FEZ AMOR / Angelino Pereira

Uma guerra, três gerações e a força do Amor - Diz a lei do Universo que tudo tem sua hora certa. Este décimo romance de Angelino Pereira chega para dizer que depois de 41 anos, e mais 13 anos de guerra colonial em Angola, fica a prova de que na guerra se fez amor. Os combatentes de ambos os países – Portugal e Angola – foram adversários na guerra, mas não são inimigos porque se bateram pela vida em defesa da Pátria que lhes ordenou o combate...

NA TUA PRESENÇA, EM TEU ESPÍRITO / Moisés Nogueira de Faria

Todos já conhecem as religiões e sua capacidade de nos ligar à espiritualidade e à compaixão. Conseguimos notar alguns pontos em comum entre elas. Mas o cristianismo vai além, pois não somente defende a capacidade de o ser humano se aperfeiçoar, mas também testemunha que o divino veio ao encontro do homem na Encarnação do filho de Deus, Jesus.

NATUREZA, MEDICINA DE DEUS / Dirceu Abdala

Natureza, Medicina de Deus, de Dirceu Abdala, é a compilação de anos de pesquisas e estudos no campo da fitoterapia, somados às experiências pessoais e convicções do autor. A necessidade profissional despertou-lhe a paixão pelas plantas medicinais e seu uso na cura das doenças, e esta foi reforçada quando tomou conhecimento, mediunicamente, de sua missão na fabricação e distribuição de medicamentos fitoterápicos.

NOVIDADE / Leão Moyses Zagury

A poesia amapaense carrega uma singularidade: seus artífices têm mais que lápis e papel para escrevê-la, eles escrevem-na com os raios do Sol equatorial e com a chuva de prata que a Lua provoca no barro seco dos lagos e no leito do Rio Amazonas, que portentoso mata a sede e banha os poetas. E assim, eles, os poetas, marcam seus poemas com ações políticas, desconforto com o preestabelecido, sem perder a ternura, a sensibilidade e o arrojo da pororoca.

NUM CANTO DA MENTE / Lourdes de Vita

Tão surpresa eu fiquei neste novo jeito de escrever. Minha mente me oferecia argumentos para eu viajar pelo subconsciente, extraindo dele conhecimento para poder, com palavras, colocar experiências vividas por mim, ou observando acontecimentos do dia a dia, sendo transformados em pequenos textos. Falo de transformação, de sabedoria e de amor, sem fantasia porque a vida nos dá caminhos, mas a escolha somos nós quem fazemos.

O (FALSO) PRINCÍPIO IN DUBIO PRO SOCIETATE / Felipe Consonni Fraga

Este livro foi desenvolvido no sentido de observar o significado do (falso) princípio in dubio pro societate. A investigação teve como marco teórico a obra Verdade e Consenso, de Lênio Luiz Streck, na medida em que serviu de moldura à verificação do tecido principiológico; a partir daí, compreendeu-se a incompatibilidade do falso princípio com a finalidade constitucional do Processo Penal.

O CÁLICE DE UMA TRAIÇÃO / Oscar Radtke

O cálice de uma traição é uma narrativa que utiliza exposição verbal simples, detalhista, e promove uma viagem fictícia de encantos e arrepios. Encantos pelo fantástico aspecto paisagístico apresentado no decorrer do trajeto. E provoca arrepios motivados pelos trágicos incidentes que, feito pedras espalhadas por uma estrada, atrapalham o fluir suave dos caminheiros, figuras de vida que representam os protagonistas dessa jornada. O cálice de uma traição conduz o leitor por meio da imaginação, fazendo-o sentir as mesmas emoções que estão reveladas no texto, contribuindo, dessa forma, para perceber-se presente, acompanhando cada personagem no desenrolar do enredo.

O CANGURU REPÓRTER / Chaguinha do Biá

O livro O Canguru Repórter faz parte da coletânea do poeta Chaguinha do Biá, o qual tem como finalidade não só contribuir para uma nova visão, mas também criar leitores engajados com o meio ambiente. Assim, foram selecionados textos de assuntos semelhantes para refletir em uma leitura mais agradável e entusiasmada. Os contos apresentados nesta obra pretendem contribuir com os leitores de todas as classes sociais, levando-os à descoberta das belezas que nos rodeiam, permitindo enxergar o papel de cada um na sociedade, visando uma vida cada vez mais humanitária.

O CASARÃO DA RUA 62 / Caetano Cônsolo

Naquela manhã gélida, Marco leva consigo apenas uma mochila carregada de sonhos e pesadelos. Nas colinas enquanto o frio castigava os transeuntes, Marco observava as labaredas da lareira. Seu pensamento voava como o vento. Em sua mente flashes passavam como um filme em alta rotação. Os momentos felizes ao lado de Renata deixaram marcas profundas, mas a perda repentina do seu grande amor eram tão doloridas como punhaladas em seu coração.

O CICLO DA VIDA / Djanira Pio

Uma senhora muito idosa pega o telefone e lembra que não há mais ninguém para quem ligar. Desiste e volta ao seu mundo imaginário. Viver é só viver.

Viver é isso, estar aqui e ser participante desta jornada, escolhendo ou não, caminhos que se abrem à mercê dos vários ciclos que a vida oferece, até seu encerramento natural.

O DESEJO HOMOERÓTICO NO CONTO BRASILEIRO DO SÉCULO XX / Carlos Eduardo Albuquerque Fernandes

O Desejo Homoerótico no conto brasileiro do Século XX de Carlos Eduardo Albuquerque Fernandes é uma obra de crítica literária e cultural, em que se percorre os caminhos da literatura brasileira que tem como personagens principais gays, lésbicas e travestis, evidenciando seus conflitos, desejos e como se forma essa subjetividade na literatura e na sociedade do período. A obra é composta por cinco capítulos que, diacronicamente, descrevem e analisam questões como subjetividade, violência contra as minorias sexuais, erotismo, medo, opressão, constituição familiar, tais temas sempre articulados com o discurso literário. É, com efeito, um livro para ampliar saberes sobre as configurações do homoerotismo na literatura e na cultura brasileira.

O DIA EM QUE DEUS DESPERTOU / Leon Diniz

Esta obra, que teve o início de sua elaboração em 1998, já antevia ocorrências futuras como o ataque às Torres Gêmeas, naquele fatídico 11 de setembro de 2001, dentro das fronteiras da toda poderosa América do Norte, perpetrado por agentes fundamentalistas da rede Al Qaeda de Osama Bin Laden.

O DIABO ATRÁS DA PORTA / Sonia Nascimento

Contos assombrados e de espanto - Os contos são ligados entre si pela intangível linha do tempo: o passado, o futuro e um presente sem esperanças, pois o presente é o futuro do passado. Os personagens são fantasmas em suas próprias vidas, são eles que produzem o medo do que virá e são atormentados pelas lembranças do que já viveram.

O ENIGMA DA GRAVIDADE / W. R. Delcaro

Em O ENIGMA DA GRAVIDADE, Francis Extrangeli é um rapaz comum, e nunca tinha encontrado um motivo para transpor seu perpétuo estado de melancolia. Ele inexistia na própria existência. Mas, ao vagar exaustivamente pelos cenários repetidos de um reino soporífero e repleto de belezas, que apenas ele mesmo reconhecia, acaba tropeçando numa ideia sublime, a qual o levará a perceber que as raízes de suas angústias mais íntimas podem ser, em parte, decifradas por distâncias e desencontros que ele até então desconhecia.

O ESCORPIÃO E A BORBOLETA / José Luiz Barbosa Vieira

Joseph Campbell, em sua famosa Jornada do Herói estimula-nos a retratar histórias do senso comum com pitadas de aventuras, textos memoráveis de heróis e bandidos, de renúncias e aventuras, de enfrentamentos e de recuos, sempre com doses intervalares do elixir da vida, que compõe os enredos de grandes histórias. E Luiz Vieira, assim como Campbell, nos joga de corpo e alma dentro dos seus textos, envolvendo-nos tanto que até nos encontramos nos contextos abordados. A obra de Luiz Vieira é para ser lida com os olhos e com a alma, com a razão e a emoção.

O EVANGELHO EM VERSOS / D. Cardial

D. CARDIAL (Delcides Mendes Cardial) nascido em 1930 em Ilhabela (SP). Formado em Contabilidade, exerceu a profissão de correspondente-taquígrafo comercial, tornando-se empresário industrial até 1991. Católico Apostólico Romano, engajado na prática missionária da Evangelização familiar durante trinta anos, juntamente com sua esposa Anna de Oliveira Cardial, retornou a sua terra natal onde em 1999 escreveu O Evangelho em versos, obra poética composta de duzentos e cinquenta sonetos clássicos parnasiano-simbolistas, natureza de versos que achou mais adequada pelos recursos literários que possuem, já que o Evangelho é, em si, verdadeira poesia de versos livres contemporâneos.

O FANTASMA DE PAQUETÁ / Diana Guenzburger

Os contos desta coletânea englobam um vasto leque de temas, personagens e ambientes. Assim, foram separados em três grupos, denominados “Paixão”, “O ser social” e “Mistério”. No primeiro grupo, as narrativas giram em torno de emoções humanas como o amor, ciúme, solidão. Os contos do segundo grupo espelham preocupação com problemas atuais da sociedade: racismo, especulação imobiliária, diferença de classes e conflito de gerações.

O LIVRO DE JITOMIR - 2 / A. P. Maryan

O herói deste modesto livro ficou tão extasiado com as palavras da professora, ao conversar informalmente com seus alunos, que na mesma hora achou que dava para a coisa: “Escrever um livro!”. Saiu do colégio “a mil”, mas... como começaria a escrever tudo que tinha dentro da sua cabeça, tão cheia de sonhos (dourados ou prateados, azuis ou róseos). Convém assinalar que nosso amigo tinha apenas dezoito anos e nessa idade, mudam de ideias com muita frequência. Se o moço era espírita, não se sabe, mas de vez em quando aparecia “alguém do além” para despertar em sua personalidade em formação seu gosto latente por letras, através de algumas frases paternais, mensagens que surtiriam efeito na hora certa.

O MACACO MADE IN CHINA / Chaguinha do Biá

O livro O Macaco Made in China faz parte da coletânea do poeta Chaguinha do Biá, o qual tem como finalidade não só contribuir para uma nova visão, mas também criar leitores engajados com o meio ambiente. Assim, foram selecionados textos de assuntos semelhantes para refletir em uma leitura mais agradável e entusiasmada.

O MUNDO DOS MUDOS / Colemar Rios

Colemar Rios lança o seu livro O Mundo dos Mudos. Diante do sonhar e do acreditar, passeia nos conflitos do novo e do que passou. Não o conflito do não aceitar, ou do aceitei. Mas sim olhando o mundo com a visão de quem ainda não se acostumou com um abraço, que não sente a sinceridade de quem abraça. O Mundo dos Mudos é o seu sexto livro publicado. Suas outras obras são: Existo, Flor de Outubro, Palafitas, Mãe d'Água e Quadro da Parede.

O NÃO EU E OUTRAS POESIAS / Leonel Ferreira da Silva

O livro está dividido em duas partes: a primeira, intitulada “O não eu”, contém poesias de cunho mais espiritual, que focam as atitudes que não são protagonizadas pelo ego, e sim pelo espírito, daí este título: Não eu”. A segunda parte, intitulada “Outras poesias”, são poesias comuns, iguais às que são encontradas em qualquer livro de poesias, abordando os assuntos mais variados que se possa imaginar.

O NOSSO AMAZONAS / Chaguinha do Biá

O livro O nosso Amazonas faz parte da coletânea do poeta Chaguinha do Biá, o qual tem como finalidade não só contribuir para uma nova visão, mas também criar leitores engajados com o meio ambiente. Assim, foram selecionados textos de assuntos semelhantes para refletir em uma leitura mais agradável e entusiasmada.

O PEZINHO DE CANAPUM / Chaguinha do Biá

O livro O Pezinho de Canapum faz parte da coletânea do poeta Chaguinha do Biá, o qual tem como finalidade não só contribuir para uma nova visão, mas também criar leitores engajados com o meio ambiente. Assim, foram selecionados textos de assuntos semelhantes para refletir em uma leitura mais agradável e entusiasmada.

O PEZINHO DE MARIMARI / Chaguinha do Biá

O livro O pezinho de Marimari faz parte da coletânea do poeta Chaguinha do Biá, o qual tem como finalidade não só contribuir para uma nova visão, mas também criar leitores engajados com o meio ambiente. Assim, foram selecionados textos de assuntos semelhantes para refletir em uma leitura mais agradável e entusiasmada. Os contos apresentados nesta obra pretendem contribuir com os leitores de todas as classes sociais, levando-os à descoberta das belezas que nos rodeiam, permitindo enxergar o papel de cada um na sociedade, visando uma vida cada vez mais humanitária.

O PODER DAS PEDRAS E DOS CRISTAIS / Eliene F. Castro

Tudo aquilo que nos traz benefícios devemos utilizar. Por isso... De forma clara e prática, Eliene F. Castro nos leva a entender o mundo dos cristais. A união de seus conhecimentos e os relatos de pessoas esclarecidas no assunto nos faz compreender melhor o lado enérgico que os cristais nos oferecem. Deixar-se levar é o segredo. Inspire-se na beleza e luz dessa criação de Deus. Viaje no mundo dos cristais!

O PROTAGONISTA / Carlos Maia

O que existe entre o céu e a terra que a nossa vã filosofia não é capaz de imaginar? Neste livro de sete contos e 58 poemas, Carlos Maia fala sobre a vida e seus mistérios, que muitos de nós – seja lá por fraqueza ou limitação humana acreditamos ser apenas sonho ou imaginação.

O QUARTO DAS MOÇAS / MJ Vettorazzi

A autora oferece poesia a quem ama. Cabe-nos uma leitura com o coração. Ela espalha os sentimentos cuidadosamente. Aqui, acentua a responsabilidade. Ali, a companhia. Aqui, põe saudosismo. Ali, a religiosidade, a contemplação. Sentencia que o valor do silêncio precisa ser respeitado. Sua poesia traz temáticas atualíssimas: anúncio, denúncia, indignação, desejo, formação de consciência.

O QUE EU VOU DIZER A DEUS QUANDO MORRER / Ivan Carlos Regina

Ivan Carlos Regina é autor de treze livros, tem três filhas e fez três mil dias de macrobiótica. Sobreviveu, feliz. Tem interesse por tudo, exceto anatomia. Escreve ficção científica e poesia, mostra aquela, raramente esta. Traduziu o Tygre e trancou na gaveta. Não vê anjo (ainda), mas recorda menino. Bebe vinho, jamais destilado, continua em outra dimensão. Não adianta chamá-lo. No resto, é uma pessoa quase normal. Sua educação é uma película que mede trinta micra, disfarçando um rude sonhador que ora à noite.

O QUE FAZ DE ALGUÉM UM LÍDER? / José Roberto de Melo Franco Jr.

“Há uma vasta literatura sobre liderança, mas não tive conhecimento de nenhuma que fizesse uma comparação analítica entre as mesmas, ou que elaborasse algum juízo sobre as bases comuns das mesmas. Este livro desmancha algumas ilusões cuidadosamente acalentadas por uma literatura que pretende, antes de tudo, se vender. Pretendemos lançar um pouco de luz sobre como se construiu essa literatura de Administração, que beira a autoajuda, o que pode de fato ser a liderança, e que condições ou capacidades criam um líder.”

O REDUTO DOS PIPIRAS / Chaguinha do Biá

O livro O Reduto das Pipiras faz parte da coletânea do poeta Chaguinha do Biá, o qual tem como finalidade não só contribuir para uma nova visão, mas também criar leitores engajados com o meio ambiente. Assim, foram selecionados textos de assuntos semelhantes para refletir em uma leitura mais agradável e entusiasmada. As poesias apresentadas nesta obra pretendem contribuir com os leitores de todas as classes sociais, levando-os à descoberta das belezas que nos rodeiam, permitindo enxergar o papel de cada um na sociedade, visando uma vida cada vez mais humanitária.

O SEGREDO DO ALÇAPÃO / Lucia Bauer

Era uma vez uma vez um jovem caçador que se perdeu na floresta. E o mesmo aconteceu com a donzela Luz do Sol. Ambos se encontraram. E despertou o amor. Onde está o ouro do mercador Zaquias? O ouro está no alçapão. E onde está o alçapão? Está no quarto da Lentidão. E por que o ouro está no alçapão? Porque o mercador Zaquias foi à caça pensando em matar o LEÃO. E quem é o LEÃO? É o Mizael. Que quer casar com a donzela Luz do Sol.

O SINO DA MANHÃ / Helder do Oliveira Lima Ribeiro

OS AMANTES - A moldura escolhe a pintura por considerá-la bela e sensível a pintura escolhe a moldura por esta ser segura e resistente assim também são os amantes. Helder de Oliveira Lima Ribeiro nasceu em Taboão da Serra (SP) em 1988. Vive atualmente na capital de São Paulo. Em 2011 publicou seu primeiro livro de poemas: Feliz ano breve (Dobra Editorial); em 2013 publicou outros dois livros de poesia: Amo (Dobra Editorial) e Fluxos (Scortecci Editora); em 2014 publicou sua quarta obra poética: Parélio (Scortecci Editora).

O SONHO POSSÍVEL / Flávio Basílio

Sobre a obra O SONHO POSSÍVEL de Flávio Basílio

Devemos acreditar em nosso sonho. Acreditar que é possível. Era para ser mais uma viagem com o Grupo Folklorístico Stella Bianca; mais uma apresentação. Porém, tudo mudou quando descobrimos que essa viagem seria para Europa, e as apresentações, em lugares antes desconhecidos pela maioria dos integrantes. Em um Brasil que não reconhece sua cultura o Grupo Folklorístico Stella Bianca foi levá-la ao outro lado do oceano, representando sua cidade, Jarinu (SP) e a história de seus imigrantes e descendentes ítalo-brasileiros.

O TOM DE MEUS CANTARES / Guy Werneck

Guy Werneck, natural de São Paulo, capital, nasceu em 14 de março de 1982: não por acaso, no dia dos Poetas. Guy despontou para a literatura poética quando morava nos Estados Unidos, numa pacata cidade do interior de Utah. Em sua juventude turbulenta, começou e abandonou vários cursos, como Jornalismo, Hotelaria, entre outros, porque não se encontrou nos moldes acadêmicos. Estudou História da Arte Moderna no Museu de Arte Moderna de São Paulo (MAM).

O VELEJADOR / Alika Finotti

Uma Jornada em busca de expansão da consciência e de conexão divina. Uma fusão de conhecimentos poética, filosófica, psicodélica, científica e espiritual. Escrito pelo autor com 21 anos de idade, entre 2005 e 2006, O VELEJADOR retrata a juventude da virada do milênio, que luta por um propósito maior em meio ao advento das realidades virtuais e dos paradigmas que definiram a década.

O VERDADEIRO HABITAT NATURAL / Chaguinha do Biá

O livro O verdadeiro habitat natural faz parte da coletânea do poeta Chaguinha do Biá, o qual tem como finalidade não só contribuir para uma nova visão, mas também criar leitores engajados com o meio ambiente. Assim, foram selecionados textos de assuntos semelhantes para refletir em uma leitura mais agradável e entusiasmada. As poesias apresentadas nesta obra pretendem contribuir com os leitores de todas as classes sociais, levando-os à descoberta das belezas que nos rodeiam, permitindo enxergar o papel de cada um na sociedade, visando uma vida cada vez mais humanitária.

OÁSIS / Abrahão José Kfouri Filho

Li, com prazer, os seus versos. Há neles sentimento e naturalidade, qualidades importantes para quem deseja seguir a difícil escalada da Poesia. Gostei do nome do livro: Oásis. Sugestivo! No mundo materializado de hoje, só os poetas encontram esse conforto no deserto. É confortador verificar que há ainda lirismo na juventude deste inquieto século XX. Sempre haverá, creio, cigarras entre as folhagens da árvore da Vida, cantando para o infinito, que é a região onde habita o sonho! Cantarão sempre, mesmo quando parece que mais ninguém escuta os seus cantos, mesmo quando as almas parecem empedernidas, incapazes de compreender a mensagem que elas transmitem aos outros. Ser poeta é isso. Ter o destino das cigarras. Cantar sempre, mesmo tristemente, anunciando a chegada do inverno vazio e melancólico. É sentir a vida e não apenas contentar-se em vivê-la. Parabéns por escolher esse caminho.

Maria José Aranha de Resende
Santos (SP), 30/06/1962.

OS DESAFIOS DE LIDERANÇA EMERGENTES NO SÉCULO XXI / Reverendo Francisco Domingos Sebastião

Reverendo Enoque Gomes é licenciado em Teologia pela West África Advanced School of Theology Lomé, Togo; secretário geral da Assembleia de Deus Pentecostal de Angola; vice-presidente da Assembleia de Deus Pentecostal, ministério do Maculusso, em Luanda (Angola). Mais de duas décadas labutando ao lado do Reverendo Francisco Domingos Sebastião, é vice-representante legal da Assembleia de Deus Pentecostal em Angola, Pastor Presidente, ministério do Maculusso em Luanda.

OS DIAS ANTES... O DIA... / Cícero Serafim de Oliveira

A Bíblia é um manancial de conhecimentos. Quanto mais explorarmos a mesma, mais desejo sentimos de adentrar seus tesouros e conhecê-la. Eis a razão deste livro chegar ao público ledor em meio a tanta turbulência mundial, e isto, sob todos os aspectos. O escritor de "Os dias..." enfatiza acontecimentos antes, no transcorrer, e depois do arrebatamento da Igreja.

OS DIREITOS AUTORAIS DO JORNALISTA EMPREGADO / Claudinei Baltazar

A publicação da obra Os direitos autorais do jornalista empregado, do advogado Claudinei Baltazar, procura preencher uma grande lacuna na literatura dirigida à seara laboral. Suas considerações começam com o estudo da dignidade da pessoa humana, enquanto matriz embrionária dos direitos fundamentais, para, ato contínuo, desenvolver o estudo sobre os direitos da personalidade e da propriedade. A partir desta introdução, adentra na evolução legislativa dos direitos autorais no mundo e no Brasil.

OS FILHOS DE MOISÉS / Maria Luzia Villela

O protagonista desse romance, que apresenta muitos personagens, é sem dúvida Moisés que oscila entre vítima e herói. No início da puberdade foi chicoteado e privado de alimentos por não conter a sua língua e falar em favor de sua gente. Não se detinha quando via injustiça. Aliando-se a Arão conseguiu demarcar terras que estavam sendo surrupiadas por Bento, que inescrupuloso, favorecia seu grupo familiar, também conseguiu sustar a dilapidação do rebanho.

OS LABIRINTOS PERCORRIDOS POR UM ALUNO ASPERGER / Breno D. R. C. Araújo

Breno D. R. C. Araújo nasceu na cidade de Natal, Estado do Rio Grande do Norte, no ano de 1985. Todo seu percurso escolar foi em escola regular, numa época em que ainda não se falava em inclusão, estratégias de ensino e adaptações curriculares, tampouco em diagnóstico precoce ou intervenção específica para pessoas com autismo. Breno recebeu o diagnóstico de síndrome de Asperger aos 20 anos de idade. Em Os labirintos percorridos por um aluno Asperger: do ensino infantil ao superior ele conta sua história.

OS LENDÁRIOS HERÓIS DE GREEN WOOD / Alex Godoi

Em uma terra distante chamada Green Wood, quatro jovens aventureiros são vítimas dos ataques sofridos em seus vilarejos pelo general Latril e seu maldito exército. Forjados na dor pela morte de seus familiares, com ajuda de três amigos, o destino os unirá e, fortalecidos pela amizade, buscarão o paradeiro do assassino para o acerto de contas. Em meio à aventura, abordados inesperadamente pelo bardo Fenrir, os jovens serão levados à épica missão de retomar a  fortaleza dos guardiões (o Santuário) da tirania do imperador das trevas. 

OS SEM-CARA / Ariel Pullig

Os Sem-cara, de Ariel Pullig, é uma história cheia de mistérios, drama, euforia, drogas e muita loucura. Três jovens embarcam numa viagem desastrosa. Mateus de Jesus Arruda se perde de seus pais e, a partir daí, se dão muitos acontecimentos infelizes. É uma história recheada de fatos importantes da ditadura militar nos anos 1970. Os Sem-cara conta a história de três jovens que vão para a Bahia numa viagem de férias. De repente coisas estranhas começam a ocorrer. Os três se perdem e aí acontece um problema atrás do outro. Os amigos da jovem Luna de Maia morrem de fome naquele mesmo lugar. Luna volta para a casa dos pais sã e salva. Muitas águas rolam até que Luna conhece Ângela Viana. Tornam-se grandes amigas até Ângela se mudar para a França com a família, sem deixar contato. Luna, então, conhece Gustavo Ferreira e ambos vivem uma bela história de amor. E muitas outras coisas acontecem ao longo da história. Amigo leitor, não deixe de ler Os Sem-cara, você vai se apaixonar!

OS TRÊS XERIFES DA FRONTEIRA / Paulo Cordeiro Saldanha

No Noroeste brasileiro, nesta imensidão amazônica que vai despertando, mercê das obras de geração de energia, que antecedem a afirmação econômica de uma área; geografia física e humana, que, nos idos de 1930 até 1980, simbolizava atraso e abandono, mas que, por conta da audácia, perseverança, atitude e ações edificantes de alguns cidadãos voluntariosos e idealistas, acabou conquistando espaços na alma e nos corações da sociedade brasileira.

OXI! Onilda Freire

Em Oxi!, a escritora nordestina Onilda Freire narra de maneira tragicô-mica contos sobre mulheres magoadas ou em apuros, que, conscientizando-se de suas dificuldades, mudaram positivamente, superaram seus problemas e venceram, conquistando, assim, uma vida melhor.

PADRÃO MENTAL DE EQUILÍBRIO / Sebastião Gonçalves Maciel

Técnica terapêutica que visa levar o leitor a uma reflexão sobre a auto-observação eliminar os excessos emocionais melhorando a qualidade de vida.

Sebastião Gonçalves Maciel é Psicólogo Clínico, Psicoterapeuta, Acupunturista, Psicopedagogo e Bacharel em História. Possui pós-graduação em Psicologia Médica, Psicopedagogia, Terapia Corporal, Educação Especial e Acupuntura. Trabalha com atendimento individual e em grupo há mais de vinte anos e aplica a técnica do Padrão Mental de Equilíbrio (PME), criada por ele, há mais de cinco anos, obtendo excelentes resultados nos tratamentos de transtornos de ansiedade, compulsões, fobias, desaceleração mental, depressão etc. Criou a Oficina Lidando com a Ansiedade há mais de dez anos, na qual aplica técnicas do PME, relaxamento, meditação e consciência corporal.

PALAVRAS E SOMBRAS / Francisca G. Vilas Boas

SOBRE O LIVRO DE POEMAS: A ASA E O OSSO
1. “A dicotomia do título A Asa e o Osso nos leva a várias reflexões, (...) às indagações filosóficas, aos conceitos de liberdade e morte. “(...) a morte captura faces/ algumas em cárcere/ outras no voo.” (in faces – pág.20). As lições de vida e morte que aprendemos com o livro A Asa e o Osso nos arrebatam  para a finitude de nossas ações com exemplos de que a carne é falida, dilacerada e passageira.

PALAVRAS QUE PODEM SALVAR UM DIA! / Marlene Frandom

Verdade - A verdade está na essência de cada ser. Ao nascermos, somos pura essência, iluminando e trazendo conosco a pureza de onde viemos. Com o passar do tempo, vamos sendo moldados segundo as regras da sociedade e vamos nos afastando pouco a pouco da verdade, da essência. Porém, nunca perderemos a verdade, porque ela mora bem dentro de cada um de nós! A verdade é um segredo que cabe a nós desvendar de maneira muito particular, para cada um de nós.

PARELHEIROS / Dryca Lys

Os distritos de Parelheiros e Marsilac têm a maior concentração de riquezas naturais da capital de São Paulo: abrigam uma rica e diversificada flora e fauna, com grande quantidade de animais ameaçados de extinção, como a onça-parda (Suçuarana), que teve seu risco de extinção reconhecido em 24 de março de 2010 e, no mesmo ano, foi eleita símbolo da biodiversidade de São Paulo.

PÁSSARO LIBERTO / Mônica Sette Lopes (org.) / Fausto Couto Sobrinho (org.)

Pássaro Liberto é fruto do trabalho coletivo dos JuízesPoet@s, em homenagem a um dos fundadores e grande incentivador do grupo, Paulo Merçon. Já se disse que os poetas nascem com asas como os anjos, mas elas vão encurtando pela aspereza da vida e, depois de algum tempo, já não servem mais para planar nas alturas, apenas para voejar baixo e desajeitadamente. E sofrem, presos à terra. Alguns deles, contudo, livram-se de suas amarras e voam, voam tão alto que ficam lá, como o Pássaro Cósmico que ilustra a capa desta coletânea, ouvindo estrelas e conversando com elas, como somente os poetas e aqueles que amam são capazes de fazê-lo.

PASSOS TRÔPEGOS / Daniel Gomes Corrêa

Lamentar a ausência do Daniel seria legítimo se não fosse a força da sua poesia. Tive o privilégio de conhecê-lo em vida e na sua presença ler alguns manuscritos que mantinha reclusos na estante da sala. “Enquanto tu dormes, enquanto não durmo...” é um trecho do primeiro texto que li de sua autoria. Percebi no poema toda densidade que norteia seus escritos. Versa sobre os amores e tragédias com verdade, revelando que talvez seja a realidade de todos nós.

PEDAÇOS DE MIM / Márcia Ribeiro Pitta

Em Pedaços de Mim você encontrará uma nova corrente estética. É um livro com uma revolucionária prática literária que mescla a poesia com narrativas, realismo mágico e uma pequena influência na sensibilidade humana. Este livro leva você Leitor a sentir e refletir sobre a vida e o próximo, impulsionando-o a sensibilizar-se com a vida e seus acontecimentos. Aumenta o repertório léxico mesclando a linguagem com um vocabulário menos popular.

PEDRAS NO CAMINHO / Janio Vendramini

"Apenas cinco dias após o ato fulminante que liquidou Jamanta, Luiz Antônio já tinha um novo alvo. O uso constante do crack e o comprometimento de suas funções mentais aceleravam o processo de alucinação. A paranoia vinha à tona em forma de vingança, de justiça e de cumprimento de uma missão celestial. Desta feita, o pálido cavaleiro medieval tinha uma nova missão para seu pupilo.

PEG & PAG / Kaio Bruno Dias

Entre, fique à vontade, vá às prateleiras, encha a cestinha. Temos poemas fresquinhos, poemas em conserva, enlatados e poemas em ponta de estoque, tudo quase de graça. Peg & Pag, servindo bem para servir sempre.

PELAX / Tula Frejah

Plutão é um cara do bem que curte maconha. Não contente com isso, um dia ele decide curtir outras drogas, mais pesadas, e começa alucinar e imaginar coisas. Conheça a história dele e de suas viagens. Tenha uma ótima leitura, mas cuidado: este livro não deve ser fumado! Se durante a leitura você começar a ter imaginação, procure ajuda ou vá até um psiquiatra.

PENSANDO EM COISAS MIÚDAS / Dias de Cordel

A capetaiada fugiu
Quando a mulher chegou lá/No inferno, a coisa mudou/
Foi um pega-pra-capar/E o capetão se mandou/
Pois viu logo que a mulher/Queria um bicho, de pé,/
Do jeito que não achou.

PERCEPÇÕES DE UM CORVO EREMITA / Jairo Cerqueira

Tendo o vazio como ponto de partida, este conto enfatiza a necessidade de autossuperação do ser. Emilho, um corvo insatisfeito com sua condição de comum, busca encarar e superar os seus medos ao viver com corvos comandados por três anciãos arcaicos e debilitados e que, por esse motivo, permitem que os procedimentos no bando sejam capitaneados pelo ranzinza Vicenzo, um corvo perverso e conservador.

PÉROLAS DO PENSAMENTO / Vítor de Oliveira

Pérolas do Pensamento é uma convocação para abandonarmos os enlatados espirituais e exercitarmos as faculdades que nos tornam humanos: meditar, ponderar, concluir. Sem este exercício não seria possível este livro. Vítor de Oliveira conduz seus temas à sombra de preceitos bíblicos e de uma vivência cristã de sessenta anos. Por ser um convite ao pensamento, a obra não pretende criar uma redoma ao seu redor, mas estimular o debate.

PÉROLAS ESPARSAS / Sandra Couto / Déa Falcão

Sobre a obra PÉROLAS ESPARSAS - É preciso olhar agudo para distinguir as pequenas pérolas, esparzidas pela vida nos caminhos do labirinto. Reuni-las é trabalho artesanal e minucioso, mas o resultado – toda a fieira numa ordem que só conhece   quem viveu e palmilhou as vias sem saída e o dédalo de secretos escaninhos – é precioso autorretrato, revelando, como nenhum pintor o conseguiria, a pessoa em sua  integridade. Explore os caminhos do labirinto. Encontre o Centro, descubra as vias de entrada e de saída. Este é o desafio de uma vida.

POEMAS DE GAIA / Denise Martins

Denise Martins, formada em Biologia pela Universidade São Judas Tadeu (USJT), pós-graduou-se em Educação Científica pela Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo (FEUSP) com extensões nas áreas da saúde, química e astronomia. Fez artes plásticas em ateliê livre e é professora da rede pública de ensino. Participou de exposições de artistas plásticos da subprefeitura do bairro Cidade Adhemar, em São Paulo (SP). Seus desenhos estão disponíveis no Facebook (Denise Martins & Desenhos). Participou da obra Cumplicidade de Movimentos – Antologia de Contos, Poesias e Crônicas, da Scortecci Editora, de 2014.

POESIA NA BOCA DO RIO / Vários Autores

Poesia na Boca do Rio é uma antologia com textos de 17 poetas. Um pouco sobre cada um deles:
RUI GUILHERME - Autor do romance Leilani – Relato de uma Obsessão e dos livros de contos Carta de Amor e de Ódio e Outras Histórias e O Velho.
CLÉO FARIAS DE ARAÚJO - Autor de Escrito pra Você, Quatro Caminhos Literários e Dicionário de Amapês.

POESIAS / João Mafra

Quando resolvi escrever este livro o principal objetivo foi o de juntar poemas escritos no decurso de um longo tempo. Em diversos momentos de minha vida foi importante escrever. Cada poema tem uma estória inesquecível. São sentimentos intensos condensados em poucas palavras. Obviamente, não quis apenas juntar tudo num livro por simples prazer pessoal, mas porque, mesmo depois de muitos anos terem se passado, muitos poemas ainda estão vivos por si sós.

PÓLEN / Neide Rocha Portugal

“E disse Jesus: mas o que foi semeado em boa terra é o que ouve e compreende a Palavra.”
Mateus 13.23
Palavras da Autora:
Haicai – uma situação, um instante único. Três versos reveladores da observação do Poeta.
Não sequencial – poema que se abre pela folha branca e ultrapassa o limite do papel.
Escrita que não torna – dado ao movimento cíclico da natureza – sem ponto final.

POR AMOR / João Marcos Cabral

Esta obra conta com poemas de cunho impar, seu desfecho é dotado de poesias românticas e criativas baseadas na vivência do autor e sua comunidade, tendo por princípio a simplicidade inspirada por musas e a magia da pequena cidade mágica e bela como o conteúdo da obra. É noite. O quadrado com suas casas, tendo ao fundo a igrejinha iluminada, nos dá a impressão de estarmos num presépio.

POR QUE AS PESSOAS NÃO SÃO FELIZES? / Mauricio Patrocinio

Quem não quer ser feliz? Posso ser feliz em meio a crises, desafios, perdas ou dificuldades? É realmente possível  ser feliz? Onde afinal está a tão almejada felicidade? Encontrar a felicidade é um dos maiores objetivos de vida do ser humano. Buscamos fórmulas mágicas, atalhos que prometem nos levar a lugares e sensações incríveis. Com esta obra de ficção, numa narrativa simples e direta, Mauricio Patrocinio mostra situações cotidianas que  revelam como encontrar a felicidade.

POSSIBILIDADES ERÓTICAS: A DIVA DA RAINBOW / Antônio Aruanda

Pablo se recolhe no quarto, deprimido, e põe um CD de Maysa. Deita-se na cama e ouve Ne Me Quitte Pas. Chora por si mesmo e pela mãe. Chora por tê-la ofendido e por se sentir preso, como ela, a esse estilo de vida. Queria tanto ter a coragem de ir embora... Lembra-se então do vestido. Esboça um sorriso bonito na cara. Levanta-se. Tranca a porta do quarto. Despe-se. Abre o guarda-roupa e pega uma embalagem de presente. Ele a abre e eis que surge o vestido vermelho. Ele o acaricia e delicadamente o veste. Mira-se no espelho. Como lhe cai bem! E começa a dublar a música que ora ouve, usando sua dor real para vivenciar uma personagem que vai ganhando corpo.

PRAIA DOS ANJOS / Antônio Navarro de Andrade

Você tem ou já teve alguma dificuldade para realizar um sonho?
– Pô...! Nem te conto!
Conheça então o jovem Nícolas e inspire-se na sua coragem e perseverança. Ele consegue conquistar a confiança e o amor da graciosa e encantadora adolescente Sofia. No momento em que são obrigados a tomar rumos diferentes, devido aos muitos obstáculos, os dois deixam de trocar seus respectivos contatos. Nícolas, vendo-a partir, percebe que a adolescente era o grande amor de sua vida. Foi aí que o bicho pegou: ele decidiu empregar todas as suas forças para encontrá-la, independente das dificuldades.

PRECISOU ACONTECER! / Enira Pólido do Carmo

Pessoas capazes de superar a dor sempre servirão de exemplo para quem as conhece!
Dr. Fabrício Ferreira de Aquino - Médico Psiquiatra

Muitas autoras de autobiografias têm uma escrita superficial sobre os acontecimentos de sua vida. Enira passa emoção ao contar a história de sua vida.
Lidia Correia - Estudante

PRIMEIRO AS HORAS SEGUNDO OS SEGUNDOS E POR FIM O FIM / Fernando Kavera

Cesar Gabriel, músico solitário, misantrópico e iconoclasta (porém com muito senso de humor, capaz de rir da dor e de si mesmo), vê-se, ao ser abandonado pela esposa, diante do maior desafio de sua vida: seguir adiante ou se render à bebida e à contumaz inépcia de convívio. Após uma enigmática passagem pelo Gabinete do Doutor Caligari, a história muda completamente de rumo, levando a um desfecho surpreendente. Variando fantasticamente entre o real e o onírico, a trama já nasce como roteiro de um drama facilmente adaptável à grande tela.

PRÓLOGO /Fábio Diógenes

Essa malha que nos envolve é um pouco de tudo que sobrou, não que seja resto, digo sobra porque é exatamente isso. Jamais a festa fora feita para tantos, os desígnios divinos vão à comunhão com os tais escolhidos, não estão na mesma linha que nos une, por outro lado, caminham sobre nós e sorriem do nosso destino. 

PROTAGONISTAS NA RIBALTA / Maruam

Protagonistas na Ribalta reúne, em eletrizantes e sinceros  tons  confessionais, relatos de múltiplas mulheres: donas de casa, professoras, prostitutas, estudantes, religiosas, profissionais liberais e até moradoras de rua. Esta obra guarda relação com uma peça teatral. Em dez atos, apresenta, sequencialmente, depoimentos intimistas em comovente linguagem popular. Sob o calor das lâmpadas que fulgem as cenas do centro do palco, cada uma das protagonistas desnuda, apaixonadamente, no tablado, as experiências amorosas de suas fantásticas trajetórias de vida.

QUANDO OS CAMINHOS SE CRUZAM / Iris Sampaio

O propósito do livro Quando os caminhos se cruzam é mostrar que é possível enfrentar, lutar e vencer todos e quaisquer obstáculos que porventura possam surgir na vida do homem, principalmente, quando o foco de cada um é, antes de tudo, o amor à vida. A trama mostra que tudo é possível de ser alcançado, desde que se tenha a consciência dos valores morais, espirituais e éticos que contribuem para que verdadeiros heróis da paciência, da superação, da fé e do perdão, vivam o verdadeiro amor a partir da beleza do próximo como forma de tornar o mundo cada vez mais humano.

QUANDO SE OUVE A VOZ DE DEUS / Anna Gonçalves

Quando se ouve a voz de Deus, de Anna Gonçalves, divide-se em duas partes: a primeira traz relatos autobiográficos da autora e a segunda contém uma série de textos que foram proferidos em palestras e encontros de noivos, casais e cursos de preparação para batismo e crisma. Apesar disso, e também por isso mesmo, o livro tem um claro fio condutor e unificador: o testemunho de uma vida dentro dos mais caros preceitos cristãos.

QUINZE DEDOS DE PROSA / Vários Autores

Amazônia. Esconderijo de gente, floresta, rios e animais. Querem nos esquecer, mas as letras saltam das nossas cidades verdes, gritando: Também somos Brasil e temos histórias para contar. Contamos histórias que vêm do rio, mas também as que vêm do mundo. Cada um escreve a história que estiver em seu coração. Um homem, um universo a desvendar. Guerra e paz, lenda e encantamento, amor, quem sabe solidão: “Do Curiaú para todo o Brasil, do Brasil para o Mundo”.

RAÇA, RELIGIÃO E NACIONALIDADE / Padre José Ferreira da Silva

Este livro aborda e analisa a história do povo negro no Brasil com lucidez e sensibilidade. Desde sua imigração forçada por volta de 1549, quando o primeiro contingente de escravos oriundos da África é desembarcado em São Vicente, até os nossos dias. Esta história é cuidadosamente tratada no contexto da história da sociedade brasileira com importante recorte para a sua dimensão eclesial. Demonstra a contribuição do povo negro para a construção desse país e do catolicismo em terras brasileiras desde o Brasil colônia até os nossos dias.

RACISMO A SÍNDROME DE LÚCIFER / Pedro Paulo Ramos Ventura

Deixo claro que este livro não excita nenhuma prática xenofóbica, muito menos racista. Embora aborde o racismo, não se trata de um livro de dados estatísticos, pesquisas, confrontos sociais, comparações de grupos etnico-racial ou escalas de valores deste ou daquele grupo de sujeitos... O presente livro não tem nenhuma pretensão para este fim. O fim último é mostrar o diálogo que é travado entre dois filósofos que problematizam a questão do racismo numa perspectiva não filosófica, embora, as vezes, apareçam linguagens filosóficas.

REFLEXÕES PARA UMA EDUCAÇÃO METACOMPETENTE / Elias Bezerra de Souza

Há professores que desempenham suas funções conforme lhes são exigidas, esses são os competentes; há os que extrapolam as exigências inovando, reinventando métodos e técnicas, estabelecendo novas formas de relacionar-se com as outras pessoas e construindo novos cenários educativo-pedagógicos, estes são os metacompetentes: sabem ir além, transcender; conseguem se posicionar criticamente e dialogar horizontalmente; aprendem a ouvir e a escutar os outros com serenidade e sabedoria; praticam a flexibilidade e respeitam pontos de vista, mesmo que divergentes dos seus.

REFLEXÕES SOBRE O EUSÉBIO DO CORONEL CÍCERO SÁ / Gastão Rúbio de Sá Weyne

Sempre tive pelo meu avô um profundo respeito. Suas recomendações e conselhos eram dogmas e, como tal, deveriam ser seguidos. Ele era uma pessoa altamente respeitável e sempre foi por mim considerado um homem que me transmitia um exemplo marcante. Eu sempre dele muito me orgulhei. Lembro-me de um fato que marcou a imagem do meu avô Cícero Sá em minha mente para sempre. No período da manhã, ele havia inspecionado seu sítio a cavalo.

REGULAMENTAÇÃO NA PRÁTICA / Strategy

A REGULAMENTAÇÃO DA OPERAÇÃO dos Planos de Saúde, no final da década de 1990, veio atender à expectativa do setor cuja cobertura se estende a um quarto da população brasileira, estando o Brasil entre os cinco maiores mercados do mundo. Criada para normatizar, controlar e fiscalizar os planos de saúde,  a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), em quinze anos de existência, já instituiu MILHARES de normas legais, técnicas, operacionais, administrativas e de sustentação financeira para as operadoras de planos de saúde.

RELAÇÕES INTERNACIONAIS, CRISE E MUITO MAIS... / Aurélio Hess

A obra trata da crise mundial que iniciou em 2008, discutindo suas origens, motivos e abrangência. Abordando as relações internacionais, os problemas enfrentados e as soluções que foram aplicadas por cada país e seus resultados. Tudo isso é retratado de forma romanceada, com a intenção de instruir e entreter. Sem rigor acadêmico, mas com dados reais e compondo rica fonte de informações para pesquisas por estudantes e pessoas interessadas em Relações internacionais, finanças globais, ética e outros assuntos correlatos.

RENASCIDO DO ESPÍRITO SANTO / Ricardo Calimanis

Nicodemos questionou-o: “Como pode um homem nascer, sendo velho? Pode, todavia, entrar pela segunda vez no ventre de sua mãe e nascer novamente?”. Arrazoou Jesus: “Em verdade, em verdade te asseguro: quem não nascer da água e do Espírito não pode entrar no reino de Deus. O que é nascido da carne é carne; mas o que nasce do Espírito é espírito”.
João 3.4-6 - Bíblia King James Atualizada

RETRATOS A DOIS / Claudia Valeria S. G. Rojas

Retratos a dois é um romance em que a personagem convida os leitores para um diálogo e aponta os grandes conflitos de uma relação amorosa. A história mostra dois jovens que desejam viver intensamente o amor, mas o relacionamento conturbado entre eles os conduz a caminhos sinuosos, e a vontade do destino prevalece em suas vidas. (Uma ficção baseada em fatos reais, que estão presentes na vida de qualquer pessoa que ama, se encanta e se decepciona.)

REVELAÇÕES DA CÂMARA ESCURA / R. K. Santori

As Câmaras Escuras dos aparelhos de fotografia geralmente refletem a realidade. Eventualmente, porém, podem registrar algo não real. Isso pode acontecer ou porque à frente tem-se uma encenação (como num filme, por exemplo), ou então porque a mente do operador afetou algo da película. Seria uma “câmara escura” agindo sobre outra câmara escura...

RIMAS QUE RIMAM POESIA / Lourdes De Vita

Ao ler este livro, a criança vai viajar em cada história, podendo ser a princesa esperada, ou o ciclista na casa dos anões, ou então o menino pescador. Cada poesia leva a uma viagem de fantasia, onde a imaginação se transforma num filme e as crianças conhecem lugares novos com muito colorido, sonhos e magia. Cada personagem da poesia se oferece e já faz parte da nossa vida, sendo guardada na mente, eternizando-se para sempre. Espero que seja uma leitura agradável e descontraída, levando conhecimento e sabedoria.

RIVAL / Palloma Tristão

De acordo com a ONU e órgãos oficiais, Emilio deveria ser apenas uma estatística. Um número entre os 243 milhões de jovens em todo o mundo que se entregam às tentações e têm suas vidas destruídas pelas drogas. Como todos os humanos, ele nasceu com o potencial de se tornar um membro produtivo da sociedade, um ser que sonha e ambiciona conquistas. Em que ponto de sua história seu destino foi destruído? Quais os motivos?Este livro-reportagem retrata sua vida desde a infância.

ROSAS VERMELHAS PARA O QUARTO DA MORTE / Maria Eugenia Veiga

O romance Rosas vermelhas para o quarto da morte de Maria Eugenia Veiga se passa em algum lugar ao norte de Portugal e sua história se baseia em três lindas raparigas que a princípio teriam se apaixonado pelos homens errados. Lúcia se apaixonou pelo filho do administrador das propriedades de seu pai. Sua irmã Tereza se apaixonou por Jorge, caixeiro-viajante; ele é casado com Vera, com quem forma um lindo casal. Sua prima Marisa se apaixonou pelo Padre Jacinto, paixão louca e sofrida. Para saber como a história termina, é só ler.

RUA DO GIZ / Eduardo Queiróz Galvão

A Rua do Giz, em Barra do Corda, MA, e as aldeias indígenas guajajara e canela foram o mundo de infância do autor. Rua do Giz traz ao presente as recordações que marcaram uma infância feliz narrada de forma poética. O leitor terá o prazer de apreciar as crônicas e poesias escritas com humor e amor, exalando os sentimentos de uma geração.

SE A PEDAGOGIA NÃO EXISTISSE... / Marcia Corrêa Vianna de Mello

Se a Pedagogia não existisse...de Marcia Corrêa Vianna de Mello este livro não aconteceria, é um livro leve, de histórias reais, vividos pela autora. Cheio de riquezas e  surpresas do mundo acadêmico do adolescente. É um livro de gratidão e homenagem à profissão e para alguns educadores que veem à educação como caminho para evolução.    

Este livro é um convite ao entretenimento. Histórias e situações reais que permeiam a prática cotidiana do coordenador pedagógico, de forma leve e divertida. Para a autora, uma oportunidade de agradecer pela profissão que abraçou.

SETENTA VEZES AMOR / Ana Paula Lemos Pinheiro

Setenta Vezes Amor descreve de forma poética e rimada, setenta características do amor: amor traído; amor cego; amor louco de paixão; amor sublime; amor erótico, além de diversas outras expressões desse sentimento universal.

SIM, EU ACEITO! / Edite Zatta

Com uma narrativa bem-humorada e, ao mesmo tempo, reflexiva, este livro traz exemplos práticos e estabelece comparativos do mundo privado com o organizacional. Afinal, quem protagoniza e, simultaneamente, vivencia os fatos é a mesma pessoa. O livro defende a tese de que a gestão de pessoas possui a mesma lógica de qualquer outra gestão e, portanto, não é correto afirmar que ela é mais complexa. Administrar as pessoas também é fácil.

SIMPLESMENTE JOSEFA, UMA GUERREIRA / Marisa Bueno da Silva

Nascida em uma família humilde, Josefa de Oliveira Pereira, simplesmente Josefa, cresceu e aprendeu a ler, o que na época era quase impossível para as mulheres, mas mesmo assim não desistiu de aprender. Mãe de dez filhos, casou-se ainda jovem e foi viver longe dos familiares. Atualmente, mesmo com a saúde precária, não se deixa abater, cuida de dois filhos especiais, ainda faz orações para as pessoas e sempre tem uma palavra amiga a todos.

SIMPLICIDADE / Ricardo Carneiro Leão Dr. Poeta

Neste tema simplesmente complicado e fascinante Ricardo, nosso Doutor Poeta, coloca nas páginas deste livro de poemas toda simplicidade que as palavras podem chegar aos nossos corações provocando nos leitores indignação, críticas construtivas, destrutivas e também indiferença.

SINTONIA / Vera Meneghello

O seu melhor amigo é você. O seu pior inimigo também é você. Faça boas escolhas, ame, perdoe, não julgue, ajude. Faça sempre o melhor, você sabe quando está com o melhor ou o pior. É individual, íntimo demais, uma linha tênue, imperceptível aos outros, mas perfeitamente sabida por você. Neste livro você poderá sentir a importância de viver o bem e passá-lo a todos. Poderá perceber o antagonismo dos sentimentos humanos, como também o polo do ser ou não ser, do silenciar ou gritar, de parar ou caminhar, de viver ou morrer.

SÓ ISSO / Valderez Álvarez de Freitas Valle

Um dia, disseram-me que este livro – Só Isso – era um manual de auto ajuda. Porém, não foi essa minha única intenção. Como poeta, desejava que meu livro fosse um grande poema, dividido em pedacinhos de muita beleza e gostosura, preservando os temas e mensagens compartilhadas com meus alunos, em nossos encontros de FilosoVia, sob as mangueiras daquela bela e acolhedora Escola Arcanjo Gabriel do Instituto Brasileiro Edouard Claparède (IBEC), em Belo Horizonte. Foram bons tempos de afetuosa convivência, desde 1964 até 2007, quando cada vez mais fraternos, nos sentíamos responsáveis pela construção de uma “ Terra sem males”. Na realidade, este livro é, também, um álbum de recordações, que me possibilita continuar caminhando hoje, sem me esquecer do ontem e daqueles que comigo caminharam. Só Isso.

SOBERBA / Gustavo Felipe Monteiro de Castro

“A soberba não é grandeza, é inchaço. O que incha parece ser grande, mas não está são”. Assim definiu Santo Agostinho o que, para ele, era o mais grave de todos os pecados capitais. A soberba é tão abominável que supera a inveja. A soberba destrói, amputa, humilha, degrada. Neste livro o autor expõe este “pecado” com maestria, numa história comovente e – por que não dizer? – capaz de aflorar os maiores sentimentos de repulsa.

SOBRE AS ASAS DO TEMPO / Enio João Macagnan

Sobre as asas do tempo é um trabalho sem qualquer pretensão literária. Os contos que compõem esta obra contêm fundo verídico. À realidade foi agregado um pouco de ficção e juntado o tempero da poesia, para provê-los de sabor próprio e marcante. Assim, pode-se dizer que é um prato que contém três elementos: a realidade da vida, os sonhos de cada um e a delicadeza mágica da poesia. Juntos, os três proporcionam um paladar inédito, singular e inesquecível.

SOLANO / Tibério

No século XVII, o mundo ocidental vivia um processo de estagnação provocado pela autoridade da Igreja Católica Romana, que exercia o poder temporal sobre todos. No exercício desse poder temporal, os valores religiosos se confundiam com os valores materiais e, com isso, as instituições religiosas enriqueciam a olhos vistos. Seus representantes acumulavam riquezas, espoliando a humanidade com convicções que fugiam à realidade do Cristianismo, prometendo o céu àqueles que se associassem às suas orientações e o inferno para aqueles que os contrariavam.

SOLIDÃO / Maria de Fátima Sobral

Maria de Fátima concentra neste livro suas experiências de vida mais intensas, seus sentimentos mais secretos. Amante das artes literárias, fez do simples ato de escrever palco para expressar os sentimentos que colheu durante seus atuais 78 anos de vida. Isolou-se com seus pensamentos e os liberta agora em forma de poesia, simples e direta.

SOPHIA / André Luiz

Acredito que as mulheres conseguem entender melhor a vida do que os homens, deve ser porque são “fazedoras de vida” e através delas retornamos ao mundo.

Nasci no interior do estado de São Paulo, numa cidade chamada Itararé, e lá deixei alguns bons anos de minha vida... Casei em janeiro de 1987, com Joana Marcela, mulher bela; tivemos filhos, quatro; três meninas: Nathalia, 1987, Marcella, 1990, Gabriella, 1994, e um menino, João Paulo, 2001. Depois que casei a vida teve outra dinâmica; não estava preparado e surgiram alguns conflitos, penso que praticamente em quase todos os enlaces ocorrem fatos semelhantes, mas, no final, fomos nos adaptando e nos ajustando aos momentos.

STREET LINGO / Fernando Caetano

Hey, quit stalling! It's time to pick up the latest and coolest English lingo – the lingo absent from the usual textbooks and the traditional classroom. Study the spoken language and you will find yourself becoming a more confident speaker. Avoid those “uncomfortable silences” when you need a snappy response, but nothing appropriate pops into your head! Let's put that dusty old tome of “bookish English” back on the shelf and focus on the real English – the way it is actually spoken – not that dull stuff your old fogey teacher rams down your throat.

SUBSÍDIOS DA FÉ / Claudia Barros

Sobre a obra SUBSÍDIOS DA FÉ de Claudia Barros.

Atuar na fé é saber quem somos, onde estamos e para onde nos dirigimos. Tenho de estar consciente de onde estou, de que  meu prazo para realizar as coisas, as quais vim fazer, estará limitado ao período em que estarei na Terra. De quanto será este período, de quanto tempo irei dispor para realizar-me nesta caminhar, não sei. Sei apenas que, o meu farol será o Pai, e minha comunicação com Ele será pela fé. Portanto, se nosso fim é o Pai, nosso destino é crescer cada vez mais, para chegar mais perto dele e, por certo, o único instrumento de que dispomos para realizar isto é a fé.

TALENTO, A VERDADEIRA RIQUEZA DAS NAÇÕES / Alfredo Assumpção

Talento é se apoderar do passado, para intervir no presente, transformando o futuro num bem comum. É enfrentar a esquisitice do momento, mudando a negação dos presentes. E arte fica na aceitação futura. É inspirar e transpirar agora o som a usufruir no porvir, alterando a orquestração para harmonizá-la depois. É contrariar acomodados, acordando-os mais tarde artistas, descoisificando a coisa comum, para que a coisa em arte se torne. É a constante e teimosa troca do torto pelo reto, incompreendido hoje, para certo ser amanhã.

TECENDO MEMÓRIAS / Maria Tereza Callefe

Tecendo Memórias aborda, em primeiro lugar, as recordações de infância e juventude de Maria Tereza Callefe, em Portugal. Vive lgumas situações hilárias, outras, no entanto, carregadas com uma certa dose de amargura. Em certa altura, sua vida fez um giro  de trezentos e sessenta graus e ei-la emigrando para o Brasil onde viria encontrar um grande amor e onde conseguiria realizar um sonho: ser professora.

TEORIAS DO ESTADO - ESTADO NAÇÃO / Vinicio Carrilho Martinez

TEORIAS DO ESTADO - ESTADO NAÇÃO de Vinicio Carrilho Martinez retrata alguns estudos preparativos para o ensino de disciplinas diversas, em variados cursos. Tem a vantagem de ter sido preparado para atingir um público heterogêneo e sob vários enfoques. Pode-se dizer que é um livro testado em sala de aula, porque foi ofertado a inúmeros discentes. Trata-se, portanto, de livro didático. Ainda que suscite teses controversas, não se configura como tese acadêmica.

TESTEMUNHA DO PAI CELESTE / Osmar Braz Ribeiro Santa Rosa

Eu sou uma testemunha do Pai Celeste nesta terra longínqua. Eu não sou digno! Digno é o cordeiro que foi morto! O Pai Celeste usa as coisas loucas deste mundo para confundir as sábias! Eu sou uma prova disso, que o cuidado e o amor do Pai Celeste são únicos! Responda a esta graça!!!

TODO SISTEMA DE EDUCAÇÃO É EDUCAÇÃO AMBIENTAL / Wilson Roderval

O livro do professor Wilson Roderval propõe a seguinte afirmação: Educação sem discriminação! E assim sendo, defende que a educação ambiental pró-recuperação de recursos naturais seja tratada como disciplina em todos os níveis de escolaridade a partir da pré-escola. Hoje em dia observa-se uma discriminação na prática educacional, pois dá a entender que a educação tradicional ocorre fora do ambiente, como se isso fosse possível.

TRABALHO EM EQUIPE, APRENDIZAGEM COOPERATIVA E PEDAGOGIA DA COOPERAÇÃO / Frank Viana Carvalho

Como ensinar mais e melhor aos nossos alunos? Como integrar conhecimentos, habilidades, competências e valores numa era tecnológica? O que fazer para que o aluno “aprenda a aprender”, “aprenda a fazer”, “aprenda a compartilhar” e, sobretudo, “aprenda a ser”? Nesta obra, são apresentadas as contribuições de grandes pensadores da Educação, clássicos e contemporâneos, discutindo aprendizagem, cooperação, solidariedade, competências e relacionamentos interpessoais. O autor leva os leitores, em uma cadência envolvente, a várias sugestões e propostas de ensino e aprendizagem. É uma obra que traz significativas contribuições aos professores, quando apresenta várias estratégias de aprendizagem cooperativa de fácil aplicabilidade; aos alunos, mostrando que a cooperação é um caminho seguro para a construção do conhecimento; aos pais, que para além da ajuda mútua, devem estimular a solidariedade e o companheirismo entre os filhos e destes para com a sociedade; e ao público em geral, na medida em que nos leva à reflexão sobre a importância de valores fundamentais para o desenvolvimento saudável da sociedade.

TRANSTORNO BIPOLAR / Fabiana Bruno

Cada portador do transtorno afetivo bipolar tem uma personalidade, estilo de vida, religião, nível social, opinião sobre o que é a vida. Diferente um do outro. Por isso fica tão difícil aceitar medicação, a falta de maturidade e a conscientização da doença. A necessidade do portador de se conhecer é de suma importância, mas não cabe a ninguém julgar o caminho que deve seguir. A grande dificuldade hoje é a descoberta da doença. O transtorno afetivo bipolar é o maior tema da psiquiatria atual.

TRÊS VIDAS / Claudia Eberle

O que você faria se tivesse a oportunidade de renascer três vezes? Quando nos esforçamos e lutamos de verdade por algo, alcançamos com determinação nossos sonhos e objetivos. Mas é importantíssimo começar, pois, por mais difícil que uma situação seja, nada cai do céu e cabe a cada um de nós, dentro da nossa própria realidade, enxergarmos as oportunidades e os sinais positivos que o Universo nos presenteia divinamente. Luto pela minha vida desde os catorze anos.

TRÍPTICO ATEMPORAL / Mauro Panella / Marco Adade / Claudio Freitas / Contraflux

O cdbook "Tríptico Atemporal", com música experimental (soundscape) do Contraflux, dialoga e fustiga a letra viva narrada em tons metálico e gutural de desespero e agonia agônica. E, se amalgama, leve como pluma, no profundo azul, em preto e branco das imagens do genial fotógrafo Claudio Freitas.

TROCANDO IDÉIAS COM HOSTIL / HOSTIL

Trocando ideias com Hostil é um livro de três momentos. No primeiro você vai entrar na história de Clodoaldo e sua luta para tirar o filho das drogas. No segundo você vai participar de um debate com o autor e outras pessoas sobre a vida na sociedade atual. O último é um bônus, com alguns contos do nosso cotidiano. Agora é com você...
Hostil

UM BALAIO DE CRIANÇA / Lourdinha Duque

Depois de ler Um balaio de criança, fui invadida por uma sensação de pena das crianças de hoje que nunca sentiram o gosto de um banho de chuva ou de cachoeira; que nunca comeram fruta colhida no pé e, principalmente nunca tiveram o aconchego do colo da vovó no final da tarde, porque as avós de hoje estão, também, plugadas na internet e nos celulares. Que pena! Um balaio de criança nos traz de volta tudo aquilo de que as crianças precisam para crescer sadias de corpo e alma.

UM DIA DE DECISÃO NUM PARAÍSO DE BICHOS & BICHOS / Leide Pontes

Leide Pontes nasceu no dia 12 de dezembro de 1957, às 20 horas, em Rolim de Moura do Guaporé, Estado de Rondônia. É filha de Luís Alves Pontes e Luiza Pedrozo Quitão. Leide é professora, formada em Pedagogia, ministrou aulas de Matemática para o Ensino Fundamental durante 27 anos de sua carreira.

UM ENCONTRO EM AMSTERDÃ / Mauri Ricciotti

Um fortuito encontro no Aeroporto Schiphol, em Amsterdã, fará Robert repensar sua vida e decidir encontrar Giovanna, mulher inesquecível que ele pôde contemplar por alguns minutos enquanto se dirigia ao balcão do check-in. Essa investida, porém, não passará despercebida por Pietro e Rachel despertando neles a ira e o ciúme. Acompanhando o desenrolar dessas interações, o leitor conhecerá a rixa das famílias mafiosas Sardelli e Romagnoli, deslizes e acobertamentos de condutas numa paróquia no interior da Itália, a clausura de uma jovem mãe privada de seu filho, bem como tragédias e rancores que moldam esses personagens.

UM INOCENTE NA FÉ / Sérgio Di Petta

Emigração e religião são assuntos atuais, de recorrência constante na história humana. O homem emigra por aventura, por necessidade e para difundir sua religião. Os Gregos colonizaram a Europa e o Oriente próximo. Os Árabes estiveram na Europa, na África e em quase todo o Oriente. Os imigrantes Cristãos levaram para as Américas sua fé. Nos séculos XIX e XX, catorze milhões de italianos abandonaram sua pátria para se aventurar e transmitir sua fé em Cristo. Este livro espera poder transmitir uma pequena imagem dessa emigração dos peninsulares.

UM JOVEM OLHAR / Ane Gonçalves

O que é um livro, se não a tentativa de registrar uma das infinitas possibilidades que cada vida humana tem? Este pequeno livro de poesias é apenas isto! Todos os dias, a vida nos presenteia com novas experiências, novos sentimentos e novas possibilidades, novas formas de interpretá-la e de reinventá-la, mas estamos tão ocupados em viver a vida, que pouco tempo nos resta para contemplá-la. Proponho, portanto, que você faça esta pausa agora e, ao ler estas páginas, pratique também um novo olhar sobre todas as coisas, desde as novas descobertas até as velharias guardadas! Tenho certeza de que vai se surpreender e se apaixonar!

UM MAR DE FOME / Frank Santa Cruz

Este livro Um mar de fome foi escrito de uma maneira sólida, enraizada, escancarada e verdadeira. O mar metafórico do título representa a grandeza dos desejos de um indivíduo desde quando ele passa a compreender a realidade da vida. O meu conforto é enorme por ter a certeza que daqui cada leitor tem a possibilidade de extrair o melhor para seu comportamento, sua relação consigo mesmo, com o próximo, reservando sempre uma atenção especial para as crianças.

UM NOVO MODELO DE SEGURANÇA PARA O BRASIL / Oséias Francisco da Silva

O estado de insegurança coloca o Brasil entre as nações com os maiores indicadores de violência, principalmente o homicídio. A temática da segurança pública está entre as principais demandas e reclamações da sociedade ao poder público. Partindo da compreensão de que a criminalidade e a violência são fenômenos sociais de natureza complexa e multicausais, a proposta deste livro passa pelo desvelamento das estruturas e culturas subjacentes das polícias brasileiras, destacando suas características, orientação e concepção, que determinam, entre outras coisas, a atuação das agências de segurança pública.

UM POUCO DE MIM, DE TI, DE NÓS / Luiz Carlos de Oliveira

Segundo Peterson, diferentemente da prosa, que enche a página com palavras, os poemas têm espaços em branco, o que significa que o silêncio tem o seu lugar ao lado do som como algo significativo, essencial à apreensão dessas palavras. E o silêncio não se percebe na celeridade do tempo nem das ações. Portanto, não podemos mesmo ter pressa ao ler um poema. Precisamos observar as conexões, sentir a cadência, escutar as ressonâncias. E os poemas precisam ser lidos e relidos e relidos...

UM TEMPO ENTRE CONTOS, CRÔNICAS, CAUSOS, ENSAIOS E POEMAS / Ercilia S. Turato

Parei à porta para dar um tempo e acalmar a emoção, equilibrar a sensação de queda livre por espaço desconhecido, de pés em areia movediça, de corpo em levitação, de consciência da existência da alma. Tive ímpetos inesperados, sucessão de prazeres nos lugares certos, palma das mãos úmidas, desejo de toques e afagos. Inconsequência. Vi apenas o seu reflexo na vitrina e já o amei.

UMA MULHER FELIZ / Lúcia Amélia

Uma Mulher feliz de Lúcia Amélia é um livro dotado de uma impressionante capacidade de prender o leitor pela singularidade da escrita de sua autora, Lúcia Amélia. Mulher sensível, empreendedora e uma entusiasta militante na luta contra o tráfico e a exploração sexual de mulheres, cuja causa abraçou em toda a sua plenitude através da ong Madalena’s, com atuação no Brasil, na Suíça e na Alemanha. Numa reunião de contos, crônicas e poesias, Lúcia Amélia passeia com destreza pela ficção e pela vida real, dela extraindo o que de melhor pode haver num escritor: a sinceridade nas palavras, a exprimir seus mais puros sentimentos de mãe, mulher, escritora, atriz, revelando-se uma artista completa. Uma Mulher Feliz é um livro feito para que possamos olhar a vida com os olhos da compreensão para nós mesmos, e com os olhos do amor para aqueles que nos estão próximos.

Grecianny Carvalho Cordeiro - Promotora de Justiça e Escritora Vice-Presidente da Academia Metropolitana de Letras de Fortaleza – AMLEF

UMA PALAVRA VIVA / Gustavo Bissoto Gumiero

“De forma regular, nas páginas dos jornais e nos sites, Gustavo Gumiero tem brindado o leitor com textos sensatos, poéticos e certeiros, uma combinação que faz refletir sobre temas cotidianos, abordados de forma muitas vezes filosófica, mas com a leveza necessária de quem carrega a sensibilidade na ponta do lápis. Suas crônicas são saudavelmente provocativas. Instigam-nos a sairmos da zona de conforto, alertam sobre devaneios midiáticos e apontam para reflexões pertinentes.

UMA ROSA COM AMOR / Fernando Anthony Brandão

Fernando Anthony Brandão  - É o pseudônimo do Prof. Dr. Francisco das Chagas Barbosa Brandão, utilizado em suas publicações em verso. Nascido em Santo Antonio dos Lopes (MA), é graduado em Administração, Letras, Pedagogia, Teologia e acadêmico de Direito; pós-graduado em Língua Portuguesa, Língua Inglesa, Língua Francesa, Língua Espanhola, Gestão Escolar, Psicologia e Serviço Social; Mestre em Teologia e Doutor em Educação.

UMA VIDA ENTRE AMIGOS / José Vicente de Caria Cerván (Org.)

Este livro começou a ser escrito em março de 2011. Meu desejo era escrever um livro contando a história de meu pai, Manoel Cerván Vidal, o querido, admirado e completo artista Manoel Moreno. Passei a convidar amigos e fãs para fazerem parte da obra. Convidei-os pessoalmente, um por um, à medida que fazia minhas andanças pelas ruas das cidades da região – bastava encontrar alguém que o tivesse conhecido e lá vinha o convite. Nem todos quiseram ou puderam participar, mas eis que enfim o “Projeto Chapéu de Palha, o caipira que existe em nós” foi concluído e agora vem a público a obra Uma vida entre amigos, homenagem de todos ao nosso pro-fessor e artista Manoel Moreno.

UNI VERSOS / Jorge Barbosa

Este livro procura, através das poesias, sonetos e indrisos, unificar versos numa abordagem de  temas, envolvendo principalmente a importância do nosso universo, com todos os planetas, estrelas, constelações e galáxias. É também uma viagem em assuntos científicos como os quatro elementos, filosóficos como horizonte e labirinto e  lembranças  diversas da história da nossa Terra.

USANDO A INTERNET PARA DIVULGAR AUTORES E LIVROS - 2ª Edição / Elianete Vieira

Esta obra é dedicada a você, escritor que está lançando suas primeiras obras e precisa divulgá-las tanto nas redes de relacionamento reais quanto nas virtuais, ampliando a sua visibilidade como autor tanto quanto de suas obras. O objetivo é fazer uma rápida introdução para divulgação através do uso das principais ferramentas disponíveis na internet, através do envio de mensagens, assim como orientar em como utilizar as principais redes sociais na criação de perfis para autores e páginas para seus livros.

VALE DAS HORTÊNCIAS / Cidinha Hosoya

Escrevo desde meus 15 anos, e o que me inspira são pessoas, lugares, natureza, fatos e o dia a dia. Em Faxinal do Céu (PR), na Universidade do Professor, local onde escrevi os poemas deste livro e outros mais, há lugares belíssimos, dentre eles um vale. Um vale que se destaca dentre os demais e que se chama Vale das Hortênsias.

VAMOS PARA O BRASIL / Reginaldo Moras

O autor compõe em forma de romance histórias de famílias italianas que emigraram para o Brasil no período do fim do século 19 até meados do século 20, destacando a importância da contribuição deles para o desenvolvimento do país. Baseado em extensas pesquisas, envereda pela história do Brasil, da Europa e dos Estados Unidos, em cenários onde personagens reais e fictícios trabalham, sofrem, se divertem, vivem.

VARIAÇÕES NO TEMPO / Hildette Rangel Enger

Variações no tempo é o novo livro de Hildette Rangel Enger. A exemplo de Semeaduras, lançado em 2012, novamente a escritora nos brinda com sua sensibilidade, delicada e marcante ao mesmo tempo, numa seleção de poemas escritos em largo período de tempo, que por isso mesmo refletem diferentes estados de alma e as transformações pelas quais todos nós passamos.

VELHOS TEMPOS DE INFÂNCIA / Luiz Ferreira da Silva

E, pelo lado lúdico, a configuração de Coruripe dá uma ideia do quanto a natureza foi camarada com a nossa infância, facultando-nos desenvolver o corpo e a alma, tanto pelo vale soltando pipas (arraias) e jogando bola, quanto pelas ladeiras, na “fórmula – cr” (carrinhos de rolimãs); além dos mangues (pegar caranguejos) e das grotas (pegar passarinhos). (Cap. I). Vale a pena expor o quanto me recordo desse local e o quanto apreciava a época de tiragem de coco. Íamos a pé, eu e meus irmãos, rezando para que aparecesse um carro-de-boi que nos socorresse.

VENTURAS E DESVENTURAS DE UM EX-ESQUERDISTA / Valentim de Souza

Neste trabalho, Valentim de Souza abre seu coração como forma de narrativas com sentido autobiográfico, focando objetivamente fatos ocorridos no curso de sua juventude, em que revela ações de ativista na política estudantil e mesmo partidária. Relata, sem preocupação de encobrir os acontecimentos polêmicos, em particular para a classe média, com os costumes mais conservadores de épocas passadas. Analisa momentos de incertezas que foram surgindo com o passar dos anos em sua formação adulta, em que se obrigou a dedicar seu tempo às atividades profissionais, sem, contudo, alienar-se dos acontecimentos políticos vividos pelo país. Vive, conscientemente, as metamorfoses de uma vida adulta, preocupando-se em não renegar atitudes coerentes com uma filosofia idealista, sobretudo na peleja pela justiça social. Expõe relacionamentos sociais com pessoas que fizeram história na vida política do país, confessando suas afinidades de posicionamento em agremiações político-partidárias. Boa leitura!

VERSOS INQUIETOS / NA ABA DA LUA / Expedito Gonçalves Dias

O Autor apresenta duas coletâneas distintas. Profundas, apaixonadas e únicas! Na primeira, nos mergulha em suas inquietações peculiares diante de um mundo árido. Não traz soluções mas distribui esperanças. Na segunda ele nos coloca diante da lua e passamos a sentir, como ele, as suas influências; ora vagas, outras profundas...

VESTIDAS DE PALAVRAS / Simone Guerra / Patrícia Dantas / Alexandra Collazo

“... Hoje, quero algo que desacelere meu corpo físico, mas que acelere meu coração. Quero mão na mão, um carinho para aquecer meu corpo e olhos nos olhos para aquecer a minha alma...”

“... Posso parecer dramática. Posso parecer atriz barata. Ah, o amor! Esse não tem vergonha de implorar, chorar ou pedir, porque é puro e também vergonhoso quando se trata de amar alguém que nem sequer nos quer bem...”

VIDA POR VIDAS... SEM TRÉGUA! / George Luiz Pereira Santos

Ser Bombeiro Militar não é tarefa fácil. Acidentes automobilísticos, incêndios, afogamentos, mergulhos de resgate, enchentes e incêndios florestais são atividades árduas e extenuantes. Exigem condicionamento físico, preparo psicológico e grande capacidade técnica para enfrentar as situações críticas, a pressão e o stress que fazem parte do cotidiano desse profissional, guerreiro da paz e voluntário da morte.

VIDAS E PASSAGENS / Anthônio Dias

Aos 7 anos Elaus falava com um menino em torno da sua idade que somente ele via, e aos 11 gabava-se por se sentir homem feito. Estudou na sombra do juazeiro e foi salvo da fenda da montanha pela Mãe de Deus. Apaixonou-se na puberdade, aos 16 anos foi levado à casa da luz vermelha e trilhou as vias do prazer com uma mulher de 30. Anos depois foi para o Sul, casou-se, foi roubado, agredido e humilhado no metrô e visto na TV. Surpreendido por sua mãe e um menino após uma pedrinha correr o telhado, soube que ela fizera a passagem.

VIDAS QUE NASCEM COM A POESIA / Maria Edméa Augusto

Meu sonho sempre foi editar um livro com as poesias que venho escrevendo ao longo dos anos. Meu nome é Maria Edméa Augusto, natural de Cambuquira (MG). Fui criada por minha tia, em Santo André, pois eu e mais seis irmãos ficamos orfãos de mãe muito cedo. Fui crescendo cheia de sonhos, gostava de escrever poesias e declamava muitas delas na escola.

VIDAS: VIVIDAS, SONHADAS E PASSADAS / Silvana Lemes De Souza

Dois mundos a que estamos sujeitos carregam as polaridades da vida: razão e sentimento, bem e mal, amor e ódio, ter e ser. A autora contrapõe essas polaridades de modo sensível, mostrando a dualidade característica dos humanos. A transformação cotidiana da noite pelo dia, do inverno pela primavera, traz aos olhos a beleza e a magnitude da natureza renovada que, sentidas no próprio corpo as mudanças do clima, apontam detalhes de uma rotina cheia de imagens que revelam a presença de Deus (...)

VIR A SER / Fabio Miatov

Este trabalho é para todos que estão na jornada e, principalmente, aos interessados em psicologia e psicoterapia, e ainda mais, para aqueles que têm neste ofício o seu cotidiano. Aqui falo de vínculos, de experiências e de uma “viagem” na qual, de alguma maneira, a experiência pessoal de cada leitor possa encontrar um assento para relaxar e contemplar a paisagem. Este trabalho foi dividido em duas partes: uma explicativa e outra que acredito ser um conto. Na parte explicativa, comento sobre alguns termos usados na Psicologia Profunda (Psicologia Analítica criada pelo psiquiatra suíço Carl Gustav Jung). No conto, tento levar o leitor para próximo do cotidiano de um personagem e sua jornada de vida, que compreende nascer e sobreviver individuando-se.

VIVAS EMOÇÕES / Marilina Baccarat de Almeida Leão

Ao sentirmos nossas emoções, chegamos à conclusão, que emoções, são sentimentos extremamente pessoal com a gente. Temos emoções, sentindo cada uma a sua maneira, como se nós confabulássemos com elas. São emoções que procuramos entender até chegarmos a uma conclusão muito nossa, acerca do que sentimos. Isso torna nossas emoções, muito mais do que sentimentos possuídos por nós.

VIVER... UM MOMENTO ETERNO / Geraldo Tadeu Amaral

Viver... um momento eterno é a reunião de ensinamentos com o objetivo de valorizar a pessoa que somos e demonstrar que a crença no futuro, traduzida na fé em Deus, é o alicerce para uma vida mais feliz.  O objetivo do livro é despertar ou fazer aflorar o “eu” divino que existe em todos nós. E, fazendo brilhar a luz dos ensinamentos evangélicos, aprendemos a ouvir a voz interior de Deus assim se expressando: “Acredite em você!”.

VOO NOTURNO: MEMÓRIA DA AVIAÇÃO NOS GARIMPOS DO BAIXO AMAZONAS / Wilson Pereira da Silva

Durante mais de 20 anos planejei escrever estas histórias. Para realizar esse sonho, contei com o apoio do Instituto de Artes do Pará, que me concedeu o Prêmio José de Campos Ribeiro, pelo texto memorialístico, e publicou a primeira edição deste livro. Nessa jornada, contei também com a colaboração de minha filha Caroline Fernandes Silva, doutora em História pela Universidade Federal Fluminense.

ZYMKAH / Joseph Soares

Autobiografia onde o autor conta travessuras da infância na fazenda, as dificuldades para estudar na cidade, sua trajetória na busca de emprego, sua entrada na política, traições de amigos e gestão vitoriosa na AABB-São Paulo, aposentadoria e entrada na área esotérica se tornando Reikimaster. Conclui narrando suas visões e avistamentos e contando a história de suas canções. Há algo de fantástico, grandioso e magnífico na narrativa de uma autobiografia que relata a vida proveitosa, cheia de altos e baixos, de “causos” e alegrias de um homem que acreditou poder transformar a vida das pessoas com sua dedicação. Sendo Joseph Soares ex-presidente da AABB – Associação Atlética Banco do Brasil (São Paulo, SP), este sonhador e idealizador nos remete a instantes especiais de sua vida pública e pessoal, navegando nas águas da emoção e, por vezes, meditando sobre o que pede à memória para recordar, como, por exemplo, seus primeiros anos de vida de moleque sapeca no interior, as primeiras separações, as angústias de menino, o crescimento, o despertar do amor, o primeiro emprego, algumas vitórias.

Voltar Topo Indicar a um amigo Imprimir
 

GRUPO EDITORIAL SCORTECCI
Edição, Impressão e Comercialização de Livros desde 1982

 
Nipotech